Princípios de Contabilidade Flashcards Preview

Contabilidade > Princípios de Contabilidade > Flashcards

Flashcards in Princípios de Contabilidade Deck (13):
1

Princípio da ENTIDADE

⇒ Necessidade de diferenciação de um patrimônio particular no universo dos patrimônios existentes.

⇒ O Patrimônio não se confunde com aqueles dos seus sócios ou proprietários, no caso de sociedade ou instituição.

⇒ O patrimônio pertence à entidade, mas a recíproca não é verdadeira. A soma ou agregação contábil de patrimônios autônomos não resulta em nova entidade, mas numa unidade de natureza econômicocontábil.

2

Princípio da CONTINUIDADE

⇒ Pressupõe que a Entidade continuará em operação no futuro;

⇒ A Continuidade está fortemente vinculada à observância do Princípio da Competência e vice-versa;

⇒ Não há correlação entre o princípio da Continuidade e o contrato social.

3

Princípio da OPORTUNIDADE

INTEGRIDADE E TEMPESTIVIDADE

4

Princípio do Registro pelo Valor Original

Determina que os componentes do patrimônio devem ser inicialmente registrados pelos valores originais das transações, expressos em moeda nacional.

5

Custo Histórico(Ativo)

Valor na data da aquisição.

6

Custo Corrente (ATIVO)

Valor para adquirir na data do balanço.

7

Valor Realizável(ATIVO)

Valor obtido pela venda de forma ordenada.

8

Valor Presente(ATIVO)

Valor presente do fluxo de entradas
esperado no curso normal. (DESCONTADO)

9

Valor justo

Valor pelo qual um ativo pode ser trocado, ou um passivo liquidado, entre partes conhecedoras, dispostas a isso, em uma transação sem
favorecimentos. 

10

Atualização Monetária

Os efeitos da alteração do poder aquisitivo da moeda nacional devem ser reconhecidos nos registros contábeis mediante o ajustamento da expressão formal dos valores dos componentes
patrimoniais.

11

Princípio da COMPETÊNCIA

⇒ Determina que os efeitos das transações e outros eventos sejam reconhecidos nos períodos a que se referem, independentemente do recebimento ou pagamento.

⇒ Pressupõe a simultaneidade da confrontação de receitas e de despesas correlatas.

12

Princípio da PRUDÊNCIA

⇒ Menor valor para os componentes do ativo e do maior para os do passivo, sempre que se apresentem alternativas igualmente válidas para a quantificação das mutações patrimoniais que alterem o patrimônio líquido;

⇒ Pressupõe o emprego de certo grau de precaução no exercício dos julgamentos necessários às estimativas em certas condições de incerteza, no sentido de que ativos e receitas não sejam superestimados e que passivos e despesas não sejam subestimados.

13