Psiquiatria Flashcards Preview

Temas principais > Psiquiatria > Flashcards

Flashcards in Psiquiatria Deck (67)
Loading flashcards...
1
Q

Duas drogas importantes na agitação psicomotora.

A

Haloperidol
Prometazina*

*tem efeito sedativo e reduz os efeitos extrapiramidais.

2
Q

Droga contraindicada na intoxicação por cocaína.

A

Betabloqueadores não seletivos*

*causam crise hipertensiva porque terá mais ação nos receptores alta.

3
Q

Paciente irritado, agressivo, usuário de álcool.

Qual a conduta farmacológica?

A

Diazepam*

*Na agitação por abstinência por álcool usamos BZP. Haloperidol é usado na agitação delirante.

4
Q

Paciente com Depressão e ansiedade.

Conduta farmacológica.

A

ISRS + BZP*

  • O BZP pode ser dado no início (até 3 meses) enquanto o ISRS não faz efeito.
5
Q

Síndrome de abstinência alcoólica grave. Definição e conduta farmacológica.

A

Pode ter só a disfunção orgânica (icterícia, hepatomegalia, ascite…) Nesse caso, faremos hidratação, reposição calórico-vitamínica e BZP (Lorazepam é a melhor droga se tiver disfunção hepática).
Se tem Delirium tremens (delírios/psicose + tremor) tem que usar haloperidol.

AGITAÇÃO + PSICOSE = HALDOL

6
Q

Paciente com taquicardia, tremor, midríase, ruídos hidroaéreos diminuídos, retenção urinária.
Intoxicação por…

A

Antidepressivo tricíclico*

  • Dar efeitos adrenérgicos e anticolinérgicos. Cocaína só dar efeito adrenérgico.
7
Q

Tratamento da Anorexia nervosa.

A

Psicoterapia e ISRS

8
Q

Qual a prevalência de fases bulímicas durante a evolução de uma anorexia nervosa?

A

30% (a minoria evolui para a fase bulímica)

9
Q

A anorexia nervosa geralmente começa nos primeiros anos da puberdade e está associada ao medo e apreensão do desenvolvimento de carácteres sexuais secundários.
V ou F?

A

Verdadeiro

10
Q

Síndrome de Wernicke-Korsakoff. Definição e prevenção.

A

Encefalopatia de Wernicke (oftalmoplegia, ataxia e confusão mental) e Psicose de Korsakoff (comprometimento da memória de retensão)

Alcoolismo e desnutrição são precipitantes.
Devemos administrar Tiamina e depois glicose nesses pacientes para evitar esse quadro.

11
Q

Tratamento farmacológico da Síndrome do Pânico.

A

Antidepressivo (ISRS)

12
Q

Tratamento do Transtorno de Humor Bipolar.

A
Lítio 
Anticonvulsivantes
Antipsicóticos atípicos 
ISRS (quando está na fase depressiva)
Psicoterapia
Eletroconvulsoterapia na depressão refratária
13
Q

Quanto maior o acometimento no Transtorno de Humor bipolar, maior será a resposta ao Lítio.
V ou F?

A

Falso

14
Q

O estado de stress pós traumático manifesta-se imediatamente após o acometimento do evento ou a situação provocadora do adoecimento.
V ou F?

A

FALSO
Trata-se de uma resposta TARDIA e/ou protraída a um evento ou situação estressante de natureza excepcionalmente ameaçadora ou catastrófica.
O Transtorno de estresse pós traumático se desenvolve após o trauma, mas não imediatamente após o trauma.

15
Q

O que é o Transtorno Bipolar tipo II?

Tratamento.

A

Depressão + hipomania
Lítio e Psicoterapia

*Tipo I: depressão + mania

16
Q

Defina a fase de Contemplação de Prochaska e DiClemente.

A

Quando o paciente começa a comparar às vantagens e desvantagens do cigarro e a possibilidade de realizar alguma mudança já é mais real. Quer parar, mas ainda não sabe como fazer. Ainda não tem Preparação.

17
Q

Transtorno de ansiedade generalizada. Definição.

A

Preocupação excessiva e abrangente e crônica, acompanhada por uma variedade de sintomas somáticos causando sofrimento e comprometimento sócio-ocupacional.

18
Q

Delirium tremens. O que é?

A

Síndrome de abstinência alcoólica grave com obnubilação da consciência, confusão, desorientação, temporoespacial, ALUCINAÇÕES e ilusões vívidas além de tremores e sudorese (sintomas adrenérgicos).
Pode também aparecer após intoxicação alcoólica.

19
Q

Alucinação comum do alcoólico.

A

Alucinações visuais de animais (zoopsias)

20
Q

Disfunção visual e/ou auditiva são fatores de risco para DELIRIUM. V ou F?

A

VERDADEIRO
Paciente idoso, internado deve continuar usando óculos ou dispositivos auditivos que normalmente usa em seu dia a dia para aumentar a sua interação com o meio.

21
Q

Drogas de primeira escolha para tratar depressão.

A

ISRS

22
Q

Paciente com insônia, “bolo na garganta”, irritabilidade, fasciculações, PA 150X 90, vida familiar conturbada, medo de perder o emprego.
Diagnóstico e conduta.

A

Transtorno de ansiedade com sofrimento difuso.

Dar apoio psicossocial e reavaliar a curto prazo.

23
Q

Agorafobia.

A

Medo de lugares públicos.

24
Q

A terapia cognitiva comportamental é a psicoterapia com maiores evidências de eficácia. V ou F?

A

Verdadeira

25
Q

Efeito adverso da Bupropiona?

A

Aumenta o risco de convulsões.

26
Q

Entre os ISRS, a Fluoxetina apresenta o menor risco de interação medicamentosa ao nível do citocromo P450. V ou F?

A

FALSO

Ela também é metabolizada por essas enzimas.

27
Q

Os antidepressivos tricíclicos podem afetar o coração de modo semelhante aos antiarritmicos causando retardo na condução atrioventricular.
V ou F?

A

Verdadeiro

28
Q

A Venlafaxina pode aumentar a PA, especialmente se a dose for maior do que 300 mg ao dia. V ou F

A

Verdadeiro

29
Q

Tratamento do Delirium tremens.

A

HALDOL!! BZP é usado na agitação (NÃO DELIRANTE) da abstinência alcoolica.
Pode dar propanolol devido a descarga simpática
Barbitúrios são drogas de segunda linha
Reposição de Tiamina para evitar síndrome de Wernicke.

30
Q

O que necessariamente deve ter na clínica de um paciente com episódio depressivo maior.

A

Humor deprimido ou perda do interesse ou prazer

31
Q

Antipsicóticos de primeira linha para tratamento da esquizofrenia.

A

Antipsicóticos atípicos (segunda geração) porque provoca menos efeitos colaterais (Sintomas extra-piramidais) do que os antipsicóticos típicos.

32
Q

Critérios para internação num quadro de anorexia nervosa.

A
  1. Peso abaixo de 75% do peso mínimo esperado.
  2. IMC < 13 a 14 kg/m2
  3. Alterações hemodinâmicas, hidroeletrolíticas e metabólicas importantes.
  4. Alterações físicas com ameaça imediata a vida.
33
Q

Transtorno em que o paciente não está doente, mas produz sintomas para simular doença.

A

Transtorno factício

34
Q

Quais as diferenças entre transtorno conversivo e somatoforme?

A

Ambos apresentam sintomas de origem psíquica. O paciente apresenta sintomas reais que não podem ser explicados por exames.

SOMATOFORMES: não há sintomas neurológicos, apenas orgânicos. Ex. Sintomas gastrointestinais.
CONVERSIVO: há sintomas neurológicos. Ex. Paralisia, cegueira. Conversivo lembra convulsão (neurológico)

35
Q

Transtorno dissociativos. O que é?

A

Paciente com dupla personalidade, amnésias…

36
Q

Tratamento farmacológico do Transtorno de Pânico.

A

Crises: BZP (ex. Alprazolam)

Manutenção: ISRS

37
Q

Quando indicar tratamento farmacológico no tabagismo?

A
  1. Mais de 18 anos
  2. Consumo > 15 cigarros por dia
  3. Mais de 5 PTs no Fagerstrom
38
Q

Drogas de primeira linha no tabagismo.

A

Nicotina, vareniclina e bupropiona

39
Q

Drogas de segunda linha no tabagismo.

A

Clonidina e Nortriptilina

40
Q

Contraindicações à Bupropiona.

A
  1. Antecedentes de convulsão
  2. Epilepsia
  3. Eletroencefalograma anormal
  4. Alcoolismo
  5. Uso de IMAO
41
Q

Tratamento do Delirium hiperativo.

A

HALDOL

  • BZP predispõe ao Delirium.
42
Q

O que são os transtornos somatoformes?

A

Sintomas físicos que não podem ser explicados por nenhumas condição médica orgânica, nem outro transtorno mental (ex. Síndrome do pânico)

43
Q

Fobia social. O que é? Tratamento?

A

É o medo absurdo de se expor.

Trata com ISRS, BZP antes de grandes exposições e TCC

44
Q

Tratamento da síndrome de abstinência à heroína?

A

Metadona

*heroína é opioide

45
Q

Vários episódios curtos de dor torácica + palpitação + tremores + medo de morrer + medo de sair de casa + coração normal e sem uso de drogas. Diagnóstico (muito fácil né?)

A

Crise de pânico e Agorafobia

46
Q

O que é a Síndrome neuroléptico maligna?

A

É uma complicação muito grave do uso de antipsicóticos, principalmente os típicos.
Causa sintomas motores (rigidez muscular, agitação, distonia, alteração do nível de consciência…) autonômicos (febre alta, HAS, taquicardia…)

47
Q

Diagnóstico diferencial da Síndrome Neuroléptica Maligna?

A

Quadros catatônicos

48
Q

Achados laboratoriais importantes da Síndrome Neuroléptica Maligna?

A

AUMENTO DA CPK

  • Pode ter leucocitose
49
Q

Intoxicação por opioides. Sintomas e antídoto

A

Depressão cardiorrespiratória + miose + rebaixamento do nível de consciência.

NALOXONA

50
Q

Intoxicação por organofosforados ou carbamatos (chumbinho) Sintomas e antídoto.

A

Sintomas colinérgicos: depressão cardiorrespiratória + miose + lacrimejamento + salivação + incontinência + broncoespasmo + vômitos etc.

ATROPINA E PRALIDOXIMA

51
Q

Intoxicação por benzodiazepinicos. Sintomas e antídoto.

A

Rebaixamento do nível de consciência sem depressão cardiorrespiratória.

FLUMAZENIL

52
Q

O que vem sendo substituído os BZPs nos distúrbios do sono?

A

Hipnóticos não benzodiazepinicos (ex Zolpidem)

53
Q

Transtorno do estresse pós- traumático. Sintomas?

A

Reexperiência dolorosa do acontecimento, comportamento de evitação, sentimento de culpa, rejeição, humilhação, agressão, violência…

54
Q

O que o uso crônico de cocaina causa?

A
  1. IAM, arritmias e ICC
  2. Crises convulsivas, AVC, desordem de movimento
  3. Rinite, exacerba crises asmáticas e perfura o septo nasal.
  4. Xerostomia, colite isquêmicas e úlceras gástricas.
55
Q

O que é o EDTA?

A

Agente quelante utilizado em intoxicações por chumbo.

56
Q

Quais são os ISRS?

A
Fluoxetina
Paroxetina
Sertralina
Citalopram
Escitalopram

*Os dois últimos são bons para o idoso

57
Q

Quais são os antipsicóticos atípicos?

A
Quetiapina
Olanzapina
Clozapina
Risperidona
Aripiprazol
58
Q

Quais são os ISRSN (“Duais”)?

A

Duloxetina
Venlafaxina
Desvenlafaxina

59
Q

Quem são os Tricíclicos?

A

Clomipramina
Imipramina
Nortriptilina
Amitriptilina

60
Q

Exemplo de drogas depressoras.

A

Álcool, barbitúrios, benzodiazepínicos, opióides

*Drogas depressoras provocam mais manifestações clínicas por apresentarem dupla dependência: física e psicológica.

61
Q

Exemplo de drogas estimulantes.

A

Anfetaminas, cocaínas e crack.

62
Q

Exemplo de drogas pertubadoras.

A

Alucinógenos (maconha, LSD, ecstasy, chá de cogumelo).

63
Q

Drogas contraindicadas na intoxicação por cocaína e anfetamina.

A

BETABLOQUEADOR: quando o bloqueia os receptores beta, as catecolaminas agiram mais em alfa, piorando a vasoconstrição generalizada.

HALOPERIDOL: reduz o limiar convulsivo e prolonga o intervalo QT.

64
Q

Qual o período mínimo de duração de um estado de humor deprimido, para que ele seja considerado “DEPRESSÃO MAIO”?

A

2 SEMANAS (14 DIAS) segundo o DSM V.

65
Q

Efeitos do uso crônico da heroína.

A

Lesões dermatológicas (cicatrizes, estrias) e perda da libido.

66
Q

Tratamento da Síndrome Neuroléptica Maligna.

A
Agonista dopaminérgico (BROMOCRIPTINA)
\+
Relaxante muscular (DANTROLENE).
67
Q

Sintomas da intoxicação pelo Lítio.

A

TREMORES & POLIÚRIA

Náuses, vômitos, diarreia, moleza, disartria, IR…