Inidicadores em Saúde Flashcards Preview

Preventiva > Inidicadores em Saúde > Flashcards

Flashcards in Inidicadores em Saúde Deck (81):
1

 

Qual a diferença de ÍNDICE para COEFICIENTE?

 

  • Coeficiente = RISCO
    • NUMERADOR ≠ DENOMINADOR

 

  • Índice = PROPORÇÃO
    • NUMERADOR = DENOMINADOR

2

 

Coeficiente de PREVALÊNCIA

 

Número de CASOS

____________________

POPULAÇÃO exposta

3

 

Coeficiente de INDICÊNCIA

(TAXA DE ATAQUE)

 

Número de casos NOVOS

___________________________

POPULAÇÃO Exposta

4

 

Como calcular um coeficiente de mortalidade

 

NÚMERO DE ÓBITOS

_____________________

POPULAÇÃO EM RISCO DE MORRER

5

 

Qual o melhor coeficiente para estudar DOENÇA CRÔNICA?

 

PREVALÊNCIA

6

 

Qual o melhor coeficiente para estudar doença AGUDA?

 

INCIDÊNCIA

7

 

Qual o efeito de uma droga que cura, sobre a prevalência de uma doença?

 

DIMINUI A PREVALÊNCIA

8

 

Como reduzir a prevalência?

 

  • Cura
  • Morte
  • Emigração de casos
  • Imigração de pessoas sadias

9

 

Qual o efeito sobre a prevalência de uma doença de uma droga que droga que controla, mas não cura?

 

AUMENTA A PREVALÊNCIA

10

 

Como aumentar a prevalência?

 

  • Imigração de casos novos
  • Aumento da incidência
  • Prolongamento da duração da doença (ex. droga que controla e não cura)

11

 

Coeficiente de MORTALIDADE MATERNA

 

Nº DE ÓBITOS POR CAUSAS MATERNAS

__________________________________

Nº NASCIDOS VIVOS

12

 

Onde encontrar informação para calcular o coeficiente de mortalidade materna?

 

SINASC - Sistema de Informações de Nascidos Vivos

13

 

Quais as 3 principais causas de morte materna no BR?

 

1) DOENÇAS HIPERTENSIVAS

2) Hemorragia

3) Infecção

14

 

Mortalidade Maternda

DIRETA vs INDIRETA

 

  • DIRETA: doença que não existia antes da gravidez → PE, Ecâmpsia, DPP, infecção puerperal

 

  • INDIRETA: doença prévia agravada pela gravidez → cardiopatia, pneumopatia

15

 

Morte Materna - Notificar?

 

SIM - NOTIFICAÇÃO COMPULSÓRIA

16

 

Coeficiente de Mortaidade Infantil

 

Nº ÓBITOS em < 1 ANO

__________________________

Nº NASCIDOS VIVOS naquele ano

17

 

Coeficiente de mortalidade PERINATAL

 

NATIMORTOS + MORTOS < 7 dias

______________________________

Nº NASCIDOS (vivos + mortos)

18

 

Coeficiente de NATIMORTALIDADE

 

NATIMORTOS

______________________________

Nº NASCIDOS VIVOS + MORTOS

19

 

Coeficiente de Mortalidade NEONATAL

 

Nº ÓBITOS < 28 DIAS

______________________________

Nº NASCIDOS VIVOS

20

 

Coeficiente de Mortalidade NEONATAL PRECOCE

 

Nº ÓBITOS 0 - 6 dias

______________________________

Nº NASCIDOS VIVOS

21

 

Coeficiente de Mortalidade NEONATAL TARDIA

 

Nº ÓBITOS 7 - 27 dias

______________________________

Nº NASCIDOS VIVOS

22

 

Coeficiente de Mortalidade PÓS-NEONATAL

 

Nº ÓBITOS 28 dias - 1 ano

______________________________

Nº NASCIDOS VIVOS

23

 

RAZÃO de mortalidade proporcional em < 5 anos

 

 

Nº ÓBITOS < 5 anos

______________________

TOTAL DE ÓBITOS

24

 

Coeficiente de Mortalidade na Infância

 

NÃO CONFUNDIR COM MORTALIDADE INFANTIL (< 1 ano)

Nº ÓBITOS < 5 anos

_________________________

NASCIDOS VIVOS

25

 

Em que período está a maior parte da MORTALIDADE INFANTIL?

 

PERÍODO NEONATAL PRECOCE (< 7 dias)

26

 

Principal causa de morte nos menores de 5 anos

 

Afecções do PERÍODO PERINATAL

 

27

 

Qual componente da mortalidade infantil é o mais fácil de reduzir?

 

PÓS-NEONATAL, que se deve principalmente às condições do ambiente;

Hoje, as principais causas de morte neste príodo são as malformações congênitas, seguidas de afecções originadas no período perinatal

28

 

Segunda causa de morte nos menores de 5 anos

 

MALFORMAÇÕES

 

29

 

Principal causa de morte no período neonatal

 

AFECÇÕES PERINATAIS

30

 

Principal causa de morte no período pós-neonatal

 

MALFORMAÇÕES CONGÊNITAS

31

 

Principal causa de morte no 1º ano de vida

 

AFECÇÕES PERINATAIS

É muita indicência, domina as causas de morte até o 5º ano de vida

Se retirarmos o período neonatal, aí entram as malformações

32

 

Quais as 3 principais causas de morte (em ordem) no PERÍODO NEONATAL

 

1) Afecções PERINATAIS

2) Malformações congênitas

3) Doenças Infecciosas e Parasitárias

33

 

3 principais causas de mortalidade INFANTIL TARDIA

(em ordem)

 

Mort infantil TARDIA = PÓS-NEONATAL

28 dias - 1 ano

1) Malformações CONGÊNITAS

2) Afecções perinatais

3) Doenças do aparelho respiratório

34

 

4 principais causas de mortalidade INFANTIL

(em ordem)

 

Mort infanil = < 1 ano

1) Afecções perinatais

2) Malformações

3) Aparelho respiratório

4) Dças Infecto-Parasitárias

35

 

Qual componente da mortalidade infantil é mais difícil de reduzir?

 

NEONATAL PRECOCE

Hoje concnetra >50% da mortalidade infantil, se deve a afecções perinantais e depois a anomalias congênitas > causas eminentemente ENDÓGENAS

36

 

Coeficiente de LETALIDADE

 

Nº de ÓBITOS

____________________

Nº DOENTES

37

 

Quais são os tipos de curvas de Nelson Moraes?

 

Não Lembro Um Jeito

  • N - tipo 1
  • L - tipo 2
  • U - tipo 3
  • J - tipo 4

38

 

Curva de Nelson Moraes - tipo 1

  • Que letra?
  • Que nível de saúde?

 

 

Curva em N

  • Nível de Saúde MUITO BAIXO
  • Muitas crianças < 1 ano e jovens adultos morrendo

A image thumb
39

 

Curva de Nelson Moraes - tipo 2

  • Que letra?
  • Que nível de saúde?

 

 

Curva em L

  • Nível de saúde BAIXO
  • Muitas crianças < 1 ano morrendo

A image thumb
40

 

Curva de Nelson Moraes - tipo 3

  • Que letra?
  • Que nível de saúde?

 

 

Curva em (ou em V)

  • Nível de saúde REGULAR
  • Crianças < 1 ano e idosos morrendo

A image thumb
41

 

Curva de Nelson Moraes - tipo 4

  • Que letra?
  • Que nível de saúde?

 

 

Curva em J

  • Nível de saúde ALTO
  • Mortalidade proporcional maior nos idosos

A image thumb
42

 

Principal causa de morte em mulheres dos 30 - 49 anos

 

 

NEOPLASIAS

43

 

Como calcular mortalidade proporcional por idade ou causas?

 

Nº ÓBITOS por idade/causas

____________________________

Nº total de ÓBITOS

44

 

Índice de Mortalidade Infantil - como calcular?

 

NÃO CONFUNDIR COM MORTALIDADE INFANTIL (que é um COEFICIENTE)

 

Nº total de ÓBITOS < 1 ano

_________________________

Nº total de óbitos em todas as idades

45

 

O que é o índice de Swaroop-Uemura?

 

I$U (quanto mais melhor)

Razão de Mortalidade Proporcional

 

Nº ÓBITOS ≥ 50a

___________________

Nº TOTAL DE ÓBITOS

46

 

Quantos níveis tem o Índice de Swaroop Uemura?

 

4 níveis

47

 

Swaroop-Uemura: 1º nível

 

≥ 75

Países DESENVOLVIDOS

48

 

Swaroop-Uemura: 2º nível

 

50-74

49

 

Swaroop-Uemura: 3º nível

 

25 - 49

50

 

Swaroop-Uemura: 4º nível

 

< 25 = países SUBDESENVOLVIDOS

51

 

Quais as faixas etárias utilizadas nas curvas de Nelson Moraes?

 

  • < 1 ano
  • 1 - 4 anos
  • 5 - 19 anos
  • 20 - 49 anos
  • ≥ 50 anos

 

52

 

Qual o Swaroop-Uemura do BR?

53

 

Quais as 4 principais causas de mortalidade geral?

 

1) CIRCULATÓRIAS

2) Neoplasias

3) Causas Externas

4) Aparelho Respiratório

54

 

Quais as principais causas de morte nos homens?

 

1) Circulatório

2) Causas Externas

3) Neoplasias

Cir - CEx - Ca

55

 

Quais as principais causas de morte nas mulheres?

 

1) Circulatório

2) Neoplasias

3) Respiratórias

4) Causas Externas

 

Cir - Ca - Resp - CEx

56

 

Quais as principais causas de morte por causas externas?

 

1) Agressão + Homicídio

2) Acidentes de Transporte

Entre (1-14 anos) é acidente de transporte

57

 

Qual a principal causa de morte de 0 -  1 ano?

 

PERINATAIS

58

 

Principal causa de morte entre 1 - 50 anos no Brasil

 

CAUSAS EXTERNAS → principalmente pelos HOMENS 

59

 

Qual a principal causa de morte > 50 anos?

 

Doenças do Aparelho CIRCULATÓRIO

60

 

Quais os principais fatores que contribuíram para a transição demográfica?

 

  • Redução da taxa de fecundidade
  • Redução da mortalidade geral
  • Aumento da expectativa de vida

61

 

Taxa de Fecundidade

 

Nº Nascidos Vivos

____________________

Nº Mulheres em Idade Fértil

62

 

Índice de Envelhecimento

 

Nº Idosos ≥ 60a

__________________

Nº Jovens ≤ 15a

63

 

Evolução da pirâmide etária brasileira

 

  • Estreitamento da base (redução da taxa de fecundidade)
  • Alargamento do ápice (redução da mortalidade geral, aumento da esperança de vida)

A image thumb
64

 

Como foi a transição epidemiológica brasileira?

 

  • Redução das doenças Infecto-Parasitárias
  • Aumento das crônico-degenerativas e causas externas

 

Substituição das doenças transmissíveis pelas não transmissíveis

 

Efeito BAYGON + Cir-Ca-CEx

 

A image thumb
65

 

Morbidade brasileira: BR possui uma tripla carga de doenças

 

  • Doenças crônicas
  • Doenças infecto-parasitárias
  • Causas Externas

66

 

Quais são as 3 doenças de notificação compulsória com maior incidência

 

1) DENGUE

2) Malária

3) Tuberculose

67

 

Qual acidente com animal peçonhento mais comum no BR?

 

1) ESCORPIÃO

2) Cobras

68

 

Quais as 2 principais neoplasias malignas nos homens?

(excetuando Ca pele não-melanoma)

 

1) PRÓSTATA

2) PULMÃO

 

A image thumb
69

 

Quais as 2 principais neoplasias malignas nas mulheres?

(excetuando Ca pele não-melanoma)

 

1) MAMA

2) Colo Uterino

A image thumb
70

 

Quais as 3 principais causas de internação no SUS?

 

1) GRAVIDEZ, PARTO E PUERPÉRIO

2) Doenças Respiratórias

3) Doenças Circulatórias

A image thumb
71

 

Quais as 2 principais causas de internação por causas externas no SUS?

 

1) QUEDAS

2) Acidentes de transporte

A image thumb
72

 

Onde encontrar informação sobre óbitos?

Quem alimenta o sistema?

 

SIM: Sistema de Informação sobre Mortalidade

 

DECLARAÇÃO DE ÓBITO

A image thumb
73

 

Onde obtenho o denominador para calcular mortalidade materna, mortalidade infantil e suas variantes?

 

Quem alimenta?

 

Busco os NASCIDOS VIVOS

SINASC: Sistema de Informações sobre os Nascidos Vivos

 

FONTE: Declaração de nascidos vivos

A image thumb
74

 

Onde encontro informações sobre agravos notificáveis?

 

Quem alimenta?

 

SINAN: Sistema de Informação Nacional dos Agravos de Notificação Compulsória

 

FONTE: fichas de notificação e investigação

A image thumb
75

 

Onde busco informações sobre o estado nutricional?

 

SISVAN: Sistema de Vigilância Alimentar e Nutricional

 

FONTE: boletim de produção da assistência nutricional

76

 

Onde consigo dados para avaliar a assistência ao portador do HIV?

 

Quem alimenta os dados?

 

SICLOM: Sistema de Controle Logístico de Medicamentos

 

FONTE: Registro de dispensação de medicamentos

A image thumb
77

 

Onde consigo dados para avaliar a qualidade da Atenção Básica?

 

Quem alimenta este banco de dados?

 

SIAB: Sistema de Informação de Atenção Básica

 

FONTE: Boletins de produção

A image thumb
78

 

Onde consigo dados sobre Internações Hospitalares?

 

Quem alimenta o banco de dados?

 

SIH: Sistema de Informação Hospitalar

 

FONTE: AIH - Autorização de Internação Hospitalar

A image thumb
79

 

Onde consigo informações sobre atendimentos ambulatoriais?

 

Quem alimenta?

 

SIA: Sistema de Informações Ambulatoriais

 

FONTE: Boletim de produção de serviços ambulatoriais (BPA)

A image thumb
80

 

Onde consigo dados sobre os atendimentos ambulatoriais de alta complexidade?

 

Quem alimenta?

 

APAC: Autorização de Procedimentos de Alta Complexidade

 

FONTE: as prórpias APACs

A image thumb
81

 

Onde enontro dados sobre o orçamento em saúde?

 

FONTE?

 

SIOPS: Sistema de Informação sobre Orçamentos Públicos em Saúde

 

FONTE: Dados orçamentários-financeiros

 

A image thumb