DERMATO Flashcards Preview

ESPECIALIDADES > DERMATO > Flashcards

Flashcards in DERMATO Deck (71):
1

🚩Trabalhador rural

Lesões nodulares em pele há mais de 2 anos

Ulcera em cotovelo há 1 mes

Perda progressiva da força em membro com lesão

Bolhas nos pés

Dx

HANSENIASE

2

Menino de 9 anos

Lesão ulcerada unica em antebraço

Sem outras lesões

Histopatologia infiltrado linfocitario, coloração para BAAR e fungos negativa

Exame complementar?

IDR Montenegro

Leishmaniase cutánea

Amastigota pode estar ausente em lsões velhas

3

Homem

Escama gordurosa em areas seborreicas (couro cabeludo, sobrancelhas, palpebra, surco nasolabial)

Assoc a M. furfur, Parkinson, Obesidade, DM, Ansiedade

Dx e tto

Q image thumb

Dermatite Seborreica

Xampu com antifungico, Ac salicilico

4

> 40 anos, transplantado

Exposição solar continua, ulcera de marjolin, HPV 16-18

Lesão precursora (Ceratose actinica, Bowen, Queyrat)

Placa eritematosa ceratósica que evolui a corno cutáneo ou ulcera

Metastase até 6%. Mais em cicatrizes

Orelha mais recidiva

Carcinoma espinocelular

Carcinoma verrucoso baixo grau de malignidade

Excesão cirurgica

 

5

Sindromes de nervo periférico

Sindromes de nervo periférico

  • Mão em garra: n. ulnar
  • Mão de pregador n. mediano
  • Mão simiesca ou garra completa: ulnar + mediano
  • Queda do punho: radial
  • Lagoftalmo: ramo trigeminal de facial
  • Queda do pé: fibular comum
  • Mal perfurante plantar: tibial posterior

6

Tratamento de dermatite de contato

Corticoide tópico

Antihistmainico VO

Evitar contato

7

Tratamento de pediculose

Xampu de Lindano 1% deixar por 5 minutos e enxaguar

Repetir apos 1 semana

8

9

Ulcera crõnica, indolor, em moldura, bordas sobrelevados

Exame direto formas amastigotas

Teste de Montenegro (+)

Dx, Agente, Tratamento

Q image thumb

Leishmaniose tegumentar

Leishmania brazilienzis

Antimonial pentavalente por 20 dias

ou Anfo B por 1 semana

(Gestantes, Graves, Idade ext, Imunodep)

10

FORMAS DE HANSENIASE QUE EVOLUEM MAIS A DEFORMIDADE E SECUELA

🚩

Tuberculoide

Mão em garra, em pregador, simiesca, queda do punho

Borderline ou Dimorfa

Lessões neurais precoces e assimetricas

11

Lactente de 10 meses

Lesão eritrmatosa perineal com aumento de numero de evacuações

Poupa prega inguinal

Dx

Dermatite das fraldas

(Dermatite de contato primario por urina e fezes)

Troca frequente de fraldas superabsorventes, evitar frladas de pano

Limpeza com algodão e óleo (remover creme) e sabonete neutro*

Oxido de zinco, cremes de barreira

Corticoide topico baixa potencia se persiste

 

DD: dermatite de contato alergica em > 2 anos

12

Placa eritemato edematosa com centro palido + Prurido

 

Angioedema (labios, palpebra, lingua)

Urticaria

(Aguda < 6 semanas)

Antihistaminicos (Antagonistas H1)

Suspender droga

Corticoides em casos graves

Adrenalina IM em anafilaxia (0,5ml 1:1000)

13

Placa eritemato descamativa bem delimitada, flutuantes

Em coro cabeludo em extensora de cotovelo e flexora de joelho

Unha em dedal ou pits, ceratose subungueal

Piora com etilismo, tabagismo, obesidade, drogas

Melhora com sol, gestação

Metodo diagnostico?

Q image thumb

PSORIASE VULGAR

 

Tratamento topico fototerapia, acicretina, MTX, Mabs, apremilast

14

Alopecia focal e descamativa, pelo quebradiço

Coceira

Dx, agente, tto

Q image thumb

DERMATOFITOSE
TINEA CAPITIS

Microsporum, Tricophyton

Griseofulvina VO🚩

15

Infiltração difusa de placas eritematosas, nodulos

Madarose

Baciloscopia (+)

Mitsuda (-)

Q image thumb

Lepra Lepromatoide/ Virchowiana

16

Trabalhador rural

Erosões crostosas sobre base eritematosa, bolhas

Aspecto salpico de lama

Em areas seborreicas 

Sensação de queimação que piora ao sol

Poupa mucosas

Nikolsky (+) 

Ac. anti desmogleina 1

IFD IgG na camada granulosa

Clivagem suprabasal (granulosa)

 

🚩Penfigo foliaceo endemico

ou Fogo Selvagem

Areas onde vive hematófago Simulium ou borrachudo

Corticoides

Ig, plasmaferese graves

17

Complicação de eczema atópico

🚩Colonização por S. aureus e infecção

18

Diagnostico clinico de dermatite/eczema atópico

80% se apresentam antes 5 anos

 

  1. Prurido crónico
  2. Historia familiar ou de atopia (rinite, asma, IgE)
  3. Eczema
    1. Lactente <3m: exsudativo, vesiculas (edema intreepidermico). Face, extensoras
    2. Criança, adulto: seca, xerose, liquenificação. Mão, pescoço, palpebra, flexora🚩

A image thumb
19

20

Agente Hanseniase

Micobacterium leprae

Alta infectividade baixa patogenicidade

Transmissão via aérea, pele ou mucosa erosadas, terra (Tatu possível reservorio)

21

Macula hipo ou hipercromica com descamação furfurácea

Sinal de Zileri e Sinal de Besnier

Em areas sebáceas 

Poupa mucosas e palmoplantar

Luz de Wood (+)

Dx, agente e tratamento

 

Q image thumb

Micose superficial (ceratofitose) - Pitiriase Versicolor

Agente: Malassezia furfur

Sinal de Zileri: descamação esticando pele

SInal de Bernier: descamação com unha

Tratamento Sulfato de selenio ou ketoconazol tópico 🚩

22

Indicações para pesquisa de linfonodo sentinela em melanoma

  1. indice de Breslow > 0,76 mm
  2. Alto risco (ulceração, regressão, mitose)

 

LS (+) = Linfadenectomia + IFN-alfa

23

Tratamento de Eczema atópico

  1. Hidratação
  2. Anti-histaminicos
  3. Corticoide TOPICO
  4. Imunomodulador (Tacrolimus)

24

Lesão papulo costrosa muito pruriginosa mais na noite

em abdome, nadegas, axila, mama interdigital

Lactente: palmoplantar, poupa fralda

Dx e tratamento

Q image thumb

Escabiose

Antihistaminicos sistemicos

🚩Permetrina 5% topico desde pescoço (crianças incluir cabeça) por 5 noites e repetir apos 1 semana

Enxofre em vaselina 5% gestantes e menores 2 anos

SEMPRE TRATAR FAMILIARES MESMO ASSINTOMATICOS

Prurido persistente apos tto é normal não significa falha 

Lavar roupas de cama (48hs) com agua quente

Objetos de contato guardar em bolsa plastica por 14 dias

Fora do hospedeiro acaro morre em 1 dia

25

 Fatores pior prognostico de Melanoma

Espessura da lessão

Lesões ulceradas

Fenotipo claro

Homens

Mucosa

26

40-60 anos (pode cualquer idade)

Bolha flácida deixando erosão vermelho vivo com aspecto de bife sangrante

Nikolsky (+) mesmo em pele sã

Ac. anti desmogleina 3

Clivagem suprabasal (espinhosa)

IFD IgG camada espinhosa

Acomete mucosa

Q image thumb

PENFIGO VULGAR

Tratamento corticoide sistémico 

Ig, plasmaferese (graves)

27

Tratamento de melanoma

Resecção cirurgica com ampliação de margens s/ Breslow

Linfonodo sentinela s/ criterios

IFN-alfa (>4mm pu LS+)

28

Diagnostico diferencial de lesões ulcerovegetantes

PLECCT

Paracoccidioidomicose

Leishmaniose

Esporotricose

Cromomicose

Carcinoma espinocelular

Tuberculose

29

Adulto >40 anos, agricultor

Lesão ulcerovegetante com pontilhado hemorragico na face, gengiva e orofaringe

Exame direto esporo em roda de leme

Dx e tto

Q image thumb

Paracocci

SMX-TMP pu Itraconzaol

30

Hanseniase Paucibacilar x Multibacilar

(Classificação operacional)

  • Paucibacilar
    • Até 5 lesões
    • Baciloscopia (-)
    • Indeterminada e Tuberculoide
    • Rifampicina + Dapsona
  • Multibacilar
    • Mais de 5 lesões
    • Baciloscopia (+)
    • Borderline, Lepromatoide
    • Rifampicina + Dapsona + Clofazimina

31

Tipo de melanoma mais grave

🚩Nodular

Crecimento rápido, vertical

Nodulo em dorso, cabeça, pescoço

32

Reações Hanseníasicas

Epidodios inflamatorios agudos da doença

SEM RELAÇÂO AO TRATAMENTO (não suspender)

  • Tipo I:
  • Tipo II:

 

Reações Hanseníasicas

Epidodios inflamatorios agudos da doença

SEM RELAÇÂO AO TRATAMENTO (não suspender)

33

NIVEIS DE CLARK PARA MELANOMA

I- Epiderme

II- Derme papilar parcial

III- Derme papilar total

IV- Derme reticular

V- TCS

34

🚩TRATAMENTO HANSENIASE

com doses

  • Paucibacilar (≤ 5 lesões)
    • Rifampicina 600mg mensal (SV) + 
    • Dapsona 100mg mensal (SV) + 100 mg/dia
    • 6 doses SV em até 9 meses
  • Multibacilar (>5 lesões)
    • Rifampicina 600mg mensal (SV) + 
    • Dapsona 100mg mensal (SV) + 100 mg/dia +
    • Clofazimina 300mg mensal (SV) + 50 mg/dia
    • 12 doses SV em até 18 meses

MESMO TRATAMENTO NA GESTANTE OU HIV 

SEMPRE NOTIFICAR

35

Paciente com herpes labial

Apos 1 semana aparece lesão em alvo com bordas elevadas e centro deprimido

Lesão em iris placa avermelhada com vesicula central

Q image thumb

Eritema multiforme ou polimorfo minor

36

Lesões cutáneas pre-malignas

Ceratose actinica placas hiperceratósicas em base eritematosa. Transforma em CEC

Doença de Bowen CEC in situ, pode invadir 5%

Eritroplasia de Queyrat CEC in situ do penis

Corno cutáneo

Ceratose arsenical, termica, radiação crónica

 

37

Fatores de risco de melanoma

  1. Nevo melanocítico >50, congenito >20 cm ou displásico (25% de nevo previo)🚩
  2. Historia familiar
  3. Genetica CDK2NA
  4. Fenotipo claro (Fitzpatrick 1-2)
  5. UV-B

38

Classificação de Madri de Hanseniase

Polos estáveis (polares)

Tuberculoide e Virchowiana

Polos instáveis

Indeterminada e Borderline

39

INDICE DE BRESLOW EM MELANOMA (PRONOSTICO)

In situ = 0,5 - 1 cm de resecção

<1 mm de espessura = 1cm de resecção

1-2 mm de espessura = 1-2 cm de resecção

> 2mm de espessura = ≥2cm de resecção 

40

Eritema circinado e descamativo

Coceira

Dx, agente, tratamento

Q image thumb

Dermatofitose

Tinea corporis

Tricophyton, Microsporum, Epidermophyton

Imidazolics, Terbinafina, Ciclopirox topico

41

Melanoma de crecimento mais lento e comum em idosos

Melanoma lentigo maligno

42

Fenomeno de Koebner em psoriase?

lesão surge em ared de trauma

43

Tipo de melanoma de crecimento lento, palmoplantar em negros

Melanoma acral

44

Criança 5 anos

Papulas agrupadas com umbilização central

🚩Associado a dermatite atópica, imunodepressão

Dx, agente e tratamento

Molusco contagioso

Poxvirus (DNA)

Curetagem

45

Diagnostico clinico de melanoma

ABCDE

Assimetria

Bordes irregulares

Cores diversas

Diametro >6mm

Evolução (aumento de tamanho, sintomas)

 

CONFIRMAÇÃO COM BIOPSIA ESCICIONAL

 

46

47

🚩Paciente que inicio tratamento com fenitoína

Aparição de rash morbiliforme + linfonodomegalia

Hepatomegalia

Sinais sistemicos

Eosinofilia

SD. DRESS

Drug Reaction with Eosinofilia and Systemic Symptoms

48

Jardinhero que foi aranhado pelo gato

Nodulos cutáneos em rosario + linfangite

Metodo diagnostico, dx, tto

Q image thumb

MICOSE SUBCUTANEA

Esporotricose

(Sporothrix schenckii)

Diagnostico por cultura. Exame dirreto (-)

Iodeto de K VO

49

Diagnostico de Hanseniase

Clinico

Lesão na pele + Alteração de sensibilidade

Inicio de tratamento SEM baciloscopia

Sem medio de cultura

Humano único reservatorio

50

Placa eritematosa variável, nodulos, madarose

Multiplas > 5 (multibacilar)

Baciloscopia (+)

 

Q image thumb

Lepra borderline/ Dimorfa

51

Macula hipocromica, hipoanestesica, sem pelo

≤5 lesões (paucibacilar)

Baciloscopia (-)

Q image thumb

Lepra indeterminada

52

Agente e tto de larva migrans cutánea

Ancylsotoma braziliense

Ancylostoma caninum

Tiabendazol tópico ou Ivermectina

53

Localização para amostra de baciloscopia

Linfa de lobulos das orelhas, cotovelos e lesão pele

54

DIAGNOSTICO DE MELANOMA

DERMATOSCOPIA + ]

BIOPSIA EXCISIONAL COM MARGEM 2MM 

🚩Incisão com sentido de drenagem linfática

Incisional lesão extensa ou face

55

Placa eritematosa delimitada com areas hipocrómicas

≤5 lesões (paucibacilar)

Neurite (dor, edema, perda sensibilidade)

Sinal da raquete (espessamento neural)

Baciloscopia (-)

Mitsuda (+)

Q image thumb

Lepra tuberculoide

56

IDR de Montenegro em Leishmaniose:

-Cutanea localizada

-Cutanea difusa:

-Mucosa:

IDR de Montenegro em Leishmaniose:

-Cutanea localizada: +

-Cutanea difusa: -

-Mucosa: +

57

Rash maculopapular simetrico em tronco e MMSS apos medicamento

Conduta

Suspender droga

Antihistaminico

Corticoide

58

Urticaria x Angioedema

Urticaria: derme papilar e reticular, ppal causa alimentos e medicamentos, inalantes, picadas

Angioedema: hipoderme. Edema de glotis

59

🚩Idoso, pele clara, exposição solar esporádica

Nodulo aperolado (borda translúcido) com telangiectasia nariz (2/3 superior da face)

Pode hipercromico, ulceração central

Invasão local e recidiva, mts rara

Dx e tto

Q image thumb

Carcinoma basocelular

 

Camada basal

Forma mais comum nodulo-ulcerativo

CA mais comum do mundo

Exerese cirurgica (Lesões maiores Cirurgia micrografica de Mohs)

60

Tipo de melanoma mais comum

Extensivo superficial

Crecimento lento, radial

Macula dorso (H) ou perna (M)

 

61

  • Psoriase em areas flexoras em HIV, negros
  • Psoriase em criança apos faringite estreptococica, autolimitado 🚩
  • Psoriase inflamatoria, esteril, grave (Von Zumbusch

  • Psoriase em areas flexoras em HIV, negros FORMA INVERTIDA
  • Psoriase em criança apos faringite estreptococica, autolimitado PSORIASE GUTATA
  • Psoriase inflamatoria, esteril, grave (Von Zumbusch PSORIASE PUSTULOSA

62

DERMATITE DE CONTATO PRIMARIA

Lesão direta

Teste de contato (-)

Lesão no local de contato

Detergente (Dermamtite das donas de casa) 

Urina e fezes (Dermatite das fraldas ou amoniacal)

Q image thumb

DERMATITE DE CONTATO ALERGICA

Lesão apos sensibilização prévia (HS IV)

Teste de contato (+)

Lessão disseminada

Niquel: bijuteria

Cromo: couro, cimento

Formalina: esmalte

Tiuram: borracha

63

Imunodeprimido

Eritema e descamação difusa, interdigital couro cabeludo, orelha, palpoplantar

Prurido discreto ou ausente 🚩

Dx e tto

Q image thumb

ESCABIOSE CROSTOSA OU SARNA NORUEGUESA

Ivermectina VO 1 dose e repatir apos 1 semana (ovos)

CI em < 15kg

64

EXANTEMA INDUZIDO POR DROGAS

ABCDEFGH

Amoxicilina

Bactrim (SMX-TMP)

Cefalosporinas

Diclofenac (AINE)

Enalapril

Fenitoína

Gota (Alopurinol)

Hidralazina

65

🚩Classificação fisiopatológica de dermatite atópica

  • Extrínseca ou alergia
  • Intrinseca ou não alergica

Classificação fisiopatológica de dermatite atópica

  • Extrínseca ou alergia 80%
    • Sensibilização com alergenos e IgE alto
  • Intrinseca ou não alergica
    • Disfunção da barreira cutánea🚩

66

Estigmas atopicos

Hiperlinearidade palmar

Pitiriase alba

Prega palpebral de Demie-Morgan

Ceratose pilar

67

Agentes de Leishmaniose Tegumentar Americana

Leishmania braziliensis (principal, unico que faz mucosa)

Leishmania guyanensis

Leishmania amazonensis

68

Primeira sensibilidade em perder na Hanseniase

  1. Termica
  2. Dolorosa
  3. Tactil

69

Reação de Mitsuda

Prova intradermica para hanseniase

Leitura em 28 dias

Valor prognostico e para clasificação

 

70

Periodo de incubação da Hanseniase

3 a 5 anos

71

Exantema DOLOROSO em alvo (EMM), vesiculas🚩

Acometimeto MUCOSO🚩

Nikolsky (+) denudameto de pele

Biopsia: Clivagem dermo-epidermica

Q image thumb

<10% Sd. Steven-Johnson (M. pneumoniae)

>30% Necrolise Epidermica Tóxia (NET ou Sd. Lyell) Mais grave

Ppal causa Br drogas USA herpes labial

DD: SSSS clivagem epidermica, poupa mucosa

Suporte, debridamento, Imunoglobulina