Aulas 1 e 2 Flashcards Preview

Anatomia P1 - aulas 2019 > Aulas 1 e 2 > Flashcards

Flashcards in Aulas 1 e 2 Deck (100):
1

Em qual local a pele é mais espessa?
Dorso ou pele medial do antebraço e da face?

A do dorso é mais espessa.

2

O que pode ser uma pele em aspecto de casca de laranja na região da mama?

Um câncer de mama que se manifesta ectoscopicamente.
Quando o tumor cresce nessa região, ele adere o septo à medida que cresce.
Com isso, ele traciona o septo e repuxa a pele, conferindo o aspecto em casca de laranja.
A região é muito inervada, por isso dói.

3

O que é um furúnculo?

É um abcesso supurativo da gordura.
A pele dói porque o processo inflamatório é transmitido para ela.

4

O que é úlcera de decúbito (escara)?

É uma lesão isquêmica causada por pressão localizada.

5

Cite um dos principais componente das fáscia?

Colágeno

6

O que pode acontecer em uma fratura de fêmur, com sagramento de tecidos e corte de vasos subjacentes, sem lesão da fáscia?

Pode haver Síndrome compartimental.
A fáscia reage ao aumento de volume comprimindo os vasos e impedindo o trajeto de sangue jusante da lesão.
É uma emergência médica, em 6h pode-se perder o membro.

7

Qual é o volume que pode ser acumulado nas fáscia em uma fratura de fêmur?

1,5 L a 2L

8

Qual é o volume que pode ser acumulado nas fáscia em uma fratura no braço?

750 mL a 1000 mL

9

Qual estrutura serve de limite para delimitarmos o que é superficial ou profundo?

A Fáscia

10

A veia safena magna é uma estrutura superficial ou profunda?

Superficial

11

Onde é comum a localização de nervos cutâneos?

Colados na fáscia ou subjacentes a ela.
Nervos superficiais = Nervos cutâneos

12

Qual é o nome do nervo que está na superfície lateral da coxa?

Nervo cutâneo femural lateral.

13

Um indivíduo muito magro apresenta choque ao fechar o cinto na região da crista ilíaca. O que pode ser a causa?

O nervo cutâneo femoral superficial passa pela espinha ilíaca. Como o paciente em questão tinha pouca gordura, havia a compressão do nervo que provocava a apraxia

14

Qual é a importância de se conhecer o trajeto dos nervos?

Realizar o bloquei anestésico de uma ampla região com pouco anestésico.

15

Onde o nervo cutâneo femoral lateral se exterioriza?

Na crista ilíaca antero-superior.
Pode-se injetar anestésico neste local - bloquei de uma ampla região.

16

Qual é a estrutura mais profunda da fossa poplítea?

Artéria poplítea. Ela é protegida. Fica junto à face poplítea do fêmur.

17

Por que a gordura é uma estrutura mais vulnerável a infecções?

A gordura é pouco vascularizada por isso as células de defesa não chegam nela.

18

Todo nervo espinhal é misto?

Sim

19

O que uma lesão dos poucos vasos presentes na gordura pode ocasionar?

Lesões que "deslocam" a gordura sem romper a pele podem romper os vasos da região. A região deixar de ser vascularizada. A pele torna-se frio e equimótica .Dentro de 24h a 48h a pele pode apodrecer.

20

O que é uma celulite?

É uma inflamação crônica do tecido celular subcutâneo.

21

Qual é o nome da fáscia do músculo?

Epimísio. É um tecido conjuntivo que envolve as fibras musculares e todo o músculo.
É esse tecido (fáscia) que dói e não o músculo.

22

Quais estruturas são atravessadas pela anestesia raqui?

Pele mais grossa, gordura, ligamento supraespinoso, aponeurosse toracolombar.

23

A safena magna fica anterior ou posterior ao maléolo?

A safena magna fica anterior ao maléolo medial

24

Lesões na região glútea podem acometer qual região?

Região pélvica.
Glúteo = Trata-se da parede posterior da cavidade pélvica e não apenas uma parte integrante do membro inferior.

25

O que é um indivíduo hemodinamicamente normal?

Indivíduo em uma situação hemodinâmica de normalidade.

26

O que é um indivíduo hemodinamicamente estável?

Doente que chega chocado e após a reposição com sangue ou cristaloide fica bem .

27

O que é um indivíduo hemodinamicamente instável?

Doente que não modifica o estado hemodinâmico mesmo após a reposição de volume.

28

Paciente adulto, sexo masculino, chegou ao PS vítima de arma de fogo com um tiro na região glútea.
Hemodinamicamente normal.
A: Normal (via aérea pérvia)
B: Ausculta pulmonar normal. Ausculta cardíaca ouvi-se um barulho estranho que cessou por segundos.
C: normal
D: normal
E: perfuração na região glútea

Rx: projétil no hemitórax.

Explique a situação.

Trata-se de um caso de embalia.
O projétil ganha um vaso de grosso calibre, geralmente venoso, e com pressão torácica negativa é aspirado junto com o sangue até o pulmão pela artéria pulmonar.

Pode ter entrado pela veia ilíaca interna, como a pressão torácica é negativa e projétil é aspirado.
Atingi a veia cava, AD, VD, artéria pulmonar e pulmão.

29

O que os nervos clúneos superficiais proporcionam?

Os nervos clúneos superficiais conferem sensibilidade à região glútea. Dividem-se em superiores, médio e inferiores.

30

Quando desejamos anestesiar a região glútea, em qual (is) ponto (s) devemos injetar o anestésico?

Crista ilíaca - nervos clúneos superiores
Ponto médio do sulco glúteo inferior - nervos clúneos inferiores
Sacro - clúneos médios

Sulco glúteo inferior (transição entre a região glútea e a região posterior da coxa)

31

Quais são os nervos superficiais da região glútea?

São os clúneos superficiais

32

O clúneos inferiores são ramos de qual nervo?

Nervo cutâneo femoral posterior

33

O que é o trato ileotibial?

É a fáscia do músculo glúteo máximo - é confundida com a fáscia da coxa. Aparelho musculo-ligamentar que vai da crista ilíaca até a superfície lateral do joelho.

34

Cite uma importância da musculatura glútea?

Deambulação, subir e descer escadas, bipedestação.

35

O clúneos médios são ramos de qual nervo?

São ramos cutâneos dorsais dos nervos sacrais

36

Qual é a localização do músculo piriforme?

É profundo ao glúteo máximo. Tem origem na pelve e insere-se

37

A porção tibial do nervo ciático inerva qual musculatura?

A musculatura do Jarrete.

38

Descreva a musculatura glútea (de superior para inferior)

m. glúteo máximo, m. glúteo mínimo, hiato supra piriforme (vasos e nervos glúteos superiores), m. piriforme, hiato infra-piriforme (vasos e nervos glúteos inferiores - ex: n. isquiático), gêmeo superior, tendão do m. obturador interno, gêmeo inferior quadrado da coxa.

39

Em qual local o nervo isquiático se exterioriza?

Hiato infra-piriforme

40

Qual é a importância do músculo piriforme?

Biomecânica da pelve.
Ao contrair promove a movimentação da fossa intertrocantérica ( parte do conjunto do fêmur), promove uma movimentação em pilar.

41

Qual é a função dos músculos gêmeos superiores e inferiores?

Promovem a rotação lateral (fratura de colo de fêmur - paciente fica com o pé jogado para o lado )

42

O que pode decorrer de um trauma complexo de pelve?

Perda volêmica importante - alta mortalidade
Na fratura, o osso corta os vasos - grande calibre.

43

Quais são as regiões mais propensas à ulcerações de decúbito?

- Túber isquiático
- Crista ilíaca
- Trocanteres laterais
- Áreas de protuberância no geral

44

Qual é o ligamento que vai do túber isquiático ao sacro?

Ligamento sacro -tuberal

45

Pudendo é igual a ?

Pudendo = escondido

46

O que é Gangrena de Fournier (Fasciíte necrosante)?

É uma infecção grave do tecido celular subcutâneo e fáscia devido à baixa imunidade, à baixa vascularização e à alta colonização bacteriana. É comum em diabéticos.

47

Qual é a importância do nervo pudendo na dinâmica do parto?

O nervo pudendo é o nervo bloqueado para a episiotomia (ponte de referência é a espinha isquiática palpável no exame vaginal).

obs: Esse bloquei deve ser profundo devido a localização profunda do nervo.

48

Qual é o 5° sinal vital?

Dor

49

Em qual local o nervo pudendo se exterioriza?

O nervo pudendo sai pelo hiato infra-piriforme, caminha na profundidade do ligamento sacrotuberal e se dirige para a direção do pudendo (escondido).

50

Qual nervo deve ser anestesiado na realização de uma episiotomia?

Nervo pudendo

51

o que é a vasa nervorum?

É um vaso que irriga o nervo

52

Qual é o nervo acometido na Sd do Túnel do Carpo?

Nervo mediano

53

O que é a Sd do m. piriforme?

Por uma determinação genética o nervo divide o músculo piriforme em dois. Isso faz com que cada rotação na rotação lateral gere parestesia no território do nervo isquiático.

54

A espinha isquiática serve de referência para qual nervo?

Nervo pudendo

55

O que uma aponeurose?

É um tendão de músculo largo

56

Quais são os músculos do Jarrete (isquiotibiais)?

- Bíceps femoral
- Semi-tendíneo
- Semi-membranáceo

57

Qual nervo é responsável pela inervação da musculatura do Jarrete (Bíceps femoral, semi-tendíneo e semi-membranáceo)?

Porção tibial do nervo ciático

58

Há veias de grosso calibre superficiais na região da posterior da coxa?

Não

59

Qual região pode ser fraturada em corredores de velocidade ? (pelo rápido arranque)

Pode haver fratura da tuberosidade isquiática

60

Por que as interrupções musculares devem ser operadas o quanto antes?

Porque o músculo tem uma tendência a contração. Com o tempo fica difícil esticá-lo e suturá-lo em sua posição original.

61

O nervo isquiático passa por entre quais músculos?

Entre o m. bíceps femoral e o m. semi-tendíneo.

62

Em fraturas com deslocamento posterior da fossa poplítea pode lesar qual estrutura?

Artéria poplítea.

63

Uma artroscopia de joelho pode lesar qual estrutura nobre?

Artéria poplítea.

64

Uma fratura femoral com deslocamento posterior do fragmento pode lesar ou comprimir qual estrutura?

n. isquiático

65

Em uma fratura supracondiliana de úmero de crianças pode acarretar em qual complicação?

Em geral, empurra a a.braquial e o n. mediano. Se não operar logo, a criança pode perder o membro superior.

66

Qual estrutura passa pelo colo da fíbula?

n. fibular comum

67

Quais são os ramos do n. fibular comum?

n. fibular profundo: inerva a parte anterior
n. fibular superficial: inerva a parte posterior

68

Uma fratura de colo de fíbula pode lesar qual estrutura?

Pode haver um corte do nervo fibular ou uma apraxia no momento da consolidação (envolvimento do nervo durante a formação do calo ósseo)

69

O nervo isquiático se divide em dois componentes. Quais são eles?

n. fibular comum e nervo tibial

70

A musculatura anterior da perna é responsável por qual movimento?

Extensão do pé (flexão dorsal)

71

Qual é a manifestação clínica quando há fratura da fíbula e rompimento do n. fibular profundo?

Pé caído (equino)

72

O que é Síndrome do hiato solear?

Isquemia da musculatura da loja anterior por obstrução da artéria tibial anterior

73

Quais são os limites superior e inferior da fossa poplítea?

Limite superior: limite inferior da região posterior da coxa ( 4-6 cm da prega poplítea)
Limite inferior: 4-6 cm da prega poplítea

74

Quais são os "limites" da veia safena parva?

Do dorso do pé até a fossa poplítea

75

Quias são os "limites" da veia safena magna?

Do dorso do pé até a região inguinofemoral

76

Qual é o conteúdo superficial da região poplítea?

- Terminação do n. cutâneo femoral posterior em ramos
- Veia safena parva
- Fáscia rica em colágeno

77

Qual é artéria presente no polegar?

a. principal do polegar

78

O que é o pulso em traqueia de passarinho?

Deslocando-se os dedos pela a. braquial , pode-se sentir placas de ateroma em indivíduos idosos.

79

Qual é o conteúdo da fossa poplítea? (após rebater as estruturas mais superficiais)

- n. fibular comum (vai se dividir em superficial e profundo)
- n.tibial
- v. poplítea
- a. poplítea (mais profunda de todas)

80

Qual estrutura caminha entre os ventres do m. gastrocnêmio?

Veia safena parva

81

O que é Esclerose de Monckeberg?

É uma doença senil cuja característica é o endurecimento das artérias musculares devido à uma calcificação da túnica média (muscular).
Geralmente, em paciente magro é possível ver a a. braquial tortuosa na face medial do braço.

82

Quais os músculos compõem a pata de ganso?

- m. sartório
- m. grácil
- m. semi-tendíneo

83

Um jogador de futebol apresenta dor na região medial do joelho. Qual a sua hipótese?

Tendinite da bolsa sinovial da pata de ganso.

84

Descreva a formação do nervo sural.

Do nervo tibial sai um ramo: nervo cutâneo sural medial
Do nervo fibular sai um ramo: nervo cutâneo sural lateral

Os dos ramos se juntam e formam o nervo sural que ao passar posteriormente ao maléolo lateral é chamado de nervo cutâneo dorsal lateral.

85

Qual músculo forma o assoalho da parte posterior da perna?

m. sóleo

86

O que é o sinal da Bandeira?

Empastamento da panturrilha em pacientes com dor ao deambular.
Sugestivo de TVP

87

Uma mulher grávida está em estado pró-trombótico. Após o parto, quais medidas podem ser tomadas?

- Movimentar-se após o parto
- Uso de antitrombóticos
- Uso de meias compressoras

88

O que os linfonodos da fossa poplítea drenam?

Drenam face posterior da perna e da planta do pé

89

O nervo cutâneo dorsal lateral é continuação de qual nervo?

Após passar posteriormente ao maléolo lateral o nervo sural passa a ser denominado: nervo cutâneo dorsal lateral

90

Caso haja uma tumoração na palpação da a. poplítea, quais podem ser as causas?

- Linfonodos aumentados (infecção entre os dedos do pé que se complica - comum em diabéticos)
- Aneurisma de a. poplítea
- Aneurisma sifilíco da veia
- Cisto de Baker

91

Qual é o local do corpo humano onde há maior incidência de formação de trombos?

Parte posterior da perna

92

Um trombo formadona veia poplítea pode chegar ao pulmão. Qual o percurso?

- Veia poplítea
- Veia femoral
- Veia ilíaca externa
- Veia ilíaca comum
- Veia cava inferior
- Átrio D
- Ventrículo D
- Artéria pulmonar

Tromboembolismo pulmonar

93

O que é a veia de Giacomini (v. longitudinal posterior)?

É uma variação anatômica . Uma pequena veia comunicante entre a v. safena magna e a v. safena parva

94

O nervo sural pode variar de indivíduo para indivíduo?

Sim. Pode variar de indivíduo para indivíduo, de lado para lado.

95

O que é o cisto de Baker?

Um cisto de Baker geralmente é resultante de problemas do joelho, como artrite ou ruptura do menisco, que fazem com que o joelho produza muito líquido lubrificante.
Os sintomas, quando ocorrem, podem incluir uma protuberância e sensação de aperto atrás do joelho.

96


A partir de qual local a a. poplítea passa a receber esse nome?

Ao passar pelo hiato dos adutores

97

A artéria poplítea dá origem às artérias geniculadas, que vão para o joelho e formam uma anastomose em torno da articulação do joelho. O que isso propicia?

Uma via de circulação colateral. Útil quando a perna é dobrada, por exemplo.

98

A partir da bifurcação da a. poplítea, quais ramos são formados?

- Artéria tibial anterior
- Artéria tibial posterior , sai um ramo: artéria fibular.

99

A a. tibial posterior estende-se até?

Até a região posterior ao maléolo medial (goteira retromaleolar medial)

100

A a. fibular se estende até?

Até a região posterior do maléolo lateral