Crescimento e Desenvolvimento Flashcards Preview

PR1: PEDIATRIA 2018 > Crescimento e Desenvolvimento > Flashcards

Flashcards in Crescimento e Desenvolvimento Deck (126)
Loading flashcards...
1
Q

Quantas consultas devem ser feitas no 1º ano de vida?

A

SETE!

  • Primeira semana de vida
  • 1 mês
  • 2 meses
  • 4 meses
  • 6 meses
  • 9 meses
  • 12 meses
2
Q

Quantas consultas devem ser feitas no 2º ano de vida?

A

DUAS!

  • 18 e 24 meses
3
Q

Quantas consultas devem ser feitas após 2 anos de vida?

A

ANUALMENTE!

4
Q

Qual o ganho de peso da criança no primeiro ano de vida? (por trimestre)

A
  1. 1º tri: 700 g/mês.
  2. 2º tri: 600 g/mês.
  3. 3º tri: 500 g/mês.
  4. 4º tri: 400 g/mês.
5
Q

Quando o bebê duplica seu peso?

A

4-5 meses.

6
Q

Quando o bebê triplica seu peso?

A

Com 1 ano de idade

7
Q

Quando o bebê quadruplica seu peso?

A

Aos 2 anos de idade

8
Q

Quantos kgs o pré-escolar (2-6 anos) ganha por ano?

A

2 KILOS

9
Q

Quantos kgs o Escolar (6-10 anos) ganha por ano?

A

3-3,5 KILOS

10
Q

Quanto à estatura, qual o comprimento ao nascer?

A

50 cm.

11
Q

Quanto à estatura, qual o ganho no primeiro ano?

A

25 cm…

  1. 15 cm no primeiro semestre.
  2. 10 cm no segundo semestre,
12
Q

Quanto à estatura, qual o ganho no segundo ano de vida?

A

12 cm.

13
Q

Quanto à estatura, qual o ganho nos pré-escolares?

A

7-8 cm/ano.

14
Q

Quanto à estatura, qual o ganho nos escolares?

A

6-7 cm/ano

15
Q

Qual o perímetro cefálico médio ao nascer?

A

35 cm…

  • Comprimento/2 + 10 = PC (+-/2 cm)
16
Q

Qual o ganho no perimetro cefálico no 1º trimestre?

A

2 cm/mês.

17
Q

Qual o ganho no perimetro cefálico no 2º trimestre?

A

1 cm/mês

18
Q

Qual o ganho no perimetro cefálico no 2º semestre?

A

0,5 cm/mês

19
Q

Ao final do 1º ano, o PC cresceu?

A

12 cm

20
Q

No 2º ano o PC cresce?

A

2 cm

21
Q

Perímetro Cefálico (PC) médio no adulto ?

A

54 cm

22
Q

Quais os pontos de corte para microcefalia?

A

-2 desvios-padrão IG e Sexo (37 semanas)

  1. Meninas: 30,24.
  2. Meninos: 30,54.
23
Q

Faixa Etária que Avalia Peso/Idade?

A

0-10 anos

24
Q

Faixa Etária que Avalia Estatura/Idade?

A

0-19 anos

25
Q

Peso/Estatura?

A

0-5 anos

26
Q

IMC/idade?

A

0-19 anos.

  1. 0-5 anos.
  2. 5-19 anos.
27
Q

O que representa o score Z?

A

Distância (em desvio padrão) entre um parâmetro (ex: peso) de um paciente e seu valor médio na população.

28
Q

Escore Z +3 corresponde ao percentil?

A

99,9

29
Q

Escore Z +2 corresponde ao percentil?

A

97

30
Q

Escore Z +1 corresponde ao percentil?

A

85

31
Q

Escore Z 0 corresponde ao percentil?

A

50

32
Q

Escore Z -1 corresponde ao percentil?

A

15

33
Q

Escore Z -2 corresponde ao percentil?

A

3

34
Q

Escore Z -3 corresponde ao percentil?

A

0,1

35
Q

Como se dá o desenvolvimento na criança?

A
  1. Céfalocaudal.
  2. Centro → Periferia.
36
Q

O que se espera de um RN, quanto ao desenvolvimento?

A
  1. MOTOR: Postura semifletida.
  2. ADAPTATIVO: Fixa face humana.
  3. PESSOAL-SOCIAL: Preferência pela face humana.
  4. LINGUAGEM: -
37
Q

O que se espera com 1 mês, quanto ao desenvolvimento?

A

(1) MOTOR: Eleva o queixo
(2) ADAPTATIVO: segue um objeto
(3) PESSOAL-SOCIAL: Esboça sorriso
(4) LINGUAGEM: -

38
Q

O que se espera com 2 meses, quanto ao desenvolvimento?

A

(1) MOTOR: Eleva a cabeça
(2) ADAPTATIVO: Segue um objeto 180º
(3) PESSOAL-SOCIAL: Sorriso social
(4) LINGUAGEM: Balbucia

39
Q

O que se espera com 3 meses, quanto ao desenvolvimento?

A

(1) MOTOR: Eleva a cabeça e o tórax
(2) ADAPTATIVO: -
(3) PESSOAL-SOCIAL: Contato social
(4) LINGUAGEM:

40
Q

O que se espera com 4 meses, quanto ao desenvolvimento?

A

(1) MOTOR: Mãos na linha média, cabeça NÃO pende para trás quando puxado para sentar.
(2) ADAPTATIVO: Agarra objeto e leva até a boca
(3) PESSOAL-SOCIAL: Gargalhadas
(4) LINGUAGEM: “Ahh” “ngah”

41
Q

O que se espera com 7 meses, quanto ao desenvolvimento?

A

(1) MOTOR: Rola / Senta com apoio
(2) ADAPTATIVO: Transfere objetos
(3) PESSOAL-SOCIAL: Prefere a mãe
(4) LINGUAGEM: Polissílabos

42
Q

O que se espera com 10 meses, quanto ao desenvolvimento?

A

(1) MOTOR: Senta sozinho sem apoio
(2) ADAPTATIVO: Pinça assistida
(3) PESSOAL-SOCIAL: “Esconde-acha” / Permanência objetos / ansiedade com estranhos
(4) LINGUAGEM: Repete sons consonantais “mama” “dada”

43
Q

O que se espera com 12 meses, quanto ao desenvolvimento?

A

(1) MOTOR: Anda com uma mão apoiada.
(2) ADAPTATIVO: Movimento de pinça / entrega objetos.
(3) PESSOAL-SOCIAL: brinca com bola.
(4) LINGUAGEM: Diz duas palavras além de “mama” “papa”.

44
Q

O que se espera com 15 meses, quanto ao desenvolvimento?

A

(1) MOTOR: Anda sozinho, sobe escada.
(2) ADAPTATIVO: Torre de 3 cubos.
(3) PESSOAL-SOCIAL: -
(4) LINGUAGEM: Dá nome aos objetos familiares (bola) / atende a comandos simples.

45
Q

O que se espera com 18 meses, quanto ao desenvolvimento?

A

(1) Torre de 4 cubos.
(2) Fala 10 palavras.

46
Q

O que se espera com 24 meses, quanto ao desenvolvimento?

A

(1) Corre bem
(2) Torre de 7 cubos
(3) Faz linha horizontal

47
Q

O que se espera com 30 meses, quanto ao desenvolvimento?

A

IMITA UM CÍRCULO!

48
Q

O que se espera com 36 meses, quanto ao desenvolvimento?

A

IMITA UMA CRUZ.

49
Q

Com que idade a criança é capaz de desenhar um triângulo?

A

5 anos.

50
Q

Quando o Reflexo de Moro desaparece?

A
  1. 3 meses, forma “típica” ou completa.
  2. 6 meses, definitivamente.
51
Q

Quando o Reflexo Tônico Cervical Assimétrico (Magnus de Kleijn) desaparece?

A

Aos 6-7 meses.

52
Q

Quando o reflexo de Preensão Palmar desaparece?

A

Aos 3 meses.

53
Q

Quando o reflexo de Preensão Plantar desaparece?

A

Aos 6-8 meses.

54
Q

No que consiste o reflexo cutâneo-plantar?

A

Estimulo do bordo esterno da região plantar.

Resposta esperada: flexão dos dedos.

55
Q

O que se espera do reflexo cutâneo-plantar em RN de até 2 anos?

A

EXTENSÃO (sem representar patologia).

56
Q

Quando o reflexo de de Galant desaparece?

A

Aos 4 meses.

57
Q

Quando o reflexo de Apoio Plantar e Marcha desaparecem?

A

Aos 2 meses.

58
Q

Quando o Reflexo do Paraquedista APARECE?

A

Aos 8 meses, permanece por toda vida.

59
Q

Qual o parâmetro para Avaliação Nutricional utilizado por Gómez?

A

Peso/Idade.

60
Q

Qual a interpretação de Gómez?

A
  1. > 90% Eutrófico.
  2. 76-90% Desnutrição Leve (1º grau).
  3. 61-75% Desnutrição Moderada (2º grau).
  4. ≤ 60% Desnutrição Grave (3º grau).
61
Q

A presença de EDEMA classifica uma criança como?

A

DESNUTRIÇÃO GRAVE!

62
Q

Quais Parâmetros de Avaliação Nutricional utilizados por Waterlow?

A

“PEEI”

  1. Peso/Estatura ≤ 90% Magro (Wasted).
  2. Estatura/Idade ≤ 95% Baixo (Nanismo/Stunted).
63
Q

Qual a interpretação de Waterlow?

A

(1) Nem magro nem baixo: Eutrófico.
(2) Magro: desnutrido agudo.
(3) Magro e Baixo: desnutrido crônico.
(4) Baixo: desnutrido pregresso.

64
Q

Quais os pontos de corte para Peso/Idade (0-10 anos)?

A

(1) -2 a -3: Baixo peso.
(2) Z < -3: Muito baixo peso.
(3) Z > +2: Peso elevado.
(4) Entre +2 e -2: Peso adequado.

65
Q

Quais os pontos de corte para Estatura/Idade (0-19 anos)?

A

(1) Z > -2: Estatura adequada
(2) Entre -2 e -3: Baixa estatura (Nanismo)
(3) Z < -3: Muito baixa estatura (Nanismo grave)

66
Q

Quando temos PESO ELEVADO na curva de P/E?

A

Z > +2

67
Q

Quais os pontos de corte para Peso/Estatura (0-5 anos) e IMC/idade?

A

(1) Entre +1 e -2: Eutrófico.
(2) Entre -2 e -3: Magreza (desnutrição moderada).
(3) Z < -3: Magreza acentuada (desnutrição grave).

68
Q

IMC > +1 e < +2…

A
  1. 0-5: Risco de sobrepeso.
  2. 5-19: Sobrepeso.
69
Q

IMC > +2 e < +3…

A
  1. 0-5: Sobrepeso.
  2. 5-19: Obesidade.
70
Q

IMC > +3…

A
  1. 0-5: Obesidade.
  2. 5-19: Obesidade Grave.
71
Q

O que ocorre no Marasmo?

A

Deficiência GLOBAL de Energia e Proteínas.

72
Q

Qual a faixa etária no Marasmo?

A

< 1 ano.

73
Q

Quais as causas que levam ao Marasmo?

A

Retirada precoce do aleitamento materno.

74
Q

Quais as manifestações clínicas do Marasmo?

A
  1. NÃO HÁ EDEMA.
  2. Ausência de tecido adiposo.
  3. Fácies senil.
  4. Não ocorre alterações de pele e cabelo.
  5. Desaparecimento da bola de BICHAT.
  6. Anemia, diarreia.
  7. Apetite preservado
75
Q

O que ocorre no Kwashiorkor?

A

Deficiência PROTÉICA.

76
Q

Qual a faixa etária no Kwashiorkor?

A

2º-3º ano de vida.

77
Q

Qual a causa no Kwashiorkor?

A

Lactentes desmamados subitamente devido à gestação de um 2º filho

78
Q

Quais as Manifestações Clínicas do Kwashiorkor?

A
  1. EDEMA (hipoalbuminemia).
  2. Apatia, hipoatividade, anorexia.
  3. Alterações de pele (sinal da bandeira) e cabelo.
  4. Anemia, diarreia.
  5. HEPATOMEGALIA (esteatose).
79
Q

Quando internar criança com desnutrição grave?

A
  1. Edema.
  2. Complicações.
  3. < 6 meses.
80
Q

Quais as fases do tratamento da Desnutrição Grave?

A
  1. Fase de estabilização (1-7 dias) - evitar óbito!
  2. Fase de recuperação (2-6 semanas) - recuperação nutricional.
  3. Acompanhamento.
81
Q

O que é feito na Fase de Estabilização (desnutrição)?

A
  1. Prevenção e tratamento da hipotermia e hipoglicemia.
  2. Corrigir distúrbios hidroeletrolíticos.
  3. Tratar infecção.
  4. Alimentação - SNG se necessário.
  5. Repor: Vit. A, K, Ácido Fólico, Zinco, Mg.
82
Q

Qual o marco da Fase de Reabilitação (2-6 semanas)?

A

Retorno do Apetite.

83
Q

O que é feito na fase de reabilitação?

A
  1. Dieta HIPERPROTEICA e HIPERCALÓRICA: “catch up”.
  2. Suplementar FERRO.
84
Q

Como é feito o acompanhamento da Desnutrição?

A

Por 7-26 semanas com pesagem regular.

85
Q

O que marca a Síndrome de Realimentação?

A

HIPOFOSFATEMIA GRAVE.

86
Q

Quais os sintomas na Síndrome de Realimentação?

A
  1. Fraqueza, alteração nível consciência;
  2. Rabdomiólise.
  3. Arritmias.
  4. Convulsões e Morte.
87
Q

Síndrome da Recuperação Nutricional…

A

(1) Ocorre entre 20º e o 40º dia de tratamento.
(2) Hepatomegalia.
(3) Distensão abdominal (ascite).
(4) Fácies de lua cheia.
(5) Alteração pele e fâneros.
(6) Telangiectasias.
(7) Hipergamaglobulinemia.
(8) ↑↑volemia e eosinófilos.

88
Q

Quais as manifestações da Hipovitaminose A?

A
  1. Xeroftalmia.
  2. Cegueira noturna, xerose conjuntival e da córnea.
  3. Manchas de bitot (queratiniza/placa conjuntiva bulbar)
  4. Ceratomalácia (degeneração córnea por espessamento, infiltração linfocítica e infecção).
89
Q

Quais as manifestações da Hipervitaminose A?

A
  1. Descamação cutânea.
  2. Hiperostose de ossos.
  3. Hepatomegalia.
  4. Síndrome pseudotumor cerebral (cefaleia, vômitos, papiledema, diplopia).
90
Q

Quais as manifestações da Hipovitaminose D?

A
  1. RAQUITISMO.
  2. Bossa frontal.
  3. Craniotabes.
  4. Rosário raquítico.
  5. Alargamento punho e tornozelo.
  6. Deformidades joelhos.
  7. Sulco de harrison
  8. Genu varum/valgo. Coxa vara.
91
Q

Como estão os componentes séricos na Hipovitaminose D?

A
  1. ↓ Cálcio ↓Fosfato (PO4).
  2. ↑ FA ↑PTH.
92
Q

Quais as manifestações da Hipovitaminose C?

A
  1. EsCorbuto (defeito na formação do colágeno).
  2. Petéquias perifoliculares.
  3. Hemorragias subperiósteas.
  4. Sangramento gengival.
  5. Pseudoparalisia por dor (posição de rã).
93
Q

Quais as alterações radiográficas da Hipovitaminose C?

A

(1) Afilamento cortical.
(2) Linha branca na metáfise (Fraenkel).
(3) Sinal do Anel de Wimberger.
(4) “Halteres” ou “Clavas”.

94
Q

Quais as manifestações da Hipovitaminose B1 (T1AMINA)?

A

Causa: alcoolismo.

(1) BERIBÉR1
(2) Irritabilidade, neurite periférica, ataxia
(3) Taquicardia, edema, cardiomegalia
(4) Encefalopatia de Wernicke

95
Q

Quais as manifestações da Hipovitaminose B3 (NIACINA)?

A
  1. PELAGRA (pele áspera).
  2. 3Ds: Diarreia, Dermatite, Demência.
96
Q

Causas de Hipovitaminose B12 (cobalamina)?

A

(1) Vegetarianos.
(2) ↓↓ fator intrínseco (an. perniciosa, gastrectomia).
(3) Ressecção ileal.
(4) Chron.
(5) Infestação por Diphylobothrium latum

97
Q

Manifestações da Hipovitaminose B12 (cobalamina)?

A

(1) Anemia megaloblástica
(2) ↑↑ ácido metilmalônico e homocisteína

Teste schilling

98
Q

Consequências da Deficiência de Zinco no desenvolvimento da criança?

A
  1. Retardo do crescimento e hipogonadismo/hipogonadotrófico.
  2. ACRODERMATITE ENTEROPÁTICA.
99
Q

Qual a etiologia da obesidade?

A
  1. Primária (95%): genética + ambiente + comportamento.
  2. Secundária (5%): Síndromes genéticas/cromossômicas, medicamento, doença neurológica ou endocrinometabólicas
100
Q

Como caracterizar a síndrome metabólica na infância e adolescência?

A

Entre 10 e 16 anos:

  1. ↓↓HDL < 40
  2. ↑↑TG > 150 mg/dl
  3. HAS (PAs≥130 / PAd ≥85)
  4. Intolerância a glicose:

(a) Glicemia jejum ≥ 100 mg/dl
(b) DM 2

101
Q

Quais as comorbidades relacionadas à obesidade na infância?

A
  1. HAS, aterosclerose.
  2. Dislipidemia.
  3. Esteatose hepática.
  4. Resistência insulínica (acantose/DM.
  5. Síndrome metabólica.
  6. SAOS.
102
Q

Qual o calculo do IMC?

A

Peso(kg)/Altura (m)²

103
Q

Qual a pressão arterial normal na infância?

A

< p90.

Reavaliar na próxima consulta agendada.

104
Q

Quais os valores de Pré-hipertensão na infância?

A

P90 a < p95 ou se PA > 120/80 mmHg

Reavaliar em 6 meses

105
Q

Quais os valores de HAS estágio 1 na infância?

A

p95 a (p99 + 5 mmHg)

(a) Assintomático: reavalia em 2 semanas. Se confirmar encaminhar para avaliação diagnóstica.
(b) Sintomático: Encaminhar.

106
Q

Quais os valores de HAS estágio 2 na infância?

A

> p99 + 5 mmHg

Encaminhar para avaliação diagnóstica.

107
Q

Como é a hipertensão do avental branco na infância?

A

PA > p95 em ambulatório / normal em casa.

108
Q

Como é o tratamento para SOBREPESO na infância?

A

(A) Sem comorbidade: manter peso.

(B) Com comorbidade:

  1. 2-7 anos: manter.
  2. > 7 anos: reduzir gradualmente.
109
Q

Como é o tratamento para OBESIDADE na infância?

A

(A) Sem comorbidades

  1. 2-7 anos: manter.
  2. > 7 anos: reduzir gradualmente.

(B) Com comorbidade: reduzir gradualmente

110
Q

Quando indicar cirurgia bariátrica na infância?

A

Adolescentes com IMC ≥ 40 kg/m² com comorbidades e falha terapeutica após 6 meses

111
Q

Como se define baixa estatura?

A

E/I < p3 ou Z < -2.

112
Q

Como avaliar uma criança com baixa estatura?

A

(1) Velocidade de crescimento
(2) Alvo genético
(a) Meninos: [Hp + Hm + 13 / 2]
(b) Meninas: [Hp + Hm -13 / 2]
(3) P/E
(4) Idade óssea
(5) Relação segmento superior/segmento inferior
(a) ↑SS/SI: displasias ósseas(b) ↓SS/SI: mucopolissacaridose

113
Q

Velocidade de Crescimento Normal no que pensar?

A
  1. Baixa estatura familiar (IO=IC>IE)
  2. Atraso constitucional do crescimento (IE=IO).
114
Q

Velocidade de Crescimento Anormal no que pensar?

A
  1. Desnutrição: 1ª ou 2ª.
  2. Doença endócrina: Hipotireoidismo, Deficiência de GH, Hipercortisolismo.
  3. Doenças genéticas: Displasia óssea e Síndromes cromossômicas.
115
Q

6 Características de uma criança com Síndrome de Turner…

A

45X0.

  1. Baixa Estatura.
  2. Pescoço Alado.
  3. Linfedema mão/pé.
  4. Baixa implantação orelha/cabelo.
  5. Hipertelorismo mamário.
  6. Disgenesia gonadal c/ Atraso Puberal.
116
Q

Quais as alterações cardiovasculares presentes na Síndrome de Turner?

A

(1) Valva aórtica bicúspide.
(2) Coarctação de aorta.

117
Q

VC anormal com alteração fenotípica (condições mórbidas)?

A

Doença Genética.

118
Q

VC anormal sem alteração fenotípica (condições mórbidas)?

A

Avaliar IMC

(a) Bem nutrido/obeso: doença endócrina.
(b) Emagrecido: desnutrição.

119
Q

VC Anormal em meninas, o que pedir?

A

Cariótipo.

120
Q

Quando usar GH recombinante?

A

(1) Deficiência de GH.
(2) Síndrome de Turner.
(3) Prader-Willi.
(4) IRC.
(5) Baixa estatura idiopática.

121
Q

Causas Primárias de Alta Estatura…

A
  1. Síndrome de Beckwith-Wiedemann.
  2. Síndrome de Klinefelter.
  3. Síndrome de Marfan.
  4. Síndrome do X frágil.
122
Q

Características gerais da Síndrome de Beckwith-Wiedemann…

A
  1. Pré-natal: Superexpressão gene IGF-2.
  2. Macroglossia Verdadeira.
  3. Macrossomia
  4. Hipoglicemia neonatal.
  5. Onfalocele.
  6. ↑Risco para Neoplasia (Wilms).
123
Q

Sobre a Síndrome de Klinefelter…

A
  1. XXY (X extra)
  2. Causa + comum de hipogonadismo no sexo masculino.
  3. Ginecomastia.
  4. Déficit intelectual.
124
Q

Sobre a Sìndrome de Marfan…

A

Membros anormalmente longos (aracnodactilia).

  1. Hipotonia muscular.
  2. Pectus excavatum/carinatum.
  3. ↓SS/SI
  4. Alterações oculares
  5. Alterações cardíacas (dissecção aorta ascendente, regurgitação aórtica..)
125
Q

Sobre síndrome do X frágil?

A
  1. ↑Estatura.
  2. Déficit intelectual.
  3. Macrocefalia.
  4. Orelhas e Mandíbula proeminente.
126
Q

Qual a faixa etária da adolescência?

A

(1) OMS: 10-20 anos.
(2) ECA: 12-18 anos.