Câncer de Células Renais Flashcards Preview

Oncologia 2 > Câncer de Células Renais > Flashcards

Flashcards in Câncer de Células Renais Deck (17):
1

Qual o principal fator de risco? E os demais?

1. Tabagismo
2. Obesidade, hipertensão, diuréticos, doença renal pré-existente, doença de Von Hippel-Lindau, esclerose tuberosa

2

Qual o subtipo mais comum?

Carcinoma de células claras. (mau prognóstico)

3

Cite outros subtipos.

Carcinoma papilífero, cromofóbico e do ducto coletor

4

Qual subtipo mais agressivo?

Carcinoma do Ducto Coletor.

5

Qual a tríade clássica?

Hematúria + massa palpável + dor no flanco
Presente em 10% dos casos.

6

Quais as principais Sd Paraneoplásicas?

- Hipercalcemia (proteina relacionada ao paratormônio)
- Hipertensão (trombose ou tu secretor de renina) --> mais comum
- Anemia
- Sd de Stauffer: disfunção hepática não associada a mtx

7

Quais exames diagnósticos e alterações?

- TC: lesão captante de contraste com paredes espessadas e irregulares, septos intratumorais ou massa multiloculada
- RNM: útil para avaliar extensão da doença pela veia renal e veia cava interior

8

Explique o estadiamento TNM.

T1: tumor até 7 cm confinado ao rim
T2: tumor > 7 cm confinado ao rim
T3 invasão de grandes vasos, cápsula, gordura perinéfrica, sem ultrapassar fáscia de Gerota
T4: invade adrenal ou atravessa fáscia de Gerota
N1: qualquer linfonodo acometido
M1: doença mtx

9

Qual tratamento para doença localizada (estágio I,II e III)?

Nefrectomia radical (até T3N1M0)
Considerar parcial em pequenos tumores, nefropatas, portadores de rim único

10

Qual tratamento para doença avançada (estágio IV)?

Nefrectomia citorredutora + imunoterapia pós-procedimento

11

Qual diagnóstico do cisto simples?

3 critérios USG abdome:
- lesão arredondada de paredes lisas e limites bem definidos
- conteúdo anecoico
- reforço acústico posterior intenso

Caso não tenha esses critérios deve-se fazer TC (classificação de Bosniak e conduta), provável cisto complexo

12

Qual sintomatologia do cisto simples?

Normalmente, assintomática.
Pode infectar ou causar hematúria e dor no flanco.

13

Qual a causa da Doença Renal Policística Autossômica Dominante?

Mutação dos genes PKD-1 e PKD-2.

14

Qual a sintomatologia da Doença Renal Policística Autossômica Dominante?

Hematúria e desconforto abdominal.
É causa de insuficiência renal lentamente progressiva.

Presença de aneurismas saculares intracranianos e doenças orovalvares.

15

Qual critério diagnóstico da Doença Renal Policística Autossômica Dominante? E seu tratamento?

Idade < 30 anos: pelo menos 2 cistos no total
Idade 30 a 60 anos: pelo menos 2 cistos em cada rim (ou 2 cistos em um e 1 no outro)
Idade > 60 anos: pelo menos 4 cistos em cada rim.

Tratamento clínico

16

Qual a causa da Doença Renal Policística Autossômica Recessiva? Como se apresenta?

Mutação do gene PKHD-1.
Associada a múltiplos cistos renais e hepáticos na infância.
DRC é a regra.
Tratamento é clínico, terapia de substituição renal é a regra em 1/3 dos casos.

17

Explique a classificação de Bosniak e as condutas propostas.

I. cistos simples --> não prossegue investigação
II. cistos minimamente complicados (<3cm) --> não prossegue investigação
II F. cistos minimamente complicados que requerem seguimento (>=3cm) --> reavaliar em 6 meses e depois anual
III. Cistos indeterminados --> exploração cirúrgica
IV. Neoplasias císticas --> exploração cirúrgica