Respiratório Flashcards Preview

Propedeutica - Prova de Anamnese > Respiratório > Flashcards

Flashcards in Respiratório Deck (16):
1

Toalete Brônquica

Tosse pela manhã.
Muco acumula nos brônquios quando em decúbito
Geralmente em fumantes.

2

Tosse Rouca

Edema na corda vocal, laringite

3

Asma Brônquica


Processo inflamatório crônico das vias aéreas que gera broncoconstrição. Gera dispneia – predominantemente expiratória – e tosse improdutiva.

4

Enfisema Pulmonar

Processo que gera expansão de alvéolos ate que gere seu rompimento. Gera dispneia – predominantemente expiratória.

5

Doenças relacionadas à Tosse Improdutiva

Asma brônquica, enfisema pulmonar, irritação da VAS, ICC, pneumonia lobar

6

Dor Pleural

Em pontadas
MELHORA: ao apertar o travessiro e repouso
ACOMPANHA: emagrecimento
PIORA: respiração profunda

7

Chiado/sibilância

BRONCOESPASMO: brônquios se contraem por volta das 3 horas da manhã. Em asmáticos, a contração é muito vigorosa, causando chiado quando o ar passa.
TUMOR, BRONQUITE CRÔNICA

8

Bronquite crônica

Dispneia com predominância inspiratória
Sibilância

9

Pneumonia lombar

Causada por infecção bacteriana, causa tosse seca no inicio que evolui para escarro. Tem inicio agudo e é acompanha de inapetência, dor em pontada (quando ocorre acometimento da pleura), dispneia, expectoração mucopurulenta e febres com temperatura maior a 39°C.

10

Tuberculose pulmonar

• Doença de decurso pouco aparente e com sintomas pouco pronunciados, como tosse, expectoração, sudorese noturna, dor torácica, febre baixa vespertina e emagrecimento.

11

Fibrose pulmonar

• Primária/síndrome de Hamman-Rich: doença autominune que acomete o parênquima pulmonar
• Secundaria/asbestose: intoxicação por amianto que causa pneumoconioses, metástase pulmonar, linfagite e doenças reumáticas.

12

Atelectasia

• Obstrução intrínseca ou extrínseca brônquica insidiosa brusca por pós-operatórios dos bronquiticos crônicos, corpo estranho, tosse, expectoração mucosa e dispneia.

13

Pleuris/pleurite fibrinosa

• Afecção de origem inflamatória que gera dor torácica anterior ou póstero-lateral de intensidade pequena. Piora com movimentos respiratórios e decúbito contra-lateral, podendo ser acompanhada de tosse seca e febre.

14

Derrame pleural

• Liquido que se instala entre as duas pleuras, por tuberculose, processo meta-pneumático, processo pós-pneumático e embolias. Causa dor que vai desaparecendo com o aumento do volume do liquido intra-pleural. Gera dispneias quando em volume maior que 1500ml.b

15

Pneumotórax

• Dor do tipo pontada ou facada de forte intensidade, causada por rompimento da pleura por bolhas. Gera dispneia intensa, variável de acordo com a extensão, e cianose.

16

Neoplasia de pleura

• Formação celular abundante que infiltra o parênquima pulmonar e gera dor inicialmente. Causa derrame, emagrecimento, dor do tipo compressão de forma continua, tosse seca e dispneia. Melhora com a compressão. Evolui para formação de fibrose.