Síndromes de transmissão sexual Flashcards Preview

*Ginecologia* > Síndromes de transmissão sexual > Flashcards

Flashcards in Síndromes de transmissão sexual Deck (34):
1

Característica corrimento da Vaginose

-Branco-cinza
-Fino e fétido (especialmente após coito)
-pH>4,5
-Presença de clue cells = agregado bacteriano na parede celular de cels epiteliais

2

Característica corrimento da Candidíase

-Prurido
-Branco aderido
-pH<4,5 (único)
-Pseudo-hifas e esporos ao microscópio

3

Característica corrimento da Tricomoníase

-Amarelo bolhoso
-colo em framboesa = inflamação e leucócitos
-pH>4,5
-Protozoário móvel ao microscópio
-Whiff teste (aminas) positivo
-É uma DST. Tratar parceiro.

4

Tratamento de corrimento no PSF

Metronidazol 500mg, 12/12, 7d
Fluconazol 150mg DU
Creme imidazólico, à noite, 7d.

5

Qual corrimento necessita de tratamento do parceiro?

Tricomoníase

6

Qual tipo de corrimento é mais comum em Crianças? e como tratar?

Vulvovaginite Inespecífica.

Tratar com medidas de higiene, banho de assento e calcinha de algodão

7

Quais são as doenças que provocam úlceras genitais?

-Sífilis
-Cancro mole
-Donovanose
-Linfogranuloma
-Herpes

8

Quais úlceras genitais são múltiplas?

Herpes, Donovanose e Cancro mole

9

Quais úlceras genitais são dolorosas?

Herpes e cancro mole

10

Quais úlceras genitais não são dolorosas?

Sífilis, Linfogranuloma e Donovanose

11

Quais úlceras genitais fistulizam?

Cancro mole (única fistulização) e Linfogranuloma (bico de regador)

12

Quais úlceras genitais não fistulizam?

Herpes, Sífilis e Donovanose

13

Características da sífilis secundária:

-Pápulas palmo-plantar
-placas em mucosas
-Poliadenopatia generalizada
-Alopécia e madarose
-Condilomas planos
-Uveítie e proteínúria nefrótica
-Sintomas gerais.

14

Como fazer profilaxia para DST viral e não viral na violência sexual

-Sífilis: Pen. Benzatina 2,4MUI
-Gononrreia: Ceftrixona 250mg, IM
-Clamídia e Cancro mole: azitromimcina 1g, VO, DU
-Tricomoníase: Metronidazol 2g, VO, DU após profilaxia HIV
-HIV:AZT+3TC+LPV/r até 72h, durante 4sem.
-Hep B: vacina 0,1 e 6

15

Como fazer profilaxia para DST viral e não viral na violência sexual?

-Sífilis: Pen. Benzatina 2,4MUI
-Gononrreia: Ceftrixona 250mg, IM
-Clamídia e Cancro mole: azitromimcina 1g, VO, DU
-Tricomoníase: Metronidazol 2g, VO, DU após profilaxia HIV
-HIV:AZT+3TC+LPV/r até 72h, durante 4sem.
-Hep B: vacina 0,1 e 6meses + Imunoglob até 14d.

16

Contracepção de emergência no abuso sexual?

Sim. Levonorgestrel, 0,75mg, 2cp, DU, até 72h.

17

Principais agentes etiológicos das cervicites

Principais agentes etiológicos das cervicites

18

Vítimas de abuso sexual precisam de contracepção de emergência se estiverem no fim do ciclo?

SIM. Independente do período do ciclo, fazer a contracepção sempre.
Únicas exceções: uso de contraceptivo e pós menopausa.

19

Principais agentes etiológicos das cervicites

Gonococo e Clamídia

20

QC das cervicites

Corrimento cervical + hiperemia de colo + Dispareunia + sinusorragia (ao coito)

21

Tratamento para cervicites

Ceftriaxona 250mg IM ou Ciproflox VO
+
Azitromicina 1g, VO, DU ou Doxiciclina 100mg, VO, 12/12, 7d

22

Tratamento para Clamídia

Azitromicina 1g, VO, DU ou Doxiciclina 100mg, VO, 12/12, 7d

23

Tratamento para gonococo

Ceftriaxona 250mg IM ou Ciproflox VO

24

O que é DIP?

Infecção que se extende para acima do colo (endométrite, ooforite,salpingite...)

Mesmos agentes etiológicos das cervicites pq é uma evolução dela.

25

Como se dá o dx de DIP?

3 Maiores + 1 menor OU 1 elaborado
-Maiores:
DOR hipogástrica, anexial ou à mobilização colo
-Menores:
Febre, cervicite e laboratório de infecção
-Elaborado:
DIP laparoscópica, Bx endométrio ou abscesso.

26

Tratamento de DIP

Critérios de MONIF:
-Sem peritonite -> Ambulatorial
-Peritonite, abscesso ou oclusão de trompa -> Hospitalar

-Amb: Ceftriaxona 250, IM, DU + Doxicilina 100mg, VO, 14d
-Hosp: Clinda + Genta EV

27

Tratamento para Vaginose

Metronidazol, 500mg, 12/12, 7d

28

Tratamento para candidíase

Creme imidazólico vaginal, 1xd, à noite, 7-14 dias
ou Fluconazol 150mg, VO, DU

Se recorrente, Fluconazol 150mg, VO, 1x/semana, 6 meses

29

Tratamento para tricomoníase

Metronidazol 500mg, VO, 12/12, 7d.

30

Mnemônica para Linfogranulome venéreo:
C L A M I D A

C ervicite
L infogranuloma
A denite
M últiplos orifícios
I imunofluorescência
D oxiciclina
A zitromicina

31

Quais são as bases para o atendimento a vítimas de violência sexual?

Exames e sorologias
Profilaxia DST não virais
Profilaxia DST virais
Contracepção de emergência

32

Exames necessários para paciente vítimas de violência sexual:

HIV
Hep B e C
Sífilis
TGO/P devido aos medicamentos que serão administrados
Hemograma

33

Profilaxia DST virais para paciente vítimas de violência sexual:

HIV - AZT+3TC+LPV/r até 72 horas
HEP B - Vacina 0, 1 e 6 meses + Imunoglob até 14d
HEP C - não há

34

Contracepção de emergência para paciente vítimas de violência sexual:

Levonorgestrel 0,75mg 2cp, DU, até 72h
Menos usado:
-YUZP