Exame Físico Abdominal Flashcards Preview

Semiologia > Exame Físico Abdominal > Flashcards

Flashcards in Exame Físico Abdominal Deck (30):
1

Ordem correta do exame físico abdominal

1. Inspeção
2. Ausculta
3. Percussão
4. Palpação
5. Toque retal

2

Como anular defesa da parede abdominal

Conversar com o paciente para desviar sua atenção e solicitar que respire pela boca e flexione as pernas

3

Manobra para verificar hérnias e diástase do reto abdominal

Manobra de valsava (aumentar a pressão intrabdominal assoprando o dorso na mão)

4

Verificar na inspeção

1. Pele, circulação colateral, diástase, soluções de continuidade, etc.
2. Forma e volume
3. Movimentos:
- respiratório (abdominal ou torácica; relação com patologias)
- peristáltico (local e direção)
- pulsações (aorta, aneurisma, hipertrofia VD)
4. Cicatriz umbilical (plana, retraída; protusa, onfalite)
5. Cicatrizes e veias superficiais (local, extensão, forma)
6. Abaulamentos e retrações

5

Por que realizar ausculta antes?

A percussão e a palpação podem induzir aumento destes e do peristaltismo, tornando a ausculta falsa

6

O que verificar na ausculta?

1. Movimentação de gases e líquidos
2. Ruídos hidroaéreos
3. Realizar nos quadrantes a cada 2 incursões respiratórias
4. Aumenta na obstrução e ausente no íleo paralítico

7

O que pesquisar na percussão?

1. Ascite
2. Hepatometria
3. Sonoridade abdominal

8

Sons possíveis na percussão e por quê?

1. Timpânico: ar em víscera oca; intestino e espaço de Traube
2. Hipertimpânico: obstrução, pneumoperitônio, volvo
3. Submaciço: sobreposição de víscera oca sobre víscera maciça ou diminuição do ar
4. Maciço: sem ar

9

Investigação de ascite de pequeno porte e definição

1. Menos de 500ml
2. Paciente em pé, apoiado em superfície, com tronco fletido -> piparote do hipogástrio

10

Investigação de ascite de médio porte e definição

1. Paciente em decúbito dorsal, piparote maciça nos flancos e timpânica na região umbilical e hipogástrio
2. Macicez móvel: decúbito dorsal D (p. ex) -> macicez em flanco D e timpanismo em todo abdome
3. Menos de 1500ml

11

Investigação de ascite de grande porte e definição

1. Mais de 1500ml
2. Piparote em flancos com mão do paciente na linha mediana para impedir propagação da onda

12

Semicírculo de Skoda

Bbbb

13

Ordem da palpação

1. Superficial
2. Profunda
3. Fígado
4. Baço, intestino, manobras especiais
OBS: epigástrio e regiões de dor por último

14

O que avaliar na palpação superficial?

1. Sensibilidade
2. Pontos dolorosos (ponto de McBurney, cístico, xifoidiano, epigástrico, esplênico, ureterais)
3. Abaulamentos
4. Resistência da parede abdominal (voluntária ou involuntária)
5. Continuidade da parede abdominal (diástase e hérnia)
6. Pulsações

15

Diferença entre hérnia e diástase

Presença de saco herniário e anel nas hérnias

16

O que significa o sinal de Murphy positivo? Como realizar?

1. Colecistite
2. Ponto cístico (borda lateral do reto abdominal e reborda costal no lado D) -> pressionar com o polegar na expiração -> manter pressão na inspiração -> se positivo, inspiração cortada

17

O que significa o sinal de blumberg positivo? Como realizar?

1. Peritonite (pode apendicite)
2. Ponto de McBurney (linha entra cicatriz umbilical e EIAS, dividir em 3 porções, ponto entre penúltimo e último terço) -> pressionar -> descomprimir subitamente

18

O que avaliar na palpação profunda?

1. Sensibilidade
2. Pulsatilidade
3. Mobilidade
4. Massas/forma e volume
5. Consistência

19

Manobras na palpação do fígado?

1. Lemos Torres
2. Mathieu
3. Em pinça

20

Como realizar Torres Lemos?

1. Elevar fígado forçando loja renal D para cima -> palpar fígado com face radial do polegar
2. Sincronizar com respiração: posicionar mão na inspiração -> encaixar na expiração -> pressionar na inspiração, movimentando para cima

21

Como realizar Mathieu?

1. Palpar fígado com região ventral dos dedos, em garra, de costas para o paciente.
2. Sincronizar com respiração: posicionar mão na inspiração -> encaixar na expiração -> pressionar na inspiração, movimentando para cima

22

Como realizar palpação do fígado em pinça?

1. Encaixar dedos na loja renal D -> elevar o fígado -> palpar com polegar (polegar no rebordo costal)

23

O que avaliar na palpação do fígado?

1. Volume/distância da reborda costal (até 2 dedos na transversal)
2. Sensibilidade
3. Consistência (aumentada ou diminuída)
4. Espessura (fina ou romba)
5. Superfície (lisa ou nodular)

24

Quando a vesícula biliar pode ser palpada?

1. Alteração da consistência da parede
2. Obstrução das vias biliares, aumentando a pressão da vesícula

25

Como realizar a palpação do baço?

1. Realizar as mesmas manobras da palpação do fígado, mas no lado D
2. Posição de Schuster

26

Manobras para a palpação dos rins

1. Elevar loja renal no dorso para palpação mais fácil
2. Captura renal: intensificar a pressão nas mãos que palpam na inspiração e no começo da expiração
3. Choque lomboabdominal: fazer sucessivas impulsões, com a mão do dorso, em direção à mão que palpa

27

Objetivo e método da palpação bimanual

1. Para avaliar defesa abdominal localizada
2. Palpar região suspeita de resistência e alternar com palpação do lado homólogo

28

Objetivo e método da manobra do rechaço

1. Para tentar fazer palpação abdominal em ascite de grande porte (abdome globoso impede palpação profunda)
2. Deixar palpa da mão firme no abdome, realizar rápidas impulsões com as pontas dos dedos e sentir choque dos órgãos

29

Como realizar descompressão súbita?

1. Comprimir lentamente região que apresentou dor na palpação superficial e descomprimir subitamente
2. Se dor forte -> peritonite

30

Como realizar manobra do vascolejo? O que significa?

1. Mover mão de um lado para o outro no local de projeção do estômago ou no epigástrio -> procurar ouvir ruídos hidroaéreos
2. Significa líquido no estômago