Doenças da vesicula e dos ductos biliares Flashcards Preview

4. :( > Doenças da vesicula e dos ductos biliares > Flashcards

Flashcards in Doenças da vesicula e dos ductos biliares Deck (55):
1

Qual o resultado da junção do hepático comum com o cístico?

Colédoco

2

Qual o principal componente da bílis? %?
Que outros componentes principais conheces?

Ácidos biliares (80%)
Depois lecitina/fosfolipidos em 16% e depois colesterol 4% (estados litogenicos pode chegar aos 8-10%)

3

Faz a correspondencia entre os defeitos nos transportadores a doença que causam:
- CIFP1 (colestase intra-hepática familiar progressiva tipo 1)
- CIFP2
- CIFP 3
- CIRB1 (colestase intra-hepatica recorrente benigna tipo1)
- CIRB2
- SDJ (s. dubin johnson)
- sitosterolemia

(canais: F1C1, BSEP, MRP2, MDR3, ABCG5/G8)

- CIFP1: F1C1 (flipase - assimetria fosfolipidea da membrana)
- CIFP2: BSEP (bi (2) sep)
- CIFP 3: MDR3 (bomba de exportação dos fosfolipidos)
- CIRB1: F1C1
- CIRB2: BSEP
- SDJ: MRP2 (MRPhase 2 - conjugados da fase 2)
- sitosterolemia ABCG5/G8 - transp do colesterol

4

Qual a constituição das micelas mistas?

Ácidos biliares + colesterol + lecitina

5

Qual a eficiência da absorção intestinal de ácidos biliares?

≈ 95%

6

Qual o tipo de cálculo + freq? %?
Composição?
Quais é que são mais frequentemente radiopacos?

Colesterol. > 80%. (pigmentares: 20%)
Colesterol: mais de 50% de colesterol
Pigmentares: principalmente bilirrubinato de calcio; menos de 20% de colesterol.
Quais é que são mais frequentemente radiopacos? Pigmentares (50%), colesterol (10-15% é que são)

7

Lama biliar
- o que é?
- Como se faz o diagnóstico de lama biliar? Caracteristicas?

- o que é? Material mucoso e espesso com cristais
- Como se faz o diagnóstico de lama biliar? Caracteristicas? Ecografia. Baixa ecogenicidade, porção dependente, Ø sombra acústica (ao contrário dos calculos).

8

Sintoma + específico e característico da colelitíase?

Cólica biliar

9

AUDC
- quando é que esta indicada a sua utilização? Nesses casos qual é a % de dissolução completa?
- recorrencia de 30-50% dos calculos ao longo de 3-5 anos. V ou F

- quando é que esta indicada a sua utilização? calculos 70%
- recorrencia de 30-50% dos calculos ao longo de 3-5 anos. V

10

- O que é o s. mirizzi?
- Característica clínica que distingue S. Mirizzi da colecistite aguda normal?

- O que é o s. mirizzi? quando temos calculo no cistico/colo da vesicula que causa compressão do coledoco.
- Característica clínica que distingue S. Mirizzi da colecistite aguda normal? Icterícia

11

% de colecistites acalculosas? Condição de base característica? Tem mais ou menos complicações que a calculosa?

5-10% colecistites agudas. Doença de base grave. Lama biliar no cistico pode ser a responsavel.
Tem mais complicações!

12

- Quais as complicações do empiema da vesícula biliar?
- Em relação à perfuração da vesicula... e mais comum a perfuração livre ou a localizada?

- Quais as complicações do empiema da vesícula biliar? Sépsis gram-negativos e/ou perfuração
- Em relação à perfuração da vesicula... e mais comum a perfuração livre ou a localizada? a localizada (e contida pelo omento ou aderencias)


13

- Quais os calculos que tem mais tendencia a dar fistulas? Mais pequenos ou maiores?
- Onde ocorre a obstrução do ileus biliar?

- Quais os calculos que tem mais tendencia a dar fistulas? Mais pequenos ou maiores? Maiores (>2,5)
- Onde ocorre a obstrução do ileus biliar? Válvula ileo-cecal

14

Tx colecistite aguda
- quando dar ATB?
- Qual o fármaco a evitar na analgesia numa colecistite aguda? Porquê?

- quando dar ATB? Colecistite aguda grave. Tb reduzem a incidencia de complic pos-op infeciosas.
- Qual o fármaco a evitar na analgesia numa colecistite aguda? Porquê? Morfina. Produz espasmo do esfíncter de Oddi.

15

Como se define uma diarreia induzida por sais biliares?%?

≥ 3 dejecções aquosas/dia. 5-10%

16

Atresia e hipoplasia biliar
- Quando ocorre a icterícia obstrutiva grave associada à atresia biliar?
- qual o tx? Depois do tx ficam sem patologia?

- Quando ocorre a icterícia obstrutiva grave associada à atresia biliar? 1o mês de vida
- qual o tx? Depois do tx ficam sem patologia? Tx é anastomose bilio-enterica. Mesmo depois de tx bem sucedido a maioria desenvolve colangite cronica, fibrose hepat extensa e HTPortal.

17

Qual a lei de Courvoisier?

Vesícula grande palpável sugere obstrução por malignidade

18

Causa + comum de compressão extrínseca dos ductos biliares?

Carcinoma da cabeça do pâncreas

19

DOR/HIPERSSENSIBILIDADE QSD+FEBRE+LEUCOCITOSE

Colecistite aguda

20

DORQSD+FEBRE+ICTERÍCIA

Colangite

21

DOR QSD + ICTERÍCIA + MASSA ABDOMINAL

Quisto do colédoco, ocorre a triade clássica em apenas 1/3 dos dos doentes

22

DOR + ICTERÍCIA OBSTRUTIVA + MELENAS/SOF

Hemobilia

23

Composição da bilis hepatica é igual a da bilis vesicular. V ou F

F
Bilis hepatica e isotonica
Bilis vesicula: reabsorção anioes inorganicos; reabsorção de agua -> bilis da vesicula e mais concentrada.

24

Anomalias congénitas da VB
- sao ou nao sao incomuns?
- qual é clinicamente significativa? O barrete frigio ou a vesicula flutuante?

- sao ou nao sao incomuns? Nao sao incomuns
- qual é clinicamente significativa? O barrete frigio ou a vesicula flutuante? A vesicula flutuante (pode herniar, ter torção...). O barrete frigio e um barrete de smurf :D

25

Calculos biliares
- mais prevalentes em homens ou mulheres?
- mais prevalentes em que etnias?

- mais em mulheres
- mexicanos>caucasianos>afro-americanos (YMCA)

26

Nos doentes com e sem cálculos o colesterol da dieta faz aumentar a secreção biliar de colesterol. V ou F

F! Isto so ocorre nos doentes com cálculos.

27

Qual é o mecanismo mais imp para a formação de uma bilis litogenica?

Secreção biliar aumentada de colesterol.

28

Liga as funções das enzimas hepaticas
- colesterol-7-alfa-hidroxilase
- HMG-CoA

(enzima limitadora da velocidade de sintese de colesterol hepatico; enzima limitadora da velocidade de sintese dos AB a partir do colesterol)

- colesterol-7-alfa-hidroxilase - enzima limitadora da velocidade de sintese dos AB a partir do colesterol
- HMG-CoA - enzima limitadora da velocidade de sintese de colesterol hepatico

29

A superssaturação de colesterol na bilis é suficiente para formar calculos. V ou F?

Falso! e importante mas nao chega!
Porque o tempo necessario para que a ocorra nucleação e crescimento dos cristais de colesterol é maior do que aquele que a bilis permanece normalmente na vesicula.

30

Calculos biliares
faz a ligação com a função destes componentes: mucina, glicoproteinas, imunoglobulinas, apolipoproteinas A1 e A2
- pro-nucleação?
- anti-nucleação?

- pro-nucleação? mucinas, imunoglobulinas, glicoproteinas
- anti-nucleação?apolipoproteinas A1 e A2, glicoproteinas

31

Condições associadas a hipomotilidade da vesicula?

- gravidez
- jejum
- ACO
- octreotido (hormona inibitoria do TGI)
- cirurgia
-queimaduras
- NPT total

32

- Gravidez e lama/calculos biliares. As alterações (calculos e lama) reversiveis ou irreversiveis depois do parto?
- Rapida redução de peso. O que pode prevenir a formação de calculos biliares?

- Gravidez e lama/calculos biliares. As alterações (calculos e lama) reversiveis ou irreversiveis depois do parto?reversiveis
- Rapida redução de peso. O que pode prevenir a formação de calculos biliares? AUDC

33

Faz a ligação referente aos calculos pigmentados - calc pretos; calculos marron/castanhos
- + bilirrubina conjugada
- + bilirrubina n conjugada
- cirrose hepatica
- s. gilbert
- fibrose quistica
- doenças ileais
- inf cronicas bilis

- + bilirrubina conjugada - pretos
- + bilirrubina n conjugada - marrons
- cirrose hepatica - pretos
- s. gilbert - pretos
- fibrose quistica - pretos
- doenças ileais -pretos
- inf cronicas bilis - marrons

34

Cólica biliar
- duração?
- é cte ou intermitente?
- niveis elev de FA e/ou bilirrubina - que localização e mais provavel?
- Mais nocturna ou diurna

- duração? 15 min - 5 horas (depois disso - colecistite aguda)
- é cte ou intermitente? constante!
- niveis elev de FA e/ou bilirrubina - que localização e mais provavel? Coledoco
- Mais nocturna ou diurna? nocturna

35

Dtes com cálculos biliares. Quem tem mais probabilidade de desenvolver sintomas? Jovens ou idosos?

Jovens

36

Geralmente nao se propoe colecistectomia profilactica para doentes com calculos biliares assintomaticos. Excepções?

Calculos muito volumosos (mais de 3 cm)
calculos em VB com anomalia congenita/outras condições que levem a aumento de form de calculos

37

Colecistite aguda
- a inflamação bacteriana tem um papel importante numa minoria de doentes. V/F?
- 60-70% dos pacientes tem crises precedentes.V ou F?
- Bilirrubina serica torna-se levemente elevada em menos de metade e 25% apresenta elevação modesta das AT. V/F?

- a inflamação bacteriana tem um papel importante numa minoria de doentes. F! Tem um papel imp em 50-85% dos doentes
- 60-70% dos pacientes tem crises precedentes.V (maioria dos doentes tem sinais de alerta antes do surgimento de uma complicação)
- Bilirrubina serica torna-se levemente elevada em menos de metade e 25% apresenta elevação modesta das AT. V

38

Colecistite aguda
- ____% dos doentes conseguem a remissao dos sintomas nos primeiros 2-7 dias mas ____ % ira ter recidiva no primeiro ano.

- 75% dos doentes conseguem a remissao dos sintomas nos primeiros 2-7 dias mas 25% ira ter recidiva no primeiro ano.

39

Colecistite enfisematosa ocorre mais em que pacientes?
- homens ou mulheres idosas?
- que doença esta mais associada?

Homens idosos, doentes com DM

40

Nas patologias da VB e ductos a abordagem laparoscopica é preferivel com duas excepções. Quais?

Ileus biliar e obstrução por parasitismo hepato-biliar.

41

Na bilis tipo leite de cálcio e na vesicula de porcelana a colecistectomia n esta recomendada pois são condições clinicas inocuas. V/F?

F!
Bilis tipo leite de calcio -> mais risco de complicações
Porcelana -> alta percentagem de casos estao associados a carcinoma da VB

42

- até 15% dos pacientes submetidos a colecistectomia tem calculos no coledoco. V ou F?
- Qual o procedimento de escolha para remoção de calculos dos ductos biliares?

- até 15% dos pacientes submetidos a colecistectomia tem calculos no coledoco. V
- Qual o procedimento de escolha para remoção de calculos dos ductos biliares? Esfincterectomia biliar endoscopica (EBE)

43

O que é que a celecistectomia faz ao transito intestinal?
Que consequencia podera ter isso?

Acelera! Particularmente no colon direito.
Mais rapido -> mais AB chega ao colon -> mais transformação na sua forma secundária -> diarreia por AB

44

Colecistoses hiperplasicas
- vesicula em morango é observada em que condição? Na adenomiomatose ou na colesterolose?
- polipos vesiculares sao mais comuns em que genero?
- Quando esta recomendada a colecistectomia em assintomaticos com polipos?

- vesicula em morango é observada em que condição? Na adenomiomatose ou na colesterolose? Na colesterolose
- polipos vesiculares sao mais comuns em que genero? Masculino.
- Quando esta recomendada a colecistectomia em assintomaticos com polipos ? dts com mais de 50 anos, polipos>10 mm, calculos, aumento do numero de polipos

45

Ectasia biliar congénita
- se afetar as radiculas principais dos ductos intra-hepaticos como se chama? E se a afetação for dos ductos biliares intra e inter-lobares?
- ATB curtos ou longos periodos?
- sao doenças benignas?

- se afetar as radiculas principais dos ductos intra-hepaticos como se chama? D. Caroli
- E se a afetação for dos ductos biliares hepaticos intra e inter-lobares? Fibrose hepática congenita
- ATB curtos ou longos periodos? Prolongada (estase -> bact -> colangite)
- sao doenças benignas? Não! Podem progredir para CB secundaria, colangiocarcinoma...

46

Coledocolitiase
- 10-15% dos doentes com colelitiase tem passagem do calculo para o coledoco. V ou F?
- Tipo de cálculos + frequente na coledocolitíase?
- Calculos primarios do coledoco sao de que?
- Quando temos elev das AT, da FA e da bilirrubina qual é a ultima a normalizar?

- 10-15% dos doentes com colelitiase tem passagem do calculo para o coledoco. V
- Tipo de cálculos + frequente na coledocolitíase? Colesterol (migram da VB)
- Calculos primarios do coledoco sao de que? Pigmentares
- Quando temos elev das AT, da FA e da bilirrubina qual é a ultima a normalizar? A FA

47

Colangite
- bacterias estao presentes em cerca de 75% dos pacientes com colangite aguda. V/F?
- colangite aguda supurativa. A taxa de mortalidade aproxima-se de ____% quando n se consegue o alivio cirurgico/endoscopico imediato.
- Qual é melhor: abord endoscopica ou a cirurgica?

- bacterias estao presentes em cerca de 75% dos pacientes com colangite aguda. V
- colangite aguda supurativa. A taxa de mortalidade aproxima-se de 100% quando n se consegue o alivio cirurgico/endoscopico imediato.
- Qual é melhor: abord endoscopica ou a cirurgica? equivalentes

48

inflamação pancreatica complica a colecistite em 15% e a coledocolitiase em 30%. V ou F?

V

49

Cirrose biliar secundária mais por estreitamentos devido a.....?

Neoplasia

50

A correção operatoria dos estreitamentos dos ductos biliares nao CEP é praticamente isenta de riscos. V/F?

F! Tem uma mortalidade muito elevada!

51

Colangite associada a IgG4
- clinicamente e imagiologicamente muito diferente da CEP. V/F?
- Associação a DII?
- Tx?
- Associada a que doença auto-imune?

- clinicamente e imagiologicamente muito diferente da CEP.F! E clinica e imagiologicamente indistinguivel
- Associação a DII? Não!
- Tx? GC/Azatioprina prolongado
- Associada a que doença auto-imune? Pancreatite auto-imune

52

CEP pequenos ductos
- histologia hepatica; colestase cronica, achados colangiograficos -> o que difere a CEP peq ductos para a CEP normal?
- presente em 5% dos doentes com CEP. V/F?

- histologia hepatica; colestase cronica, achados colangiograficos -> o que difere a CEP peq ductos para a CEP normal? achados colangiograficos N na dos peq ductos
- presente em 5% dos doentes com CEP. V

53

Nos pacientes com SIDA podemos ter inf do trato biliar e alt colangiopancreatograficas semelhantes a CEP. V/F

V

54

Tx da CEP
- metotrexato, GC e ciclosporina são eficazes na CEP?
- AUDC melhora a sobrevida?
- O prognostico como é?
- A CEP e uma das indicações principais para transplante de figado. V/F?
- Variaveis como idade, bilirrubina, esplenomegalia e histologia permite prever a sobrevida. V/F

Tx da CEP
- metotrexato, GC e ciclosporina são eficazes na CEP? Não
- AUDC melhora a sobrevida? Não; pode melhorar provas de função hepatica
- O prognostico como é? Mau.
- A CEP e uma das indicações principais para transplante de figado. V
- Variaveis como idade, bilirrubina, esplenomegalia e histologia permite prever a sobrevida. V

55

Qual é o metodo mais sensivel para detectar calculos ampulares?

Ecoendoscopia