DSTs Flashcards Preview

MED GO > DSTs > Flashcards

Flashcards in DSTs Deck (51):
1

Quais criterios diag de vaginose bacteriana?

Amstel 3de 4:
Corrimento homogêneo, BRANCO ACIZENTADO, fluido, com odor de peixe podre
Ph>4,5
Clue cells na microscopia direta
Whiff +

2

Tratamento da vaginose bacteriana

Metronidazol 500 mg ( 2cp de 250), VO, 12/12h por 7 dias ( fazer 750mg/dia em gestantes >2tri)
Metronidazol 100mg/g - 01 aplicador VV por 5 noites
Clindamicina 300mg VO 12/12h por 7 d ou creme vaginal ( UNICO TTO GESTANTE NO 1tri)
>>>orientar efeito antabuse do metro

3

Diag de candidiase

Corrimento branco, grumoso, queijo qualhado, sem odor e aderido
INFLAMAÇÃO vagina e colo
Prurido/ardências/disúria/dispareunia
Ph< 4,5
Pseudo hifas> esporos
Whiff -

4

Quando tratar? Tratamento candidiase

Todas as pctes sintomáticas, principalmente GRÁVIDAS.
Miconazol creme vaginal 2% - 01 aplicador VV por 7 noites (14d em imunodeprimidos)
Nistatina 100.000 UI - 01 aplicador VV por 14 noites
Fluconazol 150mg VO DU
Itraconazol 100mg VO 02 cp VO 12/12h por 1d

>> gestantes SÓ VV

5

Definição e tratamento de candidiase recorrente

4 ou mais episódios de candida/ano
Fluconazol 150mg VO 1x/dia no 1,4 e 7 d (MS) ou 1 e 4 (cdc)
+
Manutenção com fluconazol 150 mg semanal por 6m

6

Diagnostico tricomoniase

Corrimento amarelo-esverdeado, fluido, odor fétido, bolhoso
Assintomáticas > dispareunia/ prurido / ardencia/ disuria
Ph>5
Whiff fracamente +
Trichomonas mechendo na microscopia direta
Colo em framboesa / colo trigroide com iodo

7

Tratamento tricomoniase

Metronidazol 2g VO DU ou 500mg 12/12h 7d
(Incluso gestantes em qualquer IG)
Tinidazol 2g VO DU (cdc)
+
Tto parceiro + investigar dsts + condon

8

Definição e diagnóstico de vaginite descamativa

Vaginite purulenta sec a infecção por gram + (streptococcus beta hemolítico)
Pus abundante na vagina + ph alcalino + cels descamativas (cels basais) + ausência de lactobacillos + aumento de PMN

9

Tratamento da vaginite descamativa

MULHERES PERIMENOPAUSA
Clindamicina creme a 2% - 5g VV por 7d
+
Estrogênio tópico

10

Definição e diagnóstico da vaginite inespecífica

PEDIATRIA
excesso ou má higiene / masturbação / parasitose intstinal / abuso sexual / corpo estranho / dermatite atopica + fraldas...
Prurido + hiperemia vulvar + leucorreia variável

11

Tratamento vaginite inespecífica

Orientar higiene + EAS e uroc + parasitológico de fezes (oxiúros) + roupas adequadas + atb topico se ID agente

12

Definição vaginite atrófica+diagnostico

Deficiência de estrogênio
Sintomas vulvovaginais e/ou urinários (inclusive itu associada):
Corrimento amarelo-esverdeado
Dispareunia / ardência/ prurido vulvar
Disuria/ incontinência / hematúria/ polaciúria
Ph>5
Microscopia: sem parasitas + PMN + muitas cels basais

Ddx: candidíase, vaginose, tricomoníase

13

Tratamento vaginite atrófica

Reposição estrogênica tópica

14

Definição e diagnóstico vaginose citolítica

Corrimento vaginal por aumento excessivo de lactobacilos + citólise + poucos PMN
Clinica = candidíase
Ph= 3,5 - 4,5
Ausência de micro-organismos patológicos
Raros leucócitos
Citólise
Aumento lactobacilos

15

Tratamento vaginose citolítica

Alcalinizar o ph vaginal
Duchas VV com 30-60g de bicarbonato de Na em 1L de água morna 3x por sem

16

Classifique citologicamente e gram da Neisseria gonorrhoae e Chlamydia trachomatis

Gonococo : diplococo gram neg intracelular
Clamidia: bacilo gram neg intracelular obrigatório

17

Quais sorotipos da clamidias causa a cervicite e o linfogranuloma venéreo?

D a K: cervicite
L1, L2 e L3: linfogranuloma venéreo

18

Diagnóstico cervicite gonococo e clamídia

Saída de pus do OCE no EE / colo hiperemiado e friável/ sinusorragia e dispareunia / SEM SINAIS DE INFECÇÃO ALTA
Gram (30% sensibilidades nas cervicites) com diplococo gram neg intracelular
Cultura gonococo ( meio de Thayer - Martin modificado)
Cultura Clamidia ( por células de McCoy)

19

Tratamento cervicite gonocOcO

CeftrixOne 500mg IM DU (MS) / 250mg IM DU (cdc)
ou
CiprOfloxacino 500mg VO DU (MS) -> CI EM GESTANTES E <18a e nos estados RJ, MG, SP

Faringoamidalite e conjutivite gonocócica
- CeftriaxOne 500mg e 1g IM DU

20

Tratamento cervicite clamidia

Azitromicina 1g (2cp 500mg) VO DU
Ou
Doxiciclina 100mg VO, 12/12h por 7d

21

C
L
A
M
I
Di
A

Cervicite
Linfogranuloma
Adenite fistula
Múltiplos orifícios
Imunoflorescencia
D(i)oxiciclina
Azitromicina

22

Ddx candidíase

Vaginose citolítica
Vulvite alérgica
Vulvodinea idiopatica
Irritação química

23

Ddx tricomoníase

Vaginite purulenta
Vaginite inflamatória descamativa
Vaginite Atrófica + infecção secundária
Líquen plano erosivo

24

Diagnóstico DIPA

3 critérios maiores DOR: pélvica , mobilização do colo, à palpação de anexos
+ 01 critério menor : >38*C, corrimento vaginal anormal, massa pélvica, leucocitose,>PCR ou VSH, >5 leuco/ campo na secreção de endocervice
Ou
Critério elaborado: histopato endocmetrite, abscesso tubo-ovariano ou em fundo de saco (usg ou rnm), video com evidências de dipa

25

Estadiamento da dip

Estágio 1: endometrite/salpingite SEM peritonite = tto ambulatorial
Estágio 2: peritonite
Estagio 3: abscesso tubo- ovarriano
Estagio 4*:abscesso roto ou >10cm
2,3 e 4 + gestantes + sem melhora após 72h* + HIV= tto hospitalar
* videolaparoscopia

26

Tratamento DIPA ambulatorial

Ceftriaxone 500mg (250mg CDC) IM DU
+
Doxiciclina 100mg VO 12/12h por 14 dias (2x cervicite)
+
Metronidazol 500mg VO 12/12h por 14d (anaeróbios)
Tto parceiro + investigar dsts + retorno em 48-72h

27

Tratamento DIPA hospitalar

Clindamicina 900mg, IV, 3x/dia por 14d
+
Gentamicina 2mg/kg IV (ataque) + 3-5mg/kg/dia por 14 dias
( segunda opções do MS e CDC)
Tto parceiro + investigar dsts

28

Quais as fases da infecção sifilítica?

1) sífilis primária = cancro duro incubação 10-90d, duração de 4sem
2) sífilis secundária = lesões cutaneomucosas/ condiloma plano e adenopatia.
3) latente recente (<12m da infecção)
4) latente tardia (12m- 20a)
5) Sífilis terciária = tubérculos/gomas, tabes dorsallis (não é neurosífilis, só aparece ma terciária),aneurisma aórtico, artropatia de Charcot

Neurosífilis pode ocorrer em qualquer fase = sinal focal, sintomas neurológicos

29

Qual a chance de alguém com sifilis desenvolver a sua fase terciária?

25%

30

Qual fase da gestação ocorre a transmissão vertical da sifilis? Quando solicitar vdrl na gestação?

Todas
Antes havia a ideia que só ocorreria >16sem
Maiores taxas de transmissão nas sífilis primária e secundária (maior carga de espiroquetas) = <1a
Solicitar no primeiro e terceiro trimestre

31

Quais os métodos diagnósticos da sífilis?

Sífilis primária = microscopia direta em campo escuro
Sífilis 2a/3a/latente:
- VDRL / RPR / TRUST
- FTA-Abs/ ELISA / testes rápidos

32

Em quanto tempo há positivação do VDRL e do FTA-Abs? Em quanto tempo desaparecem?

Vdrl= 2 semanas após desaparecimento do cancro duro (pode levar em média 3sem para aparecer). Negativam em 9-12m após cura

FTA-Abs= primeira semana de infecção. Não negativam

33

Quando devemos tratar gestantespara sifilis?

APENAS UM TESTE POSITIVO, TREPONEMICO OU NÃO-TREPONEMICO
Faz a penicilina e aguarda o resultado do segundo teste.

34

Qual tto para sífilis?

1a/2a/ latente recente (<1a):
1) Benzatina 2.4 milhões, IM, DU, 1.2 milhão em cada glúteo
2) Doxiciclina 100mg12/12h, VO por 14d
Ou ceftriaxone 1g (1-2g*), IM ou IV por 8-10d (10-14d*)

Latente tardia (>1a)/ 3a:
1)Benzatina 2.4 milhões, IM, 3 doses separadas por 1sem, 1.2 milhão em cada glúteo
2) Doxiciclina 100mg, 12/12h por 30d(28d* apenas para latente)

*CDC

35

Como tratar gestantes com sífilis?

Penicilina benzatina de acordo com a fase da doença
Sensibilizar as alérgicas
> Considerar tto inadequado as que fizeram Ceftriaxone 1g IM ou IV, 1x/dia por 8-10d e investigar RN

36

Como tratar neurolues?

1)Penicilina G cristalina 3-4 milhões, IV, 4/4h por 14dias
2) Ceftriaxone 2g IV ou IM por 10-14d
P. Procaina 2,4 milhões IM + probenecide*

*CDC

37

Como fazer o seguimento dos pctes diagnosticados com sífilis e tratados?

Gestantes: VDRL mensal
Resto: trimestral no 1o ano, semestral no 2o ano

38

Quando considerar falha terapêutica na sífilis?

Quadruplicação do VDRL (1/8 —>1/16) ou interrupção do tto

39

Quando considerara a gestante inadequadamente tratada?

Tto que não seja Penicilina
Tto incompleto
Tto inadequado para fase clinica da doença
Tto feito <30 dias antes do parto
Parceiro sintomático ou sorologia + não tratado (informação ignorada não é = inadequado)

40

Qual agente etiológico do cancro mole?

Haemophilus ducreyi

41

Como fazer diagnóstico presuntivo de cancro mole?

Úlceras DOLOROSAS, irregulares e de fundo sujo + adenopatia DOLOROSA ou fistulizando por ORIFÍCIO ÚNICO
>1 úlcera (auto inoculação)
Sem evidência de sífilis
Teste neg (PCR ou cultura) para HVS na úlcera

42

Qual tto do cancro mole?

1) Azitromicina 1g DU VO
Ou Ceftriaxone 500mg, DU, IM
2) Ciprofloxacina 500mg 12/12h por 3d (CI em gestantes, lactentes e crianças)
Ou Eritomicina 500mg 8/8h por 7d* —> tto das gestantes

43

Qual agente etiológico e seu sorotipos causam o linfogranuloma venéreo?

Chlamydia trachomatis L1,L2 e L3

44

Quais as 3 fases clinicas do linfogranuloma venéreo?

1)papula —> pústula/exucerações INDOLOR
2) adenopatia inguinal UNILATERAL e DOLOROSA que fistuliza com múltiplos orifícios
3) sequelas como elefantiase genital, estenose e fístula uretral/anal

45

Quais métodos diagnósticos do linfogranuloma venéreo?

1)ELISA (+ 4sem após infecção) —> tbm positivo nas cervicites, uretrites e outras infecções por clamídia
2) Microimunoflourescencia
3) PCR
4) cultura em cels de McCoy

46

Qual tto do linfogranuloma venéreo?

CDC =MS
1) Doxiciclina 100mg 12/12h por VINTE E UM DIAS
2) Azitromicina 1g/sem por 3 semanas (escolha para gestantes)

Bulbão: CDC—> drenagem por incisão
MS—> aspiração com agulha grossa

47

Quais exames complementares podem ajudar o diagnóstico de herpes?

1) citopatologia de Tzanck: celulas gigantes multinucleadas + balonização celular
2) imunoflourecencia direta : positiva na primo infecção
3) biopsia e cultura: mais específicos na fase de vesículas

48

Qual quadro clínico da infecção por herpes?

Papulas DOLOROSAS que se tornam vesiculas, coalecem e ulceram
Adenopatia BILATERAL DOLOROSA
Sintomas sistêmicos: febre, mialgia, astenia, aumento da sensibilidade local

49

Tratamento para herpes genital

Aciclovir MS = CDC
CDC dá as opções de fanciclovir e valaciclovir
Primoinfecção: Aciclovir 400mg 8/8h por 7-10d ou 200mg 5x/dia
Fanciclovir ou Valaciclovir

Recorrente: aciclovir igual primoinfecção por 5DIAS

+
Analgésicos, anti-histamínico, higiene local com SF e água boricada 3%


50

Qual quadro clínico da donovanose (granuloma venéreo)? Qual exame complementar fecha diagnóstico?

Nódulos subcutaneos que mimetizam adenopatia —> ulceração UNILATERAL E INDOLOR

BIÓPSIA com achado de corpúsculos de Donovan

51

Qual tratamento da donovanose?

CDC
1) azitro 1g/sem por 3 sem
2) doxiciclina 100mg 12/12h por 21 d
3) Ciprofloxacina 750mg 12/12h por 3 sem

MS
1) Doxiciclina
2) Azitro
3) Cipro