PCR, taqui, bradi Flashcards Preview

ACLS 2018. UFG > PCR, taqui, bradi > Flashcards

Flashcards in PCR, taqui, bradi Deck (41):
1

Qual a dose de epinefrina na PCR?

1 mg EV/IO a cada 3-5 minutos

2

Qual a dose de Amiodarona na RCP?

Primeira dose: 300 mg EV/IO em bolus
Segunda dose: 150 mg EV/IO em 3-5 min

3

Quando utilizar amiodarona na RCP?

Em FV/TVSP refratárias à RCP, choque e epinefrina

4

Quais os cuidados com a administração de epinefrina na RCP?

Após infusão, fazer bolus de 20 ml de fluido EV e manter membro elevado por 10-20s

5

Qual a dose de lidocaína na RCP?

Primeira dose: 1-1,5 mg/kg EV/VO
Outras: 0,5-0,75 mg/kg a cada 5-10 min
Dose máxima: 3 mg/kg

6

Qual a conversão de dose das drogas de EV/IO para ET?

Multiplicar por 2 ou 2,5

7

Quais drogas utilizadas na RCP são absorvidas via ET?

Epinefrina e lidocaína

8

Qual a via preferível para administração de fluidos na RCP?

EV/IO

9

Qual a carga de choque para desfibrilação em desfibrilador monofásio?

360J

10

Qual a carga de choque para desfibrilação em desfibrilador bifásico?

Começar com 120-200J
Se desconhecida, usar a carga máxima

11

Qual a relação compressão ventilação na RCP sem via aérea avançada?

30:2

12

Qual a frequência de ventilação na RCP com via aérea avançada?

1 a cada 6s (10/min)

13

Quais as causas reversíveis de PCR ) em AESP/Assistolia?

5H/5T
hipovolemia, hipo/hiperK, H+, hipotermia, hipóxia
Tensão (pneumotorax), tamponamento, trombo (IAM), trombo (TEP), tóxico

14

Qual o ritmo de parada mais comum?

Fibrilação ventricular (FV)

15

Quando utilizar Sulfato de Magnésio em RCP? Qual a dose?

Torsades de pointes.
Dose: 1-2g EV/IO em 10 ml, feito em 5-20 mi

16

Qual antagonista de opioide?

Naloxona

17

Como e quando utilizar Naloxona em RCP?

Confirmação ou suspeita de intoxicação por opioide.
2 mg IN ou 0,4mg IM/EV, repetida a cada 4 min

18

Qual a droga a ser usada na PCR em AESP/Assistolia?

Epinefrina

19

Quais ritmos de PCR chocáveis e não chocáveis?

Chocáveis: FV/TVSP
Não chocáveis: AESP/Assistolia

20

Qual o conceito de AESP?

Todo ritmo organizado, mesmo o sinusal, SEM pulso.

21

Quais as causas mais comuns de AESP?

Hipovolemia e hipóxia

22

O que deve ser analisado quando houver ritmo em “linha reta” ?

Checar se nao fez “CaGaDA”
- Ca: checar Cabos
- Ga: aumentar Ganhos (“zoom”) na amplitude do traçado de ECG
- DA: checar se DerivAções estão corretas

23

Qual valor de CO2 na capnografia indica prognóstico ruim?

PETCO2 < 10 mmHg
Tentar melhorar as manobras de RCP se tiver com esse valor

24

Qual a definição de Bradicardia?

FC < 60/min
Quando sintomática, geralmente FC < 50/min

25

Quais os ritmos de Bradicardia?

- Bradicardia sinusal
- Bloqueio AV (BAV) de 1º grau
- BAV 2º grau
- Mobitz I ou Wenckebach
- Mobitz II
- BAV 3º grau ou BAV total

26

Quais os principais sintomas de uma Bradicardia sintomática com Pulso?

Hipotensão;
Alteração do estado mental
Choque
Desconforto respiratório
Sinais de IC

27

Qual a primeira droga a ser usada na Bradicardia sintomática?

Atropina

28

Qual a dose da Atropina usada nas Bradi?

Primeira: bolus de 0,5 mg EV,
Repetir a cada 3-5 min
Dose máxima 3 mg

29

Qual o passo seguinte se a Atropina for ineficaz na bradicardia?

Estimulação transcutânea (marca-passo) ou Dopamina ou epinefrina

30

Qual a dose de dopamina e epinefrina nas bradicardias?

Dopamina: 2-20 mcg/kg/min EV
Epinefrina: 2-10 mcg/kg/min EV

31

Quais bradis devemos evitar uso de atropina?

Mobitz II e BAV total

32

Quais os cuidados com uso de estimulação transcutânea (MP)?

Uso de opioide parenteral (Fentanil) + benzodiazepínico parenteral

33

Qual o tipo de Bradicardia mais comum?

Bradicardia sinusal

34

Quando se deve utilizar o MP nas bradis?

Atropina ineficaz e/ou pacientes instáveis hemodinamicamente

35

Qual a definição de taquicardia?

FC>100/min

36

Quais os tipos de taquicardia?

- Taquicardia sinusal
- Fibrilação atrial
- Flutter atrial
- Taquicardia supraventricular
- Taquicardia ventricular monomórfica
- Taquicardia ventricular polimórfica

37

Qual o tratamento a ser considerado nas taquicardias instáveis?

Cardioversão elétrica

38

Sinais e sintomas de taquicardia instável?

Geralmente com FC>150/min:

Hipotensão
Estado mental alterado
Choque
Desconforto torácico
Sinais de IC

39

Quando utilizar cardioversão?

Pacientes instáveis:
- TSV
- FA
- Flutter
- TV monomórfica regular com pulso

40

Quais as cargas a serem utilizadas na cardioversão?

- FA: monofásica: 200J / bifásica: 120-200J
- Flutter e TSV: 50-100J
- TV monomórfica regular: iniciar com 100J

41

O que não se pode esquecer na cardioversão?

Apertar o botão SYNC (sincronizador)