Sangramentos na Gestação Flashcards Preview

GO > Sangramentos na Gestação > Flashcards

Flashcards in Sangramentos na Gestação Deck (90):
1

Estruturas visualizadas no USTV de acordo com IG

4 semanas: Saco Gestacional
5 semanas: Vesícula Vitelínica
6/7 semanas: Embrião

2

Causas de sangramento na 1 metade da gestação

Aborto
Gravidez Ectópica
Mola

3

Causas de sangramento na 2 metade da gestação

Rotura Uterina
Placenta Prévia
Descolamento Prematuro da Placenta

4

Primeiro exame feito no sangramento?

Exame especular

5

Abortamento - Formas clínicas

Completo
Incompleto
Ameaça
Inevitável
Retido
Infectado

6

Abortamento - Precoce

< 12 semanas

7

Abortamento - Tardio

> 12 semanas

8

Abortamento - Esporádico

1 vez

9

Abortamento - Habitual

> 3 abortos

10

Causa de abortamento esporádico mais comum

Aneuploidia - Trissomia do 16

11

Características do abortamento Incompleto

Útero menor que o esperado
Colo aberto

12

Características do abortamento Completo

Útero menor que o esperado
Colo fechado

13

Características do abortamento Inevitável

Útero com tamanho compatível (feto ainda está dentro)
Colo aberto

14

Características da Ameaça de abortamento

Útero com tamanho compatível
Feto vivo
Colo fechado

15

Características do abortamento Retido

Útero compatível
Feto morto
Colo fechado

16

Características do abortamento Infectado

Febre
Secreção purulenta
Odor fétido

17

Abortamento - Conduta

- Completo: orientação e analgesia

- Ameaça: orientação (pode evoluir para inevitável)
repouso
anti-espasmódico

- Retido
- Incompleto
- Inevitável
Esvaziamento

- Infectado: Esvaziamento + ATB (Clinda + Genta)

18

Como diferenciar completo de incompleto pelo USG

Endométrio < 15mm: completo
> 15mm: ainda tem restos

19

Abortamentos - Métodos de Esvaziamento

< 12 semanas: AMIU e Curetagem
> 12 semanas:
- Sem feto: curetagem
- Com feto: misoprostol e avaliar curetagem

20

Casos Legais de Abortamento Provocado

- Anencefalia comprovada após 12 semanas
- Violência Sexual até 20 semanas
- Risco de vida a qualquer momento da gestação

*outras malformações precisam de autorização judicial

21

Causas de Abortamento Habitual

- SAF
- Incompetência Istmo-Cervical
- Insuficiência de Corpo Lúteo

22

Incompetência Istmo-Cervical - Características

Colo curto
Dilatação indolor
Abortamento tardio com feto vivo e morfologicamente normal
Conduta: Circlagem entre 12-16 semanas

23

Anticorpos associados à SAF

Ac Anti Cardiolipina
Ac Anti B2-Glicoproteína
Ac Anticoagulante Lúpico

24

SAF - Dx

1 critério clínico + 1 critério laboratorial

25

SAF - QC relacionado à GO

Abortos de repetição
Feto morto
Tromboses

26

SAF - Conduta

AAS + Heparina

27

Insuficiência de Corpo Lúteo - Características

Aborto precoce por baixa progesterona
Colo normal
Dx de exclusão

28

Doença Trofoblástica - Classificação

Benigna:
- Mola Hidatiforme (Completa / Parcial)

Maligna
- Mola Invasiva
- Coriocarcinoma
- Tumor Trofoblástico do Sítio Placentário

29

Formação da Mola Hidatiforme Completa

2 espermatozóides + 1 óvulo vazio

30

Formação Mola Hidatiforme Parcial

2 espermatozóides + 1 óvulo normal

31

Mola Hidatiforme Completa - Características

- 20% malignização
- não há embrião
- apenas genes paternos

32

Mola Hidatiforme Parcial - Caraterísticas

- 5% malignização
- há tecidos fetais
- triploide

33

Mola Hidatiforme - QC

- sangramento de repetição (suco de ameixa - vesículas)
- aumento do útero (útero em sanfona)
- hiperêmese
- BHCG muito alto

34

Mola Hidatiforme - sinal USG

Flocos de neve
Cacho de uva

35

Mola Hidatiforme - Acompanhamento

- BHCG semanal até 3 negativos
- BHCG mensal até 6 meses

36

Mola Hidatiforme - Acompanhamento que sugere malignização

- 3 valores crescentes
- 4 valores em platô
- 6 meses ainda positivo* (se houver queda acompanhar)
- Presença de matástases

37

Mola Hidatiforme - 2 principais locais acometidos por metástases

1º pulmão
2º vagina

38

Mola Hidatiforme - Tto se maligno

Quimioterapia com metotrexate

39

Gravidez Ectópica - QC

Atraso menstrual + Dor abdominal

40

Gravidez Ectópica - Local mais comum

Região ampular da trompa

41

Gravidez Ectópica - Local que mais sangra

Ectópica Cervical

42

Gravidez Ectópica - USG e BHCG

- USG com >4 semanas tem que ver o saco gestacional
- BHCG > 1500 tem que ter saco gestacional dentro do útero

43

Gravidez Ectópica - Tto Expectante

- é tratamento de exceção
- Ectópica íntegra
- BHCG < 1000 e declinante
- SG < 3,5cm

44

Gravidez Ectópica - Tto Medicamentoso

- Metotrexate local ou sistêmico
- Ectópica tem que estar íntegra
- Condições ideais (índices de sucesso do MTX):
- BHCG < 5000
- Massa < 3,5cm
- BCF inaudível

- Comparar BHCG do 4º e 7º dia de aplicação do MTX
Deve cair 15%
Se não cair, reavaliar condições ideais -> OK -> tentar de novo
Máx. 3 tentativas

45

Gravidez Ectópica - Tto cirúrgico

- Conservador:
Ectópica íntegra
Desejo de nova gestação
Técnica: salpingostomia videolaparoscópica

- Radical
Ectópica rota
Técnica: Salpingectomia (laparoscópica / laparotômica)

46

Gravidez Ectópica - Fatores de Risco

- Ectópica prévia
- TBG
- Idade > 35 anos
- Cirurgia abdominal prévia
- DIP
- Endometriose
- Raça negra
- DIU

47

Doença Hemolítica Perinatal - Condições para acontecer

Mãe ser Rh- e Du-
Pai ser Rh+
Feto ser Rh+

48

Doença Hemolítica Perinatal - Seguimento

Coombs Indireto no 1º trim:
- Se Negativo: repetir com 28, 32, 36, 40 semanas
- Se Positivo: não faz mais imunoglobulina
se < 1:16: repetir mensalmente
se > 1:16: investigar feto

49

Doença Hemolítica Perinatal - Investigação Fetal

- USG Doppler da ACM: se V.máx > 1,5 sugestivo de anemia. Solicitar Cordocentese
- Cordocentese (Padrão Ouro): Dá Dx e Trata

- Amniocentese (Curva de Liley) não usa mais

50

Doença Hemolítica Perinatal - Exame padrão ouro

Cordocentese

51

Doença Hemolítica Perinatal - Indicação de Imunoglobulina

- Coombs Indireto Negativo +:
- 28 semanas
- Sangramento
- Parto
- Exame invasivo

52

Doença Hemolítica Perinatal - Como avaliar eficácia da imunoprofilaxia

- Coombs Indireto após imunoglobulina fica Positivo
- Teste de Kleihauer é negativo quando efetiva

53

Descolamento Prematura da Placenta - QC

- Dor abdominal
- Hipertonia uterina
- Taquissistolia
- Sofrimento fetal agudo
- Sagramento (não ocorre em 20% do casos): Escuro com coágulos

54

Descolamento Prematura da Placenta - Fatores de Risco

- HAS***
- Idade > 35 anos
- Trauma
- Polidramnio, gemelar
- Drogas (cocaína)
- Tabagismo

55

Descolamento Prematura da Placenta - Dx

CLÍNICO

56

Descolamento Prematura da Placenta - Conduta

1º Amniotomia!
*Depende do feto
- Vivo: parto pela via mais rápida
- Morto: tentar ao máximo parto vaginal (coagulopatia), se demorar: cesárea

57

Descolamento Prematura da Placenta - Vantagens da Amniotomia

- Diminui a pressão sobre o hematoma
- Diminui invasão miometrial
- Diminui tromboplastina para sangue materno

58

Descolamento Prematura da Placenta - Complicações

- Útero de Couvelaire
- Síndrome d Sheehan
- CIVD

59

Útero de Couvelaire - Conduta

1º: Massagem uterina + Ocitocina
2º: Misoprostol retal
3º: Sutura de B-Lynch
4º: Ligadura Vascular (uterina/hipogástria)
5º Histerectomia

60

Avaliação na prática de CIVD

Retirar 8ml de sangue da paciente e deixar à 37ºC
Se formou coágulo em 10 minutos e permaneceu firme por 15 minutos afasta possibilidade de coagulopatia

61

Placenta Prévia - QC

P R E V I A

Progressivo
Repetição
Espontâneo
Vermelho vivo
Indolor
Ausência de sofrimento fetal e hipertonia

62

Placenta Prévia - Classificação

Marginal
Parcial
Total

63

Placenta Prévia - Fatores de Risco

- Cureta / Cesárea
- Endometrite
- Idade > 35 anos
- Tabagismo
- Multiparidade

64

Placenta Prévia - Dx

Exames especular: visualiza sangramento
NÃO SE FAZ TOQUE
USG: confirma e classifica

65

Placenta Prévia - Conduta

Termo (>37semanas): Interromper gestação

Pré-Termo: depende do sangramento
Intenso: Interromper
Escasso: Expectante

*Sempre avaliar Rh e Coombs

66

Placenta Prévia - Via de Parto

Total: indicação ABSOLUTA de cesárea
Parcial: avaliar, maioria cesárea
Marginal: avaliar vaginal

67

Placenta Prévia - Complicações

Acretismo Placentário
Apresentação fetal anormal
Puerpério anormal (infecção / sangramento)

68

Acrestimo Placentário - Dx

Suspeita
USG
RNM

69

Acrestimo Placentário - Melhor exame

RNM

70

Acrestimo Placentário - Classificação

Acreta (até esponjosa)
Increta (até miométrio)
Percreta (até serosa)

71

Acrestimo Placentário - Conduta

Acreta: extração manual
Increta: Histerectomia
Percreta: Histerectomia

72

Roturas - Tipos

Rotura de Vasa Prévia
Rotura de Seio Marginal
Rotura Uterina

73

Rotura de Seio Marginal - O que é

Rotura da extrema periferia do espaço interviloso

74

Rotura de Seio Marginal - QC

Espontâneo
Vermelho vivo
Indolor
Ausência de sofrimento fetal e hipertonia

Igual Placenta Prévia, mas USG é normal!

75

Rotura de Seio Marginal - Dx

Definitivo: histopatológico (apenas teórico)

76

Rotura de Seio Marginal - Conduta

Prognóstico bom
Avaliar Parto vaginal

77

Rotura de Vasa Prévia - Fatores de Risco

Placenta bilobada
Placenta Suscentoriada
Inserção vilamentosa do cordão

78

Rotura de Vasa Prévia - QC

Sangramento após amniorrexe
Sofrimento Fetal Agudo -> Óbito!

79

Rotura de Vasa Prévia - Conduta

Cesárea de Urgência

80

Rotura Uterina - Fatores de Risco

Multiparidade
Cicatriz uterina
Kristeller
Parto obstruído
Malformação

81

Rotura Uterina - QC

Síndrome de Bandl-Formmel: Iminência
Bandl: formação de um anel que separa corpo do segmento uterino. Abaulamento palpável
Formmel: ligamento redondo do útero se anterioriza e fica palpável no exame físico

Consumada:
Sinal de Reasens: apresentação fetal sobe
Sinal de Clark: creptação à palpação abdominal

82

Rotura Uterina - Conduta

Iminência: cesárea
Consumada: histerorrafia ou histerectomia

83

ATB usado no abortamento infectado

Clindamicina 600-900mg a cada 6-8/h
Gentamicina 1,5mg/kg/dose 8/8h

84

Incompetência Ístmo-Cervical - Dx

Fora da gestação:
histerografia ou histeroscopia - evidência de dilatação de 8mm
Passagem da vela de Hegar 8

Na gestação:
Dilatação anômala com formação do bolsão das águas

85

Período ideal para realizar circlagem

12-16 semanas

86

Abortamento infectado - grau 1

limitado à cavidade uterina

87

Abortamento infectado - grau 2

Expande até a pelve

88

Abortamento infectado - grau 3

Peritonite generalizada e infecção sistêmica

89

SAF - Critérios Clínicos

1) Trombose arterial, venosa ou de pequenos vasos
2) Uma ou mais mortes intrauterinas de fetos morfologicamente normais >10semanas
3) Um ou mais partos prematuros de fetos morfologicamente normais <34semanas por eclâmpsia, pré-eclâmpsia ou insuficiência placentária
4) 3+ abortos espontâneos consecutivos <10 semanas

90

Dç hemolítica perinatal - Ig deixa o CI + por quanto tempo

3 meses