Aneurismas Flashcards Preview

Hemostasia e Vascular > Aneurismas > Flashcards

Flashcards in Aneurismas Deck (26)
Loading flashcards...
1

Se a dilatação for focal com menos de 50% a mais do diâmetro normal da artéria?

Ectasia

2

Se for 50% a mais do diâmetro normal da artéria focal?

Aneurisma

3

E se for >50% porém difuso na artéria ?

Arteriomegalia

4

Diâmetro normal da Aorta abdominal ?

2cm
3cm focal é aneurisma

5

Classificação dos aneurismas

Aneurismas verdadeiros, compostos por todas as camadas arteriais
Sacular - só de um lado que tem a expansão
Fusiforme- cresce os dois lados


Falso aneurismas ou pseudoaneurisma é uma rotura da parede arterial, formando um hematoma pulsátil

6

Etologia ?

Mesma da DAP, o número de lâminas fibromusculares na camada média determina se o paciente vai ter DAP ou Aneurisma

Principal causa-
Aterosclerose 85%

Micóticos que estão relacionados a infecção, pode ser verdadeiro ou falso

Congênitas por fraqueza do tec conectivo, sd de Marfan e se de Ehler Danlos

7

Quais as outras etiologias menos importantes ?

PÓS ESTENÓNICO- estenose por uma placa, e a velocidade do sangue depois de uma estenose é aumentada, e isso pode causar uma dilatação localizada depois de uma estenose.

PÓS TRAUMÁTICO- o mais frequente é o falso aneurisma, você tem o trauma por qualquer coisa (arma de fogo, arma branca), tem uma lesão da íntima da parede da artéria, extravasamento de sangue, e o falso aneurisma.

RELACIONADOS AO USO DE ENXERTOS- Aneurima relacionado à cirurgia vascular, você pode ter.

INFLAMATÓRIO- Aneurisma inflamatório, é outra causa, cuja etiologia é desconhecida, mas você tem um processo inflamatório acometendo todas as paredes do aneurisma

8

Localização dos aneurismas ?

A. aorta abdominal abaixo das reanis (> 90%).

a. poplítea

A. femoral

croça

arco aórtico

artérias viscerais (sendo que as viscerais a mais comum é na esplênica, hepática e mesentérica superior

9

Quais os tipos de aneurismas?

Infra-renal
Justarrenal
Pararenal
Supra-renal

A. infrarenal (+ comum) e mais fácil de ser resolvido, ele tem um seguimento sem dilatação entre a origem das artérias renais e o início do aneurisma, a gente chama isso de colo, quanto maior o colo mais fácil a cirurgia.

No justarenal, a dilatação já se inicia logo após o ínício das renais, já é difícil a cirugia, porque a gente tem que clampear a aorta para poder abrir, e se você colocar esse clamp muito perto das artérias renais, pode ter comprometimento da irrigação renal e evoluir para insuficiência renal

O pararenal já é muito mais complicado, as artérias renais saem do aneurisma (o aneurisma começa antes delas).

E o suprarrenal ele começa bem mais alto, não acomete o tórax (se não, não seria um aneurisma de aorta abdominal, seria um aneurisma toracoabdominal), ele envolve além das renais, mais alguma das artérias viscerias, então é um aneurisma suprarrenal.

10

Epidemiologia?

É mais frequente em homens

Mais de 50 anos (por conta da aterosclerose)

Aumenta com a idade

11

Quais Fatores que aumentam o risco ?

São os mesmos da DAP

TABAGISMO
IDADE avançada
sexo masculino
preferência caucasianos
HAS
história familiar
histórico de outro aneurisma
Dislipidemia
Doença arterial coronariana. Ou seja, se ele tem DAC, que também é causada por aterosclerose maior a chance dele ter aneurisma.

12

Fatores que diminuem o risco ?

Sexo feminino
raça negra( não caucasiana)
japoneses
Diabetes *

13

Qual a sintomatologia do paciente ?

ASSINTOMÁTICO, mais comum

dor lombar

tosse, dispneia, diafagia (são nos aneurismas de aorta torácica).

14

Como se apresenta ao EF?

Palpaçao abdominal, palpaçao de uma massa pulsátil, em alguns casos ela é visível.

Sopros no território abdominal

Pulsos distais normais

15

Dx por imagem ?

vocês viram uma massa pulsátil, qual exame vocês vão pedir? O primeiro exame é USG, um exame não invasivo, barato, acessível e muito bom pra ver os vasos abdominais, muito bom para ver o diâmetro da aorta.

RAIO x é um achado no exame, você pede um RX de abdome pensando em outra coisa, e se ele for torácico, vai ter um grande alargamento de mediastino, e se for abdominal se ele tiver a camada média calcificada, você vai ver o aneurisma, mas ele é um achado de exame. Você NUNCA vai pedir um RX pensando em aneurisma.

Uma vez que confirmou que é um aneurisma, então você precisa de um exame mais específico, que é a TC ou RNM, os dois são excelentes, peço tanto pq a USG é operador depeemdente, quanto precisa classificar a distância do aneurisma das artérias renais, e a TC e a RNM são excelentes para isso.

Ecocardiograma tranesofágico nos aneurimas de Aorta torácica

E arteriografia, aqui ela não é tão importante pq não vê diâmetro certinho por conta do trombo mural, porém ela é pode ser usada para planejamento cirúrgico

16

Qual a sequência de exames ?

Então, 1° exame - USG, se confirmou - Solicita TC ou RNM, para saber exatamente onde começa, onde termina e a dimensão real dele.

17

Como é realizado o rastreamento?

Homens de 65-75 anos, que são fumantes ou que já fumaram, está indicado, mesmo sem sintomas, fazer a USG para rastreamento.

Homens na mesma faixa etária que não são fumantes mas tem familiares de 1° grau com história de aneurisma de aorta, está indicado

Mulheres, mesma faixa etária com com familiares de 1° grau com aneurisma

E caso o primeiro USG mostre o diâmetro é menor que 2,6 cm, não está indicado rastreamento anual para nenhum caso.

18

Guideline de rastreamento?

Se o primeiro USG tiver um diâmetro de 2,5 a 3,0, você vai repetir só depois de 10 anos.

Se o primeiro USG tiver entre 3,0-3,9, repetir a cada 3 anos.

Se o primeiro USG tiver entre 4,9-4,9, repetir a cada 12 meses.

E se tiver entre 5,0-5,4, repetir a cada 6 meses.

Então se o primeiro USG tiver de não precisa fazer todo ano.

19

Quando não operados, qual a principal complicação?

trombose do aneurisma,

embolização distal (aquele trombo mural pode soltar pequenos fragmentos e embolizar artérias distais)

erosão de corpos vertebrais (pressão da parede do aneurisma sobre o corpo vertebral pode levar à uma reabsorção óssea
erosão dos corpos vertebrais),

comprometer estruturas vizinhas.

E a complicação mais comum e mais temida é a rotura, a mortalidade de uma aneurisma de aorta roto é altíssima em qualquer lugar e qualquer serviço.

20

Aumenta o risco de ruptura ?

O que aumenta o risco de rotura? Diâmetro > 5,5 cm em homens, em mulher > 5,0 já é indicado cirurgia.

Expansão > 5 mm em 6 meses ou > 10 mm em um ano.
Obs: na USG anual, mesmo que ele não seja > 5,5 mas ele cresceu mais de 5 mm em 6 meses, já está indicado cirugia por ele ter maior risco de rotura.

Manutenção do tabagismo

sexo feminino (apesar da incidência de aneurisma ser menor em mulheres, ele rompe mais, por isso que em mulher 5 cm já está indicado)

HAS não controlada

aneurisma sintomático (o mais comum é o aneurisma não ter sintoma, mas se tiver sintoma, pode ser um sinal de alerta).

21

Aneurisma roto tem 100% de morte ?

Então a mortalidade é sempre 100% no aneurisma roto que não for operado? Não, porque existe uma entidade raríssima, chamada aneurisma selado.
ele rompeu, as estruturas adjacentes contiveram o sangramento, geralmente são estruturas posteriores pra região posterior do corpo

22

Quais os tratamentos cirúrgicos disponíveis e quais as condições ?

Tratamento cirúrgico convencional

Tratamento cirúrgico endovascular que é o REVA ( reparo endovascular de aneurisma)

Então se o aneurisma tiver mais de 5,5 cm e o pct tiver condições cirúrgico

23

Tratamento endovascular ? Características?

Taxa de mortalidade menor

Maior taxa de reintervanção (ela pode com o passar dos anos, pode ter pequenos vazamentos que chamamos de endoleak

É primeira escolha se tiver uma anatomia favorável que è ter um colo favorável proximal e distal
Prótese pode ser Aorto- aórtico se tiver colo proximal e distal e pode ser Aorto- biiliaco

24

Qual a principal complicação de aneurisma de artéria poplitea ?

A principal complicação do aneurisma de poplítea não é a rotura, é a trombose, e normalmente quando ele trombosa, evolui com amputação do membro. Então lembrar que existe o aneurisma de artéria poplítea.

25

Quais as principais complicações cirúrgicas ?

A insuficiência renal é mais pela proximidade com as artérias renais e também pelo choque (se for um aneurisma roto, o pct pode chocar e levar o pct à uma IRA).

Hemorragia

Insuficiência Respiratória

Isquemia de MMII

Isquemia Gastrointestinal

A paraplegia, mais em casos de aneurisma de aorta torácica, mesmo com a correação endovascular como com correção aberta, existe uma artéria que sai mais ou menos no terço médio da aorta descendente e que ela é responsável pela irrigação da medula, e quando você exclui essa artéria, pode ter paraplegia como complicação cirúrgica.

O endoleak (significa vazamento), é na cirurgia endovascular, você pode ter no pós-operatório tardio, pode ter esse vazamento

26

Diferença do aneurisma dissecante de dissecção arterial ?

Primeira diferença é a dor que não tem no aneurisma, e se tiver é uma complicação, e tem muita na dissecção

Segunda diferença é o flap duas luzes uma verdadeira e uma falsa na TC