vias biliares Flashcards Preview

hepato > vias biliares > Flashcards

Flashcards in vias biliares Deck (150)
Loading flashcards...
121

Quando solivitar TC abdome em casos de ictericia

Se USG inconclusivo pra verificar calculos coledoco distal ou na suspeita de neoplasias (tumores periampulares)

122

2 Utilidades CPRE no diagnsotico colestase

1-Padrao outo para colestase extra hepatica

2- funcao terpaeutixa para calculos coledoco por papilotomia

123

o exame de escolha quando suspeitamos que a obstrução se localiza na porção distal da via biliar (próximo da ampola de Vater)

CPRE

124

É um excelente método para o estudo da árvore biliar,
quando o paciente tem icterícia obstrutiva e dilatação das vias biliares intra-hepáticas pela USG ou TC

Colangiografa Trans-Hepática Percutânea
(ctp)

125

na suspeita de obstrução na porção proximal da
via biliar pode se solicitar qual exame ??

Colangiografa Trans-Hepática Percutânea
(ctp)

126

dor na colelitiase

Dor < 6 horas em HD podendo irradiar para escapula ou ombro D

127

USG mostrando imagem hiperecogenica com sombra acustica posterior na vesicula, pensar em

colelitiase

128

USG mostrando imagem hiperecogenica sem sombra acustica posterior na vesicula, pensar em

polipo

129

na colecistite aguda, a dore referida no ombro e na escapula D deve-se a....

irritação diafragmática

130

laboratorio diante de coledocolitiase

Hiperbilirrubinemia direta
↑↑↑FA/GGT.

131

diante de Coledocolitíase
qual exame diagnóstico inicial? qual Padrão-ouro?

1- USG
2- CPRE

132

Polipos em vesicula com indicacao cirurgica de colecistectomia

(1) associados à colelitíase (independente do tamanho);
(2) idade > 60 anos;
(3) tamanho > 1 cm;
(4) crescimento documentado na USG seriada

133

Causas extra-hepáticas de dilatação do coledoco

1-tumor
2-calculo

134

causas de ictericia progressiva

tumores periampulares
coangiocarcinoma
estenoses vias biliares

135

colangiocarcinoma perihilar cursa com achados de

ictericia progressiva

USG dilatação vias intrahepatica

136

qual utilidade da colangio-RM no quadros de colestase

precisão maior que a USG para verificar obstrução coledoco

137

diante de quadro de colestase, qual utilidade do USG endoscopico

verificar porções justapapilares

138

definição de colangite biliar primaria

doença autoimune idiopatica marcada peal inflamação cronica e fibrose e cirrose DOS DCTOS DO ESPAÇO PORTA

139

diagnostico de colangite biliar primaria (CBP)

Anticorpo antimitocôndria + biópsia.

140

doença autoimune associada a colangite esclrosante primaria (CEP)

RCU

141

na colangite esclerossante primaria (CEP) em casos de estenose qual tratamento

1. Stent de via biliar por CPRE;
2. Transplante (DEFINITIVO)

142

qual a diferença da colangite esclerosante da colangite biliar ?

a CBP agride ductos do espaço porta e a CEP as vias biliares

143

fatores associados a formçaõ de calculos preto

hemolise
cirrose hepatica
dça ileo

144

fatores associados a formação de calculos castanhos

colonização bacteriana por alguma estenose (tumor, parasita, CEP)

145

se paciente com coledocolitíase refrataria qual conduta ?

Derivação biliodigestiva
(coledocojejunostomia )

146

a obstrução biliar prolongada na CBP está associada a deficiência nutricional de....

vitaminas lipossolúveis devido a colestase diminuir a absorção de gorduras

147

qual a diferença dos quadros ictericos das neoplasias para os quadros de coledocolitiase por calculo ?

quadros de ictericia e de sd colestática são transitórios nas coledocolitíase enquanto nas neoplasias são progressivas e persistente

148

exame de escolha para drenagem das vias biliares quando há obstruções proximais ou estenose das vias bilaires

drenagem transhepatica percutanea (CTP)

149

na colangite por doenças malignas o tratametno de drenagem das vias bilaires deve ser

conservador:drenagem transhepatica percutanea (CTP)

150

o que CPRE pode identificar como diagnsotico de CEP

estenoses multifocais nos ductos biliares especialemten na bifurcação dos dcutos bilaires