Medicas De Saúde Coletiva Flashcards Preview

Preventiva > Medicas De Saúde Coletiva > Flashcards

Flashcards in Medicas De Saúde Coletiva Deck (62):
1

O que a epidemiologia estuda?

O processo saúde-doença na população.

2

Cite um dos objetivos específicos da epidemiologia:

Descrição da destronização dos problemas de saúde na população

3

Cite 03 funções não exercida pela epidemiologia:

- executar políticas públicas
- formar políticas públicas
- dar assistência médica à população

4

Quem produziu e quem controla os indicadores de saúde?

Ministério da saúde e as OPAS (Organização Pan-Americana da saúde)

Rede Interagencial de Informações para a Saúde (RIPSA)

5

O que são os indicadores de saúde?

Medidas que contêm informações relevantes sobre como anda o sistema de saúde.

6

Quais são os tipos de indicadores de saúde?

Absoluto e relativo (coeficientes e índices)

7

Quais são os coeficientes de indicadores de saúde?

- Prevalência
- incidência
- letalidade
- mortalidade

8

O que os indicadores de saúde utilizam para medir a saúde?

Doença e morte.

9

Quando o coeficiente de incidência é usado para avaliação de surtos, passa a se chamar como?

Coeficiente de ataque

10

Qual a diferença entre coeficiente de ataque e de ataque secundário?

- quando há um surto o 1º caso notificado é o caso-índice, a partir dele, todos os outros serão o caso secundário:

Casos secundários/número total de contatos com o caso índice

11

V ou F:

1. Em casos de epidemia de alta letalidade, o coeficiente de incidência será menor do que o de prevalência

2. Doença de baixa letalidade o coeficiente de prevalência será maior do que o de incidência, pois a duração da doença será menor

3. A incidência é quem melhor determina o risco de adoecer

4. A incidência também é quem melhor determina a magnitude de uma doença.

1. F - será maior
2. F - duracao será grande
3. V
4. F - é a prevalência

12

Qual desses não é indicador de qualidade e condições de vida?
A. Coef. Mortalidade infantil
B. Coef. Mortalidade materna
C. Indicador de swaroop uemura
D. Curva de Nelson Moraes
E. Coef. Mortalidade geral

E

13

O que mede o coeficiente de mortalidade materna?

Mortes de mulheres devido a complicações da gravidez, parto, puerpério e aborto.
Reflete a qualidade da atenção à saúde da mulher.
N° de óbitos por causas maternas/nascidos vivos

14

As 03 principais causas de mortalidade materna no Brasil, decrescente, são:

1º hipertensão
2º hemorragias
3º infecção

15

Coeficiente de mortalidade infantil:

- o que mede?
- como pode ser classificada?
- no Brasil está caindo ou subindo? E quanto é a proporção por 1k nascidos vivos?
- qual a fórmula?

- mede o risco de nascidos vivos morrerem antes de um ano de idade.
- classificação:
. Alto: >= 50:1000
. Medio: 20 - 49:1000
. Baixo: <= 20:1000
- Está caindo. 2017 - 12,81:1000
- n° óbitos < 1 ano/n° nascidos vivos x 1000

16

Cite as 4 principais causas de mortalidade infantil no Brasil:

1º Afecções do período perinatal (infecções respiratórias do feto e RN, prematuridade, baixo peso ao nascer, complicações maternas).
2º malformações congênitas e anomalias cromossômicas
3º doenças do aparelho respiratório
4º infecções parasitárias

17

Coef. Mortalidade neonatal:

1º principais causas?
2º qual a fórmula?
3º o que ele visa saber?

1º Causas perinatais e malformações congênitas
2º óbitos em <= 27 dias de vida/nascidos vivos x 1000
3º como está a assistência ao parto, avaliar o impacto das ações no pré-natal.

18

Coef. Mortalidade neonatal Precoce:

1º principais causas?
2º qual a fórmula?
3º o que ele visa saber?

1º Perinatais e malformações congênitas.
2º óbitos entre 0 a < 7d/nascidos vivos x 1000
3º condições socioeconômicas e de saúde da mãe, inadequada assistência pré-natal, ao parto e ao RN

19

Coef. Mortalidade neonatal Tardia:

1º principais causas?
2º qual a fórmula?
3º o que ele visa saber?

1º perinatais e malformações congênitas
2º óbitos entre 7 a < 28 dias x 1000/nascidos vivos
3º condições socioeconômicas e de saúde da mãe, inadequada assistência pré-natal, ao parto e ao RN.

20

Coef. Mortalidade pós-natal:

1º principais causas?
2º qual a fórmula?
3º o que ele visa saber?

1º malformações congênitas, afecções perinatais e doenças do aparelho respiratório.
2º óbitos entre 28 dias - 1 ano/nascidos vivos x 1000
3º desenvolvimento socioeconômico e infraestrutura ambiental - desnutrição e infecções a ela associadas.

21

Coef. Mortalidade perinatal:


1º qual a fórmula?
2º que ele visa saber?

1º n° nascidos mortos (> 22 sem IG) + óbitos em < 7 dias / nascidos vivos + nascidos mortos x 1000

2º estimar o risco de morte de um feto que nasça sem vida ou, nascendo vivo, morrer na 1ª semana. É o mais relacionado à assistência pré-natal, ao parto e ao RN.

22

Coef. Natimortalidade:

1º qual a fórmula?
2º o que ele visa saber?

1º n° nascidos mortos/ nascidos vivos + nascidos mortos

2º analisar melhor a assistência pré-natal, as condições de saúde e nutrição da mãe, e os fatores fetais.

23

Principais causa de morte infantil no Brasil:


1º < de 1 ano:
2º período neonatal:
3º período pos-natal:

1º afecções perinatais, malformações congênitas

2º afecções perinatais, malformações congênitas

3º malformações congênitas, afecções perinatais

24

Coeficiente de Mortalidade na infância:

N° óbitos em < 5 anos/nascidos vivos

25

Defina índice:

Numerador (subconjunto) e denominador (conjunto) sempre terão a mesma unidade.
As respostas serão em porcentagem.

26

Explique:

Índice de mortalidade por idade:

N° total de óbitos por faixa etária/N° total de óbitos

⬆️ óbitos faixa etária mais velha = ⬇️ da mortalidade em idades jovens, sobretudo na infância ➡️ expectativa de vida ⬆️

27

Explique: Índice de mortalidade infantil

N° total de óbitos em < 1 ano/N° total de óbitos em todas as idades

28

Índice de mortalidade proporcional por idade em < 1 ano:

N° total de óbitos em < 1 ano por faixa etária/ N° total de óbitos em < 1 ano.

Mortalidade infantil por períodos (neonatal Precoce/tardio; pós natal)

Óbitos neonatais ⬆️ - fatores da gestação e do parto.
Óbitos pós-neonatais ⬆️ - causas ambientais.

29

Em que faixa etária a mortalidade infantil tende a se concentrar?

Neonatal, principalmente na 1ª semana de vida.

30

Índice de swaroop-uemura ou razão de mortalidade proporcional:

N° total de óbitos em >= 50 anos/número total de óbitos

Quanto ⬆️ esse índice, melhor qualidade dos serviços de saúde e qualidade de vida.
Demonstra que o país permite quentíssimas vivam mais, com ⬇️ valores de mortalidade infantil entre jovens.

31

Qual o Índice de swaroop-uemura do Brasil, e neste, qual a região com o maior e o menor?

Brasil - 77,42%
Norte - 64,22%
Sul - 81,30%

1º nível - > 75%
2º nível - 50 - 74%
3º nível - 25 - 49%
4º nível - < 25%

32

Qual o ISU nos países desenvolvidos?

Entre 80 - 90%

33

Explique Curva de Nelson Moraes:

Bom indicador da qualidade de saúde da população. Permite comparação em diversas localidades.

5 grupos
. < 1 a
. 1 - 4 a
. 5 - 19 a
. 20 - 49 a
. >= 50 a

Tipo 1 - Em N invertido (nível de saúde mto baixo - regiões subdesenvolvidas, morte em adultos jovens).
Tipo 2 - Em J invertido ou L (Nível de saúde baixo - óbitos faixa infantil ou pré-escolar).
Tipo 3 - Em U (Nível de saúde regular)
Tipo 4 - Em J (Nível de saúde elevado - predomínio de óbitos em pessoas mais velhas).

34

Defina Índice de Mortalidade por Causas:

Fórmula:

N° total de óbitos por grupo de causas definidas/N° total de óbitos (exceto causas mal definidas)

Faz uma análise mais detalhada sobre uma determinada causa de óbito, ou doença que leva à morte.

35

Quem é o principal determinante da dinâmica demográfica?

Taxa de fecundidade total

36

Defina taxa de fecundidade total:

Mede o número médio de filhos nascidos por uma mulher ao final do seu período reprodutivo (15 aos 49 anos).

Somatório das taxas específicas de fecundidade p/ mulheres entre 15 - 49a.

Taxas < 2,1 são insuficientes para a reposição populacional.

Brasil 2017 = 1,67

37

Defina Taxa de fecundidade específica:

Mede o N° de filhos nascidos vivos por 01 mulher, por faixa etária definida.

N° de filhos nascidos vivos de mães residentes, de uma determinada faixa etária/população total feminina residente desta mesma faixa etária

38

Taxa bruta de natalidade:

O total de nascidos vivos em relação a pop total.

Avalia o crescimento vegetativo ou natural da população.

N° total nascidos vivos/pop total

39

Índice de envelhecimento:

N° pessoas >= 60a/pop com < 15a

40

Razão de dependência:

Mede o segmento da população economicamente dependente em relação à economicamente ativa.

Pop 0-14a e >= 60a/pop 15-59a

41

Anos potenciais de vida perdidos

Mostra o N° em anos que uma pessoa, morta, poderia ter vivido.

Compara as diferentes causas de morte para uma pop.

Brasil: causas externas.

42

Indicadores de saúde - perfil
- cite alguns dados referentes á mortalidade:

⬆️ mortalidade por causas crônicas degenerativas (neoplasias, aparelho circulatório)

⬆️ óbitos por causas externas

Mortalidade infantil em ⬇️ - 12,81:1000

Principal causa de óbito no 🇧🇷 independente de idade ou sexo - doenças circulatórias (doença isquêmico do coração).

Principal causa de óbitos neonatal - afecções perinatais e pós neonatal - malformações congênitas.

Neoplasia que mais mata: homem - pulmão | mulher - mama.

43

Indicadores de saúde - morbidade

- cite alguns dados:

- principais neoplasias malignas: homem - próstata / mulher - mama.

- principal causa de internação no sus:
Gravidez, parto e puerpério.

- principal causa de internação por causas externas: queda.

44

V ou F:

Em relação a transição demográfica no Brasil, o envelhecimento da pop nos últimos anos...

1. ocorreu de forma abrupta
2. Foi mais lenta do que nos países europeus.

1. V
2. F (mto mais rápido)

45

A transição demográfica que vive o Brasil depende basicamente da ⬇️ da...

Mortalidade
Taxa de fecundidade
Natalidade

46

Sobre perfil demográfico...

Marque V ou F:

1. há mais homens do que mulheres no país
2. A taxa de urbanização do 🇧🇷 eh de 60%
3. Região norte tem mais mulheres do que homens
4. Norte e Nordeste apresentam as maiores taxas de natalidade do 🇧🇷
5. No 🇧🇷 há um contínuo declínio da taxa de fecundidade.

1. F
2. F (> 84%)
3. F (mais homens)
4. V
5. V

47

Atualmente, qual a taxa de
Mortalidade infantil?

12,81 óbitos por 1000 nascidos vivos. Nordeste e norte liderando.

48

Qual a principal causa de morte no Brasil, sem levar em conta idade e o sexo?

1º circulatório
2º câncer
3º Causas externas

49

Qual a principal causa de morte no 🇧🇷 em homens?

1º circulatório
2º Causas externas
3º Câncer

50

Qual a principal causa de morte no 🇧🇷 em mulheres?

1º circulatório
2º câncer
3º Doenças do aparelho respiratório

51

Qual a principal causa de morte no 🇧🇷 em < 1 ano?

1º afecções perinatais
2º malformações congênitas
3º doenças do aparelho respiratório

52

Qual a principal causa de morte no Brasil no período neonatal?

1º afecções perinatais
2º malformações congênitas
3º doenças infecciosas e parasitárias

53

Qual a principal causa de morte no Brasil no período pós-natal?

1º malformações congênitas
2º afeccoes perinatais
3º doenças do aparelho respiratório

54

Qual a principal doença causadora de morte no Brasil?

1º doença isquêmica do coração
2º doença cérebro vascular

55

Qual a principal doença causadora de morte no Brasil, por sexo?

Homem - doença isquemica do coração
Mulher - doença cérebro vascular

56

Qual a principal neoplasia causadora de morte no Brasil por sexo?

Homem:
1º pulmão
2º próstata
3º estômago

Mulher
1º mama
2º pulmão
3º cólon , reto e ânus

57

Qual a principal forma de morte por causas externas no Brasil, por sexo?

Homem - agressões

Mulher - acidentes de transporte

58

Qual a principal doença causadora de morte por afecção respiratória no Brasil, por sexo?

Homem - pneumonia

Mulher - pneumonia

59

As doenças de notificação compulsória c/ maior incidência são:

1º dengue
2º malária
3º tuberculose

60

As principais neoplasias malignas sem levar em conta o CA de pele ñ melanoma, são:

Homens:
1º próstata
2º pulmão

Mulheres:
1º mama
2º colo uterino

61

As principais causas de internação pelo sus são:

1º gravidez, parto e puerpério
2º doenças respiratórias
3º doenças circulatórias

62

As principais causas de internação por causas externas no sus, são:

1º quedas
2º acidentes de trânsito