Endocardite Infecciosa Flashcards Preview

Grandes Síndromes Bacterianas > Endocardite Infecciosa > Flashcards

Flashcards in Endocardite Infecciosa Deck (16):
1

Quando em valva tricúspide, pensar em

paciente jovem usuário de drogas IV, infectado por HIV, com HMC de SA e possível pneumonia ou abscessos associados.

Tratamento com vanco + genta

2

Quando em valva mitral, pensar em

prolapso de valva em paciente idoso com doença reumatológica associada

3

Se episódio agudo, deve ter

febre alta, piora do estado geral, mais em valva tricúspide.

Tratamento com oxa + peni G + genta

4

Se episódio subagudo, deve ter

febre baixa, perda de peso e sudorese noturna, mais em valva mitral.

5

Quanto a etiologia, quais características são associadas às respectivas bactérias?

SA: doença aguda em valva nativa, usuário de droga IV

SV: doença subaguda em valva nativa

SB: neo de cólon

enterococcus, HACEK

6

Quando paciente com valva protética, como diferenciar precoce de tardio?

Sempre pode ser SA, enterococus e ECN!

Precoce: < 2 meses,
- nunca com estreptococus
- pode ser fungos (cateter de NPT, alta mortalidade) ou difteroides

Tardio: > 1 ano
- nunca com fungos ou difteroides
- menos comum com ECN
- pode ser estreptococus
tto com vanco + genta + rifampicina

7

Indicações de profilaxia

Pacientes submetidos a procedimentos dentários ou de AR (exceto broncoscopia) se:
- valva protética;
- EI prévia;
- DCC;
- transplantados com valvulopatia
>> amoxi 2g VO 1 hora antes

8

O diagnóstico é feito de acordo com os critérios de Duke. Quais as possíveis combinações?

Maiores: 2HMC + e lesão em ecocardio transesofágica

menores: febre, manifestações imunológicas (manchas de roth e nódulos de Osler), manifestações vasculares (hemorragia de splinter e lesão de janeway), FR (prótese, EI prévia, doença cardíaca cianótica, coarctação aórtica, derivação sistemico-pulmonar)

9

Quadro clínico se assemelha a qual patologia?

Paciente com história de febre e sopro novo que parece ter IC.
Pode haver êmbolo séptico (aneurisma micótico quando em vasa vasorum), esplenomegalia, anemia, déficit neurológico, petéquias, hemorragia subungueal (Splinter) ou conjuntival, artralgia/artrite e glomerulonefrite

10

O que é tríade de Austrian/Osler?

endocardite + pneumonia + meningite

11

complicações

1) locais: IAo > ICC, BAV, BRx, IAM, pericardite

2) embolias: 35% tem, comum antes da 2ª semana de ATB em vegetações grandes
- abscessos pulmonares, embolia pulmonar, infarto esplênico e renal, AVE, aneurismas micóticos, abscesso intracraniano (Aspergillus)

3) infecções metastáticas

4) fenômenos imunológicos

5) febre prolongada

12

exames complementares

HMG: anemia de doença crônica e leucocitose (se aguda)
EQU: hematúria micro ou proteinúria
Rx Tx: consolidação, atelectasia, DP, êmbolos sépticos, congestão pulmonar, cardiomegalia
ECG: BAV, BRx, IAM, pericardite
VSH, FR
3xHMC
ETE

***HMC repetidas diariamente até serem estéreis

13

tratamento
- sempre parenteral e longo!
- sinergismo entre aminoglicosídeo e bactericida que haja na parede celular (peni, ampi, vanco)
- não esquecer da MIC!

EISA: aguardar culturais!
>> patógenos e drogas:
- estrepto > peni G, ceftriaxone, vanco, associar genta
- enterococcus > pode ampi
- MSSA em valva nativa > pode oxa
- estafilo sensível a meticilina em valva nativa > oxa + genta + rifa
- HACEK > cefrtiaxone ou ampi

EIA: empírico!
>> situações
- valva nativa/infec comunitária = SA, estrepto, entero = oxa + peni + genta
- nosocomial, drogas IV, alérgicos a peni = estafilo meti R, G- = vanco + genta
- valva protética = SE R à oxa e cefalo = vanco + genta + rifa

14

as vegetações mudam o tratamento?

nem sempre, em 25% da vezes estão inalteradas ou maiores mesmo após a cura.

15

é indicado anticoagulante?

- não previne embolização em quem não tinha indicação antes;
- se já usava, continua;
- se SA + AVCi, suspende por 2 semanas para evitar transformação hemorrágica

16

indicações cirúrgicas

Ooperar antes de instabilidade hemodinâmica, se não houver déficit neurológico. São urgências e emergências!
Indicada em caso de acometimento valvar ou se ag. etiológico com baixa resposta ao tto conservador, como PA, candida (eletiva), brucella e coxiella.
*recidivas (mais em protéticas) e embolias recorrentes (vegetações importantes) também são indicações