Cinemática do trauma. Flashcards Preview

APHE - Atendimento pré-hospitalar de emergência > Cinemática do trauma. > Flashcards

Flashcards in Cinemática do trauma. Deck (15):
1

O que é trauma?

Energia externa depositada depositada sobre um corpo causando lesão.

2

Qual a importância de se avaliar a cinemática do trauma?

Saber como, onde procurar e avaliar lesões > Antecipando possíveis acontecimentos.

3

As lesões pode ser...

Visíveis (queimadura, cortes) ou invisíveis (pancada,golpe).

4

Digas as três fases (impacto) da colisão:

> Colisão da maquina (carro por exemplo é o primeiro a bater).
> Colisão da colisão do corpo (maquina/objeto no corpo).
> Colisão dos órgãos na parede torácica.

5

O que se pode esperar que ocorra com a vítima numa colisão frontal?

O esterno interrompe o movimento de avanço em relação ao painel, a parede torácica posterior continua até que a energia seja absorvida pela flexão e possível fratura das costelas, Este processo também irá esmagar o coração e os pulmões, que estão presos entre o esterno, a coluna vertebral e a parede torácica posterior.
Trajeto por cima
A cabeça colide com o para-brisa ou sua borda, ou com o teto. A coluna cervical é a parte menos protegida da coluna vertebral. O peito ou o abdômen, colidem com a direção, esse impacto causa lesões torácicas, cardíacas, pulmonares e na aorta. Pode ocorrer ruptura de órgãos ocos.
Os rins, baço e fígado também estão sujeitos a lesão por cisalhamento, uma vez que o abdômen atinge o volante e para abruptamente. Um órgão ter seus ligamentos e tecidos de sustentação rompidos. O movimento contínuo dos rins para frente pode distender os vasos renais a ponto de ruptura. Uma ação semelhante pode rasgar a aorta torácica, na transição entre o arco aórtico, que é o mais solto, e a aorta descendente, firmemente presa.
Trajeto por baixo
Os pés, pode torcer, fraturando a articulação do tornozelo. O joelho pode deslocar, com rupturas de ligamentos, tendões e de outras estruturas de suporte. A artéria poplítica pode ser completamente rompida, ou apenas a parte interna

6

O que se pode esperar que ocorra com a vítima numa colisão lateral?

Cinco regiões do corpo podem sofrer traumas em caso de colisão lateral:
Clavícula: pode ser comprimida e fraturada se houver força contra o ombro.
Peito: fraturas nas costelas, contusão pulmonar, lesão por compressão dos órgãos parenquimatosos sob a caixa torácica, bem como traumas de hiperpressão (ex.: pneumotórax).
Abdômen e Pelve: A intrusão compacta e fratura a pelve e empurra a cabeça do fêmur através do acetábulo. Ocorre também, lesões de baço e de fígado dependendo do lado que ocorreu a colisão.
Pescoço: O movimento da cabeça pode fraturar as vértebras ou, mais provavelmente, produzir deslocamento de articulações facetarias e possível luxação, bem como lesão da medula espinhal.
Cabeça: pode bater no esquadro da porta. Impactos com objetos próximos produzem mais lesões do que impactos com objetos mais distantes.

7

O que se pode esperar que ocorra com a vítima numa colisão traseira?

Se o encosto de cabeça estiver mal posicionado atrás e abaixo da região occipital da cabeça, a cabeça vai começar o seu movimento para frente depois do torso, levando à hiperextensão do pescoço. O cisalhamento e o alongamento dos ligamentos e outras estruturas de sustentação, especialmente na parte anterior do pescoço, podem resultar em ferimentos. Se o veículo atingir outros veículos ou objeto, ou se o motorista pisar no freio e parar o carro de repente, os passageiros irão continuar adiante, seguindo o padrão característico de uma colisão de impacto frontal.

8

O que se pode esperar que ocorra com a vítima num capotamento?

Embora os passageiros estejam de forma segura pelos cintos, os órgãos internos continuam se movendo e podem rasgar em áreas de tecidos conjuntivos. Quem está sem o cinto sofre traumas ainda mais graves. Em caso de ejeção, a pessoa pode ser esmagada pelo próprio veículo ou sofrer o impacto contra o solo. Caso seja ejetado para a pista, eles podem ser atropelados pelo tráfego.

9

Olho de touro é sinal de qual colisão?

Colisão frontal, a cabeça da pessoa colide com o para-brisa.

10

Efeito chicote ocorre em qual colisão?

Colisão Traseira, caso o encosto da cabeça não esteja na altura adequada.

11

Quais lesões podem ser pensadas em uma colisão de motocicleta?

O motociclista pode sofrer ferimentos na cabeça, tórax, abdômen ou pelve, dependendo de qual parte anatômica atingir o guidão. Pode ocorrer fratura bilaterais do fêmur e fraturas pélvicas em “livro-aberto” que são resultado comum da interação entre a pelve do motociclista e o guidão. Risco alto de queimaduras provenientes do asfalto (escoriações) após um acidente de moto sem roupas de proteção.

12

O que é causa a cavitação temporária?

Distensão dos tecidos que ocorre no momento do impacto. Devido às propriedades elásticas dos tecidos do corpo, parte ou todo o conteúdo da cavidade temporária retornam à sua posição anterior. O tamanho, o formato e as porções da cavidade que se tornam parte do dano permanente dependem do tipo de tecido, da elasticidade do tecido e da capacidade de recuperação tecidual. A extensão desta cavidade normalmente não é visível quando o responsável pelo atendimento pré-hospitalar ou hospitalar examina o paciente, mesmo poucos segundos após o impacto. Com isso pode-se mascarar danos. Ex.: Soco no abdômen

13

O que causa a cavitação permanente?

É causada após o colapso da cavidade temporária e é a parte visível da destruição tecidual. Além disso, há uma cavidade de esmagamento produzida pelo impacto direto do objeto sobre o tecido. Ambas as cavidades podem ser vista quando o paciente é examinado. Ex.: cavidade produzida por um projétil de arma de fogo.

14

Defina trauma fechado e trauma aberto.

Fechado: A força é distribuída ao longo de uma área maior e a pele não é penetrada. Ex.: martelo batendo na mesa.
Aberto: força aplicada sobre uma área muito pequena, o objeto pode penetrar na pele e nos tecidos subjacentes. Ex.: martelo batendo em um prego até entrar na mesa.
Em qualquer um dos casos, é criada uma cavidade no paciente pela força do objeto de impacto.

15

Tríade do atropelamento...

- Impacto inicial > Perna e quadril.
- Impacto secundário > Tronco atinge o quadril.
- Impacto terciário > corpo atinge o solo.