ORTOPEDIA Flashcards Preview

ESPECIALIDADES > ORTOPEDIA > Flashcards

Flashcards in ORTOPEDIA Deck (88):
1

Mecanismo de Osteomielite

  • Contiguidade: pé diabético, fratura exposta, cirurgia, celulite.
  • Hematogenica: Crianças, metafise osso longo 🚩

2

Fratura mais comum dos adultos

Mulher, 50 anos com osteoporosoe

Queda com mão estendida e braço em pronação

Q image thumb

FRATURA DE COLLES

Fraturada de metafise radial distal com desvio angular posterior

A image thumb
3

Luxação mais comum

Luxação gleno-humeral (ombro)

Mais comum luxação anterior

Abdução, extensão e rotação externa

Sinal da dragona

Risco lesão de nervo axilar( parestesia deltoide)

Lesão de Bankart: rotura capsula anterior RECIDIVA

Lesão de Hill-Sachs: Fratura humero proximal

REDUÇÃO DE EMERGENCIA

Manobras de Stimson (deitado) Hipocrates, Kocher

A image thumb
4

Epicondilite lateral

Dor na pressão de epicondilo lateral, piora com extensão ou desvio radial do punho contra resistencia.

Musculos afetados

Profissão

Testes

Epicondilite lateral

Musculos afetados M. extensores do punho

Profissão Cotovelo do tenista, jardineiro, carpinteiro

Teste de Cozen: extensão contra resistencia

Teste de Mill:  supinação contra resistencia

5

Testes para LCA

  • Teste da gaveta anterior
    • Com a coxa e perna em flexãp puxar perna para frente. Positivo = deslizamento anteior
  • Manobra de LAchman
    • Joelho em flexão (30°) tração anterior de perna e posterior de femur
  • Pivot Shift Test
    • Rotação interna da tibia, segurando o pé e flexionar joelho. Postitivo = estalo

A image thumb
6

Tratamento de Legg-Calve-Perthes

<6 anos: observação

>.6 anos: Contenção da cabeça femoral no acetabulo (funciona como molde) por:

  1. Imobilização em abdução (ortese ou Petrie)
  2. Osteotomía em refratarios

7

Classificação de Salter-Harris

(Fratura fisaria)

I- FIse (Redução fechada + geso)

II- Fise + Metafise MAIS COMUM (Redução fechada + geso)

III- Fise + Epifise ( Redução aberta + Fixação interna)

IV- Fise + Epifise + Metafise ( Redução aberta + Fixação interna)

V- Compressão (Cirurgia para diminuir deformidade)

 

A image thumb
8

Fratura-luxação de Monteggia

Fratura de diafise ulnar + Luxação de cabeça de radio

Crianças conservador Adultos cirurgico

A image thumb
9

Fases de consolidação óssea

Calo mole: 2 semanas

Calo ósseo: 6 semanas (consolidação clínica/ estável)

Consolidação radiologica: 4-8 meses (sem fratura)

10

Lesão de meniscos

Mais comum lesado

Mecanismo

Teste?

Tratamento

Lesão de meniscos

Mais comum lesado Menisco medial

Mecanismo Rotação interna ou externa da tibia com joelho flexionado

Teste de McMurray com joelho flexionado 90° o examinador segura o pé provocando uma rotação interna(ML)/externa (MM) en seguida extender o joelho. Positivo dor associada a estalo

Teste de Apley paciente em DV, com joelho fletido a 90º. O fisioterapeuta apóia seu joelho em cima da coxa do paciente para estabilizar e mobiliza firmemente o calcanhar. Após, realiza rotação interna e externa com compressão. Se houver dor na face lateral, o teste é positivo para ruptura de menisco lateral e se houver dor na face medial, o teste é positivo para ruptura de menisco medial

 

Tratamento conservador. Cirurgico se persiste >2 semanas

 

11

Tratamento agudo em lesão de LCA

Proteção (muletas)

Repouso

Ice

Compressão (bandagem)

Elevação do membro

12

Complicações do tratamento das fraturas

  1. Consolidação viciosa (deformidade): fratura e novo realimhamento se importante
  2. Pseudo-artrose (não consolidação: apos 9 meses

13

Fratura apos queda com punho fletido e braço suprinado

(Colles invertida)

Fratura de Smith

14

Criança, branca

Tumoração em pelve e diafise de ossos longos

Rx: lesão osteolitica (roido de traças)

Reação periostial em casca de cebola

Q image thumb

Sarcoma de Ewing

QT neo e adjuvante

CIrurgia

RT (se não possível cx) UNICO RADIOSENSIVEL

15

Primeira conduta em lesão óssea + lesão vascular

1- Realinhar fratura

2- Reparo vascular

16

Apos fratura dor que não melhora com analgesia

Piora com estiramento muscular

Parestesia de extremidade

membro tenso e edemaciado

Fraqueza motora

Pulso pode estar presente

Dx e complicação

Sd. compartimental

Comlicação contratura de Volkmann (fibrose muscular)

Fasciotomia

17

Manobras para DDQ

<3 meses

3m a 12m

>12m

Manobras para DDQ

<3 meses: Ortolani, Barlow

3m a 12m:

Sinal de Hart: limitação abdução

Sinal de Galeazzi: discrepancia de MMII fletidos

Telescopagem: movimento de trocanter em puxa e empurra

>12m:

Marcha claudicante tipo gingado de pato

Sinal de Trendelemburg ao ficar de pé no lado afetado quadril cai para o lado oposto e tronco se desvia para lado lesado

18

Informatico que gosta passar as roupas

Dor na região radial do punho agravada pelo moviemnto do polegar e desvio ulnar do punho

Dor ao teste de Finkelstein

Tennosinovite de De Quervain

Tendinite do abductor longo e extensor curto

 

A image thumb
19

Displasia de desenvolvimento do quadril ou 

Displasia/ luxação congénita do quadrl

(quadril luxável)

Mais comum esquerdo, meninas

20% bilateral

Barlow e Ortolani úteis ate 3 m.🚩

20

Localização de lesão mais provável apos mergulho em agua rasa

fratura-luxação C5-C6

21

Trauma direto em face lateral do joelho 

Teste estresse em valgo (+) ou bocejo medial

Lesão de ?

Ligamento Colateral Medial

Ligamento mais lesado

Teste estresse em valgo (+) ou bocejo medial

Com o joelho em semiflexão e tornezelo apoiado, forzar joelho medialmente

A image thumb
22

Mulher deportista

Edema e dor no joelho

Estalo apos rotação externa de femur com o pe fixado

Sensação de estabilidade no joelho apos melhorar dor

Teste da gaveta anterior (+)

Manobra de Lachman (+)

Pivot Shift test(+)

Lesão ligamento cruzado anterior

23

Fratura de cotovelo mais comum

Em crianças

Em adultos

Fratura de cotovelo mais comum

Em crianças: supracondilea

Em adultos: intercondilea (intraarticular) Rigidez

24

Fratura do enforcado

Espondilolistese C2

Corda arranca corpo de axis do corpo de c3

25

Fratura mais comum cervical alta

Mecanismo

fratura do processo odontoide

Hiperflexão cervical

26

Fratura em paciente com tumor ósseo ou osteoporose

Q image thumb

FRATURA PATOLOGICA

27

Tipos de redução de fratura

  • Redução fechada ou incruenta
    • Por manipulação: diafise, humero radio distal (Colles)
    • Por tração continua: femur, coluna cervical
  • Redução aberta ou cruenta
    • Cirurgica: intra-articular, cominutivas

28

Pior complicação da DDQ

Necrose avascular da cabeça femoral

29

Menino de 7 anos

Dor no joelho esquerdo e febre há 2 dias

Dor a palpaçãp de metafise distal (one finger pain)

Radiografia edema de partes moles

PCR e VHS elevados

Osteomielite Hematogena Aguda

30

FATORES DE RISCO DA DISPLASIA DE DESENVOLVIMENTO DE QUADRIL

  1. Historia familiar
  2. Sexo femenino
  3. Apresentação pélvica
  4. Oligodramnia
  5. Gemeralidade

31

Pé torto congénito

  1. Equino
  2. Varo
  3. Supino
  4. Adução
  5. Cavo

MEninos

50% bilateral

Tratamento conservador tecnica de Ponseti

32

DIAGNOSTICO

Q image thumb

Fratura em torus

Crianças

Amassa (inverga) ao inves de quebrar

33

Fratura-luxação de Galeazzi

Q image thumb

Fratura de diafise do radio

Luxação de radioulnar distal

Queda com mão estendida e membro em extensão 

34

Tumor ósseo de adultos

Acomete pelve e femur proximal

Rx variável

CONDROSARCOMA

Cirurgia (quimiosensivel

35

Manobras para avaliar ligamentos colaterais

Bocejo medial: LCM (valgo)

Bocejo lateral: LCL (varo)

36

🚩Confirmação diagnóstica de Displasia de Quadril🚩

USG

37

SINAIS DE ALARME DE LUMBALGIA MECANICA

(Realizar exame de imagem)

  1. Trauma recente
  2. Perda de peso
  3. Febre inexplicada
  4. Imunosupressão
  5. Historia de cancer
  6. Uso de drogas IV
  7. Osteoporose
  8. Idade > 70 anos
  9. Deficit neurologico progressivo
  10. Sintomas incapacitantes > 6 semanas

38

Entorse de tornozelo

Mais comum?

Mais lesado?

Entorse de tornozelo

Mais comum? Lateral (eversão)

Mais lesado? Ligamento Talofibular anterior (LTFA)

Teste de gaveta anterior (+)

Conduta Protocolo PRICE

(GI- Sem rotura, GII- Rotura parcial, GIII-Rotura completa)

A image thumb
39

Conduta em osteomielite

Rx altera 10-14 dias (Periostite, osteolise)

Se normal RNM, Cintilografia

Drenagem cirurgiaca (Absceso metafisario, Secuestro)

ATB 4-6 semanas

40

Luxação de joelho

Mais comum?

Estrutura lesada?

Luxação de joelho

Mais comum? Anterior

🚩Estrutura lesada? A. poplitea, N. fibular comum

Redução fechada sob analgesia opioide

41

Manobra de Barlow

Quadril luxável

Adução + Pressão posterior

Positivo: palpa luxação ou click

A image thumb
42

Criança de 5 anos

Apos 10 dias de infecção viral respiratoria

Claudicação, dor no quadril que irradia a coxa e joelho

Rx normal

USG derrame articular

HMG normal Aumento VHS

Sinovite transitoria

Tto: Repouso + Analgesia + AINE

43

Legg-Calve-Perthes

x

Epifisiolise de quadril

x

Sinovite transitoria

Todas dor de quadril, claudicação:

Legg-Calve-Perthes: rx colapso cabeça femoral, aumento espaçoa rticular

Epifisiolise de quadril: Sinal de Drehman, Linha de Klein com Sinal de Trethovan

Sinovite transitoria: antecedente de IVAS

44

ESCALA DE ANALGESIA DA OMS

A image thumb
45

Conduta em fratura exposta

  1. ABCDE
  2. Curativo estéril + Imagem
  3. ATB profilático em até 3 hs, por 48-72hs + Vacina Antitetánica. >6 horas = ATB terapeutico (2 semanas)
  4. Cirurgia em até 6 horas🚩
    1. Debridamento
    2. Limpeza mecánica com solução salina
    3. Estabilização da fratura

46

Impotencia funcional em membro da criança apos balançar pelas mãos

Luxação de cabeça de radio

A image thumb
47

48

Epicondilite medial

Dor na pressão de epicondilo medial, piora com flexão ou desvio radial do punho contra resistencia

Musculos afetados

Profissão

 

Epicondilite medial

Musculos afetados M. flexores do punho

Profissão Cotovelo do golfista, jardineiro, carpinteiro

 

49

Manguito rotador

Musculos e funciones

Supraespinoso: abdução +DEGENERAÇÃO E ROTURA

Infraespinoso: rotação externa

Subescapular: rotação interna

Redondo menor: coadjuvante de todos + COMPRESSÂO

50

Criança de 7 anos

Dor difuso ambos MMII, musculoesqueletica intensa

Coca ant, poplitea, panturrilha

No final da tarde ou noite

Melhora com calor, analgesia

Rx normal

Dor de crescimento

mas não tem relação com o crecimento

51

Fraturas que exigem redução perfeita (anatomica)

Fratura intra-articular (epifise)

52

Luxação de quadril

Mais comum?

Lesão?

Impotencia funcional de membro, mais curto, rotação interna

Luxação de quadril

Mais comum? Posterior

Lesão? N. ciático, Fx. post. acetabulo

Redução fechada de URGENCIA sob sedação e analgesia🚩

Manobra de Allis

53

Testes para avaliar musculos do manguito rotador

TESTE DE JOBE - SUPRAESPINOSO

Elevação de membro em rotação interna (esvaziar lata) contra resistencia. Dor: Tendinite Fraqueza: Rotura

TESTE DE PATTE - INFRAESPINOSO

Rotação externa contra resistencia de cotovelo flexionado. Dor = tendinite Fraqueza = Rotura

TESTE DE GERBER - SUBESCAPULAR

Afastar mão do dorso apos colocar braço para trás em rotação interna com cotovelo flexionado

54

Complicações das fraturas

  1. Lesão arterial: rara
  2. Sd. compartimental: gesso,  complica com contratura de Volkmann (fibrose muscular)
  3. Embolia gordurosa ou TEP
  4. Osteomielite
  5. Necrose avascular ou asséptica: colo de femur

55

Fratura do humero proxima

 

 

Idosas 

Queda sobre mão com MS estendido

80% sem desvio

Tratamento conservador

Complicação Sd. do ombro congelado por imobilidade prolongada

56

MTS ÓSSEA BLASTICA

MTS OSSEA LITICA

MTS ÓSSEA MIXTA

MTS BLÁSTICA

  • Carcinoide
  • Hodgkin
  • Oat cell
  • Prostata

MTS LÍTICA

  • Pulmão não oat cell
  • Melanoma
  • Mieloma
  • Tireoide
  • LNH
  • Renal

MTS MIXTA

  • Mama
  • Gastrointestinal

 

57

Luxação de cotovelo

Mais comum?

Estrutura lesada?

Luxação de cotovelo

Mais comum? posterior

Estrutura lesada? N. ulnar, ligamento medial

Redução fechada (manobra de Parvin)

58

Fratura de Jefferson

Fratura de atlas

Compressão vertical de cranio sobre atlas

59

🚩Clasifficação Gustilo Anderson Fraturas expostas🚩

A image thumb
60

ATB na Osteomielite

Todas as faixas etarias (S. aureus): Oxa

RN ( S. aureus, SBHGB, BGN): Oxa + Genta

Anemia falciforme ( Salmonella): Ceftriaxone

Planta do pé (Pseudomonas): Antipseudomonas

DURAÇÃO 4-6 SEMANAS

61

Neoplasia maligna mais comum do osso

METASTASE

62

Menino de 10 anos, futbolista

Dor joelho e tumoração na TAT

Rx perfil de joelho: fragmentação da tuberosidade tibial

Q image thumb

Doença de Osgood-Schlatter

Osteocondrose (epifisite) da ruberosidade anterior da tibia (TAT) por isquemia

Autolimitado

Tto: Repouso + Analgesia + AINE + Joelheira

63

Nicho radiotransparente arredondado com zona reacional esclerotic ao redor

Q image thumb

OSTEOMA OSTEOIDE

64

Paciente com trauma de braço

Queda da mão

Fratura de diafise humeral 

Lesão de nervo radial

Tratamento conservador

65

Fratura de fise mais comum en crianças

Queda com mão espalmada

Fratura da Fise distal de radio (Salter harris I ou II)

66

Criança com dor e membro superior em pronação fixa apos elevar criança🚩

🚩(Pronação dolorosa)

Luxação de cabeça de radio

(pronação dolorosa)

 

A image thumb
67

Menino de 6 anos, branco

Claudicação

Há 6 semanas dor na virilha, face interna da coxa e joelho

Dificuldade de rotação interna e abdução do quadril

Rx de quadril AP e Lauenstein 🐸

Colapso da epifise femoral + 

🚩Cabeça hiperdensa (inicial) +

Aumento espaço articular  

Dx e tto

Q image thumb

Doença de Legg-Calve-Perthes

Necrose (avascular) da epifise proximal (cabeça) do femur

Autolimitada. idiopática

Artrose na vida adulta

Crianças <6 anos melhor prognostico

68

Paciente com dor na região anterior do ombro

Piora ao levantar objetos e flexoinar antebraço contra resistencia

Suspeita dx

Testes para avaliar

TENDINITE BICIPITAL

TESTE DE YERGASON

Supinação contra resistencia con braço aducido a torax e cotovelo flexionado 90°. Dor = Tendinite

TESTE DE SPEED (PALM UP TEST)

Flexão contra resistencia enquanto se palpa sulco bicipital com cotovelo levemente fletido em supinação (palm up) (Banco scott) 

69

Tratamento da Displasia de Desenvolvimento de Quadril

Deixar quadril em abdução e flexão

RN: travesseiro de Ferjka (fixo) ou tirantes de Pavlik (dinãmico)

<6 meses: tirantes de pavlik

>6 meses: redução incruenta

>18 meses: redução cruenta

70

DIAGNOSTICO

Q image thumb

Fratura em galho verde

Crianças

Afeta cortex de 1 lado (incompleta

71

Objetivos de tratamento na fratura

  1. Analgesia
  2. Redução
  3. Estabilização ou imobilização
    1. Contenção externa (gesso)
    2. Fixação externa cirurgica
    3. Fixação interna cirurgica
  4. Restaurar função

72

Fratura de metatarso (Fratura do corredor)

Fratura de tibia e fibula em corrdores

 

Fratura por fadiga ou estresse

73

Fratura do Marchador

Fratura por estresse de 2°, 3° e 4° metatarso

74

Manobra de Ortolani

Quadril luxado

Abdução do quadril

Positivo: click/estalhido por conta da redução

75

Fratura de Jones

Fratura de quinto metatarso em varo

76

Idade de tumores

Sarcoma de Ewing

Osteosarcoma

COndrosarcoma

Idade de tumores

Sarcoma de Ewing: crianças

Osteosarcoma: adolescentes

COndrosarcoma: adultos

77

Tipos de imobilização

  • Contenção externa (gesso)
    • Humero
    • Antebraço
    • Perna
    • Tempo máximo 6 semanas
  • Fixação externa cirurgica🚩
    • Fraturas expostas avançadas (Gusti IIIB IIIC
    • Cominuticas de tibia ou Colles
  • Fixação interna cirurgica
    • Colo femoral
    • Colles cominutiva

78

Ordem de confecção de tala gessada

  1. Malha tubular
  2. Algodão ortopedico
  3. Gesso
  4. Faixa crepe

79

Fratura de chance

Q image thumb

Fratura do cinto de segurança

Fratura toracolumbar por distração-flexão vertical

A image thumb
80

Paciente jogador de handball com dor no ombro lateral (deltoide) 

Apos levantar o braço, empurrar objetos

Piora a noite e aliva ao pendurar membro

Suspeita diagnostica

Testes a realizar

Tendinite do manguito rotador

Teste do impacto de Neer

Elevação pasiva do braço em rotação interna com escapula estabilizada. Dor = (+)

Teste do impacto de Hawkins

Rotação interna pasiva de braço flexionado e elevado 90°. Dor = (+)

 

81

Fratura do Boxer

Fratura do colo de 5° metacarpiano

Fratura Metacarpiana mais comum

2° mais comum Fratura-luxação de Bennett (1° metacarpo)

82

Tratamento de Epifisiolise de cabeça de femur​

Fixação com parafuso

Epifisiodese

83

Principal agente da Osteomielite Hematogenica Aguda

S. aureus

84

Adolescente

Tumor em metafise de  tibia proximal. femur distal, humero proximal

 🚩Aumento de FAL (osteoide)🚩

Rx. Triangulo de codman, raios de sol

Q image thumb

Osteosarcoma

Cx + QT (neo/adjuvante)

85

Lesão após acidente de carro com o joelho da victima colide com o painel

Lesão de LCP

Teste de gaveta posterior (+)

86

Menino 12 anos, negro, obeso, deficit GH🚩

Claudicação, membro em rotação externa, bloqueio rotação interna e abdução

Dor na virilha, quadril e joelho

Pode ter dor apenas de joelho

Sinal de Drehman (+)

Rx de quadril AP e Lauenstein 🐸

Linha de Klein não atravessa cabeça femoral

Q image thumb

Epifisiolise de cabeça de femur

Deslizamento da cabeça femoral em relação ao color do femur

Sinal de Drehman: na flexão do quadril tambem ocorre rotação externa

Linha de Klein: trazar uma linha que passa pelo colo normal atarvessa cabeça (Sinal de Trethowan)

87

Homem 34 anos

Dor lombar direita há 2 semanas com irradiação a MI

Não melhora com paracetamol

Dor á palpação na musculatura paravertebral

Sem alterações neurologicas

Conduta

Expectante

Não solicitar exames de imagem (sem sinais de alerme)

Reforço analgesia

88

Fratura dos esquiadores

Fratura diafisaria de Tibia e Fíbula (rotacional)

Fratura diafisária mais comum

Risco de sd. compartimental

Tratamento conservador