Bronquiectasias Flashcards Preview

Obstructive Lung Diseases (Cecil) > Bronquiectasias > Flashcards

Flashcards in Bronquiectasias Deck (46):
1

V/F
As bronquiectasias são caracterizadas por uma dilatação anormal dos bronquíolos

Falso (Dilatação dos brônquios - vias de grande calibre com presença de cartilagem)

2

V/F
As bronquiectasias são mais frequentes em países desenvolvidos

Falso (São mais frequentes em países em desenvolvimento, devido a haver menos vacinação de crianças e mais prevalência de tuberculose pulmonar)

3

V/F
No caso de bronquiectasias ocorre colonização bacteriana do lúmen brônquico

Verdadeiro

4

Constituintes da parede dos brônquios afetados pelas alterações estruturais das bronquiectasias

Fibras elásticas, Músculo Liso e cartilagem

5

V/F
No caso das bronquiectasias, as vias de menor calibre também são afetadas

Verdadeiro

6

Classificação patológica das Bronquiectasias

Tubulares; Varicosas; Quísticas

7

Das 3 formas de classificação patológica das bronquiectasias, qual a forma mais grave ? E qual a mais comum ?

A forma mais grave é a quística e a mais comum é a tubular

8

V/F
Na fisiopatologia das bronquiectasias ocorre um ciclo vicioso com diminuição da clearance de infeções, colonização bacteriana, infeção e reinfeção brônquica

Verdadeiro

9

Exemplos de infeções que podem predispor para bronquiectasias

Infeções virais (e.g., da infância); pneumonia necrotizante (S.Aureus); Tuberculose; outras micobactérias atípicas (e.g., Mycobacterium aviam-intracellulare)

10

2 formas de manifestação de bronquiectasias, segundo a dispersão anatómica

Localizadas ou difusas

11

Origens fisiopatológicas de cada um dos tipos de bronquiectasias, quanto à dispersão anatómica

Localizadas - Obstrução anatómica, por tumor ou corpo estranho (e.g., Síndrome do lobo médio - estenose do orifício brônquico do lobo médio por linfadenopatia no contexto de tuberculose, com bronquiectasias distais à obstrução)
Difusas - Defeito nas defesas das vias aéreas do hospedeiro, com infeção recorrente e dano brônquico.

12

Causas possíveis de bronquiectasias difusas

Infeção recorrente, por insulto ambiental; Síndromes Hereditários (FQ; discinésias ciliares primárias, como Síndrome de Kartagener); Imunodeficiência (e.g., hipogammaglobulinémia); Deficiência em alfa1-antitripsina

13

Tríade do Síndrome de Kartagener

Sinusite; Situs Inversus; Infertilidade

14

V/F
As bronquiectasias podem levar à complicação de distúrbios do tecido conjuntivo, como AR

Verdadeiro

15

V/F
Em doentes com DPOC e Bronquiectasias, estas costumam ser mais frequentes nos lobos pulmonares superiores

Falso (Lobos inferiores)

16

Tipo de Bronquiectasias associadas a Aspergilose alérgica em asmáticos

Bronquiectasias centrais com níveis elevados de IgE

17

Características da expectoração associada às bronquiectasias, em comparação a DPOC ou asma

Expetoração em maior volume, mais purulenta, com cheiro fétido e commumente com sangue

18

V/F
Durante o curso de bronquiectasias podem ocorrer hemoptises massivas

Verdadeiro

19

2 sinais clínicos que podem estar presentes no caso de bronquiectasias

Fervores localizados e Clubbing

20

2 microorganismos que podem causar exacerbações periódicas das Bronquiectasias

H.influenzae; P.aeruginosa

21

V/F
Em testes de função pulmonar, costuma ser notado um padrão obstrutivo grave

Falso (O padrão obstrutivo costuma ser ligeiro a moderado)

22

Alteração no Rx possível de observar no caso de bronquiectasias

Apesar de o Rx de tórax se poder apresentar normal, pode houver aumento de marcas intersticiais (linhas paralelas na periferia pulmonar, que apresentam as paredes brônquios aumentadas

23

Qual o principal exame imagiológico para o diagnóstico de bronquiectasias

HRCT

24

Características avaliadas em HRCT para o diagnóstico de bronquiectasias

Perda do afunilamento brônquico; Vias aéreas com diâmetro luminal superior ao do vaso acompanhante; Brônquios visíveis na periferia pulmonar (1 a 2cm externos)

25

Em que tipo de bronquiectasias (de acordo com a distribuição anatómica) pode estar aconselhada a broncoscopia

Bronquiectasias localizadas

26

V/F
Pode ser relevante realizar exame cultural de expectoração no caso de bronquiectasias

Verdadeiro

27

No diagnóstico diferencial de bronquiectasias, se estiverem presentes hemoptises e clubbing, que outra patologia se deverá considerar ?

Cancro do Pulmão

28

V/F
O tratamento das bronquiectasias é dirigido à causa em específico

Verdadeiro

29

Estratégia terapêutica no caso de aspergilose alérgica em contexto de bronquiectasias

Corticosteróides (possibilidade de antifúngicos azole)

30

Tratamento das exacerbações bacterianas das bronquiectasias

Antibióticos de largo espectro, eficientes para o microorganismo em questão (Amoxicilina; Fluoroquinolona no caso de Pseudomonas)

31

V/F
A administração crónica de macrólidos em doentes com bronquiectasias não mostrou ter efeito na redução do número de exacerbações.

Falso (mostrou reduzir o número de exacerbações, mas pode levar ao desenvolvimento de bactérias resistentes aos macrólidos)

32

Estratégia terapêutica no caso de hemoptises massivas associadas às bronquiectasias

Angiografia das artérias brônquicas e embolização do vaso sangrante.

33

V/F
Geralmente, o prognóstico associado às bronquiectasias é mau.

Falso (geralmente o prognóstico é favorável, apesar de poder deterioramento progressivo da função pulmonar)

34

V/F
As bronquiectasias podem existir concomitantemente com outros distúrbios obstrutivos, como DPOC ou asma.

Verdadeiro

35

Doenças que predispõem a bronquiectasias nos lobos superiores

FQ; TB

36

Bronquiectasias na zona central dos pulmões

ABPA (FQ)

37

Bronquiectasias na zona inferior dos pulmões

DPOC; PAspiração; infeções de repetição na infância; imunodef

38

Diagnóstico de bronquiectasias

Dx sintomático, como resultado final de várias patologias (TACAR)

39

Qual o microorganismo que coloniza mais frequentemente ?

1º - H.influenzae
2º - Pseudomonas
3º - Pneumococcus

40

Sinal de bronquiectasias no Rx

Opacidades reticulares anelares

41

Sinais inespecíficos de bronquiectasias

AP normal ou com roncos; Clubbing

42

Sobrevivência se Bronquiectasias difusas

<2A

43

Causas de bronquiectasias

Pós-infecciosas (TB; Pertussis; Sarampo); Imunodef (hipogamma; défice de IgA; HIV; leucemia); ABPA; Discinésias ciliares (Kartagener); Locais - obstrução mecânica

44

Causa de bronquiectasias de tração

Fibrose pulmonar (regulamento pelo tecido fibrótico elástico e pressão transpulmonar mais negativa; ex: alveolite fibrosante)

45

TX da ABPA

Corticóides + Itroconazol

46

Qual o principal tipo de leucócitos que infiltra os brônquios ?

Lúmen - Neutrófilos
Parede - Linfócitos (+TCD8)