Hepatites Flashcards Preview

Hepatologia > Hepatites > Flashcards

Flashcards in Hepatites Deck (72):
1

Quais as principais causas de hepatites?

1) Virais
2) Auto-imunes
3) Genéticas
4) Metabólicas
5) Alcoólicas
6) Tóxicas
7) Medicamentosas
8) Bacterianas

2

Qual a principal causa de hepatopatias?

Hepatites virais

3

Quais os principais vírus causadores de hepatite?

Vírus hepatotrópicos
1) HAV
2) HBV
3) HCV
4) HDV
5) HEV

Outros de menor relevância: EBV, HSV, CMV

4

Como são as formas de apresentação das hepatites virais?

Amplo espectro clínico
1) Assintomáticas
2) Ictéricas
3) Insuficiência hepática aguda -> hepatite fulminante

5

Geralmente, qual o quadro clínico das hepatites agudas?

Assintomáticas ou com sintomas inespecíficos

6

Geralmente, qual o quadro clínico das hepatites crônicas?

Assintomáticas;
Quando há presença de sintomas, indica presença de lesão avançada;
- Sinais de cirrose, hepatoesplenomegalia, hemorragias

7

Quais as características importantes do HAV?

Vírus de RNA
4 genótipos
Vírus infectante (resistente no meio ambiente)
Período de incubação: 15-45 dias

8

Qual a forma de transmissão da hepatita A?

Transmissão oral-fecal

9

Qual a forma de apresentação mais comum da hepatite A?

Forma anictérica

10

A hepatite A pode cronificar?

Não. É uma hepatite AGUDA.

11

Qual o quadro clínico da hepatite A?

Período prodrômico:
1) Fadiga
2) Anorexia
3) Náusea
4) Dor abdominal
Menos comuns: diarreia, febre, cefaleia, mialgia

Obs: icterícia pode ocorrer 1 a 2 semanas após período prodrômico;

12

A maioria dos pacientes são sintomáticos?

Adultos geralmente sim, crianças menores de 5 anos não;
Crianças menores de 5 anos: 90% assintomáticos
Adultos: 70-80% sintomáticos

13

Quais as principais alterações laboratoriais na hepatite A?

Aumento de ALT e bilirrubina total

14

O que é a forma fulminante da hepatite A? É mais comum em quais pacientes? Quais os principais sintomas?

(1) Variação da hepatite A aguda
(2) Mais comum em hepatopatas crônicos (> 50 anos)
(3) Hepatomegalia dolorosa, esplenomegalia, aumento das transaminases com predomínio de ALT

15

Quais o principal fator ambiental que predispõe a hepatite A?

Falta de higiene:
- Locais mais pobres
- Países subdesenvolvidos
- Creches, escolas, domicílio

16

Como é feito o diagnóstico laboratorial da hepatite A?

2 marcadores sorológicos:
(1) Anti-HAV IgM -> marcador de fase aguda (surge antes dos sintomas e dura até 4-6 meses após a infecção)
(2) Anti-HAV IgG -> marcador de fase crônica (pode durar até a cura ou durar décadas)

17

Como deve ser feita a profilaxia da hepatite A?

1) Saneamento básico
2) Higiene
3) Imunização (passiva ou ativa)
Imunização ativa: 2 doses obrigatórias (ao nascimento e após 6-12 meses de vírus vivo atenuado)
Recomenda-se vacinação: regiões endêmicas, creches, prisões, pacientes HIV+, usuários de drogas;

18

Como deve ser feito o tratamento da hepatite A?

Não existe tratamento específico
Tratamento sintomático
Repouso relativo
Restringir ingesta de álcool e fármacos

19

Quais as características importantes do HEV?

Vírus de RNA
Período de incubação: 4-5 semanas

20

Qual a forma de transmissão da hepatite E?

Transmissão oral-fecal

21

Qual a principal faixa etária acometida pela hepatite E?

14-40 anos

22

Por que deve-se atentar à gravidas com hepatite E?

Forma mais grave em gestantes (alta mortalidade)

23

A hepatite E pode cronificar?

Em alguns casos específicos:
1) Pacientes imunossuprimidos
2) Transplantados
3) HIV+
4) Pacientes oncológicos

24

Qual o quadro clínico da hepatite E?

Inespecífico

25

Como deve ser feito o diagnóstico laboratorial de hepatite E?

2 marcadores sorológicos:
(1) Anti-HEV IgM (fase aguda)
(2) Anti-HEV IgG (fase crônica)

Obs: geralmente o diagnóstico é de exclusão pois não são todos os laboratórios que fazem dosagem de Anti-HEV

26

Como deve ser feita a profilaxia da hepatite E?

1) Higiene
2) Vacinação (não tem no Brasil)

27

Qual o principal fator ambiental que predispõe a contaminação por hepatite E?

Falta de higiene:
- água contaminada

28

Quais as características importantes do HBV?

8 principais genótipos (A a H)
Genótipos mais frequentes: A, D e F
O HBV permanece infectante por 7 dias no ambiente
Tempo de incubação: 30-180 dias

29

Qual a forma de transmissão da hepatite B?

Transmissão parenteral, sexual e vertical

30

Quais são as formas de manifestação da hepatite B?

1) Aguda
2) Crônica
3) Fulminante

31

A hepatite B é mais comum cronificar em adultos ou crianças?

Crianças;
5-10% cronificam em adultos
20-25% cronificam em crianças
Quase 100% cronifica em caso de transmissão vertical

32

Quais são as manifestações clínicas da hepatite B?

Inespecíficas (mais comum), artralgia, artrites, mialgia e exantemas cutâneos;
Icterícia está presente em 10% dos menores de 5 anos e 30-50% nos maiores de 5 anos
Manifestações extra-hepáticas são muito raras

Forma aguda: assintomática, ictérica ou fulminante
Forma crônica: discreto dano hepático

33

Em quais pacientes está mais presente a icterícia na hepatite B?

Nos maiores de 5 anos (30-50%)
Obs: presente em apenas 10% dos menores de 5 anos

34

Qual a principal alteração laboratorial na hepatite B?

Aumento de ALT em 10x o valor normal

35

Como é feito o diagnóstico laboratorial da hepatite B?

1) HBsAg
- Indica a presença do vírus
- É o primeiro marcador que aparece, antes mesmo dos sintomas
- Elevado por mais de 6 meses indica forma crônica da hepatite B

2) Anti-HBc IgM e Anti-HBc IgG
- Indica contato prévio com o vírus

3) HBeAg
- Indica replicação viral

4) Anti-HBeAg
- Indica FIM da replicação viral

5) Anti-HBs
- Imunização e cura

36

Qual conjunto de sorologia indica que o paciente está susceptível à hepatite B?

HBsAg não reagente
Anti-HBc não reagente
Anti-HBs não reagente

37

Qual conjunto de sorologia indica que o paciente foi previamente infectado pelo HBV e se tornou imune?

HBsAg não reagente
Anti-HBc reagente
Anti-HBs reagente

38

Qual conjunto de sorologia indica que o paciente foi vacinado para hepatite B?

HBsAg não reagente
Anti-HBc não reagente
Anti-HBs reagente

39

Qual conjunto de sorologia indica que o paciente está infectado pelo HBV?

HBsAg reagente
Anti-HBc reagente
Anti-HBs não reagente

40

Como deve ser feito o tratamento da hepatite B crônica?

1) Tenofovir (utilizado cronicamente)
2) Interferon (tempo finito)

41

Como deve ser feito o tratamento da hepatite B aguda?

1) Suporte clínico
2) Lamivudina

42

No tratamento da hepatite B crônica, quais parâmetros devem ser levados em conta?

3 parâmetros:
1) Análise de Anti-HBe, HBV-DNA
2) ALT
3) Biópsia hepática (ver se há fibrose)

43

Qual a principal complicação da hepatite B?

Carcinoma hepatocelular

44

Qual a profilaxia da hepatite B?

Profilaxia passiva o mais rápido possível
Profilaxia ativa: vacinação (3 doses obrigatórias -> ao nascimento, em 1 mês e aos 6 meses de vida); reforço a cada 5 anos se Anti-HBs estiver em baixos títulos;

45

Quais as características importantes do HDV?

HBV participa da estruturação do HDV

46

Qual a principal forma de transmissão da hepatite D?

Transmissão parenteral (uso de drogas injetáveis)

47

Com qual vírus da hepatite o HDV está relacionado?

HBV

48

Quais as 2 formas de infecção do HDV?

1) Superinfecção
2) Coinfecção

49

Na hepatite D, o que é superinfecção?

Paciente previamente infectado pelo vírus da hepatite B e se infecta com a D; alta chance de cronificação;

50

Na hepatite D, o que é coinfecção?

Quando ocorre infecção pela hepatite B e D ao mesmo tempo; alta chance de hepatite fulminante; baixa chance de cronificação (menos de 5%)

51

Qual o melhor método para distinguir uma superinfecção de uma coinfecção?

Dosar Anti-HBc IgM
- Anti-HBc estará aumentado na coinfecção

52

Qual forma de infecção tem maior chance de cronificar?

Superinfecção

53

Qual forma de infecção tem maior chance de hepatite fulminante?

Coinfecção

54

Em quais situações devemos descartar a presença do HDV?

3 situações:
1) Pessoas com HBeAg negativo com aumento inexplicável de ALT
2) Pessoas com HBeAg negativo, mas com leve atividade inflamatória na biópsia
3) Pessoa com HBsAg positivo e doença rapidamente progressiva

55

Qual o padrão ouro para diagnóstico de hepatite D?

Biópsia de tecido hepático (detecção de HDV)

56

Qual o tratamento para hepatite D?

Pouco definido
- Interferon alfa

57

Quais as características importantes do HCV?

RNA vírus
6 genótipos (1 a 6)
Principais genótipos (subtipos): 3a, 1a e 1b
Incubação de 2 a 24 semanas

58

Qual a forma de transmissão do HCV?

1) Parenteral (drogas, tatuagens, piercing, perfurocortantes, hemodiálise)
2) Sexual (menos frequente)
3) Transmissão vertical

Obs: transfusão de sangue principalmente antes dos anos 90; hoje em dia não é comum;

59

A hepatite C tem chance de cronificar?

Sim, cronifica em 80% dos casos (alta chance)

60

Qual a maior causa de cirrose no Brasil?

Hepatite C

61

Qual a indicação mais comum de transplante no Brasil?

Cirrose por hepatite C

62

Qual a faixa etária mais acometida pela hepatite C?

> 40 anos

63

Qual o quadro clínico da hepatite C?

Infecção aguda: assintomática (geralmente)
Infecção crônica: assintomática até que haja lesão hepática importante (forte predisponente de cirrose hepática)

64

Para quais pacientes deve-se solicitar sorologia para hepatite C?

Todos os pacientes > 40 anos (independente da especialidade)

65

Qual o diagnóstico laboratorial da hepatite C?

1) ELISA -> Anti-HCV (rápido, barato e com boa sensibilidade)
2) Riba (confirmatório do ELISA se vier reagente)
3) PCR-HCVRNA (para confirmação - é um exame caro)

66

Qual o exame padrão ouro para avaliar fibrose hepática nos pacientes com hepatite C? Quando realizar este exame?

Biópsia hepática
- Realizar quando tiver positividade do ELISA e do teste confirmatório (riba e PCR-HCVRNA)

67

O que o tratamento da hepatite C leva em consideração?

O grau de fibrose hepática

68

Quais os medicamentos de escolha para o tratamento da hepatite C?

Daclastavir, Sofosbuvir, Cimeprevir (cura 90% - alto custo)

69

Qual a finalidade do tratamento da hepatite C aguda?

Não evoluir para hepatite C crônica

70

Quais os critérios para o início do tratamento nos pacientes com hepatite C?

Sintomáticos: espera 12 semanas e se não houver clareamento viral (HCV-RNA negativo), inicia o tratamento

Assintomático: inicia o tratamento imediatamente

71

Qual o tratamento para o paciente com hepatite C aguda?

1) interferon alfa por 24 semanas
2) interferon alfa em doses menores associado à RBV por 24 semanas

72

Quais as metas de tratamento para os pacientes com hepatites crônicas (B, D e C)?

1) Diminuir replicação viral
2) Diminuir progressão da doença hepática
3) Diminuir cirrose, carcinoma hepatocelular (2º em mortes no mundo) e morte