Doenças Tubulointersticiais e Vasculares do Rim Flashcards Preview

Nefrologia > Doenças Tubulointersticiais e Vasculares do Rim > Flashcards

Flashcards in Doenças Tubulointersticiais e Vasculares do Rim Deck (41):
1

Quais são os cinco tipos de doenças tubulointersticiais do rim? E as vasculares?

TUBULOINTERSTICIAIS
1 - necrose tubular aguda
2 - nefrite intersticial aguda
3 - nefrite intersticial crônica
4 - necrose de papila
5 - distúrbios especificos

VASCULARES
1 - estenose
2 - infarto
3 - ateroembolismo

2

Sobre distúrbios especificos, fale sobre a Sd Bartter.

Distúrbio na alça de henle, levando a disfunção de dos cotransportadores Na/K/Cl. Eles deixam de funcionar, consequentemente, não permitem a concentração medular (ADH não age!!!!!) Isso vai causar poliúria, polidipsia, tendência hipovolêmica, hipocalemia + alcalose metabólica.
PARECE A FUROSEMIDA!!!

3

Sobre distúrbios especificos, fale sobre a Sd Gitelman.

Distúrbio no túbulo contorcido distal, levando a disfunção dos transportadores de Na. Consequentemente, há maior reabsorção de Ca (levando a hipocalciúria), hipocalemia e alcalose metabolica.
PARECE OS TIAZÍDICOS!

4

Sobre distúrbios especificos, fale sobre Diabetes Insipidus Nefrogenico.

Tubo coletor medular resistente ao ADH. Tem muito ADH mas nao importa, o tubulo não deixa ele funcionar. PRINCIPAL CAUSADOR: CARBONATO DE LITIO.

5

Quais são as principais causas de necrose de papila?

Necrose de papila é PHODA!
Pielonefrite
Hemoglobinopatias (an falciforme)
Obstrução urinária
Diabetes
Analgésicos

6

O que a necrose de papila simula? Como diferenciar?

Nefrolitíase. Urografia excretora.

7

Qual a clínica da necrose de papila?

A papila necrosa, se solta e parece cálculo!!
Dor lombar, hematúria, febre....

8

Quais as principais causas de NTA?

1) Isquêmica: choque, contrate iodado (vasoconstricção)

2)Tóxica: drogas (aminoglicosídeos e anfotericina B), rabdomiólise, contraste iodado...

9

Qual a história natural da hipovolemia no rim?

Rim normal > Insuficiência pré-renal > NTA isquêmica

10

Como diferenciar lesão isquêmica pré-renal de NTA?

Lembrar que na pré renal eu ainda tenho função renal, então eu consigo reabsorver!!! Na NTA isquêmica eu não consigo mais reabsorver...

Pré-renal
Naur: baixo <20
FEna: <1%
Densidade: > 1020 alta (concentrada)
Osmolaridade: >500
Cilindros: hialinos

NTA
Naur: alto >40
FEna: >1%
Densidade: <1015 baixa (diluída) - SIM EU NÃO REABSORVO ÁGUA!!!!!!!!
Osmolaridade: <350
Cilindros: granulosos

11

Qual o tratamento da NTA?

Suportivo. Não tem remédio que acelere a recuperação, que pode demorar de 7 a 21 dias.... a melhor coisa é PREVENÇÃO!!!!

12

Quais os mecanismos de nefrotoxicidade dos contrastes usados em exames?

1) Carga elétrica
2) Osmolalidade

NEFROTOXICIDADE E FEITOS MENORES (NÁUSEAS E VÔMITOS) SÃO DIRETAMENTE PROPORCIONAIS À OSMOLALIDADE DO PRODUTO.

13

Qual contraste devo usar num nefropata? (Paciente dibéatico nefropata crônico)

Contrastes de terceira geração - não iônicos ou isoosmolar (em relação ao plasma) e hipoosmolar em relação ao de outras gerações.

14

Qual a melhor medida protetora da função renal em exames contrastados? O que mais devo fazer antes do exame em relação a medicamentos?

Hidratação vigorosa! Também pode-se infundir bicarbonato de sódio, N-acetilcisteína.
Suspender medicamentos que aumentem a chance de nefropatia aguda: AINES, IECA, BRA, diuréticos e metformina. (Reiniciar após dosar creatinina)

15

Qual é a injúria causada pelo contraste mais usado na RM?

Gadolíneo - fibrose nefrogênica sistêmica

16

Cite todas as causas que lembrar de RABDOMIÓLISE

-Trauma muscular (esmagamento)
-Exercicio extenuante
-Álcool
-Estatinas
-Fibratos
-Cx de longa duração em obesos mórbidos
-Ofídicos (veneno de cascavel)
-mal epiléptico
-raios

17

Como fazer o diagnóstico de rabdomiólise?

Dosagem de CK acima de 1000, a custas da fração MM.

18

Rabdomiólise cursa com:

HIPOcalemia, acidose metabólica com ânion GAP elevado (ácido lático + ácido urico) e disfunção hepática.

19

Quais os três mecanismos de lesão renal ocasionados pela rabdomiólise?

1- hipovolemia
2-vasoconstricção arteriolar renal
3- toxicidade direta

20

Porque a rabdomiólise pode levar a morte?

PCR por hipercalemia, insuficiencia renal e acidose metabolica. Se refratárias, precisa fazer hemodiálise!!!!!!

21

Quais as três etapas de tratamento da rabdomiólise?

1) Hidratação vigorosa ( reposição volemica agressiva e precoce)
2) Reposição volemica + HCO3NA + manitol
3) Corrigir distúrbios hidro-eletrolíticos

22

Sobre a síndrome da Lise Tumoral, ela cursa com o aumento de quais elementos no sangue?

Ácido úrico, K e P

23

Quais as drogas usadas na sd da lise tumoral para evitar dano renal?

Rasburicase (destrói o ácido úrico) e halopurinol (evita a produção de ácido úrico)

24

O que devemos fazer para evitar dano renal da Sd da lise tumoral?

Hidratacação vigorosa para evitar a deposição de cristais de ácido úrico/fosfato de cálcio. Em pacientes com alto risco, devemos adicionar rasburicase ou halopurinol.

25

Qual a clínica da nefrite intersticial aguda? Qual sua principal causa?

Oliguria + RASH + eosinofilúria.
Alergia medicamentosa: sulfa, AINE, b-lactâmicos, rifampicina....

26

Qual o tratamento da NIA?

Retirar a causa e corticoide, se necessário.

27

Como diagnosticar NIA?

Eosinofilia, eosinofiluria e aumento de IgE.

28

O que pode causar nefrite intersticial crônica?

Evolucção da NIA, intoxicação por chumbo, gota...

29

Quais os marcos laboratoriais/clínicos da NIC?

Poliúria (diminuição da reabsorção - rim parando de funcionar).
Anemia precoce - antes dos marcadores de infusiciência renal, pela diminuição da eritropoietina.

30

Quais são os três principais tipos de doenças vasculares que acometem os rins?

1)Estenose da artéria renal
2)Infarto da Artéria Renal
3) Ateroembolismo

31

Qual a principal causa de infarto da artéria renal? Qual a sua clínica?

Fibrilação atrial. Dor súbita, com aumento do LDH e HAS.

32

O que fazer no infarto da artéria renal?

Anticoagulação...
Se for bilateral: trombolíticos ou revascularização

33

Quais as principais causas de estenose da artéria renal? Diferencie-as.

1)Aterosclerose:
>70% dos casos
acomete idosos
proximal à aorta

2)Displasia fibromuscular:
Menos comum
acomete mulheres jovens
distal à aorta

34

Quais os mecanismos de adaptação renal frente a estenose de artéria renal?

O hipofluxo leva a liberação de renina, iniciando a cascata do sistema RENINA-ANGIOTENSINA-ALDOSTERONA, ocasionando uma hipertensão reno-vascular, com constrição da arteríola EFERENTE.

35

Na hipertensão renovascular, por quais mecanismos à aumento da PA?

1)O principal é o aumento da angiotensina 2, que promove vasoconstricção direta
2) Maior reabsorção de Na pela ação da aldosterona.

36

Qual é o exame padrão ouro na estenose de artéria renal?

Arteriografia renal.

37

Quais os tratamentos das duas principais formas de estenose da artéria renal?

1)Aterosclerose: iniciar IECA ou BRA. Não usar se: rim único e estenose blateral - revascularização.


2)Displasia fibromuscular: angioplastia

38

Idoso (naturalmente com vários fatores de risco para aterosclerose) que evolui com IRA após iniciar o uso de IECA, pensar em:

Nefropatia isquêmica por estenose da artéria renal, bilateral.

39

Qual a principal causa de ateroembolismo na aréria renal?

Procedimentos vasculares, como aortografia...

40

Qual é o achado laboratorial clássico do ateroembolismo da artéria renal? Qual o tratamento?

Eosinofilúria. Suportivo... o próprio corpo vai reabsorver.

41

Quais os achados clínicos do ateroembolismo da artéria renal?

RIM: insuficiencia renal com "fissuras biconvexas"
PELE: livedo reticular
EXTREMIDADES: síndrome do dedo azul
OLHOS: placas de Hollenhorst (patognomônico)