vias biliares Flashcards Preview

hepato > vias biliares > Flashcards

Flashcards in vias biliares Deck (150)
Loading flashcards...
1

hormônio que estimula a contração da vesicula biliar e relaxamento do esfincter Oddi

CCK pelo estimulo de alimento no duodeno

2

a obstrução da via biliar extra hepática leva a regurgitação de bile para hepatócitos que túrgidos jogam esse conteúdo que não conseguem eliminar para o sangue, levando a quais manifestações clínicas ??

acolia fecal
icterícia
prurido

3

levam a ictericia obstrutiva

Coledocolitiase
CA cabeça de pâncreas
Colangiocarcinoma*

4

colangiocarcinoma de localização alta/proximal (Klatskin) cursa com...

dilatação vias bilares intra-hepáticas e vesicula biliar murcha

5

ducto de Wirsung

ducto pancreático principal

6

canal comum

união entre ducto pancreático principal e colédoco que deságua no esfincter de Oddi

7

ampola de Water

dilatação do canal comum

8

10 fatores de risco para formação de cálculos na vesícula

4F : forty, fertility, female, fat
1- estase de bile por hipomotilidade da vesícula
2- gestantes e ACO devido a progesterona
3- obesidade e emagrecimento rápido
4- Hipertrigliceridemia
5- uso de fibrato
6- Dça Chron
7- ressecção ileo
8- hemolise cronica
9- cirrose
10- estreitamento do colédoco (colangite esclerosante)

9

levam a hipocontratilidade da vesícula biliar

1- jejum prolongado
2- NPT
3- DM
4- vagotomia troncular
5- progesterona

10

hipercolesterolemia favorece a formação de cálculos na vesícula

não,mas hipertrigliceridemia

11

por que a ressecção ileo esta envolvida na formação de calculos na vesicula biliar ?

porque sais biliares são reabsorvidos no ileo, reaproveitando (recirculação enterohepática) devido a baixa capacidade dos hepatocitos em produzir mais sais biliares.

Essa menor teor de sais biliares na bile favorece a cristalizaçaõ de colsterol

12

cálculos da vesícula que são radiotransparentes

cálculos de colesterol (amarelos)

13

cálculos de bilirrubinato de cálcio acontecem principalmente devido à ...

hemólise crônica

14

como se caracteriza clinicamente a ictericia

coloração de pele e mucosas (esclera e frenula) amareladas devido ao aumetno de bilirrubina

15

4 causas de ictericia

1- lesão hepatocelular
2- obstrução bile
3- hemolise e eritropoiese ineficaz
4- distrubios hereditarios

16

explicaçaõ da acolia fecal

A bilirrubina direta, ao atingir o íleo terminal e o cólon, é metabolizada por bactérias formando urobiinogênio que é excretado nas fezes na forma de estercobilina

17

aumento da BD leva a presença de 2 manifestçaões clinicas tipicas

COLÚRIA
ACOLIA FECAL

18

2 achados sugestivos de hemólise

ictericia + anemia

19

marcadores que aumentam em caso de colestase

Fosfatase alcalina > 100-200

Gama-GT > 73 (h) ou 41 (m)

20

valores paras as bilirrubinas totais e frações em que estão eelvadas

total > 1,3
indireta > 0.9
direta >0,4

21

definição de colecistite cronica calculosa ou colelitiase

cálculos em contato com parede da vesícula, tornando-a cronicamente inflamada e certa fibrose vesicular (escleroatrófica)

22

a maioria dos pacientes de colelitiase é assintomática ?

sim

23

qual primeira manifestação clinica em pacientes com colelitiase sintomática e por que ela acontece ???

"Cólica" biliar QSD< 6h

O cálculo migra e impacta transitoriamente no ducto cistisco a via de saída. Nesse momento, uma contração vigorosa da musculatura lisa da vesícula tenta “expulsar” o cálculo, levando à dor no HD referida para ombro e escapula acompanhada de nausea e vomito

24

diagnóstico padrão ouro para colelitiase

USG vias biliares mostrando imagens hiperecoicas e reforço acústico posterior

25

quando tratar colelitíase ?

1-quando sintomática (dispepsia, nauseas)
2- quando assintomática na presença de:
a) vesícula porcelana
b) associada a polipo
c) anemia hemolítica
d) calculo > 2,5cm

26

tratamento para colelitíase sintomática

colecistectomia videolaparoscópica eletiva

27

causa mais comum (0,3%) de óbito na colecistectomia eletiva

IAM

28

contraindicação absoluta à colecistectomia videolaparoscópica

coagulopatia não controlada

29

tratamento da colelitíase sintomática com risco crúrgico proibitivo

1- dissolução farmacológica do cálculo (URSODESOXICÓLICO)

SE:
A) flutuação de cálculo no colecistograma oral

B) cálculos de colesterol < 1cm

30

QUANDO realizar colecistectomia na colelitíase assintomática

1- cálculo > 3cm {risco colecistite aguda} ou < 0,5cm (risco pancreatite)
2- pólipos + calculo
3- vesícula com anomalia congênita ou em porcelana