Bronquiolite viral aguda Flashcards Preview

Pediatria > Bronquiolite viral aguda > Flashcards

Flashcards in Bronquiolite viral aguda Deck (14):
1

Defina bronquiolite:

ronquiolite é uma síndrome respiratória aguda que acomete o trato respiratório inferior,
mais especificamente o bronquíolo terminal, em crianças menores de 2 anos de idade.
- a primeira vez que após uma infecção de vias aéreas superiores em crianças menores que 12 meses de idade seguida de sibilos, dispneia, taquipnéia e sinais de hiperinsulflação

2

quais os sintomas iniciais

Os sintomas iniciais são obstrução da via aérea superior, febre e coriza, que evolui em 4 a 6 dias com tosse e sibilância.

3

Quias os patógenos ?

Vírus sinsicial respiratório***
parainfluenza, rinovirus, adenovirus
vírus
parainfluenza, metapneumovírus humano, vírus influenza, *adenovírus (mais grave), rinovírus, echovirus,
coronavírus e bocavírus humano (

4

Como ocorre a transmissão da bronquiolite e do VSA

transmissão da doença se faz por via aérea, por meio de gotículas de saliva ou por contato com secreções contaminadas. persiste no ambiente por algumas horas

5

sazonalidade do VSA?

Surtos ocorrem nos meses de outono-inverno e, por vezes, na primavera. - entre março e setembro, época chuvosa( no norte/nordeste ocorre entre fevereiro e agosto)

6

achado de exame físico da bronquiolite

sibilo na ausência de broncoespasmo

7

Fatores de risco para gravidade

- hospedeiro: prematuridade, idade menor que 6 meses, com doença cardíaca congênita, doença respiratória crônica, imunodeficiência
- relacionadas ao ambiente: pobreza, aglomerados humanos, exposição a fumaça de tabaci, malnutrição.

8

Fator de risco para infeccção

baixa idade, multiplas gestações, hx familiar de atopia, baixa escolaridade dos pais, aglomerado familiar, não amamentar, irmãos em idade escolar, creches, fumante passivo, sexo masculino, alta de uti neonatal durante o priodo de epidemia do VSR.

9

Qual a alteração histológica encontrada?

necrose do epitélio com destruição das células ciliadas, seguida por infiltração linfocitária; ocorre também destruição dos cílios

10

Qual a alteração histológica encontrada?

necrose do epitélio com destruição das células ciliadas, seguida por infiltração linfocitária; ocorre também destruição dos cílios

11

quais outras afecções podem acompanhar o quadro?

Conjuntivite, rinite e otite média aguda

12

Como ver hiperinsulflação pulmorar no RX?

hiperinsuflação pulmonar: diafragma mais arqueado, arcos costais horizontalizados, no perfil o espaço entre
o coração e o esterno está aumento do diâmetro, pequenos infiltrados migratórios, atelectasias com opacidade linear ou triangular e congestão peribrônquica.
pode haver desvio de estruturas torácicas.

13

quando o paciente é classificado como grave

- esforço respiratório
- saturação de oxigênio <92%
- aparência tóxica
- Fatores de risco presente
- Apnéia
- Frequência cardíaca > 70
- Dificuldade de alimentação
- problemas sociais.

14

tto

- hidratação
- oxigênio
- repouso, em decúbito dorsal e com pouca roupa