Infeccoes osteoarticulares Flashcards Preview

Ortopedia > Infeccoes osteoarticulares > Flashcards

Flashcards in Infeccoes osteoarticulares Deck (42):
1

O que é característico de TB óssea?

Ser secundária à foco primário SEMPRE (pneumonar, pleural, intestinal ou renal)

2

Qual é a forma mais comum da TB óssea e a mais rara?

A mais comum é a artrite e mais rara a osteomielite (acomete os corpos vertebrais)

3

Qual é a sequencia do osso mais ao menos acometido?

QJTSO - quadril, joelho, tornozelo, sacroilíaco e ombro (escapulo-umeral)

4

Em relação ao acometimento ósseo e e articular, como ocorre na TB?

Monoarticular e monostótica

5

Qual é a diferença patológica da em TB óssea e em osteomielite?

A TB óssea é altamente lítica, enquanto na osteomielite há lise, mas neoformação óssea

6

O que é o mal de pott e a sua tríade?

É o acometimento de TB na coluna lombar com a tríade de paraplegia, abcesso toracovertebral frio e gibosidade.

7

Quais são as características da anamnese da TB óssea?

Choro noturno, dor e edema

8

Como é a radiologia da TB óssea?

Osteoporose (começo sinovial), pinçamento articular, imagem em concertina da coluna e destruição acentuada.

9

Como é o tratamento de TB óssea?

Estado geral (aliementacao hiperproteica e hipercalorica) e 1 ano de tratamento (2 meses com triplice e 10 meses com duplo). Drenar abcesso, sinovectomia, limpeza de tecido necrótico da articulação, artrodese

10

Quais sao as regioes de melhor irrigacao óssea ?

na criança na membrana sinovial e região metafisária (melhor do que no adulto). A OHA é rara no adulto.

11

Onde a osteomielite e artrite séptica ocorrem?

O- regiao metafisaria e AS- membrana sinovial

12

O que propicia mais a infeccao na regiao metafisaria do que diafisaria?

A regiao metafisaria de ossos longos possui vasos sinusoides que fazem estase venosa e propriciam a infeccao

13

Qual é a etiologia mais comum da AS?

Secundária à osteomielite metafisária

14

Quais as principais consequências da AS?

Necrose epifisária e luxação patológica

15

Quais são as outras fisioetiologias da AS?

Penetracao da bacteria por via hematogenica em foco à distancia, contaminacao por contiguidade (secundária aà osteomielite), contaminacao direta por puncao e iatrogenica (puncao articular ou vaso femral)

16

Como é o mecanismo de destruicao articular da AS?

• Aumento do Volume de líquido intra-articular aumenta a Pressão intra-articular Distenção da cápsula Isquemia da membrana sinovial e isquemia da epífise Necrose epifisária

17

Como é o quadro clínico da AS?

febre alta, prostacao, dor, calor, perda de apetite, derrame articular, impotencia funcioanl

18

Como é feito o diagnostico?

Infeccao previa, evolucao rapida, baixa imunidade e padrao socieconomico baixo

19

Qual é a posicao de defesa do quadril e joelho e por que acontece?

Quadril - flexao, abducao e rotacao externa
Joelho - semifletido

Relaxa a capsula articular

20

Quais sao as articulacoes mais acometidas da AS?

Quadril e joelho

21

Como está o exame laboratorial da AS?

leucocitose com desvio, VHS alto (serve para acompanhamento), cultura e antibiograma e punção articular (OURO)

22

Quais sao as alteracoes precoces do Rx da AS?

Aumento das partes moles e espaço articular (tem pus), e linha de sheeton quebrada ou interrompida.

23

Quais sao os exames complementares utilizados?

US, cultura e antibiograma, ARTROCENTESE (pus fecha diagnóstico)

24

Qual é o tratamento de AS?

iNTERNACAO, ARTROTOMIA (abre para lavar e drenar), drenagem continua por 48h, antibiotico EV e depois oral, dieta hiperproteica e polivitaminico, imobilizacao ou tracao transesquelética

25

Quais sao os diagnosticos diferenciais de AS?

OHA, celulite com abcesso, febre reumatica (tem em mais de uma articulacao) e outras artrites (como por fungico)

26

Quais sao as complicacoes imediatas e tardias de AS?

I - septicemia e morte, T- necrose avascular, alteracao do crescimento, luxacao patologica e limitacao do movimento

27

Como a osteomielite é classificada?

OHA, pós traumatica, cronica e abcesso de brodie (osteomielite subaguda encistada na região metafisária)

28

Qual é a fisiopatologia da osteomielite?

Reação inflamatória aumento da pressão tissular diminuição do aporte sanguíneo isquemia local abscesso intraósseo

29

Qual é a região mais acometida pela osteomielite?

Metafisária

30

Até quando o uso de antibiótico pode ser feito e por que?

Até 48h DO INICIO DOS SINTOMAS. Evita fistulizacao que segue com osteomielite cronica (em 10 dias)

31

Qual é o papel da cartilagem de crescimento na OHA?

Impede a passagem para a articulacao

32

Quais sao os locais que a osteomielite pode levar à AS por contiguidade?

coxo-femoral (quadril), escapulo-umeral (ombro), tornozelo (metáfise intra-articular) e cotovelo - metáfise dentro da articulacao - a do joelho não porque está fora.

33

Qual é o grande agente etiologico da osteomielite e o tratamento primaria?

S. aureus e oxacilina.

34

Quais sao os outros agentes etiologicos?

Streptococo, pneumococo, salmonella

35

Quais sao os criterios de diagnostico clinico?

crianca subnutrida e desnutrida, infeccao previa, doenca sistema que causa baixa imunidade e baixa condicao socioeconomica

36

Qual é o quadro clinico da doenca?

Dor, calor e sinais flogisticos, impotencia, febre elevada,

37

O que fazer quando suspeitar de osteomielite?

Internar, drenar o foco e tratar

38

Como é o raio x de osteomielite?

lesoes de hipertransparencia (lesoes liticas) e hipotransparencias (necrose ossea), triangulo de codman (demora de 10-15 dias)

39

Como é o tratamento inicial da oesteomielite?

Internacao, drenagem, coleta de material, soro fisiologico, dieta,

40

Como é feita a antibioticoprofilaxia da osteomielite?

EV: oxacilina ou cefalosporina +aminoglicosideo por 10 dias
O: cefalexina ou amoxicilina + clavulanato por 3-4 semanas

41

Quais são as complicacoes imediatas e tardias?

I - septicemia, morte e artrite septica (menos no joelho)
T - osteomielite cronica, fratura patologica, disturbio do crescimento e limitacao funcional

42

Qual é o diagnostico diferencial da osteomielite?

• Febre reumática – geralmente acomete mais de uma articulação, diferente da osteomielite.
• Artrite séptica – pode ser confundido, pois a osteomielite ocorre na metáfise e a artrite séptica na articulação que são regiões muito próximas.
• Celulite – pode ser confundido devido aos sinais flogísticos.
• Sarcoma de EWING (tumor maligno de localização comumente diafisária e que há grande incidência em criança)