Preparo Pré-Op Flashcards Preview

Cirurgia > Preparo Pré-Op > Flashcards

Flashcards in Preparo Pré-Op Deck (23):
1

Qual é o período perioperatório?

Intra-operatório + 48h pós op

2

O que é o período pós-op tardio?

48h pós até 30 dias

3

Fatores que influenciam o risco anestésico-Cirurgico

Procedimento:
- Duração > 4h
- Perda sanguínea > 1500 mL
- Invasão de cavidades (peritoneal, pleural)
- Anestesia geral ou bloqueio neuraxial
- Cirurgia de Emergência

Paciente:
- Idade > 70 a
- Dç cardiovascular, pulmonar, metabólica, renal, hepática
- Baixa capacidade funcional
- Instabilidade cardiovascular ou respiratória

4

Escores de risco cirúrgico

- Risco anestésico
- Risco cardiovascular
- Risco pulmonar

5

ASA 1

Pcte normal e saudável, sem distúrbio orgânico, psiquiátrico, fisiológico ou bioquímico

Ex: pcte saudável, não tabagista, sem consumo de álcool ou consumo leve

6

ASA 2

Dç sistêmica leve sem limitação funcional significativa

Ex: HAS controlada, DM sem complicação, anemia, obesidade, dç pulmonar leve, gestação, tabagismo, consumo social de álcool

7

ASA 3

Dç sistêmica grave com limitação funcional, mas SEM INCAPACIDADE

Ex: DM com complicação vascular ou não controlada, HAS não controlada, marca-passo, IAM prévio, AVC prévio, IRC, obesidade mórbida, hepatite crônica, abuso/dependência de álcool, DPOC

8

ASA 4

Dç sistêmica grave que ameaça q vida

Ex: IAM ou AVC < 3 meses, angina instável, disfuncao valvar grave, sepse, CIVD, dç renal aguda, DPOC agudo

9

ASA 5

Pcte moribundo que não se espera sobrevida com ou sem a cirurgia

Ex: rotura de aneurisma aórtico, politrauma, HIC, isquemia intestinal etc

10

ASA 6

Pcte em morte cerebral para retirada de órgãos

11

Risco cardíaco de Fleisher

ALTO RISCO >=5%
- Cirugia vascular de grande porte ou arterial periférica
- Grande cirurgia de urgência/emergência
- Cirurgia prolongada com grande perda de sangue e líquido

MÉDIO RISCO >1% e <5%
- Intraperitoneal e intratorácica
- Endarterectomia de carótida
- Aneurisma aorta abdominal
- Ortopédica
- Prostática
- Cabeça e pescoço

BAIXO RISCO <1%
- Endoscópicos
- Ambulatoriais
- Oftalmo
- Plástica
- Mama
- Herniorrafias

12

Índice de Risco Cardíaco Revisado (IRCR)

ALTO
- Vascular
- Intraperitoneal e intratorácica

DÇ CORONARIANA ISQUÊMICA
- IAM prévio
- Angina
- Revascularização prévia
- Teste provocativo de isquemia positivo

ICC
- Dispneia cardíaca
- HP edema agudo de pulmão
- 3B ou estertores pulmonares
- Rx tórax com edema de pulmão

DÇ CEREBROVASCULAR
- AVC prévio
- AIT prévio

DM
- Em uso de insulina

DRC
- Creatinina > 2 mg/dL

OBS: risco de morte cardíaca, iam e parada não fatais:
- Nenhuma variável (0,4%)
- 1 (0,9%)
- 2 (6,6%)
- 3 ou mais (11%)

13

Risco cardíaco de Goldman (não se usa mais - da pra fazer cirurgia com menos de 6 meses de Iam com risco menor)

- Idade > 70 a (5)
- IAM < 6 meses (10)

Ex Fis
- 3B ou turgência jugular patológica (11)
- Sinais de estenose aortica (3)

ECG
- Ritmo nao sinusal (7)
- Extrassistoles ventriculares >5/min (7)

- PaO2 < 60 ou PaCO2 > 50 ou K < 3 ou HCO3 < 20 ou aumento de TGO ou hepatite crônica (3)

- Cirurgia Intraperitoneal, intratorácica ou vascular (3)
- Cirurgia de emergência (4)

Classe 1 (0-5)-0,9%
Classe 2 (6-12)-7,1%
Classe 3 (13-25)-16%
Classe 4 (>26)-63,3%

14

Índice de risco Detsky (não se usa mais)

20 pontos:
- Angina classe 4
- Suspeita clínica de estenose aortica

10 pontos:
- Iam em 6 meses
- Edema agudo de pulmão na última semana
- Angina instável em 3 meses
- Angina classe 3
- Cirurgia de emergência

5 pontos:
- IAM > 6 n
- Edema agudo de pulmão > 1 sem
- Ritmo não sinusal ou extrassístole atrial
- Mais de 5 extrassistoles ventriculares
- Estado clínico precário
- Idade > 70 anos

Resultado > 15 pt: alto risco de complicação cardíaca

15

Fatores de risco para complicações pulmonares pós-op

- Infecção do trato respiratório ou tosse ou dispneia
- Idade > 60 anos
- DPOC
- ASA > 2
- Emergência
- Dependência funcional
- Albumina sérica < 3
- Perda ponderal > 10% nos últimos 8 meses
- VEF1 < 0,8 ou 30% do previsto
- Ventilação voluntária máxima < 50% do previsto
- PaCO2 >= 45 em repouso
- PaO2 <= 50 em repouso
- ICC
- Alcoolismo
- Diabetes
- Uso crônico de esteroides
- Tabagismo
- Diminuição do sensório
- IR
- História de AVC
- Transfusão pré-op > 4 unidades
- Obesidade

16

Recomendações quanto ao risco pulmonar

1) Todo pct Cirurgico deve ser analisado o risco pulmonar

2)Procedimentos que aumentam risco pulmonar: emergência, longa > 3h, aneurisma de aorta abdominal, neurocirurgia, cirurgia torácica e cabeça e pescoço e anestesia geral

3) Pcte de alto risco deve fazer fisioterapia: respiração profunda, espirometria. Ver a possibilidade de sonda para evitar broncoaspiração

4) Espirometria pré-op não estima risco no pós op mas deve ser feito em asma e DPOC

17

O que fazer em tabagismo, asma e DPOC e infecção pulmonar?

Suspender tabagismo 8 semanas antes

Asma e DPOC receber glucocorticoide e brincodilatadores pré e pós op (muitos casos)

Infecção deve ser tratada antes

18

Quanto tempo antes da cirurgia os exames servem?

90-180 dias antes de pctes saudáveis

30 dias antes de dç hepática, renal, respiratória, endócrino, HIV

19

Como é composta a espirometria?

Capacidade Pulmonar Total: volume no pulmão após inspiração máxima;

Volume Residual: volume no pulmão após término de expiração forçada;

Capacidade Vital Forçada: volume de ar expirado forçadamente após inspiração máxima (volume que sai da via aérea);

Volume Expiratório Forçado no primeiro segundo: autoexplicativo

Índice de Tiffenaud: relação entre volume expirado forçado no primeiro segundo e a capacidade vital forçada

Desordem obstrutiva - diminui volume exp primeiro segundo, por isso índice diminui

Desordem restritiva - diminui volume exp primeiro segundo e capacidade vital forçada igual, índice fica igual

20

Exames para todas as cirurgias de médio e alto risco?

ECG, hemograma, plaquetas, eletrólitos, creatinina, ureia e glicemia

21

Exames para cirurgias específicas?

Cardíaca/torácica: gerais + TP, TTP, rx tórax

Vascular/próstata/histerectomia: gerais

Intraperitoneais: gerais + função hepática (opcional)

Perda de sangue > 2 L: gerais + TP, TTP

Intracranianas: gerais + TP, TTP, tempo de sangramento

Ortopédicas: gerais + urinocultura e bacterioscopia

22

Exames para em cirurgias de baixo risco?

(Endoscópico, ambulatorial, oftalmo, plástica, mama, herniorrafia)

Idade < 45: nenhum

45-54 a: ECG pra homem

55-69 a: ECG, hemograma, plaquetas

>70 anos: ECG, hemograma, plaquetas, eletrólitos, creatinina, ureia, glicemia

OBS:
Tabagismo em qualquer idade: ECG
Mulher em menacme: beta HCG urinário na manhã da cirurgia

23

O que fazer com a warfarina?

Suspender 5 dias antes

Fazer INR imediatamente antes da cirurgia < ou = 1,5 - pode operar

Procedimentos que não tem muito risco de sangramento: pode retornar 1 dia depois da cirurgia

Pacientes com grande risco tromboembólico (