Hepatites virais Flashcards Preview

4. :( > Hepatites virais > Flashcards

Flashcards in Hepatites virais Deck (84):
1

Como é transmissão na hepatite B?

1. Maioria percutânea
2. Sexual
3. Perinatal (++ no parto)

2

Vias de transmissão da hepatite D (areas endemicas VS não endémicas)

Áreas endémicas ++ sexual,
áreas não endémicas ++ percutânea

3

O diagnóstico sérico retrospectivo de infecção pelo HBV e HDV aguda autolimitada e simultânea é difícil (V ou F)

V

4

O Genótipo C está associado a hepatopatia menos rapidamente progressiva e menor probabilidade, ou aparecimento retardado, de CHC que genótipo B (V ou F?)

Falso. Contrário.

5

A vacinação para a HepB está associada a uma redução de cerca de 90% de novas infecções (assim como das complicações, como o CHC)

V

6

IgG anti-HAV confere imunidade ou não?
E o anticorpo anti-HCV confere imunidade para a hep C?

IgG anti-HAV confere imunidade ou não? Confere!
E o anticorpo anti-HCV confere imunidade para a hep C? Não confere!

7

Quais sao as hepatites transmitidas via fecal-oral? e veiculadas pelo sangue?

Fecal-oral: A e E
Sangue: B, C, D

8

Hepatite A
- Há estado de portador na hepatite A?
- A hepatite A pode progredir?

- Há estado de portador na hepatite A? Não
- A hepatite A pode progredir? Não, é auto-limitada sempre!!

9

É frequente na hep E haver disseminação pessoa-pessoa?

Não. E raro.

10

Vacina hep A eficaz ao fim de quanto tempo?

4 semanas

11

- Vírus das hepatites são DNA ou RNA?
- Hep A e Hep E tem capsula?

RNA, excepto B
- Hep A e Hep E tem capsula? Não

12

Na hepatite aguda necrose em ponte (ou confluente) tem significado prognóstico?

Não.
So tem valor px na hepatite cronica. E por isso que a biopsia n esta indicada.
Contudo a sua presença na hepatite aguda aumenta o risco de hepatite cronica.

13

Aumento das transaminases correlaciona-se com dano hepático?

Não

14

O que significa haver aumento do TP?

Defeito grave na síntese hepática e prognostico mais sombrio

15

Qual a causa mais frequente de hep fulminante?

Hep B, +++ se com HDV (superinfeção:20%) ou HCV

16

- Quais os vírus de hepatite mais associados a variantes colestáticas?
- Qual das hepatites esta associada a escassez de infiltrados inflamatorios?
- Qual esta associado a esteatose microvesicular?
- Qual dos genotipos da Hep C esta mais associado a gordura e fibrose?

- HAV, HEV (colESTAse).
- Hepatite C - esCassez de inflamação
- esteatose microvesicular: hep D (é o virus parasita - é o mais insignificante xD)
- Qual dos genotipos da Hep C esta mais associado a gordura e fibrose? Genotipo 3

17

Quais os períodos de incubação dos vários tipos de vírus da hepatite?

A: 4 sem (A4)
E: 5-6 sem,
C: 7 sem (CR7)
B/D: 8-12 sem.

18

Qual a % de doentes com esplenomegalia e adenopatia cervical?

10-20%.

19

Qual é a % de hepatite B aguda auto-limitada? E da C?

95-99%. 15%.

20

Alterações laboratoriais
- Qual é o padrão dos leucócitos na hepatite aguda?
- A bilirrubina para de subir quando as AT param. V/F

- Neutropenia e linfopenia transitórias, seguidas de linfocitose relativa.
- A bilirrubina para de subir quando as AT param. F! A bilirrubina pode continuar a subir independentemente das AT

21

Hep fulminante
- A hepatite fulminante/necrose hepática maciça associa-se primariamente a que vírus?
- Doentes que recuperam de uma hepatite fulminante podem ter recuperação bioquimica e histologica completa. V/F

- Associa-se: HBV (>50%), HDV, HEV (grávidas!). No da Hep A só temos 0,1% de hep fulminante
- Doentes que recuperam de uma hepatite fulminante podem ter recuperação bioquimica e histologica completa. V

22

O que se deposita no síndrome prodrómico ocasional tipo doença do soro?

Imunocomplexos HBsAg/anti-HBs.

23

Que infecções víricas sistémicas se acompanham de aumentos das transaminases?

Quase qualquer uma.

24

Como deve ser a dieta dos doentes com hepatite aguda?

Dieta hipercalórica é desejável e a maioria da carga deve ser fornecida de manhã.

25

Qual é o papel dos glicocorticóides na hepatite vírica aguda?

Não têm qualquer valor, mesmo nos casos graves associados à necrose em ponte,
podendo mesmo ser deletéria e aumentar o risco de cronicidade.

26

Hep A
Tratamento intensivo meticuloso que inclui cobertura antibiótica profilática é o único factor que parece aumentar a sobrevida na hepatite fulminante. V ou F?

Tratamento intensivo meticuloso que inclui cobertura antibiótica profilática é o único factor que parece aumentar a sobrevida na hepatite fulminante. V

27

Quantos serótipos e genótipos do HAV se conhecem? Período de incubação?

1 serótipo (imunologicamente indiferenciáveis), 4 genótipos. 4 semanas. (A4)
Tem tb 4 polipeptideos da capsula (VP1-VP4)

28

Onde ocorre a replicação do HAV?

É limitada ao fígado.

29

Qual é o paradoxo observado nos países desenvolvidos quanto à infecção HAV?
(pista: inf em adultos e crianças)

À medida que diminui a frequência de infecção, aumenta a probabilidade de ser aparente/grave nos adultos susceptíveis.
É mais sintomatica em adultos.

30

Qual é o método preferencial de profilaxia pré-exposição da HAV?

Vacina (se puder ser administrada 4 semanas antes da exposição esperada).

31

Qual é a forma de transmissão do HEV? Genoma? Reservatório?

Entérica. RNA. Suíno.

32

Em que áreas do mundo ocorre primariamente Hep E?

Índia, Ásia, África e América Central. (Áreas do Equador)

33

- Quantos genotipos tem o HVE?
- Qual a relação entre os genótipos do HEV e a sua virulência?

- Quantos genotipos tem o HVE? 5 (mas so 4 dao inf em humanos)
1 e 2 – mais virulentos,
3 e 4 – mais atenuados (infecções subclínicas).

34

Qual é o padrão da resposta imune ao HEV?

Respostas ocorrem precocemente e também caem rapidamente.

35

A transmissão secundária do HEV aos seus contactos próximos é comum?

Não. É rara e isso distingue-o de outros agentes entéricos.

36

Prevalência de anticorpo anti-HEV em áreas endémicas ≤40% e não-endémicas pode chegar a 20% V/F

V. Mas inf clinica aparente é rara nas nao endemicas.

37

Em que % de casos ocorre hepatite fulminante fatal associada ao HEV?

1-2%, até 20% dos casos que ocorrem em grávidas.

38

- Quantos genótipos se conhecem do HBV?
- quais sao os 4 genes? Função resumida?

8 genótipos (e 8 subtipos)
- 4 genes: S, P, C, X

39

Qual é a distribuição geográfica do HBV?

Genótipos A e D: EUA, Europa (ADEUs). Genótipos B e C: Ásia.

40

Qual a diferença no início da tradução do gene C na região pré-core ou core?

Pré-core: HBeAg (secretado). Core: HBcAg (não é secretado e permanece no hepatócito).

41

Quais são os dois marcadores de replicação e infecciosidade relativa do HBV?

HBeAg (qualitativo), DNA (quantitativo).

42

Qual pode ser o único anticorpo presente no período de janela?

Anticorpo anti-HBc.

43

Qual é o anticorpo protector da hepatite B?

Anticorpo anti-HBs

44

Qual é a taxa de seroconversão HBeAg para anti-HBe?

10% ao ano.

45

Porque é que não podemos confiar sempre no IgM anti-HBc para diferenciar infecção
aguda de crónica?

Porque este pode reaparecer nas exacerbações agudas da hepatite B crónica.

46

Os mutantes pré-core associam-se a infecções crónicas mais...

Severas e que progridem mais rapidamente para cirrose ou CHC ou que são identificadas
mais tardiamente quando se encontram mais avançadas.

47

Qual é o padrão geográfico dos mutantes pré-core?

Forma encontrada mais frequentemente nos países do Mediterrâneo e na Europa.
Muito menos comum nos EUA (genótipo A menos susceptível), mas agora 1/3.

48

Quais são as características laboratoriais do mutante pré-core?

HBsAg+, DNA+ ≤105 (baixo nível), anti-HBe+/HBeAg-, IgG anti-HBc+

49

Qual é a única proteína conhecida do HDV e qual o seu papel?

Antigénio delta (HDAg). Forma pequena facilita a replicação, forma grande suprime a
replicação mas é necessária à montagem dos antigénios em viriões.

50

O que acontece quando o HDV é transmitido para um receptor HBsAg diferente?

O HDV assume o subtipo HBsAg do receptor.

51

Qual é a diferença na tolerância imunológica ao HBV na infecção neonatal ou adulta?

Neonatal – imunotolerante (>crónica) ; adulta – imunoreactiva (>recupera).

52

Qual é a principal via de transmissão da hepatite B?

Inoculação percutânea.

53

Quando ocorre a transmissão perinatal do HBV?

10% in utero, maioria no momento do parto; sem relação com amamentação.

54

Qual é o risco de adquirir infecção HBV numa transfusão sanguínea?

1 em 230,000.

55

O título de HBsAg tem relação com a gravidade da doença?

Pouca. Há uma correlação inversa entre título HBsAg e grau de lesão hepatocitária.

56

Qual a janela temporal de persistência HBeAg e HBsAg que aumenta risco de crónica?

HBeAg > 3 meses, HBsAg > 6 meses.

57

Em que formas de gravidade da hepatite B aguda pode ser recomendado o tratamento?

Formas graves (não nas leve-moderadas).
Tx: analogos de nucleosideos.

58

Em que títulos circula e qual a taxa de replicação do HCV?

Baixos (103 – 107 viriões/mL), muito elevada (1012 viriões/dia); 2.7h.

59

Através de que proteínas entra o HCV no hepatócito? E de que se mascara na saída?

CD-81, Claudina-1. Lipoproteínas (LDL).

60

Qual é o indicador mais sensível da infecção HCV e gold-standard do diagnóstico?

HCV-RNA (ocorre bem antes do anti-HCV, poucos dias após exposição e persiste).

61

- Qual o impacto da infecção HCV na resposta do INF-1?
- A resposta das celulas T citoliticas nao se correlaciona adequadamente com o grau de lesao hepatica/recuperação. V ou F?

- Bloqueio da resposta.
- A resposta das celulas T citoliticas nao se correlaciona adequadamente com o grau de lesao hepatica/recuperação. V -> mais resposta -> mais recuperação.

62

Qual é a eficácia da transmissão HCV na picada acidental de agulha? Abordagem?
E qual a % na transmissao por contacto sexual?

3%. Tratar se aumento da ALT ou RNA.
sexual: 5% (muito inferior a da hepatite B e HIV) - mas eles dizem que a transmissao sexual e ineficaz na Hep C e so e de valorizar em relacionamentos promiscuos.

63

Qual é % de doença hepática crónica por HCV?

40%. Indicação mais frequente para transplante hepático.

64

Qual é a distribuição geográfica dos genótipos HCV?
Qual o genotipo mais comum?
Qual o pais que tem mais Hep C?

EUA: 1 (70%), 2 e 3 (30%). - genotipo mais comum é o 1.
Egipto: 4 (é o pais com mais hep C)
África do Sul: 5.
Hong Kong: 6.

65

Qual é o papel da carga de RNA e genótipo do HCV na resposta ao tratamento?

Podem predizer a resposta relativa à terapia antivírica (mas não são marcadores confiáveis da gravidade da doença ou prognóstico). ->por exemplo portadores inativos tem o RNA mas n tem doença

66

Quais as consequências metabólicas da infecção HCV?

Esteatose hepática, IR/síndrome metabólico, hipercolesterolemia, DM2.
O HCV é um gordo! E mascara-se de lipoproteina.
a esteatose e a insulinorresistencia aumentam a fibrose e atenuam a resposta a terapeutica.

67

Qual é a probabilidade de permanecer cronicamente infectado após HCV aguda?

85-90%.

68

Qual é o papel da ribavirina associada ao IFN-PEG?

Ainda não foi demonstrado.

69

Qual é o papel da vacina e da IG na profilaxia da hepatite C?

Inefizaes/não recomendadas.

70

A morbimortalidade nos dtes com HCV é limitada nos primeiros 20 anos. V ou F?

V

71

Padrão de elevação intermitente da carga viral e das aminotrasferases é verificado com frequencia em que hepatite?

Hep C

72

Hep C
- Haplotipo CC asociado a hep C auto-limitada. V ou F?
- 90% das hepatites associadas a tranfusão sao Hep C. V ou F?
- 60-70% das hep nao A nao B sao pelo virus C. V ou F?

Todas V

73

Hep C tem muita ou pouca diversidade?

Muita! Diversidade dos genotipos (pelo menos 6) e das quase-especies, que resulta do seu alto ritmo de mutações, interfere na imunidade do hospedeiro.

74

Hep C integra-se no genoma do hospedeiro. V/F

Falso!
Não se replica com intermediario de DNA.

75

Hep C tem um so gene mas 10 proteinas viricas. V/F

V
6 nao estruturais (NS)
4 estruturais: C (nucleocapside), E1 e E2 (involucro - regiao altamente variavel) e P3 (canal ionico)

76

Vacina Hep B (3 doses no deltoide)
- 60-80% Anti-Hbs protector durante pelo menos 10 anos. V ou F?
Reforços nao sao necessarios normalmente. Excepções?

- 60-80% Anti-Hbs protector durante pelo menos 10 anos. V (mas nos imunocompetentes mesmo quando ele desaparece a proteção mantem-se pelas nossas celulas imunes).
- Excepções: imunodeprimidos sem Anticorpo, hemodialisados com titulo do anticorpo baixos

77

O dano citopatico nas hepatites é dependente da resposta imune com uma excepção. Qual?

Hepatite colestatica fibrosante (virus HBV pós-transplante)
E independente da resposta imune

78

Localização dos antigénios dos virus
- qual dos antigenios virais n está no citoplasma?
- Quais sao os dois que estao na membrana?
- Quais sao os dois que estao no nucleo?

- qual dos antigenios virais n está no citoplasma? o do vírus D
- Quais sao os dois que estao na membrana? AtgHBs e AtgHBc (o c está em todo o lado!)
- Quais sao os dois que estao no nucleo? AtgHBc e o do vírus D (vai atras do coração do B!)

79

Hepatite anicterica mais em que tipo?

AniCterica: Hep C

80

O Fator reumatoide pode levar a falsos positivos no dx das hepatites A, B e C. V/F

V
Interfere com as medições dos anticorpos Anti-HAV IgM, Anti-HBc IgM e Anti-HCV

81

Em que entidades temos:
- Anti-LKM1?
- Anti-LKM2?
- Anti-LKM3?

- Anti-LKM1: Hep C, HAI tipo 2
- Anti-LKM2: Hep tóxica
- Anti-LKM3: hep D cronica

82

Que hepatites podem levar ao desenvolvimento de HAI?

A, B, C

83

PAN ocorre em menos de 1% dos doentes com hepatite B cronica mas 20-30% dos doentes com PAN tem HBsAg no soro. V/F

V

84

Manifestações extra-hepaticas das hepatites
- maioria sao mediadas por IC. Diz duas que n sao?

- maioria sao mediadas por IC. Diz duas que n sao? Liquen plano, porfiria cutanea tarda, SMetab, DM