Tosse crônica Flashcards Preview

Outros > Tosse crônica > Flashcards

Flashcards in Tosse crônica Deck (40):
1

Para uma tosse ser classificada como crônica, ela deve estar presente por pelo menos quantas semanas?

8 semanas.

2

Quais são as 3 principais causas de tosse crônica?

1. Sd da Tosse das Vias Aéreas Superiores;
2. Asma
3. DRGE

Outras: IVAS, bronquiectasias, bronquite crônica, CA de pulmão, bronquite eosinofílica não asmática, IECA.

3

Como trata a Sd da Tosse da Via Aérea Superior?

Anti-histamínicos + descongestionantes nasais

4

A tosse por IECA aparece em qual período após a introdução da medicação?

1 semana a 6 meses após a introdução do remédio.

5

Quais os tipos de Tuberculose transmissíveis?
Como ocorre a transmissão?

Tuberculoses bacilíferas: TB pulmonar e laríngea.
Transmissão por aerossóis -> gotículas de Wells.

6

Quando ocorre a primoinfecção da TB?

Logo após o primeiro contato com o bacilo da TB

7

Como se divide a Primoinfecção tuberculosa?

-Primeiras 3 semanas: grande disseminação linfohematogênica.
3-8 semanas: formação de imunidade celular específica -> formação dos granulomas caseosos.
- Evolução para: Controle da infecção (90%) ou Infecção primária.

8

Qual a diferença da TB primária para a TB pós-primária?

-TB primária: logo após a primoinfecção por incapacidade do sistema imunológico em inativar o bacilo.
- TB pós-primária: surge anos após a primoinfecção, por reinfecção ou reativação.

9

Quais são as característica epidemiológicas da Tuberculose?

Doença de alta inventividade (transmite fácil) e baixa patogenicidade (difícil de gerar doença)

10

TB primária:
1. Quem é o paciente típico?
2. RX?

1. Criança ou imunodeprimido
2. linfadenopatia hilar bilateral ou padrao miliar (micronodular) ou infiltrado multilobar disseminado (forma progressiva).

11

TB pós-primária:
1. Quem é o paciente típico?
2. RX?

1. Adulto
2. Rx: caverna em lobo superior (segmento apical 1 e posterior 2) ou lobo inferior (segmento superior 6)

12

Qual a complicação comum da TB pós-primária?

1. Bronquiectasias (dilatações irreversíveis):
- quadro: infecções sucessivas, hemoptise
- dx TC: imagem em anel de sinete
2. Bola fúngica (aspergiloma)
- quadro: escarro amarronzado, febre, tosse)

13

Quais são os sinais de reção imunológica a distância da TB?

-Eritema nodoso;
-Artrite/artralgias;
-Conjuntivite.

14

Qual o teste preferível para dx de TB?

Teste-rápido melcular (TRM-TB).
- Antes era a baciloscopia.

15

Como é o tripé diagnóstico da TB?

1. Clínica: tosse há mais de 3 semanas + febre, sudorese, perda de peso
2. Rx de tórax
3. Exame específico:
- TRM-TB
- Cultura (se TR+ ou vulneráveis ou baciloscopia)
-Baciloscopia em 2 amostras (BAAR)

16

Como se diagnostica TB em crianças?

Escore de pontos:
C: contato com bacilífero
H: história típica (PNM arrastada)
I: imagem (linfadenopatia hilar)
L: latente (PPD +)
D: desnutrição

Dx se 3 critérios.

17

Quais são os principais focos de TB extrapulmonar?
- HIV negativo
- HIV positivo

- HIV negativo: TB pleural
- HIV positivo e crianças: TB ganglionar periférica

18

Quais são as características do líquido pleural na TB pleural?

1. Exsudato (proteínas do líquido/proteínas sérica > 0,5 ou LDH líquido/LDH sérica >0,6 ou LDH líquido > 2/3 sérica)
2. ADA > 40
3. > 75% de linfócitos
4. diminuição da glicose
5. Ausência de células mesoteliais e eosinófilo

19

Qual o exame padrao ouro para TB pleural?

Biópsia pleural (granuloma com necrose caseias)

Baciloscopia e cultura tem baixíssima sensibilidade.

20

Principal causa de derrame pleural em paciente jovem?

TB pleural

21

Como é o quadro da TB meníngea?

Sintomas neurológicos inespecíficos;
Quadro arrastado;
Acometimento de par craniano.

22

Como é o líquor da TB meníngea?
Como é feito o dx da TB meninges?

- Aumento de linfócitos
- Aumento de proteínas
- Glicose baixa

Dx: cultura (S 50-80%)

23

Quando suspeitar de TB geniturinária?

EAS com piaria, com cultura negativa.
Associada a TB pulmonar em 1/3 das vezes.

24

Em quais articulações é mais comum encontrar TB esquelética?

Articulações que sustentam o peso:
- coluna vertebral (Mal de Pott)
- quadril
- joelho

25

Qual é o quadro da TB esquelética e a imagem?

Dor na articulação acometida, dor à palpação, sudorese.

TC/RNM: destruição do corpo vertebral + acometimento de partes moles + pode saltar vértebras.

26

TB é doença de notificação compulsória?

notificação apenas de casos CONFIRMADOS.

27

Como se realiza o isolamento da TB bacilífera?

Isolamento respiratório nos primeiros 15 dias de tratamento EFETIVO.

28

Qual é o esquema básico de tto da TB?
E para gestante?

Rifampicina, Isoniazida, Pirazinamida e Etambutol

RIPE 2 meses +
RI 4 meses

- Gestantes: adicionar piridoxina.

Tratamento diretamente observado:
deve-se ter tomando min 24 doses na fase ataque e 48 doses na fase de manutenção.

29

Qual é o esquema para crianças de tto da TB?

Menores de 10 anos:
RIP 2 meses
RI 4 meses

Menor segurança no uso de Etambutol em crianças pelo risco de neurite ótica.

30

Qual é o esquema para TB meníngea ou osteoarticular de tto da TB?

RIPE 2 meses
RI 10 meses

Se TB meníngea: adicionar corticoide nas primeiras 4 a 8 semanas.

31

Quais são os critérios de falência para o tto da TB?

Falência:
- BAAR positiva ao final do tto (6o mês)
- BAAR alto (2+/4) até o 4o mês
- BAAR negativa que volta ser positiva.

32

Qual a droga do esquema RIP que mais causa hepatotoxicidade?

Pirazinamida.

33

Qual o esquema para TB em doente já hepatopata?

Esquema SEO
- Estreptomicina
- Etambutol
- Ofloxacin

34

Quais os efeitos adversos da Rifampicina?

- Urina e suor alaranjados
- Hipersensibilidade:
NIA ou exantema

35

Quais os efeitos adversos da Isoniazida?

- Neuropatia periférica
- Crise convulsiva
- Encefalopatia tóxica

Conduta: iniciar piridoxina (vit B6)

36

Quais os efeitos adversos da Pirazinamida?

- Hiperuricemia
- Rabdomiólise

37

Quais os efeitos adversos da Etambutol?

- Neurite ótica

38

Qual exame fazer em contratante assintomático de caso de TB?

PPD:

- Nao reator: repetir em 8 semanas
- Reator:
>=5mm
>= 10mm em vacindos a menos de 2 anos.

Alternativa ao PPD: IGRA (não sofre efeito ta vacina)

39

Conduta na infecção latente para RN contactaste?

Quimioprifilaxia primária:

- Nao dá a BCG
- Isoniazida por 3 meses
- PPD: se mair que 5 mm -> mantém a isoniazida por mais 3 a 6 meses
se menor que 5mm -> faz a BCG

40

Quando realizar a quimioprofilaxia secundária ou tratamento de TB latente?

Tratamento de TB latente se:

Paciente com HIV:
- PPD>5: todos
- PPD<5: contactante de bacilífero, RX com cicatriz, história prévia de PPD reator

Paciente sem HIV:
- PPD > 5: CInco - contactantes e imunodeprimidos
- PPD > 10: DEZbilitados (IRC, silicose, DM, câncer) e DEZ milímetros de aumento (viragem)