282 - Cardiopatias Congénitas no Adulto Flashcards Preview

Cardiologia (Babies da Ana e os Verdes) > 282 - Cardiopatias Congénitas no Adulto > Flashcards

Flashcards in 282 - Cardiopatias Congénitas no Adulto Deck (39):
1

% de doentes com cardiopatia congenita que atinge a idade adulta?

90%

2

Atualmente há uma maior proporção de crianças com doenças cardíacas congenitas em comparação a adultos. V/F?

Falso. Mais adultos

3

Cardiopatia congenitas não sintomáticas durante a infância não têm potencial de se tornar sintomáticas na idade adulta. V/F?

Falso, têm. As cardiopatia não são estáticas e sofrem alterações.

4

Enumera as principais cardiopatia complexas

Todas as formas de cardiopatia cianotica, Síndrome de Eisenmenger, anomalia de Ebstein , Tetralogia de Fallot , procedimento de Fontan e Rastelli, transposição de grandes artérias, Truncus arteriosus , ventrículo únicos 3 ventrículo com duplo trato de saida

5

CIA tipo ostium secundum localiza-se na porção mais alta do septo interauricular. V/F?

Falso. Medio-septal

6

CIA tipo ostium primum associa-se a conexão pulmonar anómala. V/F?

Falso. Sinus venosus

7

CIA tipo ostium primum está adjacente às válvulas auriculoventriculares. V/F?

Verdadeiro

8

Ostium secundum é o subtipo de CIA mais frequente. V/F?

Verdadeiro

9

CIA tipo ostium sinus venosus associa-se a síndrome de down. V/F?

Falso. O ostium primum é que se associa

10

Quando não encerrar uma CIA?

Pequenas dimensões, shunts E-D trivial, doença vascular pulmonar grave sem shunt significativo

11

Quando não encerrar uma CIA?

Pequenas dimensões, shunts E-D trivial, doença vascular pulmonar grave sem shunt significativo

12

Qual o fator pré-op mais importante para o prognóstico do síndrome de Eisenmenger?

Grau de elevação da resistência vascular pulmonar

13

Caracteriza o Síndrome de Eisenmenger

Grande comunicação entre a circulação sistémica e pulmonar a nível aortopulmonar auricular ou ventricular com formação de shunt bidirecional ou predominantemente Direito esquerdo pela alta resistência e hipertensão pulmonar obstrutiva

14

O síndrome de Eisenmenger é uma contra indicação para gravidez?

Sim

15

Tipo de cianose associada a ducto arterioso patente

Cianose diferencial

16

Principais causas de morte associadas ao ducto arterioso patente?

Insuficiência Cardíaca e Endocardite infecciosa

17

Estruturas anatómicas que envolvem o ducto arterioso patente

Bifurcação da Aorta e artéria pulmonar

18

Em década de vida os doentes com aneurisma do seio de valsa a sofrem rotura com formação de fistula?

3ª-4ª decada

19

Distinção entre aneurisma dos seios aorticos com fistula e fistula coronária arteriovenosa

Nos aneurismas a fistula é entre o seio aorticos e uma câmara cardíaca. No segundo caso é entre a artéria coronária e uma câmara cardíaca direita

20

Que tipos de cardiopatias congenitas se associam a sopros continuos?

Ducto arterioso patente, coartação da aorta, aneurisma do seio de valsalva com fistula, fistula coronária arteriovenosa (estenose pulmonar supra Valvular e estenose pulmonar periférica )

21

Qual a anomalia congenita mais associada à coartação da aorta? Em que %?

Válvula aortica bicuspide. Presente em 50%

22

Que região do miocárdio pode enfartar na origem anómala da artéria coronária esquerda?

Parede anterolateral

23

Que anomalia genética se associa a estenose aortica supra Valvular?

Elastina no cromossoma 7

24

A que síndrome genético se pode associar a coartação da aorta?

Síndrome de Turner

25

Qual o achado ao exame físico mais característica de coartação de aorta?

Hipertensão das extremidades superiores com ausência, marcada diminuição ou atraso dos pulsos femorais

26

Qual o sinal patognomonico na Coartação da aorta?

Sinal dos 3 - indentação da aorta com dilatações pré e pós estenóticas

27

A maioria dos doentes com coartação de aorta são sintomáticos desde infância. V/F?

Falso. A maioria é assintomatica

28

Múltiplos estreitamentos das artérias pulmonares periféricas podem-se associar a que patologias?

Embriopatia da Rubeola, formas familiares e esporádicas de estenose aortica supravalvular

29

Qual a principal determinante do curso clínico da estenose pulmonar congenita?

A gravidade

30

Back Tetralogia de Fallot, que exame complementar constitui o gold standard para a quantificação do volume e função do VD?

RM cardiaca

31

Em que % ocorrem alterações de ritmo em doentes intervencionados na Tetralogia de Fallot?

25% arritmias auricular e 15% ventricular

32

Qual a arritmia mais comum em corações intervencionados?

Flutter auricular

33

Qual a tríade da atresia tricuspide ?

Atresia tricuspide + CIA + hipoplasia VD e artéria pulmonar

34

Anomalias cardíacas congenitas ocorrem em cerca de 5 a 10% da população. V/F?

Falso. Menos de 1%

35

Nem todas as cardiopatia congenitas são contraindicação para engravidar. V/F

Verdadeiro

36

Aberrações cromossomas e mutações genéticas são responsáveis por que % de malformações cardíacas?

Menos de 10%

37

Qual das seguintes testemunhas é mais frequente no sexo feminino?
-coartação aorta
-válvula aortica bicuspide
-comunicação Interauricular
Transposição de grandes artérias

CIA

38

CIA tipo ostium secundum associa-se a que desvio? E ostium primum?

Desvio direito e desvio esquerdo, respetivamente

39

A displeasing da válvula tricuspide é um dos elementos da Tetralogia de Fallot. V/F

Falso