HAS e Dislipidemia Flashcards Preview

Clínica Médica > HAS e Dislipidemia > Flashcards

Flashcards in HAS e Dislipidemia Deck (31):
1

 

Qual o fator chave/cerne da Síndrome Metabólica?

 

 

RESISTÊNCIA INSULÍNICA

2

 

Critérios Diagnósticos para Síndrome Metabólica

 

3 dos 5 critérios:

1) PA ≥ 130 x 85 mmHg

2) Triglicerídeos ≥ 150

3) HDL (< 40 Homens; < 50 Mulheres)

4) Obesidade abdominal: H > 102; F > 88

5) Glicemia jejum ≥ 100

3

 

Qual o exame padrão ouro para o Dx de HAS?

 

MAPA

(Monitorização Ambulatorial da PA)

A image thumb
4

 

Qual a circunferência abdominal utilizada pela IDF para ponto de corte na definição da SM?

 

Homens ≥ 95 cm

Mulheres ≥ 80 cm

(População descendente de europeus e africanos)

5

 

Classificação da Retinopatia Hipertensiva

 

Classificação de Keith-Wagener-Barker (KWB)

I) Estreitamento arteriolar

II) Cruzamento patológico AV

III) Hemorragia e exsudato

IV) Papiledema

A image thumb
6

 

Hipertenso com este achado

O que representa na classificação de KWB?

Q image thumb

 

PAPILEDEMA

Grau IV na classificação de Keith-Wagener-Barker

7

 

Hipertenso com este achado no FO

O que representa? Que classe KWB?

Q image thumb

 

Estreitamento arteriolar

Grau I na classificação de Keith-Wagener-Barker

8

 

Hipertenso com este achado no FO: o que é?

Que grau?

Q image thumb

 

Cruzamento arteriovenoso patológoico

Grau II na classificação de Keith-Wagener-Barker

9

 

Hipertenso com este achado no FO

O que representa? Que classe KWB?

Q image thumb

 

Hemorragia em chama de vela

Classe III na classificação de Keith-Wagener-Barker

(junto com os exsudatos algodonosos)

A image thumb
10

 

Como é a nefropatia hipertensiva benigna?

 

 

Arteriolosclerose hialina

  • Hipertrofia da cama média 
  • Caráter crônico

A image thumb
11

 

Como é a nefropatia hipertensiva maligna?

 

Arteriolosclerose hiperplásica da arteríola aferente glomerular

  • Lesão aguda 
  • Aspecto em bulbo de cebola

A image thumb
12

 

Quais são os estágios de HAS segundo a Diretriz Brasileira de Hipertensão?

 

  • PA normal
  • Pré-HAS
  • HAS estágio 1
  • HAS estágio 2
  • HAS estágio 3

13

 

Diretriz Brasileira de Hipertensão: PA normal

 

PA ≤ 120 x 80 mmHg

14

 

Diretriz Brasileira de Hipertensão: Pré-HAS

 

PAS: 121 - 139

PAD: 81-89

15

 

Diretriz Brasileira de Hipertensão:

HAS estágio 1, 2 e 3

 

ESTÁGIO 1: PAS ≥ 140 / PAD ≥ 90

ESTÁGIO 2: PAS ≥ 160 / PAD ≥ 100

ESTÁGIO 3: PAS ≥ 180 / PAD ≥ 110

16

 

Quais são os estágios de HAS segundo a Diretriz Americana de Hipertensão?

 

  • PA normal
  • PA elevada
  • HAS estágio 1
  • HAS estágio 2

17

 

Diretriz Americana de HAS: PA normal

 

PA < 120 x 80 mmHg

18

 

Diretriz Americana de HAS: PA elevada

 

PAS 120-129

PAD < 80

19

 

Diretriz Americana de HAS: HAS estágio 1

 

PAS 130 - 139 

ou

PAD 80 - 89

20

 

Diretriz Americana de HAS: HAS estágio 2

 

PAS ≥ 140

ou

PAD ≥ 90

21

 

Qual a diferença aceitável para PA nos braços?

Se estiver maior que isso - o que fazer?

 

∆PAS < 20 mmHg

∆PAD < 10 mmHg

Se variação acima disso → investigar DOENÇAS ARTERIAIS

22

 

Como definir hipotensão postural?

 

Queda após ortostase:

≥ 20 mmHg na PAS

≥ 10 mmHg na PAD

23

 

O que é hiato auscultatório?

 

Desaparecimendo prolongado dos sons ao desinsulfar o manguito. Pode ser:

  • Entre KI e KII
  • Entre KIV e KV

 

24

 

Manobra de Osler

  • O que é?
  • O que detecta?

 

Insuflar manguito enquanto palpa artéria radial até desaparecimendo do pulso; Positiva quando palpamos um tubo firme após desaparecimento do pulso

Indica enrijeciemento vascular → PA pode ser superestimada

25

 

O que acontece com a PA se eu utilizar um manguito muito grande ou muito pequeno?

 

MUITO GRANDE → mais folgado → menor a PA → subestimada

MUITO PEQUENO → mais apertado → maior a PA → superestimada

26

 

Quais são os pacientes que mais se beneficiam do tratamento com estatinas?

 

 

Pacientes com doença aterosclerótica estabelecida!

  • Doença coronariana
  • Doença cerebrovascular
  • Doença arterial periférica

27

 

Qual a principal diferença entre a diretriz BRASILEIRA e a AMERICANA de DISLIPIDEMIAS?

 

  • BR: estabelece alvos numéricos
  • EUA: estabelece porcentagens de redução

28

 

Quem são os pacientes de muito alto risco cardiovascular?

Qual seu alvo terapêutico de acordo com cada diretriz?

 

  • Doença aterosclerótica estabelecida
  • LDL-c ≥ 190

ALVOS

  • BR: LDL-c < 50
  • EUA: ↓ LDL em ≥ 50%

29

 

Pacientes com ALTO RISCO CV ou com DM ou com LDL-c em determinado valor (qual?) devem ter que alvos terapêuticos?

 

  • LDL-c entre 70 - 189

ALVOS

  • BR: LDL-c < 70
  • EUA: ↓ LDL-c em 30-50%

30

 

Demais pacientes devem ter que alvos de lipideos?

 

  • EUA: ↓ LDL-c < 30%
  • BR: LCL-c < 100

31