LEGISLAÇÃO TRIBUTÁRIA Flashcards Preview

TRIBUTÁRIO > LEGISLAÇÃO TRIBUTÁRIA > Flashcards

Flashcards in LEGISLAÇÃO TRIBUTÁRIA Deck (15):
1

O que compreende a legislação tributária?

A expressão "legislação tributária" compreende as leis, os tratados e as convenções internacionais, os decretos e as normas complementares que versem, no todo ou em parte, sobre tributos e relações jurídicas a eles pertinentes. TUDO.

2

Quais são as normas complementares das leis, dos tratados e das convenções internacionais e dos decretos?

I - os atos normativos expedidos pelas autoridades administrativas;

II - as decisões dos órgãos singulares ou coletivos de jurisdição administrativa, a que a lei atribua eficácia normativa;

III - as práticas reiteradamente observadas pelas autoridades administrativas;

IV - os convênios que entre si celebrem a União, os Estados, o Distrito Federal e os Municípios.

3

Quando a lei é necessária no direito tributário?

Somente a lei pode estabelecer:

I - a instituição de tributos, ou a sua extinção;

II - a majoração de tributos, ou sua redução, ressalvado o disposto nos artigos 21, 26, 39, 57 e 65;

III - a definição do fato gerador da obrigação tributária principal, ressalvado o disposto no inciso I do § 3º do artigo 52, e do seu sujeito passivo;

IV - a fixação de alíquota do tributo e da sua base de cálculo, ressalvado o disposto nos artigos 21, 26, 39, 57 e 65;

V - a cominação de penalidades para as ações ou omissões contrárias a seus dispositivos, ou para outras infrações nela definidas;

VI - as hipóteses de exclusão, suspensão e extinção de créditos tributários, ou de dispensa ou redução de penalidades.

4

As medidas provisórias podem regular matéria tributária?

Sim, ressalvadas aquelas matérias reservadas pela CF à lei complementar.

5

Os tratados e as convenções internacionais revogam ou modificam a legislação tributária interna, e serão observados pela que lhes sobrevenha?

Sim.

6

Quanto à vigência espacial, qual o princípio adotado pelo CTN?

Princípio da territorialidade - a norma jurídica tributária terá vigência no território do ente político que a editou.

EXCEÇÃO: A legislação tributária dos Estados, do Distrito Federal e dos Municípios vigora, no País, fora dos respectivos territórios, nos limites em que lhe reconheçam extraterritorialidade os convênios de que participem, ou do que disponham esta ou outras leis de normas gerais expedidas pela União.

7

A legislação tributária aplica-se imediatamente aos fatos geradores futuros e aos pendentes, assim entendidos aqueles cuja ocorrência tenha tido início mas não esteja completa?

Sim.

8

Quando a lei tributária se aplica a fato ou ato pretérito?

A lei aplica-se a ato ou fato pretérito:

I - em qualquer caso, quando seja expressamente interpretativa, excluída a aplicação de penalidade à infração dos dispositivos interpretados;

II - tratando-se de ato não definitivamente julgado:

a) quando deixe de defini-lo como infração;

b) quando deixe de tratá-lo como contrário a qualquer exigência de ação ou omissão, desde que não tenha sido fraudulento e não tenha implicado em falta de pagamento de tributo;

c) quando lhe comine penalidade menos severa que a prevista na lei vigente ao tempo da sua prática.

9

Quanto à interpretação, na ausência de disposição expressa, o que autoridade competente para aplicar a legislação tributária utilizará sucessivamente?

I - a analogia;

II - os princípios gerais de direito tributário;

III - os princípios gerais de direito público;

IV - a eqüidade.

10

A lei tributária pode alterar a definição, o conteúdo e o alcance de institutos, conceitos e formas de direito privado, utilizados, expressa ou implicitamente, pela Constituição Federal, pelas Constituições dos Estados, ou pelas Leis Orgânicas do Distrito Federal ou dos Municípios, para definir ou limitar competências tributárias?

Não.

11

Interpreta-se literalmente a legislação tributária que disponha sobre: suspensão ou exclusão do crédito tributário; outorga de isenção; dispensa do cumprimento de obrigações tributárias acessórias?

Sim.

12

A lei tributária que define infrações, ou lhe comina penalidades, interpreta-se da maneira mais favorável ao acusado?

Sim.

13

O que diz o princípio da pecunia non olet?

"Dinheiro não tem cheiro" - mesmo que o fato gerador seja ilícito, haverá tributação. Pouco importa a validade jurídica dos atos efetivamente praticados pelos contribuintes.

14

O emprego da analogia poderá resultar na exigência de tributo não previsto em lei?

Não.

15

O emprego da eqüidade poderá resultar na dispensa do pagamento de tributo devido?

Não.