abscesso hep Flashcards Preview

hepato > abscesso hep > Flashcards

Flashcards in abscesso hep Deck (35)
Loading flashcards...
1

bactéria e neoplasia associada a abscesso hepático

K. pneumoniae e câncer colorretal

2

fisiopatologia do abscesso hepatico

O fígado está provavelmente exposto a cargas bacterianas venosas portais regularmente e geralmente
elimina esta carga bacteriana sem problemas. O desenvolvimento de um abscesso hepático ocorre quando o inóculo da bactéria, independentemente da rota de exposição, excede a capacidade do fígado de eliminá-la

3

causas de exposição hepática a grande quantidade de bactérias, favorecedoras de abscesso hepático

•via sistema porta por ifnecções abdominais ou pélvicas: Diverticulite, víscera perfurada, doença inflamatória, pancreatite, apendicite) pode causar pileflebite e exposição hepática a grande quantidade de bactérias;

• Árvore biliar = Via obstrução (tumor, doença de Caroli, ascaridíase, doença litiásica, bridas) e estase de bile, levando a colonização, infecção e ascensão das bactérias para o órgão, causando colangite;

•Extensão direta da infecção = colecistite supurativa, abcesso subfrênico, perinefrético;

•Trauma = levando a abscesso por hematoma e/ou necrose hepática.

4

mircobiologia dos abscessos hepáticos piogênico

polimicrobianos. Porém, em geral E. Coli e K. pneumonia

5

clinica do abscesso hepatico

FEBRE
DOR HIPOCONDRIO D
náuseas
emagrecimento
vômito

6

laboratório de abscesso hepatico piogenico

1-leucocitose
2-elevação fosfatase alcalina
3-hiperbilirrubinemia,
4-aumento de transaminases,
5-hipoalbuminemia
6-anemia normocítica e normocrômica.

7

RX pode estar alterado em abscesso hepatico

RX de tórax pode indicar presença de infiltrado basilar a direita ou derrame pleural ipsilateral

As radiografias do tórax e os achados costumam refletir uma doença subdiafragmática, como elevação do hemidiafragma direito,
derrame pleural direito ou atelectasia.

gás intra-hepático ou na veia porta,

8

USG para abscesso

lesões hipoecoicas e hiperecoicas, com imagens amorfas / ecos internos indicando debris e septações.

9

2 exmaes pa investigação de aabscesso hepatico

TC e USG

10

sobre uso da TC na investigaçao de abscessso hepatico

Se a TC for realizada, deve-se usar contraste venoso. A imagem típica é uma lesão circular com hipoatenuação central.

11

qual a conduta diante da suspeita de abscesso hepático

aspiração / drenagem do material da lesão para investigação.

12

O diagnóstico abscesso hepatico pode ser determinado a partir da

clinica
exame imagem
material purulento
indentifiaçoa por gram ou cultura

13

principal diagnostico diferencial de abscesso hepatico

ABSCESSO AMEBIANO;

14

conceito de abscesso amebiabi

Entamoeba hystolitica.
QUAL O CICLO = oral-fecal, de forma que ingerimos os cistos de água e alimentos contaminados. No intestino são liberados os trofozoítos, que no cólon invadem a mucosa e na circulação sistêmica causam a doença à distância. No fígado, o agente causa hidrólise celular enzimática, necrose de liquefação, até atingir a Cápsula de Glisson que é resistente, limitando-se por ela

15

tratamento de abscesso amebiano

Metronidazol 750mg, VO 3x/dia 10 dias + drenagem

16

pavientes mais acometudos por abscesso ameniano

jovens de 20-40 anos, com história em área endêmica, sexo masculino, com condições de imunossupressão, a saber HIV / infecção crônica / desnutrição / uso crônico de esteroide.

17

cirurgia diante de abscesso hepático

Pacientes com clínica e alteração em imagem PERSISTENTE

18

por que diverticulite, apendicite,
pancreatite, doença inflamatória do tubo digestório, doença inflamatória pélvica sap causasabscasso hep

O sistema venoso portal drena o trato gastrointestinal, e assim qualquer doença infecciosa neste
segmento pode resultar na infecção ascendente da veia porta (pileflebite), com a exposição do fígado a
grande quantidade de bactérias.

19

por que olecistite supurativa, abscesso subfrênico, abscesso perinefrético ou até a fístula biliar sap causas abscesso hep

extensão direta de um processo infeccioso. extensão direta de um processo infeccioso.

20

por que traumas penetrantes/contusos podem causas abscessos hepatico

hematoma hepático ou em áreas de necrose
hepática que podem evoluir posteriormente para um abscesso

21

abscessos volumosos
(>5 cm)

drenagem cirúrgica

22

sobre Uso atb na abscesso hepatico

antibióticos enquanto houver evidência de infecção como febre, calafrios ou leucocitose.

As recomendações costumam ser de duas semanas ou mais de tratamento.

23

protozoario envolvido com os casos de abscesso amebiano

E. histolytica

(um ciclo fecaloral é a causa da amebíase Legumes e água contaminada.. atingem o fígado através do sistema venoso portal)

24

como s e forma patologicamente o abscesso amebiano

resultado da necrose de liquefação do fígado,
produzindo uma cavidade cheia de sangue e tecido hepático liquefeito como molho de anchova, e é inodoro, a menos que haja infecção bacteriana
secundária

25

clinica do abscesso amebiano

1-febre, calafrios,anorexia,
2- dor no quadrante superior direito, dor à palpação
3-hepatomegalia
4- Dor no ombro direito ou pleurítica se houver irritação do hemidiafragma direit

26

prinicpal caractteristica que fala a favor de abscesso amgian

A presença
de um abscesso único localizado na área
súpero-anterior do lobo direito do fígado

27

ictericia nos casos de abscesso amebiano

Icterícia é um achado incomum e,
quando presente, costuma ser de pouca monta,
refletindo compressão de ducto biliar por grande abscesso ou abscessos múltiplos

28

como se dá diagnóstico de abscesso amebiano

A sorologia para ameba

29

pistas diagnosticas para abscesso amebiano

1. Residente em área endêmica.
2. Hepatomegalia dolorosa no homem jovem.
3. Resposta ao metronidazol.
4. Leucocitose sem anemia nos pacientes com
doença aguda, e leucocitose mais branda com
anemia nos quadros mais prolongados.
5. RX tórax sugestivo (derrame pleural, atelectasia,
elevação da hemicúpula diafragmática à direita).
6. USG, TC ou RNM identifcando o abscesso.
7. Sorologia antiameba positiva

30

achados laboratoriais diante abscesso amebiano

1-aumento discreto de fosfatase alcalina,
2- com pouca ou nenhuma alteração
das aminotransferases,
3- geralmente sem hiperbilirrubinemia.