Diagnóstico de Gravidez/Pré-Natal Flashcards Preview

Obstetrícia > Diagnóstico de Gravidez/Pré-Natal > Flashcards

Flashcards in Diagnóstico de Gravidez/Pré-Natal Deck (44):
1

Como é feito o diagnóstico laboratorial da gravidez?

Dosagem de HCG no sangue e na urina

2

Quais são os sinais de presunção da gestação?

Queixas maternas sistêmicas ou mamárias, como náuseas, polaciúria, mialgia, atraso menstrual, alterações de pele e mama etc.

3

O que são tubérculos de Montgomery?

Hipertrofia das glândulas sebáceas mamárias

4

O que é o sinal de Hunter?

Aréola secundária (limites indefinidos)

5

Quais são os sinais de probabilidade da gestação?

São sinais relacionados ao útero, vagina e vulva, como Hegar, Piskacek e Nobile-Budin

6

O que é o sinal de Hegar?

Amolecimento da região ístmica

7

O que é o sinal de Piskacek?

Assimetria uterina à palpação

8

O que é o sinal de Nobile-Budin?

Preenchimento do fundo de saco, com o surgimento de formato globoso no útero

9

Quais são os sinais de certeza da gestação?

Quando podemos ouvir ou sentir a gestação, como sinal de Puzos, movimentação fetal percebida pelo médico e ausculta do BCF

10

O que é o sinal de Puzos?

Rechaço fetal

11

A partir de quando a ausculta do BCF é possível com o sonar? E com o Pinard?

Sonar: 10-12 semanas
Pinard: 18-20 semanas

12

Com quantas semanas de gestação é possível ver o saco gestacional pela USGTV?

4 semanas

13

Com quantas semanas de gestação é possível ver a vesícula vitelina pela USGTV?

5-6 semanas

14

Com quantas semanas de gestação é possível auscultar BCF pela USGTV?

6-7 semanas

15

Com quantas semanas de gestação é possível ver a cabeça fetal pela USGTV?

11-12 semanas

16

Com quantas semanas de gestação é possível ver a placenta pela USGTV?

12 semanas

17

Qual deve ser a periodicidade das consultas de pré-natal?

Recomendam-se pelo menos 6 consultas durante a gestação (1 no primeiro trimestre, 2 no segundo e 3 no terceiro).
Até a 28 semana, as consultas devem ser mensais. Da 28 até a 36 semana, quinzenais. A partir da 36, semanais.

18

Quais os exames fundamentais do pré-natal?

Hemograma (1 e 3 tri)
Tipagem sanguínea e Rh
Coombs indireto se mãe Rh- (28, 32, 36 e 40 semanas)
Glicemia de jejum (1 e 3 tri)
EAS e urinocultura (1 e 3 tri)
Testes rápidos para sífilis, HIV e hepatite B (1 e 3 tri)
Sorologia para toxoplasmose IgM e IgG (repetir dependendo do resultado)
TOTG entre 24-28 semanas (divergências)

19

Para que serve cada tempo das manobras de Leopold-Zweifel?

1: delimitar fundo de útero e descobrir qual pólo fetal o ocupa;
2: determinar se feto está para a esquerda ou para direita (posição), a fim de achar foco máximo para ausculta dos BCF;
3: verificar grau de penetração da apresentação;
4: avaliar grau de insinuação.

20

Onde deve estar o útero dependendo da idade gestacional?

10-12 semanas: acima da sínfise púbica;
16 semanas: a meio caminho entre sínfise púbica e cicatriz umbilical;
20 semanas: cicatriz umbilical.

21

Qual o intervalo de tempo em que a altura do fundo uterino se correlaciona diretamente com a idade gestacional?

De 20 a 32 semanas

22

O que significa um resultado IgG negativo e IgM positivo para toxoplasmose e qual a conduta?

Infecção aguda. Podemos pedir dosagem de IgA para confirmar, podemos esperar duas semanas e repetir a sorologia para ver se IgG também positivou (se não, falso positivo) ou podemos começar o tratamento e repetir a sorologia em 3 semanas pelo mesmo motivo (se IgG negativo, suspender).

23

O que significa um resultado IgG negativo e IgM negativo para toxoplasmose e qual a conduta?

Gestante susceptível. Orientar quanto a higiene e manuseio de alimentos, evitando carnes cruas. Repetir sorologia a cada 3 meses e no parto.

24

O que significa um resultado IgG positivo e IgM positivo para toxoplasmose e qual a conduta?

Infecção aguda ou crônica. Devemos fazer um teste de avidez do IgG. Se baixa, é aguda, se alta, crônica.

25

O que significa um resultado IgG positivo e IgM negativo para toxoplasmose e qual a conduta?

Paciente imune ou infecção crônica. Não há risco de infecção fetal em imunocompetentes.

26

Quando o risco de infecção fetal pela toxoplasmose é maior? E quando é mais grave?

Risco de 90% no terceiro trimestre, mas com menos risco de acometimento grave.

27

Qual o tratamento para infecção aguda materna para toxoplasmose?

Espiramicina 1g 8/8h VO até o parto

28

Como fazer o diagnóstico de infecção fetal pela toxoplasmose?

PCR do líquido amniótico a partir de 16 semanas (amniocentese)

29

Como é o tratamento da infecção fetal para toxoplasmose?

Mãe deve alternar espiramicina 1g 8/8h VO com esquema tríplice de sulfadiazina 500mg 12/12h + pirimetamina 500mg 12/12 + ácido folínico 10mg/dia até o termo.

30

Como caracterizamos bacteriúria assintomática em gestantes?

100.000 ou mais colônias em assintomáticas

31

Quando está indicada a profilaxia intraparto para GBS?

Bacteriúria atual para GBS
Filho anterior com infecção por GBS
Swab positivo
Fatores de risco (prematuro, Tax maior ou igual a 38 durante parto, mais de 18h de amniorrexe)

32

Como fazer profilaxia intraparto para GBS?

Penicilina cristalina 5 milhões U IV (ataque) + 2,5 milhões U IV 4/4h
Ou
Ampicilina 2g IV (ataque) + 1g IV 4/4h

33

Quando não está indicada profilaxia intraparto para GBS?

Cesárea eletiva e swab negativo há menos de 5 semanas

34

Como deve ser o ganho ponderal durante a gestação conforme o IMC?

Obesas: 5-9 kg
Sobrepeso: 7-11,5 kg
Adequado: 11,5-16 kg
Baixo peso: 12,5-18 kg

35

Como deve ser o ganho ponderal nos diferentes trimestres da gestação?

0,5-2 kg durante primeiro trimestre para todas as gestantes;
Durante segundo e terceiro trimestres, as obesas devem ganhar 0,2 kg/semana, as com sobrepeso 0,3 kg/semana, as com peso adequado 0,4 kg/semana e as com baixo peso 0,5 kg/semana.

36

Quando devemos fazer reposição de sulfato ferroso na gestante?

Divergências.
Alguns repõem para todas a partir da 20 semana, mesmo com hemoglobina acima de 11.

37

Qual a dose de ácido fólico que a gestante deve receber e até quando?

0,4 mg/dia, 3 meses antes da concepção até o fim do primeiro trimestre

38

Quais vacinas não são permitidas durante a gestação?

As atenuadas (tríplice viral, Sabin, varicela e febre amarela)

39

Quando a gestante deve ser vacina contra tétano (dT)?

Quando o esquema é incompleto, desconhecido ou completo há mais de 5 anos (só fazer dose de reforço). Deve ser feita a partir de 20 semanas.

40

Quando devemos dar a vacina dTPa para as gestantes?

Entre 27 e 36 semanas, para reduzir incidência e mortalidade do RN para coqueluche

41

Como são os marcadores para síndrome de Down?

TN maior ou igual a 2,5 mm
PAPP-A reduzida
B-HCG aumentada
AFP reduzida
Estriol reduzido
Inibina A aumentada
Osso nasal ausente ou hipoplásico
Ducto venoos com fluxo reverso ou ausente

42

Como e quando podemos obter o cariótipo fetal?

Biópsia de vilo corial (10-13 semanas), amniocentese (a partir de 14 semanas) e cordocentese (a partir de 18 semanas).

43

Qual dos métodos de obtenção de cariótipo fetal tem maior risco de mosaicismo?

Biópsia de vilo corial

44

Quais sítios de punção devem ser evitados na amniocentese?

Sítio placentário e leiomiomas, pelo maior risco de sangramento