Sindromes Bacterianas Flashcards Preview

CLINICA MEDICA > Sindromes Bacterianas > Flashcards

Flashcards in Sindromes Bacterianas Deck (152):
1

Epidemiologia da endocardite infecciosa?

47 a 69 anos
Exceto usuários de drogas EV são mais jovens
Homens 1,7: 1 mulheres

2

Qual principal lesão cardíaca envolvida na EI?

Prolapso de calça mitral

Se especificar países em desenvolvimento é doença reumática

3

Quais as lesões cardíacas de maior risco individual para EI?

1- Valvas cardíacas proteticas
EI previa
Cardiopatias congênitas cianoticas ( fallot..)
Derivação cirúrgica sistêmico pulmonar
Coarctação da aorta

4

As principais valvas acometidas em ordem descrescente:

1- MITRAL
Aortica
Mitro-aortica
Tricúspide

5

Entre TODOS os pacientes com EI qual condição cardíaca é Principal ? E individualmente?

Por prevalência o PROLAPSO MITRAL é a condição cardíaca de base que predispõe a EI

mas individualmente a PRÓTESE VALVAR tem mais chance de desenvolver EI

6

Na faixa pediátrica qual condição mais predispõe à EI?

Cardiopatias congênitas cianoticas (50% com implantação de dispositivos )

7

Diferença endocardite AGUDA E SUBAGUDA?

Velocidade de evolução dos sintomas

AGUDA- rápido, febre alta, queda estado geral
SUBAGUDA- insidioso, febre baixa arrastada, sudorese noturna e perda ponderal

8

Microorganismo mais envolvido na EI AGUDA valvas nativas?

Staphylococcus aureus

9

Qual mo mais envolvido na EI SUBAGUDA de valvas nativas?

Streptococcus viridans

2- enterococo
3- streptococo bovis

10

Qual mo mais envolvido na EI dos usuários de drogas EV?

Staphylococcus aureus

11

qual mo mais envolvido na EI associada a neoplasias do cólon?

Streptococcus bovis ou gallolyticus

12

Como são classificados os casos de EI de valvas proteticas ?

PRECOCE- até 2 meses da cirurgia ( hospital stafilo)

TARDIO- após 1 ano d cirurgia( comunidade)

Entre 2 m e 1 ano são mistos

13

Quais são os mo mais envolvidos nas próteses valvares?

PRECOCE
Estafilococos ( coagulas negativos), intraoperatorio

Gram-negativos, difteroides e fungos

TARDIO
: valva nativa ( streptococos e s. Aureus )

14

Qual principal valva acometida nos usuários de drogas Ev ?

TRICÚSPIDE

15

Quais mecanismos responsáveis pelas manifestações clínicas da EI?

Lesões próprias das valvas cardíacas
Êmbolos sépticos
Fenom. Imunológicos
Sinais e sintomas sistêmicos inespecificos

16

Quais as manifestações mais comuns da EI?

FEBRE 90% E SOPRO CARDÍACO 85%

Atenção mt frequente esplenomegalia ( forma SUBAGUDA), devido ampla resposta imune pela infecção

17

Se hemocultura + para S.aureus qual exame pedir?

ECO TE para avaliar EI

18

Na endocardite de idosos por streptococcus bovis=gallolyticus Qual exame pedir? CAI MT

PEDIR COLONOSCOPIA **
Avaliar tumor, lesões colonicas prévias

19

Tríade de austrian ou osler??

Endocardite + meningite + pneumonia

Alta morbimortalidade

20

Streptococcus pyogenes (grupo A) causa o que?

Mais importante beta-hemolítico

Faringite, escarlatina, piodermite, febre reumática e glomerulonefrite

21

Streptococcus agalactiae ( grupo B) causa o que?

Beta hemolítico
Causa infecções em neonatos (meningite, bacteremia)

22

Streptococcus pneumoniae causa o que?

São alfa-hemoliticos
Causam pneumonia

23

Streptococcus viridans causam o que?

São alfa-hemoliticos ou não hemoliticos frequentes nos dentes

Abscessos dentários ou endocardite

24

Principais fenômenos embolicos na EI?

-Petequias conjuntiva, palato..
-lesões de JANEWAY ( máculas hemorrágicas não dolorosa palmas mãos e pés)
-Hemorragias subungueais ( Splinter) lesões vermelho-acastanhadas que não desaparece a digito pressão

25

Quais fenômenos imunológicos na EI?

-Artralgias e artrites
-glomerulonefrite GNDA
-MANCHAS DE ROTH hemorragias retinianas ( cuidado**
são linfócitos circundados por hemorragias, mas é imunocomplexo)
-nódulos de osler ( dolorosos nas mãos por imunocomplexo)
-baqueteamento digital ( na EI de longa duração e regride com terapia)

26

O que são aneurismas micoticos?

Durante a EI, êmbolos septicos podem se alojar na vasa vasorum(artérias que nutrem a parede dos vasos) e provocar enfraquecimento destas paredes, gerando os aneurismas
Causado por bacteria mas tem aspecto de fungo

27

Principal causa de óbito na EI?

Insuficiência cardiaca

28

Quais exames pedir na para confirmar EI?

Hemograma completo (anemia)
Dosagem de eletrólitos
Função renal
VHS (alta) e EAS(ptnuria/hematuria) e ECG(bloqueios)
pelo menos 3 hemoculturas e 1 ecoTE

29

Como é feito diagnóstico de endocardite bacteriana ?

Histopatologico da valva ou Critérios de DUKE
2 maiores ou 1 maior e 3 menores ou 5 menores

30

Como é o tto da EI agudas?

Valvas nativas: penicilina + oxacilina + gentamicina

Usu drogas : vancimicina + gentamicina

Valvas proteticas: vancomicina + gentamicina + rifampiciNA VO

Por 4 a 6 semanas
Nao precisa anticoagulante

31

Tto nas EI subagudas?

Posso aguardar cultura para fazer atb especifica!

32

Quais indicações de profilaxia específica para EI?

Valvas proteticas
EI previa
Dcas cardíacas congênitas não reparadas
DCC reparadas com material protético dentro de 6 meses do procedimento
Rx cardíacos com valvulopatias

33

Prolapso Cardíaco e CIA por ex. São indicações para profilaxia de EI?

NÃO!!

34

Quando a profilaxia está indicada na EI?

Procedimentos na cavidade oral ( gengiva e periapical)
Trato respiratório
Musculoesqueléticas
Estrutura cutânea

35

Qual droga para profilaxia de EI?

Amoxicilina 2g VO 30-60 min antes do procedimento

Se alérgico: macrolideo

36

Quando operar na EI? **

Valvoplastia > troca valvar

Insuficiência cardiaca grave por disfunção valvar*
EI por fungo/ abscesso mural ou septal
Insuf aortica ou mitral graves

Emergência: regurgitação aortica aguda com fecham precoce da valva mitral; abscesso do seio de valsava roto para coração D; ruptura para saco pericárdico

Urgência: obstrução valva por vegetação; prótese instável, ICC GRAVE; atb ineficaz..

37

Conceito de bacteriuria assintomática?

URC: > ou igual 10 elevado a 5 UFC/ml

Ou > ou igual 10 elevado ao 2 UFC/ml nos caraterizados

Mais comum mulheres, dm!
Piuria não fecha diagnóstico para BA

38

Indicações para tratar bacteriuria assintomática?

- gestantes
- procedimentos urológicos invasivos ( sonda não vale)

Harrison:
- Neutropenico
- rx renal

Cecil: - rastrear e tratar em DM 2

39

Tratar bact assintomática diminui índice de infecções sintomáticas? Ou de recorrência? Ou ITU complicada?

NÃO!!

40

Trato pacientes com bact assintomática: idosos, lesão medular ou cateter de demora?

NÃO

41

Candida albicans na urina devo tratar?

Se sintomático sim: fluconazol por 14 dias

Assintomático se: instável, neutropenico, rn baixo peso AN, manipulação urológica

42

Fatores de risco para cistite ( ITU baixa) :

Mulher
Atividade sexual e hipoestrogenismo

43

Diagnóstico de cistite?

Padrão ouro : URC
Mas nas cistites pode ser clínico

Outros exames: fita reagente (teste do nitrito ou esterase leucocitária) / urianalise

44

Clínica de cistite ?

disuria, polaciúria, urgência urinária, nocturia, hematuria macroscópica e urina turva

45

O que significa esterase leucocitária e nitrito positivo? ( fita reagente)

EL: piuria

Nitrito +: bacteriuria ( enterobacterias)

Se positivos , começo tto empírico para cistite

46

Tto de cistite?

Escolha: FOSFOMICINA 3g VO DU, grávidas tb

- quinolona 3 dias ( aumenta resistência)
-nitrofurantoina 5-7 dias
-beta-lactamicos 5-7 dias
-smx+tmp 3 dias

Gestantes mais seguro: betalact/ nitrofurantoina/ fosfomicina

47

Quanto tempo trato cistite complicada ou recorrente?

7 dias!!

48

Cistite em homens como trato?

7-14 dias
Evitar nitrofurantoina e betalactamicos
Pode estar associado a prostatite subclinica

49

Quais analgésicos de vias urinárias? Qual Risco?

Fenazopiridina sintomático
Pode dar náuseas e hemólise
Usar máximo 2 dias !

50

Síndrome de urina roxa indica o que?

Infecção urinaria por gram negativos

51

A forma de resistência bacteriana no tto da ITU mais comum é ..

Transferência de resistência por fator-R

52

O que define pielonefrite aguda?

Infecção aguda bacteriana
Rins e pelve renal

53

Pielonefrite complicada?

anormalidades funcionais, cateter, cálculos, abscesso, homem, gestantes e crianças

54

Fatores de risco para pielonefrite?

Sexo feminino
Ativ sexual
Novo parceiro, ITU últimos 12 meses
História materna de ITU, uso diafragmas, menopausa, anormalidades renais funcionais/ anatômicas
DM, incontinência, imunossupressão, gravidez

55

Qual mo mais comum nas ITU?

E coli> 80%

56

Via mais comum de contaminação renal?

Ascendente, pela uretra

57

Pielonefrite enfisematosa?

Pctes diabéticos, hiperglicemicos, a rápida fermentação pelos gram negativos produz gás no parênquima renal = abscesso gasoso
Outro fr: obstrução renal

Vejo no rx gás

58

Qual é a doença associada a necrose de papila e pielonefrite enfisematosa?

Diabetes mellitus

59

Manifestações clínicas pielonefrite?

Dor nos flancos, náuseas e vômitos, com ou sem sintomas de cistite FEBRE e giordano +

60

Diagnóstico pielonefrite?

Clínico + lab
( EAS COM PIURIA, E URC com antibiograma )

EAS sem piuria descarta pielonefrite!!

61

Quando solicito TC com contraste na pielonefrite?

Dúvida
Falência terapêutica
Suspeita de abscesso ou obstrução

62

Quais indicações para internação e atb IV na pielonefrite?

Doentes graves
Imunodeprimido, gestante
Suspeita de abscesso, cálculo, homens, impossib domiciliar, ma adesão

Pode ser ambulatorial e vo outros casos, e os casos venosos podem passar p oral avaliar

63

Qual outra causa além de doença renal crônica, de perda da diferenciação corticomedular na USG?

Pielonefrite aguda

64

Qual tto empírico para pielonefrite não complicada?

Levofloxacino, cipro ou ceftriaxone 14 dias

Cca e grávidas: cefa de 3 geração, evitar quinolona

65

Qual tto empírico para pielonefrite complicada?

Pipe-tazo
Cefepime
IMIPENEM

Cobrir gram + e g-resistentes
14-21 dias

66

Qual medicamento Não Devo usar na pielonefrite ?

FOSFOMICINA e nitrofurantoina ( não concentram bem no parênquima renal)

67

Como fazer controle de cura para pielonefrite?

URC de controle após 2-4 semanas

68

Definição de ITU de repetição?

> de 2 infecções por ano ou presença de fatores que mantém infecção ( cálculos)

Ex: nitrofurantoina / smx-tmp/ norfloxacino/ ácido pipemidico vo doses baixas mais tempo

69

Pielonefrite + piora da dor + hematuria?

Pensar complicação da pielonefrite : necrose de papila

70

Associação Pielonefrite xantogranulatosa?

Cálculo coraliforme ( faz tecido granulomatoso com lipídio dentro)
Proteus

71

Tuberculose renal

URC estéril
Piuria estéril

72

Prostatite tipo 1?

Prostatite bacteriana aguda

Homem com sinais de cistite + sistêmicos ( febre e calafrios)

Toque: próstata edemaciada e tensa
E coli
Tto: quinolona 6 semanas

73

Prostatite tipo 2?

Prostatite bacteriana crônica
Sintomas recorrentes de ITU baixa

Toque: próstata normal
E coli
Tto: 6-12 semanas

74

Síndrome de dor pélvica crônica ( tipo 3) ?

Principal causa de dor de origem prostática
Sintomas de cistite, SEM repercussão sistêmica e SEM cultura

nao isola agente

75

Prostatite crônica assintomática ( tipo 4)

Homem sem queixas urinárias
Altercação só na BX
6 semanas de atb

76

Principais agentes de piodermites?

Staphylococcus aureus e streptococcus pyogenes

77

O que é impetigo?

Lesões espessas e crostosas,
CROSTAS MELICÉRICAS
margens irregulares, na face
2- 10 anos

78

Síndrome da pele escaldada ou síndrome de RITTER?

Toxina esfoliativa( descam difusa)
Pênfigo foliaceo + conjuntiv purulenta
Sinal de nikolsky ( descolamento pele sã se comprimir lateralmente)
<5 anos
Autolimitada e benigna em 4-7 dias some
Tto: oxacilina para evitar inf 2aria

Diagn dif: necrolise epidermóide tóxica, reação medicamentos, altas taxas mortalidade

79

Principal complicação do impetigo?

GNPE

80

Qual agente do impetigo bolhoso?

S. Aureus fagotipo 2

81

O que são foliculites?

Abscessos focais pqnos na superfície da pele
Folículo piloso porta de entrada

82

Qual progressão da foliculite ?

Furúnculos, pqnos abscessos aglomerados
Drena espontâneo

83

Carbúnculos ou antraz(pele) ?

Progressão de Furúnculos em pele inelasticidade e espessa
Doloroso
Tto: atb e drenagem

Cuidado: o bacillus anthracis: antraz é zoonose pelos bovinos, caprinos = lesões pulmonares/ intestinais e cicatriz negra profunda

84

O que é erisipela?

Variantes superficial da celulite
Deficiência de drenagem linfática ( história de insuf venosa)

Pelo streptococcus pyogenes
QC: início abrupto de edema, eritema e calor na face ou extremidades grande, febre alta

Margens bem definidas( sulco nasolabial)
Progressão rápida e MT DOR

85

Qual tto da erisipela?

Penicilina
Cristalina - casos graves
Procaina- casos leves/mod

86

O que é celulite?

Inflamação da pele e tecido subcutâneo
Dor, eritema róseo, edema e calor margem indefinida, febre
Pós trauma**

Staphylococcus aureus e strepto pyogenes
O acesso a pele é por traumas

87

Como tto da celulite?

Oxacilina - graves
cefalexina - leves /
Mod

88

O que é Fascite necrosante ?

Quadro grave de infecção profunda do tec. Subcutâneo
Invade fáscia, tec gorduroso e pode poupar pele

Fator risco: trauma
Agentes: strepto pyogenes, clostridium perfringens, clost. Septicum e staphylo aureus

Tto: debridamento cirúrgico com fasciotomia
Atb: pipetazo com ou sem cipro

89

Gangrena de fournier?

Extensão da fascite necrosante para região bolsa escrotal, penis, períneo ou região abdominal
Por agentes aeróbios e anaeróbios

Poupa: glande, testiculos e cordões espermaticos

90

Diferenças celulite e erisipela?

Celulite
Eritema róseo
Bordos mal definidos
Subcutâneo

Erisipela
Eritema vermelho
Bordos bem definidos
Superfície pele

91

Celulite orbitaria causa ? Complicacao?

Causa: sinusite
Complicacao : abscessso orbitário e meningite bacteriana

92

Mordedura de cães e gatos qual agente mais comum? E qual lesão cutânea?

Pasteurella multocida

Celulite com sinais flogisticos locais + drenagem purulenta

Tto: amoxi + clavulanato

93

O que é hidroadenite supurativa?

Infecção crônica que afeta glândulas apócrinas
Por staphylo aureus
Tto: drenar

94

Ectima?

Vesículas/pústulas que se aprofundam e forma úlcera
Lembra impetigo crostoso
Mas é profundo deixando cicatriz
Tto: impetigo

95

O que é abscesso?

Coleção purulenta
S relação com folículo piloso ( furúnculo)
Tto: drenar

96

O que é osteomileite?

Infecção do osso acusada por bactérias piogênicas e micobacterias

97

Qual patogênese da osteomielite?

Dissseminacao hematogenica e propagação a partir de foco contíguo de infecção/ferida penetrante

98

Qual principal sítio de osteomileite hematogenica em adultos?

Vértebras

99

Qual principal sítio de osteomileite hematogenica em cças?

Ossos longos ( metáfise)

Obs: se for adulto é na diáfise

100

Qual ag. etiológico de osteomileite secundária a foco contíguo de infecção? e quem mais acometido?

Represente 80.% casos de osteom
S. Aureus ( tb gram -, anaerobios e polimicrobiana )
Predomina em adultos - pé diabético

101

Qual agente etiológico de osteomileite hematogenica? Quem mais afetado?

S. Aureus
Mais Comum em crianças- ossos longos

(Adultos- usuários de drogas ev )

102

O que acontece quando cronifica osteomileite?

Necrose óssea
Por contiguidade mais comum
Adultos

Rx: sequestro ossseo e espessamento do osso

103

Clínica de osteomileite aguda x crônica?

Aguda- cça com FEBRE + DOR ÓSSEA , sensibilidade local e restringe movimentos

crônica- mais adultos, na vértebra lombar dor vaga/surda piora em 2
Meses

104

Quais diagnósticos diferenciais de febre + dor óssea?

Osteomileite ( leucocitose com desvio e aumento de PCR) + piodermite por ex.

Leucemia linfoide aguda LLA

105

Quando existe osteomielite em cca com anemia falciforme lembrar de qual agente?

Salmonella!! ( pode ter diarreia associada)

Tto: ceftriaxone

106

Osteomielite + lesão penetrante pé, qual agente provável?

Pseudomonas aeruginosa

107

Qual exame laboratorial é mais sensível para osteomielite ? E mais acurado de imagem?

VHS E PCR mt sensíveis

imagem:
mais acurácia: ressonância/
sensibilidade alta: cintilografia
Rx demora para alterar ( mas peço ele primeiro)

108

O que é abscesso de brodie?

Osteomielite piogênica SUBAGUDA - mais na tíbia
Vê no rx

109

Diagnóstico de osteomilelite?

Febre + dor óssea + aumento VHS E PCR+ imagem( melhor: rmn e cintilo) + hemoculturas

110

Tto de osteomielite ?

Atb iv por 4-6 semanas + debridamento se precisar

Exceto: vertebral de 6-8 semanas

Atb: oxacilina/ vancomicina

Se tiver anemia falciforme: associo ceftriaxone

111

Critérios para febre de origem obscura? FOO

Febre >38,3 por mais de 3 semanas + ausência de imunodepressão + diagnóstico incerto pós investigação

Causas : infecção; neoplasia, bk extrapulmonar; abscessos

112

Causa de febre de origem indeterminada no idoso?

Arterite temporal

113

Causa de febre de origem indeterminada por medicamento ?

Fenitoína !!!

114

FOO e neutropenicos quais agentes?

Cândidas e aspergillus

115

FOO E HIV quais causas?

80% infecciosa

116

O que é abscesso piogênico hepático?

Coleção inflamatoria de debris celulares desencadeada por infecção bacteriana ( no fígado)

117

Causas de abscesso piogênico hepático?

COLANGITE, colecistite
Embolia séptica

118

Agentes de abscesso piogênico hepático?

Polimicrobiano
E coli e klebsiella + comuns
Staphylo aureus - mais comum como agente isolado, faz via hematogenica

119

Clinica de abscesso piogênico hepático?

FEBRE insidiosa + dor e inflamação em hipocôndrio D + icterícia e hepatomegalia

aumento de FA (sensível 70%)
Hipoalbuminemia por inflamação, inibe produção

120

Dx e tto de abscesso hepático piogênico?

Dx: usg e tc com constraste

Tto: drenagem + atb ( ceftriaxone + metronidazol)

De escolha: drenagem percutânea com cateter guiado por exame de imagem

121

Diferenças impetigo bolhoso e crostoso? ***

Crostoso 70%
Stafilo e strepto
Vesículas/ pústulas e crostas MELICERICAS face e extremidades
Com porta de entrada

Bolhoso
SÓ STAFILO aureus
Bolhas região perineal, tronco, face
PELE SÃ

122

Qual medida mais eficaz para redução de ITU associada a sonda vesical?

Drenagem fechada ( cateter continuo)

123

Infecção corrente sanguínea primária causa e agente?

Cateter venoso central
Por staphylo aureus

124

Diagnóstico de infecção corrente sanguínea (ICS)?

Critério clínico + microbiológico

Cateter curta permanência:
Mesmo mo 1 cultura da ponta do cateter + e 1 amostra do sangue periférico
Tirar cateter

Cateter longa permanência:
Tira sangue por ele e hemocultura
Mesmo mo em 1 amostra do HUB + 1 do sangue periférico
Não tiro cateter( só se sepse grave)

Tto empírico: vancomicina
Se for coagulase negativo pode deixar cateter!!

125

Critério diferença de tempo ICS?

Relação com cateter venoso central

Se cultura através do cateter positivou 2 horas ou mais antes da periférica
É positivo !

126

Sítio de ação na parede celular qual atb?

Betalactamicos
Glicopeptideos

127

Mecanismo de ação membrana plasmática quais atb?

Polimixina B
colistina (polimixinaE)
Antifúngicos ( anfoB e azois)

128

Mecanismo de ação na síntese proteica qual atb?

Tetraciclinas
Aminoglicosideos
Gliciclina
Macrolideos
Lincosamida
Cloranfenicol
Oxazolidinona
Estreptograminas

129

Mecanismo de ação ácido nucleico ( DNA) qual atb?

Quinolonas
Metronidazol

130

Mecanismo de ação competição pelo PABA?

Sulfonamidas

131

Reações adversas ao uso penicilina?

Hipersensibilidade
NIA
Anemia imune

132

Reações adversas aos glicopepeptideos (vanco/teicoplamina)?

Nefrotoxicidade
Síndrome do homem vermelho

133

Qual atb tem relação com colite pseudomembranosa?

Clindamicina

134

Reações adv macrolideos?

Intolerância TGI
Aumento intervalo QT
Coletase

135

Reações adv quinolonas ?

Aumento intervalo QT
Ruptura tendão Aquiles
Convulsão
Disglicemias

136

Tetraciclina não usar em?

gestantes e crianças < 8 anos

137

Cloranfenicol reações adv?

Aplasia de medula
Síndrome do bebe cinzento

138

Drogas de escolha para staphylo aureus MRSA?

Vancomicina
Daptomicina

139

Síndrome do choque tóxico diagnóstico?

Febre > ou igual 38,5
Exantema macular difuso
Descamação mãos e pés
PAS< 90
Envolvimento de mult órgãos

Em geral tem evidência do foco
Se estafilococioca : toxina 1
Strepto: exotoxina pirogênica

Mecanismo: exotoxinas que funciona como superantigenos, hiperestimula sistema imune.

140

Liquor turvo, pleocitose neutrofilca( aumento celularidade PMN), hiperproteinorraquia, hipoglicorraquia sugere?

Meningite bacteriana

( msm na ausência de bactérias no gram)

141

Única localização da erisipela que trato hospitalar?

Face

142

Espondilodiscite aguda? Qual imagem característica?

Osteomilelite dos corpos vertebrais
Lesão heterogênea nos corpos vertebrais que atravessa os discos vertebrais + coleção paravertebral

( metástase não faz isso)

Disseminação hematogenica da bact
Fr: uso drogas, cateter...
Mais comum masculino

143

Quem precisa de quimioprofilaxia nos casos de meningite ? Como?

Contactantes intimos: moram mesmo local, mesma creche ou prof saúde que fazem procedimentos com aerossol ( IOT, aspiração traqueal)

Com rifampicina por 2 dias, Para tratar os eventuais contactantes que viram portadores e evitar novos casos

Idade:
< 1 mês: 10mg/kg/dia em 2 tomadas
1 mês a 12 anos: 20mg/kg/dia em duas tomadas
Adultos: 600mg de 12/12 h
Gestantes: ceftriaxona DU 250 mg IM

144

C.I para punção lombar?

Doença previa no SNC
déficit neuro focal
Imunossupressão
( alto risco de HIC e chance de herniacao)

Pode fazer: glasglow > 14

145

Liquor na tuberculose:

Celularidade elevada predomínio linfomononucleares(linfócitos)
Redução glicose
Aumento proteínas

146

Liquor na viral:

Aumento celularidade (menos que bacteriana) predomínio linfócitos
Glicose normal ou pouco baixa
Proteínas normais ou pouco aumentadas

147

Conduta na encefalite e pcr liquor negativo para herpes?

Se há suspeita clínica, recoletar novo liquor em 48h sem suspender aciclovir ( empírico já trato)

148

Tto por faixa etária na meningite bacteriana aguda?

Idade< 3 meses (rn): ampicilina + ceftriaxone ( ou cefotaxima)

Idade 3 m a 18 anos: ceftriaxone ( ou cefotaxima)

Distúrbio na imunidade celular: ampicilina + ceftazidima + vancomicina

149

Epidemiologia neisseria meningitids

Elevada patogenicidade
Baixa infectividade ( sadios colonizados)
Sem sazonalidade
Portadores adolescentes e adultos
Transmissão neisseria meningtidis + no domicílio

150

Manchas hipo/hipercromicas, ovaladas, confluentes com descamação furfuraca em dorso superior e face?

Ptiriase ou tinea versicolor
Fungo: Malassezia furfur
Diagn: clínico pode usar lâmpada de wood ou kcl
Sinal de ZIRELE: descamação fina a tração da pele

Tto: selênio/ hipossulfsto de sódio ou imidazolicos tópicos

151

Droga que penetra bem em biofilmes( prótese óssea)?

RifampiciNA

152

Púrpuras em MMII sugere qual agente na meningite ?

Meningococcemia ( sepse por meningococo)
Pior prognóstico