268 - Electrocardiografia Flashcards Preview

Cardio > 268 - Electrocardiografia > Flashcards

Flashcards in 268 - Electrocardiografia Deck (34):
1

Qual a única derivação em que,em condições normais, a onda P é negativa?

aVR

2

Qual a derivação em que, em condições normais, a onda P é bifásica e o que significam os seus componentes?

V1
+ é a despolarização da AD
- é a despolarização da AE

3

O que acontece à onda P quando há um pacemaker ectópico na parte inferior das auriculas?

São ondas P retrógradas. (positivas em aVR e negativas em DII).

4

Quando se considera que o eixo cardíaco é normal?

Quando se encontra entre -30º e +100º

5

Quando se considera que há desvio do eixo direito e quais as causas deste desvio?

Entre +100ºe +180º
Causas:
Variante Normal - Crianças e Adolescentes
Sobrecarga do VD (HVD, CIA-OS, Cor pulmonale e TEP)
Bloqueio do fascículo post do Ramo Esquerdo
Troca de electrodos
Dextrocardia
Pneumotorax esquerdo

6

Quando se considera que há desvio do eixo esquerdo e quais as causas deste desvio?

Entre -30º a -90º
Causas:
Variante Normal
HVE
Bloqueio do Fasciculo Anterior do Ramo Esquerdo
CIA- OP
Enfarte da parede anterior do ventrículo direito

7

Causas do aumento da onda U

Fármacos e HipoK+
(dofetilida, amiodarona, sotalol, quinidina)

8

O que pode indicar uma inversão da Onda U?

Isquémia

9

Uma onda U muito proeminente pode significar o aumento da susceptibilidade ao quê?

Torsades de Points

10

Verdadeiro ou Falso:
A sobrecarga da auricula direita provoca um aumento da amplitude da onda P, ficando esta >2.5mm.

VERDADEIRO

11

Verdadeiro ou Falso
A Comunicação Intraauricular por Ostium Secundum provoca uma Hipertrofia Ventricular Esquerda com Desvio esquerdo do eixo e bloqueio do ramo esquerdo.

FALSO
A Comunicação Intraauricular por Ostium Secundum provoca uma Hipertrofia Ventricular Direita com Desvio Direito do eixo e bloqueio do ramo Direito.

12

Quais as anomalias electrocardiográficas mais frequentes no Cor pulmonale agudo?

Taquicardia sinusal - a mais frequente
S1Q3T3 - aumento da onda S em DI, aumento da onda Q em DIII e inversão da T em DIII

13

Verdadeiro ou falso:
O cor pulmonale crónico produz um ECG típico de GVD.

FALSO não!!
complexos de baixa voltagem e ondas r pequenas em V1eV4 com progressão lenta!

14

Quais os critérios de Voltagem da HVE nas derivações précordiais?

SV1 + (RV5 ou RV6) > 35 mm

15

Verdadeiro ou falso:
A sensibilidades dos critérios de voltagem da HVE está diminuída em obesos e fumadores.

VERDADEIRO

16

Quais as durações de um QRS normal, um QRS com bloqueio completo e um QRS com bloqueio incompleto?

Normal 100-110 ms
B. incompleto 100-120ms
B. completo > ou igual a 120ms

17

Verdadeiro ou Falso:
O vector do QRS aponta geralmente na direcção da região do miocárdio onde a despolarização está atrasada.

VERDADEIRO

18

Quais as alterações do QRS em V1 e em V6 num BCRD?
E num BCRE?

BCRD - MoRRoW:
-rSR' em V1
-qRS em V6

BCRE - WiLLeM
- QS largos em V1
-RR' em V6

19

Verdadeiro ou Falso
No BCRE a despolarização septal ocorre da esquerda para a direita.

FALSO
é diferente do normal - ocorre da direita para a esquerda.

20

Qual a semelhança e a diferença de um ECG de um BCRE e de um Pacing do VD?

A semelhança é o sentido da despolarização (dir-esq) e a diferença é que no ECG do pacing, o QRS é precedido por um espículo agudo.

21

Causas de BRD

Variante do normal
Defeitos do septo auricular (CiA-OS)
D Valvular
D isquémica

22

Causas de BRE

D Arterial Coronária
Cardiopatia HT
D. Valvular Aórtica
Cardiomiopatia

23

Verdadeiro ou Falso:
O BRE é o tipo de bloqueio mais comum na ausência de cardiopatia estrutural.

FALSO
BRD

24

Verdadeiro ou Falso
O BRE é um marcador de risco de morbi e mortalidade cardiovascular

VERDADEIRO

25

Verdadeiro ou Falso:
As alterações de repolarização primárias podem ser causadas por isquémia, alterações iónicas e pelo uso de digitálicos e são dependentes do QRS.

FALSO
INDEPENDENTES do QRS

26

Verdadeiro ou Falso
As alterações secundárias da repolarização podem ser causadas por pacemakers ou bloqueios e apresentam uma polaridade da onda T oposta à do último QRS.

VERDADEIRO

27

Verdadeiro ou falso
As alterações primárias da repolarização dizem respeito a alterações das propriedades electricas das fibras miocárdicas e as alterações secundárias da repolarização dizem respeito a alterações da sequência de despolarização e repolarização.

VERDADEIRO

28

Verdadeiro ou Falso
O padrão de Brugada simula um BRE e um supra ST.

FALSO
simula BRD + Supra ST (V1 e V3)

29

Verdadeiro ou falso
O bloqueio do fascículo anterior do ramo esquerdo é a causa mais comum de desvio esquerdo em adultos.

VERDADEIRO

30

Verdadeiro ou falso:
No bloqueio bifascicular, um doente assintomático tem alto risco de BAV de alto grau.

FALSO tem menor risco.
Maior risco é no bloqueio fascicular de novo com EAM precendente.

31

Verdadeiro ou falso:
O aumento do intervalo PR juntamente com Bloqueio Bifascicular não implica um Bloqueio Trifascicular.

Justifica

VERDADEIRO
Porque o aumento do intervalo PR pode dever-se a uma doença do nódulo AV.

32

Quais as causas extrínsecas de alargamento do QRS?

Fármacos e Hipercaliémia
Anti-arritmicos classe I
Anti-depressivos tricíclicos
Fenotiazidas

33

O prolongamento do QRS não implica atraso na condução. Qual é o maior exemplo disso?

Síndrome Wolff Parkinson White em que há pré-excitação dos ventrículos por via acessória.

34

Qual é a tríade diagnóstica do WPW?

Onda delta
PR curto
QRS alargado
(OPQ)