Osteomielite e Artrites Infecciosas Flashcards Preview

SCS - Trauma e Geral > Osteomielite e Artrites Infecciosas > Flashcards

Flashcards in Osteomielite e Artrites Infecciosas Deck (103)
Loading flashcards...
1

Qual o conceito de osteomielite?

Inflamação óssea causada por microorganismo infectante.

2

Quantos agentes infecciosos costumam estar presentes na osteomielite?

Um agente

Exceção: pé diabético = polimicrobiano

3

Como se classifica a osteomielite hematogênica aguda quanto à duração dos sintomas?

Aguda 1 semana
Subaguda 2-3 semanas
Crônica >3 semanas

4

Como se classifica a osteomielite hematogênica aguda quanto ao mecanismo de infecção?

Hematogênica

Contiguidade (exógeno)

5

Como se classifica a osteomielite hematogênica aguda quanto ao tipo de resposta do hospedeiro?

Piogênico

Não piogênico

6

Quanto ao biofilme, qual seu conceito?

Comunidade de bactérias sésseis com um glicocálix.
Formação de uma membrana na região superficial da região infectada (cápsula de proteção bacteriana).

7

Quando é formado o biofilme?

Origem com início em 5h e formado com 72 horas (3º dia)

8

Qual a epidemiologia da Osteomielite Hematogênica Aguda?

Infecção óssea mais comum
Crianças
Bimodal: <2 anos e 8-12 anos
Metade das crianças com menos de 5 anos
Homens > Mulheres
Metáfise de ossos longos

9

Quais os principais patógenos na Osteomielite Hematogênica Aguda?

S. aureus = mais comum 85%
Pseudomonas = Drogas EV
Salmonella = Anemia falciforme
- Mais diafisária
Gram negativo = pre maturo grave (uti)
- Multifocal
- Pós osteossíntese precoce
H. Influenzae = 6 meses a 4 anos
Fungos = doença crônica, parenteral

10

Com qual idade é mais provável ocorrer disseminação epifisária?

Descreva características da difusão até essa idade e nos maiores dela.

Nos < 2 anos (devido vasos cruzarem a fise)
- Ocorre disseminação para a epífise
- Risco de artrite séptica
- Qualquer articulação
- Discrepância de comprimento e deformidade angular

Nos > 2 anos a fise age como barreira (risco na diáfise)
- Risco na fise intra-articular (Fêmur proximal, Fíbula distal, Rádio proximal, Úmero proximal)

11

Quais as articulações com fise intra-articular (mais acometidas nas osteomielites)?

Fêmur proximal (principal)
Fíbula distal
Rádio proximal
Úmero proximal

12

Descreva a fisiopatologia da osteomielite hematogênica aguda.

Bactéria na metáfise causa proliferação, inflamação, necrose e abscesso, levando a isquemia cortical que evolui com saída do material até espaço subperiosteal

Se o abscesso não é tratado ocorre sequestro e Osteomielite Crônica.

13

Como é o quadro clínico e exame físico do paciente com osteomielite hematogênica aguda?

Dor, Edema, Hiperemia e Febre

OBS: Crianças e idosos podem não apresentar estes sintomas e podem ter comprometimento do estado geral.

14

Cite como deve ser encontrado os exames laboratoriais no paciente com osteomielite hematogênica aguda.

PCR aumentado: estimulado pela IL-6
- Aumenta após 6 horas e diminui após 1 semana da melhora

VHS aumentado
- Aumenta 3-5 dias e cai com 3 semanas

Leucócitos: pode estar normal ou aumentado

Hemocultura: positivo em 50% dos casos

15

Cite alterações radiográficas que podem estar presentes na osteomielite hematogênica aguda.

Reação periosteal com 10-12 dias de infecção

16

Qual melhor exame para visualização de reação periosteal e estoque ósseo na osteomielite hematogênica aguda?

Tomografia

17

Cite as alterações visualizadas na RNM de um paciente com quadro de osteomielite hematogênica aguda.

Hipossinal T1 e hiperssinal T2
- S98% e E75%

Abscessos intra-ósseos e subperiósteais

18

Quais diagnósticos diferenciais da osteomielite hematogênica aguda podemos diferenciar ao exame de USG?

Celulite, artrite séptica, abscesso de partes moles, tumor...

19

Como encontra-se o aspirado ósseo na osteomielites hematogênica aguda?

Área metafisáiria de maior dor e edema

20

Na osteomielite hematogênica aguda, quando a cintilografia com Tecnécio-99 encontra-se positiva?

Positiva após 24-48 horas.

21

Cite as fases da cintilografia e suas correlações.

Fases de Fluxo, Equilíbrio e Tardia

Osteomielite: aumentada 3 fases
Celulite: equilibrio fase tardia
osteoartrite equilibrio fase fluxo e equilibrio

22

Sobre o tratamento da osteomielite hematogênica aguda:

1) Quando deve ser iniciado?
2) Quando deve ser indicado e como devem ser feitos os tratamentos conservador e cirúrgico?
3) Por quanto tempo deve-se manter o tratamento?

Deve ser iniciado o mais precoce possível!

Sem coleção:
- ATB empírico
- PCR a cada 2-3 dias
- Sem resposta = cirurgia

Coleção (abscesso e sequestro):
- DRENAR e ATB pós op

Cirurgia na falha do tratamento empírico (ATB)
- Remover pus e tecido não viável
- Pus intramedular = fazer janela óssea
- Osteomielite subperiosteal = fazer microperfurações
- Fechamento frouxo da pela + dreno + tala
- Proteger membro por algumas semanas (risco fratura)

ATB
- 4 a 6 semanas
- 10 a 14 dias EV, Restante oral

23

Cite aspectos epidemiológicos e características da Osteomielite Hematogênica Subaguda.

Inicio insidioso - 2 semanas em média
Relativamente comum
1/3 (35%) das infecções ósseas primarias evoluem para osteomielite hematogênica subaguda
Ossos longos dos MMII
Tipo mais comum IA e IB, seguido por V
Decorrente de baixa virulência e boa defesa do hospedeiro
Sem quadro clinico exuberante
Difícil diagnóstico

24

Como é esperado o exame físico na osteomielite hematogênica subaguda?

Dor leve a moderada

25

Quais os principais achados nos exames laboratoriais na osteomielite hematogênica subaguda?

Hemocultura negativa
VHS aumentado 50% casos
PCR normal
Leucócitos geralmente normal
Cultura positiva em 60%

26

Cite alterações radiográficas encontradas na osteomielite hematogênica subaguda.

Reação periosteal

Abaulamento partes moles

27

Cite alterações na cintilografia que são encontradas na osteomielite hematogênica subaguda.

Aumento da capitação

28

Descreva a classificação de Gledhill modificada por ROBERTS

IA: Radioluscência METAFISÁRIA excêntrica SEM esclerose
IB: Radioluscência METAFISÁRIA excêntrica COM esclerose
II: METAFISÁRIA excêntrica (com EROSÃO cortical)
III: DIAFISÁRIA
IV: Reação PERIOSTEAL (casca de cebola)
V: EPIFISÁRIA
VI: Lesão no corpo VERTEBRAL

29

Cite os possíveis diagnósticos diferenciais da Osteomielite Hematogênica Subaguda segundo a classificação de Roberts.

IA: Histiocitose das células de Langerhans
IB: Abscesso de Brodie
II: Granuloma eosinofílico
III: Osteoma osteóide
IV: Sarcoma de Ewing
V: Condroblastoma
VI: Tuberculosa ou Sarcoma osteogênico

30

Descreva as características do Abscesso de Brodie.

Lesão lítica com halo esclerótico (Roberts IB)
- Tibia distal
Infecção óssea ciscunscrita
S. aureus 50%
Evolução lenta
Abscesso intra-ósseo inativo por longa data
20% cultura negativa
Geralmente necessita de tratamento com biópsia + curatagem com dreno