Pneumonias Flashcards Preview

Clínica Médica (MED) > Pneumonias > Flashcards

Flashcards in Pneumonias Deck (46):
1

Quais são os principais agentes da PAC no adulto? (5)

1º- Streptococcus pneumoniae
2º- Mycoplasma pneumoniae
3º- Chlamydia pneumoniae
4º- Vírus (adeno, influenza, VSR)
5º- Haemophillus influenzae

2

Quais os critérios para PAC grave?

1 maior ou 3 menores

MAIORES:
1- Choque séptico
2- Ventilação invasiva

MENORES:
1- PaO2/FiO2 < 250
2- Extensão MULTILOBAR
3- C U R B
4- Plaquetopenia (<100k) / Leucopenia (<4k) / Hipotermia (<36º)

3

Quais fatores que aumentam colonização de orofaringe por Gram -? (5)

1- Imunodepressão
2- Alcoolismo
3- Internação hospitalar
4- Comorbidades (DPOC, Diabetes)
5- Idade avançada

*Corticoide inalatório não

4

Quais são as fases evolutivas (4) e padrões histopatológicos (2) da Pneumonia Bacteriana?

1- Congestão
2- Hepatização vermelha
3- Hepatização cinzenta (supuração)
4- Organização/Resolução

- Lobar (90-95% Pneumococo)
- Broncopneumonia (+ comum para todos agentes típicos)
- Intersticial (atípicos)

5

Características dos germes ATÍPICOS (3)

1- Não podem ser isolados em meios de cultura convencionais
2- Não podem ser detectados pelo método de Gram
3- Geralmente resistentes a Betalactâmicos

6

Quais são as diferenças semiológicas de uma CONSOLIDAÇÃO e de um DERRAME PLEURAL?

CONSOLIDAÇÃO: som bronquial (sopro tubário), aumento do FTV, sinal de Signorelli, broncofonia, Pectorilóquia (fônica e afônica)

DERRAME: abolição do MV, abolição do FTV, sinal de Signorelli, egofonia

7

O que é Pneumonia de Friedlander/do Lobo Pesado? Quais são os grupos de risco?

Pneumonia lobar causada por Klebsiella pneumoniae, pegando todo Lobo Superior do pulmão direito, causando abaulamento da Fissura Horizontal.

*Acoolistas e Diabéticos

8

O que são Pneumatoceles? Quais os agentes mais envolvidos?

Cistos de parede fina com ar no interstício pulmonar, por rupturas bronquiolares.
Não é necessário drenar.

+Staphylococcus aureus
Outros: Klebsiella e Hemófilo

9

O que é pneumonia redonda?

Forma de acometimento pulmonar do pneumococo, característico de CRIANÇAS.
Imagem redonda —> pseudotumor

10

O que define Escarro Confiável?

-Neutrófilos > 25/campo
-Células Epiteliais < 10/campo

11

Quais são as fases evolutivas do Empiema e seus respectivos tratamentos?

1- Exsudativa / Aguda -> Drenagem
2- Fibrinopurulenta / Subaguda -> Pleuroscopia com lise de traves fibróticas
3- Organização / Crônica -> Decorticação

12

Indicações para repetir Rx na PAC (3)? Quando realizar?

1- Fumantes > 50 anos
2- Persistência dos sintomas
3- Achados anormais no exame físico

*4-8 semanas após o início dos sintomas

13

Indicações de cirurgia para Abscesso Pulmonar (Lobectomia)? (3)

1- Suspeita de neoplasia
2- Hemorragia / Hemoptise refratária
3- Ausência de resposta ao tratamento:
a) Obstrução brônquica
b) Pseudomonas
c) Abscesso > 6 cm
d) Evolução > 6 sem

14

Quais os Fatores de Risco para Pneumococo Resistente? (6)

1- Uso de ATB (betalactâmico) <3 meses
2- Região de alta prevalência de Pneumococo Resistente (+importante)
3- Comorbidades: ICC, DPOC, DM, IRC, alcoolismo, imunossupressão, neoplasia, asplenia
4- Hospitalização recente ou Day care
5- Idade <2a ou >65a
6- Exposição a crianças em creches

15

Qual é o mecanismo de resistência do Pneumococo? O que fazer para superar a resistência?

Alteração da afinidade das PBPs (proteínas ligadoras de penicilinas)
Aumentar a dose da penicilina/cefalosporina

16

Quais são as indicações para pesquisa do agente etiológico (Hemocultura e/ou Escarro)? (3)

1- Refratários
2- Internados
3- Complicados (derrame, cavitações, intoxicação alcoólica, leucopenia)

17

Quais são os critérios CURB-65 e como interpretar?

C: confusão mental
U: ureia 20
R: frequência respiratória >ou= 30
B: baixa PA PAS<90 OU PAD ou= 65 anos

Internar >ou=2 pontos

18

Escore PORT: Para que serve? Quantos critérios possui? Quais são os critérios que mais pontuam?

Decisão de internação (PORT >ou= IV / 90 pontos)

18 critérios: CURB, comorbidades, glicose, Ht, Na, FC, P (pleural e pH), O (oxigênio - PaO2 e SatO2), R (residência em abrigo), T (temperatura <35 ou >ou=40)

Neoplasia e pH: 30 pontos cada

19

Manifestações extrapulmonares do Mycoplasma pneumoniae (5)

1- Miringite Bolhosa
2- Anemia Hemolítica Autoimune por Ac frios/Crioaglutininas
3- Sd Steven-Johnson / Eritema Multiforme Major
4- Fenômeno de Raynaud
5- Outras: Guillain-Barré, mielite, ataxia cerebelar, meningoencefalite, poliartrite

20

Características da infecção por Mycoplasma (3)
Quais ATB podem ser usados? (3)

- Quadro gripal no início
- Jovens (pico: 5-20a)
- Infecções respiratórias em mesmo domicílio, separadas por semanas

Macrolídeos, Doxiciclina, Quinolona Resp

21

Características da infecção por Klebsiella (3)
Quais ATB podem ser usados? (3)

1- Etilistas e diabéticos
2- Pneumonia de Friedlander / do Lobo Pesado
3- Pneumonia Necrosante (<2cm)

Cefalosporina de 3ªG, Ampicilina+Sulbactam, Quinolona Resp

22

Grupos de risco de infecção por S. aureus (4)

1- Pós Influenza
2- Usuário de droga EV (Endocardite Tricúspide)
3- Doença renal terminal
4- Infecção cutânea

23

Características da infecção por S.aureus (4)
Quais ATB podem ser usados? (3+2)

1- Pneumonia Necrosante
2- Pneumatoceles
3- Derrame Pleural
4- Disseminação Hematogênica

Oxacilina, Cefalosporinas, Quinolona Resp
MRSA: Vancomicina e Linezolida

24

Características da infecção por Legionella (3)
Quais ATB podem ser usados? (3)
Como fazer o diagnostico?

1- Sinal de Faget
2- Sódio Baixo (SIADH)
3- Sd Digestiva: eleva TGO/TGP, dor abdominal, diarreia

Macrolídeos EV (+Rifampicina), Quinolona Resp

Dx: TAU - Teste do Antígeno Urinário

25

Grupos de Risco para infecção por Legionella

1- Tabagistas
2- Etilistas
3- Viajantes
4- Imunodeprimidos (imunidade celular)
5- Ar condicionado / Calefação/ Encanamentos

26

Tratamento AMBULATORIAL de 1ª linha na PAC

Amoxicilina (500mg 8/8h 7 dias)
Macrolídeo (Azitromicina 500mg/dia)

Se FR pra Pneumococo Resistente:
Quinolona Resp OU Macrolideo + Amoxicilina (dose alta)/Ceftriaxona

27

Tratamento na ENFERMARIA de 1ª linha na PAC

Quinolona Resp
OU
Macrolideo + Ceftriaxona (ou Unazin)

28

Tratamento na UTI de 1ª linha na PAC

Quinolona Resp + Ceftriaxona
OU
Macrolideo + Ceftriaxona (ou Unazin)

*pensar em fatores de risco para Pseudomonas e S. aureus

29

Critérios de LIGHT (Derrame Pleural)

É EXSUDATO se tiver qualquer 1:

1- Proteína líquido / sérica >0,5
2- LDH líquido / sérica >0,6
3- LDH líquido >2/3 do valor normal OU LDH >200

30

Critérios do líquido pleural para definir empiema/derrame complicado. (4)
Qual é a conduta?

1- Pus ou bactérias no Gram
2- pH <7,2
3- LDH >1.000
4- Glicose <60 (ou 40)

Drenagem fechada / em selo d’água

31

Duas doenças que fazem derrame pleural com glicose baixa no líquido

Empiema
Artrite Reumatoide

32

Como definir se um derrame é puncionável?

>1cm no Rx com incidência de Laurell

33

Pneumonia Aspirativa: Quais são os fatores de risco principais? Quais são os agentes etiologicos? Como tratar?

Macroaspiração (neuropatas, etilista, convulsões) + Dentes em mau estado

Anaeróbios e Microaerófilos da cavidade oral
Outros: Klebsiella, S. aureus

Clindamicina (600mg EV 8/8h - 300mg VO 6/6h)
Alternativa: Amoxicilina + Clavulanato
*duração: 6 semanas

34

Como é a apresentação característica da Pneumonia Aspirativa? Qual localização principal?

Abscesso pulmonar (primário 80% - broncoaspiração)

Segmento POSTERIOR do lobo superior D
Segmento SUPERIOR do lobo inferior D

35

O que é Sd de MENDELSON? Como tratar?

Pneumonite Química (primeiras 48h pós broncoaspiração)
Tratamento de suporte

36

Grupos de risco para infecção por Pseudomonas (quando for tratar PAC na UTI) (3)

1- DPOC com exacerbações frequentes
2- Doença estrutural pulmonar (bronquiectasias, fibrose cística)
3- Uso prévio de ATB ou CTC

37

Agentes etiológicos da Pneumonia no paciente com DPOC

Pneumococo
Haemophilus influenzae
Moraxella catarrhalis

38

Critérios de Risco para infecção por germes MDR (Pseudomonas e outros Gram -) (4)

1- ATB EV <90 dias
2- Internação >ou=5 dias
3- Choque séptico, SDRA, Diálise
4- Doença pulmonar estrutural: bronquiectasia, fibrose cística

39

Tratamento para Pneumonia Nosocomial com e sem risco para MDR

Cobrir Pseudomonas e S. aureus em todos

(1) Opções:
- Cefepime ou Ceftazidima
- Piperacilina + Tazobactan
- Meropenem ou Imipenem

(2) Se risco para MDR: associar ao (1):
- Ciprofloxacino
- Levofloxacino
- Amicacina
- Gentamicina
- Polimixina B
- Colistina

40

Fator de risco para MRSA.
Quais drogas utilizar?

Uso de ATB < 90 dias

- Vancomicina
- Linezolida
- Teicoplanina

41

Exposição a coelhos (agente)

Francisella tularensis

42

Exposição a fezes de pássaros e morcegos (agente)

Histoplasma capsulatum

43

Exposição a ovelhas/cabras (agente)

Coxiella burnetti

44

Exposição a pássaros (Doença e agente, tratamento)

Psitacose - Chlamydophila psittaci
1- Início súbito
2- Febre, cefaleia, tosse seca
3- Infiltrados migratórios e nodulares
4- Aumento de VHS e PCR

Tratamento: 1º- doxiciclina ou tetraciclina
2º- macrolídeos

45

Drogas anti Pseudomonas (9)

1- Ceftazidime
2- Cefepime
3- PipeTazo
4- Ticarcilina
5- Moxifloxacino
6- Levofloxacino
7- Amicacina
8- Carbapenêmicos
9- Polimixina B

46

Tratamento para ESBL

APENAS CARBAPENEMICO (Imipenem, Meropenem, Ertapenem)