Síndrome Urêmica Flashcards Preview

Clínica Médica > Síndrome Urêmica > Flashcards

Flashcards in Síndrome Urêmica Deck (36):
1

Lesão Renal Aguda - Definição (KDIGO)

- Aumento da Cr de 0,3 em 48h ou
- Aumento da Cr de 50% em 7 dias ou
- Débito urinário < 0,5ml/kg/h em 6 horas

2

Síndrome Urêmica - Alterações laboratoriais

- Diminuição Na e Ca
- Aumento K P Mg Ácido Úrico
- Aumento Ureia Creatinina (azotemia)
- Diminuição Eritropoietina, Vitamina D, Insulinase
- Diminuição HDL, Aumento TG

3

Síndrome Urêmica - Clínica

- Irritação Gastrointestinal: sangramento, constipação, náuseas, vômitos, anorexia...
- Pericardite urêmica
- Alteração na hemostasia: trombocitopenia, disfunção plaquetária, disfunção fator VIII
- Anemia
- Encefalopatia: confusão, mioclonia, flapping, sinal Babinski...
- Infecções

4

Sinal de Trousseau - O que é

Espasmo carpal após oclusão do fluxo arterial do membro superior durante 3 minutos com manguito insuflado 20mmHg a cima da PAS

*tetania latente
HipoK

5

Sinal de Trousseau - O que é

Espasmo carpal após oclusão do fluxo arterial do membro superior durante 3 minutos com manguito insuflado 20mmHg a cima da PAS

*tetania latente
HipoK

6

Principais causas de Pericardite Hemorrágica

Uremia
Tuberculose
Neoplasia

7

Lesão Renal Aguda - Definição (KDIGO)

- Aumento da Cr de 0,3 em 48h ou
- Aumento da Cr de 50% em 7 dias ou
- Débito urinário < 0,5ml/kg/h em 6 horas

8

Lesão Renal Aguda - Etiologia

- Pré-Renal
- Intrínseca
- Pós-Renal

9

Lesão Renal Aguda - Causas de lesão Pré-Renal

- Hipovolemia: hemorragia, vômitos, diarreia, queimadura, comatoso, pancreatite...
- Baixo Débito Cardíaco
- Vasoconstricção Renal

10

Lesão Renal Aguda - Causas de lesão Pós-Renal

Obstrução: HPB, Prostatite, Cálculos, Neoplasia...

11

Lesão Renal Aguda - Causas de lesão Pós-Renal

Obstrução: HPB, Prostatite, Cálculos, Neoplasia...

12

Parâmetros Urinários na Lesão Pré-Renal

- Na urinário: baixo <20
- FE de Na: baixo <1%
- Densidade urinária: alta >1020
- Osmolaridade urinária: alta >500
- Cilindros: acelular ou somente Hialinos

13

Parâmetros Urinários na NTA

- Na urinário: alto >40
- FE de Na: alto >1%
- Densidade urinária: baixa <1015
- Osmolaridade urinária: baixa <350
- Cilindros: granulosos e pigmentares

14

Diferenças básicas entre NTA e lesão Pré-Renal

- Pré-Renal: túbulo está reabsorvendo muito, urina fica concentrada e tem menos Na na urina
- NTA: células tubulares morreram, não conseguem reabsorver nada, urina diluída, mais Na é excretado

15

Relação da acidose com o Cálcio

- Acidose causa enfraquecimento da ligação Ca-Albumina, aumentando a fração livre de Ca
- Mesmo que haja HipoCa, a acidose mascara os sintomas
*Cuidado ao reverter acidose!

16

Relação da acidose com o Cálcio

- Acidose causa enfraquecimento da ligação Ca-Albumina, aumentando a fração livre de Ca
- Mesmo que haja HipoCa, a acidose mascara os sintomas
*Cuidado ao reverter acidose!

17

Lesão Renal Aguda x Crônica - Características da USG

- Tamanho renal normal 8,5-12,5cm
LRA > 8,5cm
LRC < 8,5cm

- Relação Córtico-Medular
LRA: preservada
LRC: perdida

18

Lesão Renal Aguda x Crônica - Características da USG

- Tamanho renal normal 8,5-12,5cm
LRA > 8,5cm
LRC < 8,5cm

- Relação Córtico-Medular
LRA: preservada
LRC: perdida

19

Indicações de Diálise de Urgência

- HiperK, Hipervolemia, H+ (acidose) refratários
- Síndrome urêmica franca (encefalopatia, pericardite, hemorragia...)
- Intoxicação (metanol, etilenoglicol, salicilato...)

20

ATB que não precisam de ajuste na insuficiência renal

- Ceftriaxona
- Azitromicina
- Moxifloxacino
- Clindamicina
- Doxiciclina
- Oxacilina
- Cloranfenicol
- Linezolida

21

ATB que não precisam de ajuste na insuficiência renal

- Ceftriaxona
- Azitromicina
- Moxifloxacino
- Clindamicina
- Doxiciclina
- Oxacilina
- Cloranfenicol
- Linezolida

22

Lesão Renal Crônica - Definição

- Alteração renal estrutural / funcional > 3 meses
- TGF < 60

23

Lesão Renal Crônica - Doenças que cursam com rim de tamanho normal ou aumentado

- Infiltrativas: amiloidose, esclerodermia, doença policística
- Hiperfluxo: diabetes, anemia falciforme, nefropatia pelo HIV
- Obstrução: hidronefrose

24

Lesão Renal Crônica - Doenças que cursam com rim de tamanho normal ou aumentado

- Infiltrativas: amiloidose, esclerodermia, doença policística
- Hiperfluxo: diabetes, anemia falciforme, nefropatia pelo HIV
- Obstrução: hidronefrose

25

Fórmula de Cockroft-Gault

[(140 - Idade) x Peso] / Cr x 72

Se mulher multiplicar por 0,85

26

Lesão Renal Crônica - Estágios de acordo com a Albuminúria

A1 <30
A2 30-300
A3 >300

27

Lesão Renal Crônica - Abordagem de acordo com os estágios

- G1 e G2: iECA ou BRA para evitar progressão da queda do TGF
- G3: tratar complicações - anemia, osteíte fibrosa...
- G4: preparar para a terapia de substituição renal
- G5: terapia de substituição renal

28

Lesão Renal Crônica - Abordagem de acordo com os estágios

- G1 e G2: iECA ou BRA para evitar progressão da queda do TGF
- G3: tratar complicações - anemia, osteodistrofia...
- G4: preparar para a terapia de substituição renal
- G5: terapia de substituição renal

29

Lesão Renal Crônica - Etiologia da Anemia

Multifatorial
- Principal: queda da Eritropoietina

30

Lesão Renal Crônica - Tto da Anemia

- Dar Eritropoietina ou Darbopoietina
- Repor Fe se: Ferritina <500 ou Sat Transferrina < 30%
- Avaliar reposição de folato e B12

31

Lesão Renal Crônica - Tto da Anemia

- Dar Eritropoietina ou Darbopoietina
- Repor Fe se: Ferritina <500 ou Sat Transferrina < 30%
- Avaliar reposição de folato e B12

32

Lesão Renal Crônica - Fisiopato da Osteíte Fibrosa

Queda da função renal:
- Aumento do Fósforo que é um quelante do Cálcio
- Diminuição da Vitamina D ativa que estimula a absorção do Cálcio pelo intestino

Consequências:
- Queda do Cálcio
- Aumento do PTH (hormônio produzido pela Paratireoide que retira Cálcio dos ossos]

*Reabsorção > Neoformação
Osso frágil

33

Osteíte Fibrosa - Detalhe da hipercalcemia refratária

Pode ser Hiperparatireoidismo Terciário
paratireoide pára de responder estímulos hormonais externos

34

Osteíte Fibrosa - Detalhe da hipercalcemia refratária

Pode ser Hiperparatireoidismo Terciário
paratireoide pára de responder estímulos hormonais externos

35

Osteíte Fibrosa - Tto

- G3: diminuir fosfato da dieta (800-1000mg/dia)
- G4 e G5: quelante de fosfato (Sevelamer) e Calcitriol se vitaminda D ativada baixa

36

Lesão Renal Crônica - Doença Adinâmica Óssea o que é

Iatrogenia pelo tratamento de osteíte fibrosa
*PTH baixo
baixo turn-over