Parte Materna da Placenta Flashcards Preview

Embriologia Humana - 2017 > Parte Materna da Placenta > Flashcards

Flashcards in Parte Materna da Placenta Deck (17):
1

.

.

2

Parte Materna da Placenta

A nossa (dos humanos) placenta é a fusão de vasos sanguíneos.

3

Origem da Parte Materna da Placenta

→ Endométrio.

Quem faz a parte materna da placenta é o endométrio

4

Formação de Placenta entre os Mamíferos Placentários

Entre os mamíferos placentários e os outros mamíferos placentários (ex: alguns tipos de tubarão), existem vários tipos de formação de placenta diferentes.

5

Tipos de Formação de Placenta entre os Mamíferos Placentários

a) Epiteliocorial

b) Endoteliocorial

c) Haemochorial

6

Formação de Placenta entre os Mamíferos Placentários: a) Epiteliocorial

O nome já diz → é o epitélio do córion que se une ao epitélio do endométrio.

→ é a união de 2 epitélios

Existem 2 barreiras epiteliais se encostando → e isso é a placenta.

7

Formação de Placenta entre os Mamíferos Placentários: b) Endoteliocorial

→ existe uma única barreira entre mãe e feto

8

Formação de Placenta entre os Mamíferos Placentários: c) Haemochorial

→ é o tipo de formação da nossa placenta

Entre os três tipos de formação de placenta, a nossa é a mais complexa.

9

Placenta Haemochorial e Vasos Sanguíneos

Os vasos sanguíneos da parte fetal vão se fundir aos vasos sanguíneos da parte materna.

10

Característica dos Vasos Placentários

→ Vaso Placentário é gigante.

Como existe a fusão de vasos sanguíneos, os vasos placentários são enormes.

11

Placenta e Fluxo Sanguíneo

Durante a evolução,a placenta foi se especializando para permitir uma maior quantidade de fluxo sanguíneo ao feto para que não haja nenhum problema durante a gravidez.

A irrigação do útero muda para garantir isso e a placenta também.

Maior quantidade de Fluxo Sanguíneo → maior oxigenação e maior entrada de nutrientes.

12

​Placenta e Nascimento

→ a placenta tem que ser arrancada

​Nasceu, então tem que tirar a placenta, que está enraizada na parede do útero.

13

​Descolamento da Placenta e Mistura de Sangue

​A placenta esta enraizada na parede do útero;

Após, o parto, ocorre o deslocamento da placenta

→ é só nesse momento que ocorre a mistura de sangue entre mãe e bebê, pois durante a gestação não há mistura

→ é quando ocorre a mistura dos sangues

14

​Doença Hemolítica do Recém-Nascido / Eritroblastose Fetal

​→ problema de compatibilidade entre o fator RH
→ esse tipo de doença só ocorre em uma condição

Imagine um Heredograma:
pai + e mãe - → com um filho de sexo indeterminado.
→ quando nós temos uma combinação específica do rator RH entre pai e mãe
→ se a mãe é negativa e o pai é positivo
→ a criança tem a possibilidade de nascer positiva

Fator RH + → dominante DD; Dd
Fator RH - → recessido dd

Se o filho nascer negativo não tem problema.

15

Doença ​Hemolítica do Recém-Nascido / Eritroblastose Fetal -
Ocorre só no segundo filho. Por que só à partir do segundo filho?

​→ porque durante a gestação não há contato entre o sangue da mãe e filho

→ após o primeiro filho nascer, o médico tem que arrancar a placenta

→ a placenta está enraizada no endométrio


Nessa situação:
→ filho com fator RH + e mãe com fator RH -
→ quando existe o contato
→ o sistema imune da mãe não reconhece o fator RH do filho
→ a mãe, então, desenvolve anticorpos
→ ela fica sensibilizada

​Por esse motivo, devido à essa sensibilização (o desenvolvimento de anticorpos) a doença só afeta o segundo filho → a mãe precisou, primeiro, ser exposta ao fator RH + do primeiro filho e desenvolver anticorpos.

Na segunda gravidez, existe o risco justamente por existir anticorpos.

16

Doença ​Hemolítica do Recém-Nascido / Eritroblastose Fetal - ​
Para Evitar


Para evitar:

→ na hora do parto do primeiro filho

→ aplica uma injeção para degradar as hemácias do filho ANTES que haja o contato do sangue entre os dois

→ ai a mulher não se sensibiliza e evita o problema

Injeção → Vacina Anti-RH

Se não há prevenção, ocorre a sensibilização seguinte e a segunda gravidez segue o mesmo padrão → ela não chega a termo porque AntiCorpo atravessa a placenta e começa a destruir as hemácias do filho.

Hemólise → destruição de hemácia.

17

Doença ​Hemolítica do Recém-Nascido / Eritroblastose Fetal -​
Importância do Pré-Natal

→ uma das importâncias é identificar o fator RH do pai e da mãe para saber se existe a possibilidade de isso ocorrer para saber se a injeção se faz necessária para dessensibilizar a mãe.

FIM dessa parte → Matéria da prova é aqui aqui!!!