SEPSE Flashcards Preview

URGÊNCIA e EMERGÊNCIA > SEPSE > Flashcards

Flashcards in SEPSE Deck (17):
1

Qual a mortalidade da Sepse?

Na sepse grave a mortalidade é 20%, no choque séptico é 40-70%


>65 anos maior mortalidade

2

Qual a infecção mais comum na sepse?

Pneumonia, depois infecções abdominais, e do trato urinário

3

O que é Sepse?

É uma síndrome de resposta inflamatória sistêmica (SIRS) de causa infecciosa.

Qdo ocasiona disfunção de órgãos ou Hipoperfusao é sepse Grave

Se após ressuscitação volemica a hipotensão persiste ou precisa de drogas vasoativas para manter PAM>90mmHg é Choque Séptico

4

O que é sepse grave?

Quanto ocasiona disfunção de órgãos, Hipoperfusao ou hipotensão

Disfunção orgânica:
-neurológica
-cardiovascular
-respiratória
-hepática
-renal
-hematológica
-metabólica
-

5

O que é o choque séptico?

Quando a hipotensão persiste após a Ressuscitação volemica ou quando nescessita de drogas vasoativas para manter PAS >90mmHg


Hipotensão
PAS<90mmHg
PAM<70mmHg

Hiperlactatemia >9mg/dL ou >1mmol/L

6

O que é SIRS?

É uma síndrome de resposta inflamatória sistêmica.

Generalizada do organismo a trauma, queimaduras, inflamação (pancreatite), infecção (sepse) etc

7

Quais os critérios para SIRS?

2 ou +:

-Temp 36< T >38ºC
Hipotermia ou febre
-Freq card >90 bpm
-Freq resp >20 ipm ou
PaCO2 <32mmHg ou necessidade de ventilação mecânica
-Leucopenia ou leucocitose:
4.000< L>12.000/mm3 ou 10% de bastonetes

8

Quais os micro-organismos que mais frequentemente custam choque séptico?

•Bac Gram +:
-Staphylococcus aureus e Srreptococcus pneumoniae

•Bac Gram -:
E. coli, Klebisiella sp, Pseudokonas aeruginosa

•Fungos

*qualquer microorganismo pode causar sepse: protozoários, vírus etc.
*podem haver mais de 1 agente

9

É obrigatório invasão microbiológica na corrente sanguínea para ocorrer sepse?

Não. A inflamação local ou mesmo substâncias tóxicas podem causar hipotensão e disfunção orgânica á distância.

Culturas são positivas 20-40% nos casos de sepse grave, 70% no choque séptico

10

O que ocorre na Sepse hemodinamicamente?

Desequilíbrio do fluxo sanguíneo microvascular. Vasodilatação local com vasoconstrição microvascular periférica

Disfunção microcirculatoria.
Trombose microvascular/lesão endotelial

11

Quais os achados clínicos de sepse?

-PA normal > Hipotensão/Hipoperfusao/aumento do tempo de enchimento capilar (sepse grave)

-taquicardia
-taquipneia
-extremidades Quentes/úmidas (vasodilatação).(podem ser frias/cianose)
-Oligúria. Diurese <0,5ml/kg/h
*Febre (ou não) A temp pode estar falsamente baixa pela vasoconstrição. (Medir via cateter esofágico ou via retal)
-SNC: Delirium, agitação, confusão, coma

12

O que acontece no sist cardiovascular na sepse?

Em geral:
-Débito Cardíaco aumenta
*RVP diminui
-volume sistólico aumenta
-volume diastólica aumenta

Ocorre um hipovolemia funcional, sintomas semelhantes ao choque hipovolêmico. Após Ressuscitação volemia as características do choque distributivo se sobressaem

*a depleção de volume se dá pela redução da ingesta hídrica, vômitos, diarreia, perda p terceiro espaço

A função cardíaca é reduzida
A contratilidade miocárdica é reduzida
A fração de ejeção é reduzida
*se forem graves podem até reduzir o DC

13

Quais as medidas para o tratamento da SEPSE?

-Antibioticoterapia na primeira hora*
-Ressuscitação Volemica
-suporte ventilatorio. IOT ?
-Noradrenalina (se hipotensão após volume, PAM<65mmHg)
-Hidrocortizona (se muita nora para manter PA)
-Vasopressina/epinefrina (alternativas extras)


*controlar foco infeccioso:
-Drenar abcessos, debruçar tecidos necróticos (amputação se necessário), examinar cateter central e sonda vesical

14

Quais as Metas sobrestamento da Sepse?

-PAM>65mmHg
-PAS>90mmHg
-FC>100bpm
-Débito urinário>0,5mL/kg/h
-PVC >8-12 mmHg
-SvO2 >70%
-Lactato diminuindo
-tempo de perfusão periférica <3s

15

Quais os exames para avaliar a Sepse?

-MOV
-Rx de torax
-ECG
-US cava inferior, função de VE etc

EXAMES PARA DISFUNÇÃO ORGÂNICA:

INFLAMAÇÃO
-Hemograma (Leucocitose>12.000, leucopenia<4.000/mm3)
-Proteína C reativa

HIPOPERFUSAO
-Lactato (hiperlactatemia>9mg/dL ou >1mmol/dL)
-Gasometria arterial

COAGULAÇÃO
-Tp,TTPA>60s, RNI>1,5
-fibrinogênio
-plaquetas (trombocitopenia <100.000/mm3

PULMÃO
-Dimero D

CORACAO
-Troponina

FÍGADO (enzimas e função hepática)
-AST,ALT
-bilirrubina (hiperbilirrubinemia: BT>4ml/dL)

PÂNCREAS
-glicemia capilar

RIM (função renal)
-ureia
-creatinina >2mg/dL
-eletrólitos

BEXIGA
-Oligúria <0,5ml/kg/h
-Urina tipo I
-Urocultura

16

Quais os possíveis sítios de sepse?

-Rigidez nucal, convulsao: Meningite, encefalite...
-Palidez: hemólise, malária, AIDS
-Icterícia: leptospirose, febre amarela, Dengue, colangite...
-Dispneia, Tosse: pneumonia, tuberculose...
-Ferida cirurgica
-cateter/sonda
-Esplenomegalia: mamária, mononucleose, salmonelose
-Petequias, púrpuras, rash: Dengue, tóxicos, sífilis...
-Peritonite: apendicite, pancreatite, perf alça intestinal, diverticulite ...
-Diarreia: infec intest

17

Quais medidas adicionais pôde-se fazer no tratamento de sepse?

•Profilaxia de TVP
(Exceto: AVC, sangramento ativo, coagulopatia, trombocitopenia)

Heparina de baixo peso molecular 1x/dia
-Enoxaparina 40mg SC 1x/dia
Ou Heparina comum 3x/dia

•profilaxia úlcera de estresse
-Ranitidina 50mg IV 8/8h (3x/dia)
-Omeprazol 40mg IV 12/12h (2x/dia)

•insulina regular se >180mg/dL

•transfusão de hemácias se Hb<7g/dL

•transfusão de plaquetas se <10.000/mm3

•hemodiálise intermitente ou continua se hemodinamicamente instável