Defesa Flashcards Preview

3° Semestre > Defesa > Flashcards

Flashcards in Defesa Deck (27)
Loading flashcards...
1

Pelo nome Staphylococcus, o que você consegue deduzir?

Cocos: forma redonda
Estafilo: que se multiplica e se agrupa em cachos de uva
É uma bactéria de forma redonda que se agrupa em cachos de uva. Sabe-se que na coloração de Gram, coram em roxo, e portanto, são bactérias G+

2

Quais as manifestações clínicas de uma infecção por Staphylococcus?

Lesões eritematosas e purulentas

3

Quais os fatores de virulência das bactérias estafilococos?

1) Catalase: todas são catalase positivas, isto é, possuem enzimas que dificultam a destruição por fagócitos.
2) Coagulase: coagulase é secretada pela bactéria e essa enzima converte fibrinogênio em fibrina, formando uma coágulo ao redor da bactéria e dificultando a destruição.

4

Como identificar o tipo de estafilo com o qual estamos lidando?

- exame direto em microscópio
- cultivo e isolamento em ágar manitol - s aureus muda a cor do meio para amarelo
- teste da coagulase

5

O que é a dermatofitose?
Qual o fator de virulência?

é uma infecção de pele causada por dermatófitos: fungos filamentosos que invadem estruturas queratinizadas.
Fator de virulência: enzima queratinase que degrada queratina

6

Quais as manifestações clínicas da dermatofitose?

Alopecia, lesões circulares, descamação, infecção bacteriana secundária

7

A dermatofitose é uma zoonose?
Quais os dermatófitos de interesse veterinário?

Microscoporum canis e Trichophyton

8

Fale sobre a Malassezia

É um fungo unicelular de brotamento em base larga, que causa infecções de pele e conduto auditivo. É um patógeno oportunista e a manifestação clínica está ligado a imunossupressão, conformação desfavorável de orelhas, dobras de pele que ficam persistentemente umidas e uso excessivo de antibióticos (que alteram a flora).

9

Quais as manifestações clinicas de malassezia?

Prurido intenso, escoriações provenientes do prurido, infecções secundárias, alopecia, hiperqueratose (pele fica grossa pelo atrito) e hiperpigmentação (começa a ficar enegrecida)

10

Quais as formas de diagnóstico da malassezia?

pele: raspado da região ou durex dupla face
conduto auditivo: swab com secreção

11

O que são reações de hiperssenbilidade?

São reações exageradas frente a um agente agressor.

12

Sobre a hipersensibilidade do tipo I, diga quais os sinonimos, o agressor e o efeito indesejável

sinonimo: alergia, choque anafilatico, imediata
agressor: alérgeno
efeito indesejável: prurido, choque anafilatico

13

Como ocorre a hipersensibilidade do tipo I

Os mastócitos e basófilos ficam nos tecidos e possuem receptores de alta afinidade para IgE. Quando o alérgeno adentra o organismo e encontra esse anticorpo, ocorre a desgranulação dos mediadores químicos como histamina. Essa desgranulação causa prurido intenso e o processo inflamatório característico da alergia.
Histamina promove vasodilatação, aumento de permeabilidade e melhor atuação do sistema imune por quimiotaxia

14

Sobre a hipersensibilidade do tipo IV, fale:
sinonimo
agressor visto em aula
efeito indesejável

sinonimo: tardia
agressor: Mycobacterium (PIF)
efeito: granuloma

15

Como ocorre a hipersensibilidade do tipo IV

Mycobaterium é uma bactéria de dificil destruição, pois ela consegue se multiplicar no interior das células fagocitárias. Quando o macrófago tenta destrui-la, essa bactéria resiste a destruição e se multiplica, rompendo a membrana do macrófago. Esse agressor e todos que se multiplicaram são liberados para contaminar outros macrófagos que são atraidos para tentar destruir o agente agressor. Forma-se uma parede de células de defesa que vai centralizando esse agente agressor. Os poucos macrófagos que conseguem destruir o agente agressor, apresentam o antígeno através de MHC II aos linfócitos Th, que ativam os macrófagos aumentando sua capacidade de fagocitose, de atração de outros macrófagos e de apresentar antígenos - conseguem destruir o agente agressor

Onde estava a bactéria, fica um tecido cicatricial

16

A dermatite alérgica de contato é uma reação de hipersensibilidade? de qual tipo?

Sim, do tipo IV, envolvendo linfócitos t citotóxicos.

17

Sobre a hipersensibilidade do tipo II, diga:
sinonimo
agressor
efeito indesejável

sinonimo: transfusão sanguinea
agressor: hemácias estranhas
efeito indesejável: hemólise

18

Como ocorre a hipersensibilidade do tipo II

Ocorre de duas formas distintas e simultaneas
1) neutrófilos e macrófagos emitem pseudopodes para fagocitar a hemácia estranha e isso ocorre dentro do baço. Por isso, o cachorro que recebe sangue incompatível tem aumento de baço.
2) Destruição pelo complexo de ataque a membrana (MAC): quando ocorre ligação do antígeno com anticorpo, complemento é ativado e as proteinas do complementam se agrupam formando estruturas que perfuram a membrana da hemácia. Ocorre a hemólise

19

Sobre a hipersensibilidade do tipo III, diga:
sinonimo:
agressor
efeito indesejável

sinonimo: deposito de imunocomplexos
agressor extracelular de quadro cronico
efeitos: deposição de imunocomplexo que pode causar endocardite, vasculite, insuficiencia renal, artrite.

20

Como ocorre a hipersensibilidade do tipo III

proliferação bacteriana que vai crescendo e formando estrutura rigida chamada calculo dentário > esse calculo começa a provocar inflamação e descolamento da gengiva, expondo regiões. Isso tudo causa halitose, pode facilitar perda ou quebra do dente e o pior, esse cálculo rigido pode promovar microfissuras na gengiva e essas bactérias podem ganhar a circulação, estimulando a defesa extracelular:
teremos pico de IgM e depois de IgG. Essas imunoglobulinas em excesso estarão na circulação também > junção da bactéria com o anticorpo formará o imunocomplexo que se acumulara e se deposita em algum tecido. Os neutrofilos não conseguem digerir esse imunocomplexo em excesso e liberam suas enzimas liticas que vão fagocitar o agente agressor junto com o tecido.

21

Fale um pouco sobre escherichia coli

São bactérias G-, ou seja, que cobram em rosa na coloração de Gram, catalase positivas, formato de bastonetes sem arranjo definido e são parte da família das enterobacterias, que habitam o trato gastrointestinal de humanos e animais. Temos cepas patogênicas e cepas não patogênicas. Fazem parte dessa familia: E. Colli, salmonella, espécies de Yersinia

22

O que são enteroviroses?

Vírus que acometem o intestino

23

Sobre os enterocitos, onde estão localizados e qual a função deles

Os enterocitos estão localizados no ápice e na base das vilosidades. Os enterocitos do ápice promovem a absorção de nutrientes, enquanto os da base possuem atividade mitotica e são responsáveis pela renovação celular das vilosidades

24

Fale sobre a coronavirose canina

É uma doenca causada pelo coronavirus - vírus RNA envelopado. A rota de infecção é oral-fecal e portanto, o animal se contamina ao ingerir o vírus, que percorre o sistema digestorio até chegar ao ID. Lá, ele infecta os enterocitos do ápice do duodeno, posteriormente do jejuno e depois do ileo. Por isso dizemos q eh uma infecção progressiva - não acomete os enterocitos de todos os locais ao mesmo tempo. Ao destruir os enterocitos do ápice, temos uma redução na absorção de nutrientes e vilosidades menores. Os enterocitos da base estarão preservados e portanto, poderão fazer a renovação celular aos poucos.

25

Qual a manifestação clínica da coronavirose canina

Diarreia branda e inaparente
Não é tão agressiva por ser uma infecção local, progressiva e regenerativa

26

Fale sobre a parvovirose canina

O parvovirus é um vírus sem envelope, e portanto, mais difícil de ser combatido. A rota de infecção é oronasal e o vírus para primeiro nos linfonodos regionais. Lá ele se multiplica nos leucócitos, causando uma debilidade no sistema imune do paciente (comum leucopenia). Em seguida, faz a viremia e cai na circulação, chegando ao intestino via sangue. Acomete os enterocitos da base das vilosidades, reduzindo a capacidade de regeneração celular. Ele provoca uma infecção simultânea, isto é, acomete enterocitos da base do duodeno, jejuno e ileo ao mesmo tempo.

27

Qual a manifestação clínica da parvovirose canina?

Diarreia hemorrágica (destruição dos enterocitos causa úlceras e expõe tecido conjuntivo). Essasesoes tb predispõem infecções secundárias que podem ser mais graves levando em consideração que o sistema imune estará debilitado