Diagramas Lógicos Flashcards Preview

Raciocínio Lógico > Diagramas Lógicos > Flashcards

Flashcards in Diagramas Lógicos Deck (12):
0

01) (INSPETOR DE POLÍCIA CIVIL DE 1a CLASSE-PC-CE/MARÇO DE 2012-CESPE) A negação da proposição “Toda pessoa pobre é violenta” é equivalente a “Existe alguma pessoa pobre que não é violenta”.

C

Todo A é B negando fica: algum A não é B

Alguma pessoa pobre não é violenta.

1

02) (INSPETOR DE POLÍCIA CIVIL DE 1a CLASSE-PC-CE/MARÇO DE 2012-CESPE) Considerando que Jorge não seja pobre, mas pratique atos violentos, é correto afirmar que Jorge é um contraexemplo para a afirmação: “Todo indivíduo pobre pratica atos violentos”.

E

Contraexemplo = negação;

1- Considerando que Jorge não seja pobre = Algum indivíduo não pobre; então:

"Algum indivíduo não pobre pratica atos violentos." ERRADO

2- A Correta negação seria:

"Algum indivíduo pobre não pratica atos violentos."

2

03) (TÉCNICO JUDICIÁRIO-TRE-PR/NOVEMBRO DE 2009-CESPE) Considere que seja verdadeira a seguinte proposição:

“Se todos os triângulos são isósceles, então existe um círculo de raio R”

Nesse caso, também é verdadeira a proposição:

“Se nenhum dos círculos é de raio R, então existe um triângulo que não é isósceles”.

C

1- Aplicando a equivalência do "se...então" (contrapositiva):

A -> B = ~B -> ~A

2- Negando os quantificadores:

A: TODOS os triângulos são isósceles = EXISTE um triângulo que não é isósceles

B: NENHUM dos círculos é de raio R = EXISTE um círculo de raio R”

Regra para equivalência do "se...então":

1.1- NEouMA ou "Neuma":

NEga a primeira ou MAntém a segunda.

P -> Q é equivalente a ~P v Q.

1.2- Contrapositiva:

Inverte a ordem e nega-se tudo.

P -> Q é equivalente a ~Q -> ~P

2 - Regra de equivalência da bicondiconal (se somente se):

2.1- Regra do "vai E volta":

P⇔Q é equivalente a (P -> Q) ^ (Q -> P)

3

04) (CARGOS DE NÍVEL MÉDIO-UNIPAMPA/OUTUBRO DE 2009-CESPE) A negação da proposição “existe um triângulo equilátero e não isósceles” pode ser escrita como “todo triângulo equilátero é isósceles”.

C

Existe um triângulo equilátero e não isósceles = Algum A não é B
Todo triângulo equilátero é isósceles = Todo A é B

4

05) (AGENTE DE POLÍCIA FEDERAL/SETEMBRO DE 2009-CESPE) Se A for a proposição “Todos os policiais são honestos”, então a proposição ¬A estará enunciada corretamente por “Nenhum policial é honesto”.

E

ALGUM policial não é honesto.

5

06) (TÉCNICO JUDICIÁRIO-TRT 5a REGIÃO/NOVEMBRO DE 2008-CESPE) Considerando a proposição “Nesse processo, três réus foram absolvidos e os outros dois prestarão serviços à comunidade”, simbolizada na forma A ^ B, em que A é a proposição “Nesse processo, três réus foram absolvidos” e B é a proposição “Nesse processo, dois réus prestarão serviços à comunidade”, julgue o item seguinte:

A proposição (~A) -> A pode ser assim traduzida: Se, nesse processo, três réus foram condenados, então três réus foram absolvidos.

E

~A = Nesse processo, ALGUM réu não foi absolvido.

6

07) (ESCRITURÁRIO-BANCO DO BRASIL-SELEÇÃO 003/JUNHO DE 2008-CESPE) A negação da proposição “Existe banco brasileiro que fica com mais de 32 dólares de cada 100 dólares investidos” pode ser assim redigida: “Nenhum banco brasileiro fica com mais de 32 dólares de cada 100 dólares investidos.”

C

Negação de ALGUM/EXISTE = NENHUM

7

08) (ESCRITURÁRIO-BANCO DO BRASIL-SELEÇÃO 002/MAIO DE 2008-CESPE) A negação da proposição “As palavras mascaram-se” pode ser corretamente expressa pela proposição “Nenhuma palavra se mascara”.

E

Todo A é B, negando fica, Algum A não é B.

Alguma palavra não se mascara.

8

09) (AGENTE FISCAL DE TRIBUTOS MUNICIPAIS-PMT/MAIO DE 2008-CESPE) Considere a proposição “Todos os estabelecimentos comerciais devem dispor de lixeira para uso público”, retirada do Código Municipal de Posturas da Prefeitura Municipal de Teresina. A negação dessa proposição é “Existem estabelecimentos comerciais que não dispõem de lixeira para uso público”.

E

A negação deve ser feita no singular.

Todo A é B, negando fica, Algum A não é B.

9

10) (ANALISTA-SEBRAE/MARÇO DE 2008-CESPE) A negação da proposição “Ninguém aqui é brasiliense” é a proposição “Todos aqui são brasilienses”.

E

Alguém aqui é brasiliense.

Nenhum A é B, negando fica, Algum A é B.

10

11) (AGENTE DE APOIO-MPE-AM/JANEIRO DE 2008-CESPE) Se a afirmativa “todos os beija-flores voam rapidamente” for considerada falsa, então a afirmativa “algum beija-flor não voa rapidamente” tem de ser considerada verdadeira.

C

Todo A é B, negando fica, algum A não é B.

11

12) (GESTOR DE PESSOAL-SEBRAE-BA/NOVEMBRO DE 2008-CESPE) Se a proposição Alguns administradores são especialistas em recursos humanos for considerada V, então a proposição Alguns especialistas em recursos humanos são administradores também será V.

C

Algum A é B, eqüivale a, Algum B é A.