Derrame Pleural Flashcards Preview

HCPA > Derrame Pleural > Flashcards

Flashcards in Derrame Pleural Deck (10)
Loading flashcards...
1

Critérios de empiema

Glicose < 40-60
DHL > 1000
pH<7,2
Presença de microrganismos

2

Critérios de light

proteína pleural/proteína sérica > 0,5
DHL líquido pleural / DHL sérico > 0,6
DHL líquido pleural > 2/3 LSN

3

Fase exsudativa ou aguda

Fase exsudativa ou aguda -> simples (não complicado): líquido claro, estéril, com níveis de glicose, DHL e pH normais. Tratamento: drenagem pleural.

4

Fase fibrinopurulenta

Fase fibrinopurulenta (transição): líquido mais turvo, aumento de DHL e leucócitos com redução do pH e glicose. Possível identificar microrganismos. Há a formação de septações e loculações pleurais, com imobilização parcial do pulmão. Tratamento: drenagem fechada em cada loja, infusão de fibrinolíticos intrapleural, cirurgia de lise de aderências (toracoscopia ou toracotomia - decorticação precoce)

5

Fase crônica

Fase crônica (organização): líquido pleural espesso, francamente purulento. Ocorre encarceramento pulmonar secundário ao espessamento pleural. Tratamento: decorticação cirúrgica ou drenagem aberta prolongada.

6

Exemplos de transudatos

Insuficiência cardíaca (mais comum), Síndrome nefrótica, Cirrose hepática com ascite, Diálise peritoneal, Desnutrição proteica, Mixedema/hipotireoidismo, Atelectasia, Síndrome de veia cava superior, Urinotórax, TEP (20% dos casos)

7

Exemplos de exsudatos

Pneumonias, empiema pleural, abscesso pulmonar, Tuberculose, Carcinomas, linfomas, mesotelioma, TEP (80% dos casos), Pancreatite, Ruptura esofágica, Colagenoses e Artrite Reumatoide (AR), Sarcoidose, Vasculites sistêmicas, Quilotórax, Síndrome de Meigs

8

Amilase no líquido pleural

Pancreatite, pseudocisto pancreático, CA de pulmão ou pâncreas ou ruptura esofagiana

9

Líquido pleural neoplásico

Citologia oncótica tem sensibilidade de 50% (negatividade não exclui neoplasia se a probabilidade pré-teste for alta). Padrão-ouro: biópsia pleural por toracoscopia

10

Líquido pleural na TB

TB extrapulmonar mais comum no paciente imunocompetente -> exsudato, mononucleares (PMN no início), glicose diminuída, ADA > 40, ausência de eosinófilos e células mesoteliais -> padrão ouro: biópsia pleural
Adulto jovem com febre, emagrecimento e dor torácica pleurítica
ADA > 40 -> muito sugestivo!!!
BAAR < 5% / TRM-TB 30-50% / Cultura 40-60% / Biópsia pleural 80-90%
NORMALMENTE AUTOLIMITADO (RESOLVE ESPONTANEAMENTE)