SD BACTERANAS Flashcards Preview

Clínica médica > SD BACTERANAS > Flashcards

Flashcards in SD BACTERANAS Deck (26):
1

Caracteristicas do Liquor na meningite?

Bacteriana: aumento da celularidade, predominio de polimorfonucleares (neutrofilos), diminuicao da glicose e aumento de proteinas.

Viral: aumento da celularidade, predominio de linfomononucleares (linfocitos), glicose normal ou pouco dominuida e proteinas normais.

Tuberculose: aumento da celularidade, predominio de linfomononucleares (linfocitos), glicose diminuida e proteinas muito aumentadas (geralmente superior a bacteriana).

2

Qual o tratamento empirico da meningite?

RN e < 3 meses: ceftriaxone (ou cefotaxima) + ampicilina

3 meses - 18 anos: ceftriaxone (ou cefotaxima)

Pctes com distúrbio de imunidade celular: ampicilina + ceftazidima + vancomicina

3

Qual a profilaxia para meningite meningocococcica?

Rifampicina 2x ao dia por 2 dia
< 1 mês: 10mg/kg/d
1 mes - 12 anos: 20mg/kg/d
Adultos: 600mg 12/12hs

Gravida: ceftriaxone 250mg IM dose unica

4

Duas drogas que tratam adequadamente agentes MRSA?

Vancomicina e daptomicina

5

Como se caracteriza ITU recorrente e como se faz a profilaxia?

ITU recorrente é quando tem 3 ou mais infecções em 1 ano.
A antibioticoprofilaxia é a medida mais eficaz. Sendo feita com SMT-TMP ou nitrofurantoina em baixas doses por 6 meses a um ano.

6

Qual o defeito cardíaco mais comum que gera a endocardite infecciosa?

Prolapso de valva mitral
Exceção em paises em desenvolvimento que é a doença reumatica

7

Qual o maior fator de risco isolado psra EI?

Protese valvar

8

Qual a principal causa de morte por EI?

Insuficiencia cardiaca por COMPLICAÇÃO MECÂNICA, e não infecção.

9

Quais são as manifestações mais comuns da EI?

FEBRE + SOPRO CARDÍACO

10

Classificação da EI?

Aguda: paciente MUITO AGUDO. Principal agente? O principal é o S.AUREUS. Quadro clínico? Paciente TOXEMIADO, em que o paciente pode apresentar fenômenos vasculares (Petéquias subconjuntivais e subungueais, Lesões de Janeway, Êmbolos sépticos, etc

Subagudo: quadro ARRASTADO. Principais agentes? O principal é o S. VIRIDANS. Quadro clínico? Quadro arrastado (semanas a meses) a ponto de frequentemente fazer diferencial com doenças reumatológicas (GNDA, artrite, dor lombar, etc). NÃO costuma mandar êmbolos para a circulação sistêmica, e pode apresentar fenômenos imunológicos (nódulos de Osler, Manchas de Roth). Costuma cursar com ESPLENOMEGALIA e PERDA PONDERAL também.


11

Fisiopatologia da EI?

A fisiopatologia baseia-se em BACTEREMIA + LESÃO CARDÍACA PRÉVIA, PORÉM, tem um micro-organismo que NÃO PRECISA de lesão prévia, podendo agarrar-se num coração saudável. Qual? S.AUREUS.

12

Quais lesões facilitarão a contaminação?

-Próteses valvares (condição de MAIOR RISCO)
-Valvopatias (principalmente PROLAPSO MITRAL)
-Defeitos no endocárdio (CIA, CIV, etc)
-Drogas EV
-Agressão auto-imune ao endocárdio (Exp. LES -> Endocardite de Libman-Sachs)

13

Quais pp agentes da EI SUBAGUDA de válvula NATIVA?

Obs: Aqui, é NECESSÁRIO lesão cardíaca PRÉVIA, ocorrendo QUASE QUE EXCLUSIVAMENTE DOENÇA DO CORAÇÃO ESQUERDO, acometendo Mitral e/ou Aórtica.

-Streptococcus viridans (A-Hemolítico): é o MAIS COMUM nas subagudas, estando relacionado principalmente a MANIPULAÇÕES DENTÁRIAS.

-Enterococcus faecalis & faecium: relacionado a INSTRUMENTAÇÃO URINÁRIA ou mesmo Idiopática.

-Streptococcus bovis (ou S. Gallolyticus): o grande fator de risco para que haja bacteremia por ele, é LESÃO COLÔNICA, em que o grande fator de risco é o CA de cólon (outros exemplos: DII, pólipos), por isso, sempre que tem hemocultura para ele, depois de tratar, indicamos COLONOSCOPIA.

14

Quais pp agentes da EI AGUDA de válvula NATIVA?

Obs: quando acomete o coração DIREITO, geralmente NÃO HÁ defeito prévio, acometendo principalmente a TRICÚSPIDE.

-S.aureus: é o agente MAIS COMUM DAS AGUDAS. Os dois são mais comuns em USUÁRIOS DE DROGAS ENDOVENOSAS, além de CATETER DE PERMANÊNCIA (exp. Hemodiálise). Além disso, nos usuários de drogas, é mais prevalente ainda o MRSA.

15

Quais germes da Endocardite costumam causar GRANDES VEGETAÇÕES, podendo causar embolizar mais facilmente?

S. AUREUS + FUNGOS, a diferença é que estes últimos causarão um quadro SUBAGUDO.

16

Quais pp agentes da EI em prótese valvar < 1 ano?

-S. coagulase-negativo: é o MAIS FREQUENTE, por exemplo, o S.Epidermidis, e costuma ter evolução SUBAGUDA.

-S. aureus: costuma dar evolução AGUDA, e pelo fato de ser nosocomial, também pensaremos em MRSA.

-Fungos (Candida albicans): evolução SUBAGUDA

17

Quais pp valvas acometidas na EI?

De maneira geral, as principais valvas acometidas são, na sequência:

1) MITRAL
2) Aórtica
3) Mitro-aórtica
4) Válvulas à direita (sendo a pulmonar a mais raramente acometida)

PORÉM, há uma situação onde essa situação se inverte, e as válvulas à direita passam a vir primeiro. São os USUÁRIOS DE DROGAS EV, em que a válvula mais acometida é a TRICÚSPIDE, pelo S.aureus, Fungos (CANDIDA) e PSEUDOMONAS.

18

Como se faz o Diagnóstico da EI?

Qual o PADRÃO-OURO? É o HISTOPATOLÓGICO DA VEGETAÇÃO, apenas possível em necropsia ou quando há troca de válvulas.

O diagnóstico clínico é dado pelos CRITÉRIOS DE DUKE, quando a presença de 02 MAIORES OU 01 MAIOR + 03 MENORES OU 05 MENORES.

(Importante) Nas questões, normalmente NÃO PRECISA contar critério, PORÉM, precisa saber quais são os maiores e menores.

(Dica Menores - 5 F's)


*
Fator de risco (predisposição ou uso de drogas)
*
Febre
*
Fenômenos vasculares
*
Fenômenos imunológicos
*
Faltou Hemocultura (não preenche a do critério maior)

19

Qual o melhor ECO?

É o TRANSESOFÁGICO, sendo bem mais sensível para identificar vegetações.

20

Qual o tto para Não usuários de drogas EV com Válvula Nativa?

Oxa + Penicilina Cristalina + Gentamicina.

21

Qual o tto para usuários de drogas EV com Válvula Nativa?

VANCOMICINA + GENTAMICINA

22

Qual o tto para EI com Válvula Artificial?

Vanco + Gentamicina + Rifampicina

23

Tratamento Cirúrgico da EI

Indicações?

ICC com disfunção mitral/aórtica

Endocardite em prótese INSTÁVEL

Endocardite FÚNGICA ou agente RESISTENTE (bichos difíceis de matar!)

Mantém febre e/ou bacteremia com > 5-7 dias de tratamento

Vegetação GRANDE (>10 mm) e MÓVEL


Primeiro, tenta-se a valvoplastia, antes de trocar a valva, pois ao trocar, estaria dando outro fator de risco, que são as valvas mecânicas

24

Profilaxia ?

Só faremos profilaxia quando PACIENTE ALTO RISCO + PROCEDIMENTO ALTO RISCO.

Quais são os pacientes de alto risco?

-Válvulas artificiais
-Endocardite prévia
-Doenças cardíacas congênitas (Quais? Se não houve reparo, faz naquelas CIANÓTICAS. Se houve reparo mas não resolveu completamente, profilaxia pelo resto da vida. Se houve reparo e resolveu, só faz até 06 meses após o reparo.

Quais são os procedimentos de alto risco?
-Dentários (qualquer manipulação, ATÉ LIMPEZA)
-Perfuração mucosa oral ou trato respiratório (amigdalectomia, adenoidectomia ou bx da mucosa)
-Musculoesquelética (exp. bx)

25

Quais Antibióticos?

Queremos nesses casos cobrir Sp. Viridans, fazendo AMOXICILINA 2g VO, 15-30 minutos antes do procedimento. Incapaz de ingerir? Ampicilina, Cefazolina ou Ceftriaxone. Alérgico a beta-lactâmico? Clindamicina (VO/IM/IV) ou Macrolídeo.

26

Qual é a doença associada à "Necrose de papila" e "Pielonefrite enfisematosa"?

DIABETES MELLITUS