TUTORIA 02 Micoses Subcutâneas e Profundas Flashcards Preview

Pele > TUTORIA 02 Micoses Subcutâneas e Profundas > Flashcards

Flashcards in TUTORIA 02 Micoses Subcutâneas e Profundas Deck (64)
Loading flashcards...
1

Como ocorre uma micose subcutanea?

É quando os agentes fúngicos entram pela via transdérmica e são depositados na pele ou no tecido subcutâneo

2

Como se caracteriza Geralmente as micoses subcutâneas?

geralmente se caracteriza por lesoes papulosas ou nodulosas que podem se ulcerar

3

As micoses subcutâneas podem se proliferar devido o quê?

devido o sistema de drenagem linfatica regional

4

Quais são as principais micoses subcutâneas?

1 - Esporotricose;
2 - Cromomicose;
3 - Feoifomicoses;
4 - Lobomicose;
5 - Micetoma.

5

A esporotricose é causada por que a gente?

Sporotrix schenckii

6

Como uma pessoa contrai a esporotricose?

Esporotricose por uma inoculação traumática do sporothrix gerando um quadro localizado na pele e tecido celular subcutâneo mas que pode invadir o trato respiratório gerando um quadro sistêmico

7

Onde geralmente encontramos o agente infeccioso da esporotricose?

o Sporotrix lVou se encontrar no solo e em diversos vegetais se encontrando-se No mundo inteiro com exceção dos extremos ao Norte e SulNo mundo inteiro com exceção dos extremos ao Norte e Sul

8

A maioria dos casos de esporotricose que temos hoje é causada pelo oque?

mordedura e arranhadura de gatos

9

A esporotricose pode se manifestar de duas formas quais são elas?

subcutanea ou sistemica

10

Quais são as formas de apresentação da esporotricose cutânea ou subcutânea?

Cutaneolinfática.
Cutaneolocalizada
(ou fixa).
Cutaneodisseminada.

11

Qual a forma mais comum de apresentação da esporotricose?

forma cutaneolinfatica ocorrendo em 70 a 80 porcento dos casos

12

Como ocorre a forma cutâneo-linfática da esporortricose?

Ocorre com nódulo no local de inoculação seguido por uma disseminação linfática deixando um cordão ascendente de nódulos ao longo dos vasos linfáticos regionais

13

Pode haver a ulceração dos nódulos na forma cutâneo-linfática da esporotricose?

sim ,Com eliminação de material purulento

14

Quais regiões geralmente ocorrem a ulceração dos nódulos na forma cutânea linfática da esporotricose?

geralmente em áreas expostas como membros superiores e inferiores

15

Como se caracteriza a forma cutânea localizada da esporotricose?

Se caracteriza por uma lesão papulosa ou nodulosa que frequentemente evolui com ulceração e eliminação de exudato purulento

16

Ocorre linfangite na forma cutaneo localizada da esporotricose?

não

17

A forma cutânea localizada da esporotricose acontecem mais em que regiões?

da face podendo ocorrer na mucosa orofaringea

18

Porque a esporotricose cutânea localizada fica daquela forma localizada?

Por causa de uma boa resposta imunológica do tipo celular

19

Como se caracteriza a forma cutânea disseminada da esporotricose?

Se caracteriza por lesões nodulares e gomosas disseminados por toda a pele

20

A forma cutânea disseminada da esporotricose acontece em que população?

imunodeprimidos

21

Como se caracteriza a forma extracutânea da esporortricose?

Aqui meu patrão o céu é o limite ela pode ir para vários locais do corpo mas o que tem maior prevalência em que é mais comum de se encontrar ela com característica osteoarticular

22

A extracutanea da esporotricose acontece em que população?

imunodeprimidos

23

Quais os principais diagnósticos diferenciais para a esporotricose?

o famoso PLECCT

Paracoccidioidomicose;
Leishmaniose;
Esporotricose;
Cromomicose;
Carcinoma espinocelular;
Tuberculose

24

Dentre as PLECCT Qual é o maior diagnóstico diferencial para esporotricose?

A forma cutânea linfática da leishmaniose

25

Como fazemos o diagnóstico para esporotricose?

O diagnóstico Geralmente se baseia no isolamento do fungo a partir de um fragmento de tecido o exudato da lesão que são cultivados

26

Intradermorreação com esporotriquina pode ser feito para diagnostico de esporotricose?

não ela apenas indica ausência de resposta imune celular contra o fungo, não descartando a infecção.

27

É fácil encontrar o fungo no exame histopatológico da sporotricose é fácil?

não é muito dificil

28

Como é o tratamento para esporotricose cutânea?

Pela solução
saturada de iodeto de potássio via oral, 5 gotas
de 8/8h com as refeições. Aumentar diariamente a dose em uma gota por tomada, conforme
a tolerância do paciente, até dose máxima de
20 gotas de 8/8h (60 gotas/dia); e pelo itraconazol na dose de 100-200 mg/dia até um mes apos a cura clinica da doença

29

Como é o tratamento para esporotricose extracutânea?

As formas extracutâneas devem ser tratadas
preferencialmente com itraconazol na dose de
200-400 mg/dia ou, nos casos mais graves

30

Quais são as características dos fungos na cromomicose?

1 – Produzem pigmento que lhes confere coloração acastanhada (fungos demácios);
2 – No tecido parasitado, se reproduzem por
septações de uma mesma célula, que se dão em
mais de um plano, simultaneamente, dando
origem a estruturas arredondadas características chamadas de corpos ou células fumagoides
ou talos muriformes ou corpos de Medlar.