314 - DPOC Flashcards Preview

Pneumo - 2017 > 314 - DPOC > Flashcards

Flashcards in 314 - DPOC Deck (192):
1

A DPOC é caracterizada por limitação do fluxo aéreo não totalmente reversível.

Verdadeiro ou falso?

Verdadeiro

2

Quais as componentes da DPOC?

Enfisema
Bronquite crónica
Doença das pequenas vias aéreas (estreitamento dos bronquíolos distais)

3

DPOC está presente apenas quando há obstrução crónica ao fluxo aéreo.

Verdadeiro ou falso?

Verdadeiro

4

Uma das componentes da DPOC é a bronquite crónica sem obstrução.

Verdadeiro ou falso?

Falso

Não está incluída na DPOC

5

A DPOC é a __ maior causa de morte nos EUA e afecta mais de 10 milhões a nivel mundial

3ª causa de morte

6

Actualmente é a sexta causa de morte mais comum no mundo. Pensa-se que em 2020 se tornará na __ causa de morte mais comum no mundo

3ª causa de morte em 2020

7

Qual é a principal alteração fisiológica da DPOC?

Limitação ao fluxo de ar por obstrução das pequenas vias aéreas e enfisema

8

A activação de TGF-β na DPOC contribui para ________.

fibrose das vias aéreas.

9

A falta de TGF-β poderá contribuir para _________ e ________.

Inflamação do parênquima e enfisema.

10

A elastase é um componente altamente estável da matriz extracelular, fundamental à integridade do pulmão.

Verdadeiro ou falso?

Verdadeiro

11

Qual é o principal mecanismo de activação dos macrófagos?

São activados através da INACTIVAÇÃO da histona-desacetilase-2

12

As MMPs e proteinases de serina (++ elastase neutrofilica) degradam o inibidor uma da outra, contribuindo para a destruição pulmonar.

Verdadeiro ou falso?

Verdadeiro

13

Os neutrófilos produzem ______ e os macrófagos produzem _______.

Neutrófilos - elastase
Macrófagos - MMP-12

14

A perda simultânea de cílios do epitélio e o compromisso da fagocitose predispõem à infeção bacteriana com neutrofilia.

Verdadeiro ou falso?

Verdadeiro

15

Na doença pulmonar terminal, mesmo após a cessação tabágica, os doentes apresentam resposta inflamatória exuberante.

Verdadeiro ou falso?

Verdadeiro

O que sugere que os mecanismos inflamatórios induzidos inicialmente pelo tabaco sejam diferentes dos mecanismos que mantêm a inflamação.

16

Quais os mecanismos autoimunes que podem estar presentes em doentes com DPOC avançada?

Aumento das células B e folículos linfóides

17

Mesmo em doentes adultos, os pulmões parecem ter grande capacidade de reparação alveolar.

Verdadeiro ou falso?

Falso

A capacidade de reparação alveolar em pulmões adultos parece ser LIMITADA

18

O dano inflamatório induzido pelo tabaco parece afectar todos os segmentos pulmonares.

Verdadeiro ou falso?

Verdadeiro

19

Anomalias das vias de pequeno calibre e enfisema estão presentes numa minoria de doentes.

Verdadeiro ou falso?

Falso

MAIORIA dos doentes

20

As anomalias das vias de pequeno calibre e o enfisema parecem estar mecanicamente relacionados.

Verdadeiro ou falso?

Falso

NÃO parecem estar MECANICAMENTE RELACIONADOS

21

Qual é o impacto do tabaco a nível histológico nas vias aéreas de grande calibre?

Dilatação das glândulas mucosas E hiperplasia das células caliciformes

22

Dilatação das glândulas mucosas e a hiperplasia das células caliciformes estão relacionadas com a limitação do fluxo aéreo.

Verdadeiro ou falso?

Falso

NÃO ESTÃO RELACIONADAS (vias de grande calibre)

23

As células caliciformes aumentam em número e em extensão nas vias de grande calibre.

Verdadeiro ou falso?

Verdadeiro

24

Nas vias de grande calibre ocorre ______________, predispondo à carcinogénese e interrompendo a depuração mucociliar.

Metaplasia escamosa

25

Doentes com DPOC podem ter hipertrofia do musculo liso e hiperreactividade brônquica com limitação do fluxo aéreo.

Verdadeiro ou falso?

Verdadeiro

Embora não tão marcado como na Asma

26

Independentemente da sua actividade proteolitica, a elastase neutrofilica é um dos mais potentes secratogogos conhecidos.

Verdadeiro ou falso?

Verdadeiro

27

Na maioria dos doentes com DPOC o local principal com aumento de resistência são as ____________ (vias abaixo de __mm diâmetro)

Vias aéreas de pequeno calibre; Abaixo de 2mm diâmetro

28

Que alterações histológicas e celulares podem ocorrer nas pequenas vias aéreas?

- Metaplasia das células caliciformes (substituição das células claras produtoras de surfactante por céls caliciformes)
- Infiltração por fagócitos mononucleares
- Hipertrofia do musculo liso

Estas anomalias podem causar estreitamento do lúmen

29

O estreitamento brônquico ocorre logo após o inicio da destruição enfisematosa.

Verdadeiro ou falso?

Falso

O estreitamento brônquico PRECEDE o início da destruição enfisematosa.

30

Qual a principal lesão dirigida ao parênquima na DPOC?

Enfisema

31

O LBA de fumadores contém quantidades quase _x superiores de macrófagos relativamente a não fumadores.

quase 5x superior

32

Os macrófagos acumulam-se nos bronquíolos respiratórios de todos os jovens fumadores.

Verdadeiro ou falso?

Verdadeiro

33

Que tipo e quantidade de células se encontram num LBA de um fumador?

- Macrófagos (superior a 95%)
- Neutrófilos (1-2% das células; praticamente ausentes em Não fumadores)
- Linfócitos T CD8+

34

O enfisema centroacinar está mais associado a _______.

Tabagismo.

35

O enfisema panacinar está mais associado a _______.

Deficiência de α1-antitripsina.

36

O enfisema centroacinar localiza-se normalmente _________ com dispersão frequentemente Focal

Lobos superiores e segmentos superiores dos lobos inferiores

37

O enfisema panacinar localiza-se normalmente _________ e está uniformemente distribuído pelo pulmão

Lobos inferiores

38

Qual é o único componente da DPOC que não contribui para a obstrução?

Bronquite crónica

39

Os linfócitos T, principalmente CD4+, estão aumentados nos fumadores.

Verdadeiro ou falso?

Falso

Linfócitos T CD8+

40

Quais as 3 grandes componentes fisiopatológicas da DPOC?

- Obstrução do fluxo aéreo
- Hiperinsuflação
- Anomalias nas trocas gasosas

41

O que caracteriza espirometricamente a maioria dos doentes com DPOC?

Redução persistente do FEV1

42

Na DPOC há aumento do volume residual.

Verdadeiro ou falso?

Verdadeiro

Também há aumento da razão VR/CPT.

43

Doentes com obstrução do fluxo aéreo relacionada com a DPOC têm reduções crónicas da razão FEV1/FVC.

Verdadeiro ou falso?

Verdadeiro

44

Na DPOC, o FEV1 raramente mostra grandes resposts à broncodilatação.

Verdadeiro ou falso?

Verdadeiro

45

Na DPOC é comum haver melhorias até 15% do FEV1 como resposta à broncodilatação.

Verdadeiro ou falso?

Verdadeiro

46

Doentes com asma também podem ter obstrução crónica do fluxo aéreo não totalmente reversível.

Verdadeiro ou falso?

Verdadeiro

47

O fluxo aéreo na expiração forçada depende de que factores?

Resulta do equilibrio entre o Elastic recoil pulmonar e a resistência das vias.

48

Na fase inicial da DPOC, a anomalia do fluxo aéreo é apenas evidente com volumes pulmonares.....

... situados em torno ou abaixo da Capacidade residual funcional!

49

Na DPOC frequentemente existe "air trapping" e hiperinsuflação progressiva numa fase _____ da doença.

Fase TARDIA

50

A rectificação diafragmática resultante da hiperinsuflação resulta numa limitação do movimento da grelha costal com dificuldade expiratória.

Verdadeiro ou falso?

Falso

Com dificuldade INSPIRATÓRIA

51

A PaO2 permanece normal até que FEV1 diminua para __% do valor previsto.

~50%

52

A PaCO2 permanece praticamente normal até que FEV1 se encontre abaixo de __% do previsto.

Abaixo de 25%

53

HTP grave ao ponto de causar cor pulmonale e Insuficiencia do VD ocorre em doentes com FEV1 abaixo de __% do previso e hipoxémia crónica (PaO2 abaixo de __ mmHg).

FEV1 abaixo de 25%
PaO2 abaixo de 55 mmHg

54

Alguns doentes desenvolverão HTP significativa independentemente da gravidade da DPOC

Verdadeiro ou falso?

Verdadeiro

55

Quais são as anomalias típicas das trocas gasosas da DPOC?

Ventilação NÃO-UNIFORME

e

Desigualdade ventilação-perfusão

56

A desigualdade ventilação-perfusão é responsável por quase toda a redução da PaO2 associada à DPOC, sendo o volume de shunt mínimo.

Verdadeiro ou falso?

Verdadeiro

57

Elevações modestas da FiO2 na DPOC são muito eficazes a tratar a hipoxémia.

Verdadeiro ou falso?

Verdadeiro
Dado que o Mismatch V/Q é o responsável
Investigar outras causas se for dificil corrigir a hipoxémia!!

58

Existe uma relação dose-resposta entre o declínio acelerado do FEV1 e a intensidade do tabagismo, avaliada em UMA.

Verdadeiro ou falso?

Verdadeiro

Explica as taxas de prevalência mais altas com o aumento da idade!

59

A prevalência é maior no sexo masculino.

Verdadeiro ou falso?

Verdadeiro

60

A prevalência de DPOC em mulheres tem diminuído.

Verdadeiro ou falso?

Falso

Tem AUMENTADO

61

A medida UMA é o factor mais preditivo do FEV1.

Verdadeiro ou falso?

Verdadeiro

No entanto, explica apenas 15% da variabilidade do FEV1

62

A medida UMA explica cerca de 70% da variabilidade do FEV1.

Verdadeiro ou falso?

Falso

Apenas 15% da variabilidade do FEV1 !

63

A relação entre charuto e cachimbos e o desenvolvimento de DPOC é menos convincente, provavelmente devido a doses inaladas menores.

Verdadeiro ou falso?

Verdadeiro

64

Muitos doentes com DPOC têm hiperreactividade das vias respiratórias.

Verdadeiro ou falso?

Verdadeiro

e é um factor de risco para a DPOC

65

A hiperreactividade das vias respiratórias é um factor preditivo significativo da redução da função respiratória.

Verdadeiro ou falso?

Verdadeiro

66

Existe uma associação clara entre as infeções respiratórias e o desenvolvimento e progressão da DPOC.

Verdadeiro ou falso?

Falso

Ainda não está comprovada

67

Uma exposição ocupacional demonstrou ser um factor de risco significativo para enfisema, tanto em fumadores como não fumadores. Qual é?

Exposição ao pó de minas de CARVÃO.

68

A exposição à poeira, independentemente do tabagismo é um factor de risco bem estabelecido para a DPOC.

Verdadeiro ou falso?

Falso

Ainda NÃO ESTÁ ESTABELECIDA para a maioria das exposições. No entanto, o carvão pode ser um factor de risco significativo para o enfisema tanto em fumadores como não fumadores.

69

A relação entre a poluição do ar e a obstrução crónica das vias respiratórias não está comprovada.

Verdadeiro ou falso?

Verdadeiro

70

Exposição prolongada aos fumos de combustão de biomassa parece ser um factor de risco para DPOC entre mulheres.

Verdadeiro ou falso?

Verdadeiro

71

Quais as consequências de exposição in utero ao tabagismo materno?

Diminuição do crescimento pulmonar
Diminuição da função pulmonar pós-natal

72

Indique um factor de risco genético comprovado para DPOC

Deficiência GRAVE de alfa 1 antitripsina

73

Quais são os 4 tipos de alelos presentes nos doentes com Deficiência de α1-antitripsina?

Alelo M - normal
Alelo S - redução ligeira
Alelo Z - redução acentuada
Alelo nulo - ausência de enzima

74

A forma mais comum de deficiencia de α1-antitripsina GRAVE ocorre com os genótipos __ ou ___.

PiZZ ou PiZ0

75

Que percentagem de doentes com DPOC apresenta deficiência GRAVE de α1-antitripsina como factor contribuinte para a doença?

1%

76

O desenvolvimento de DPOC é invariável em doentes com o genótio PiZ0.

Verdadeiro ou falso?

FALSO

NÃO É INVARIÁVEL mesmo em fumadores!

77

Individuos com o genótipo PiZ0 desenvolvem frequentemente DPOC de inicio precoce.

Verdadeiro ou falso?

Verdadeiro

78

O alelo S e o alelo Z ocorrem com frequências superiores a __% em populações caucasianas.

Superiores a 1%

79

Uma percentagem significativa da variabilidade da função pulmonar entre os individuos PiZ0 é explicada pelo tabagismo.

Verdadeiro ou falso?

Verdadeiro

80

Que factores parecem contribuir para o aumento do risco de DPOC em doentes com genótipo PiZ0?

- Tabaco
- Asma
- Sexo masculino

81

O risco de doença pulmonar em doentes heterozigóticos PiMZ é controverso

Verdadeiro ou falso?

Verdadeiro

82

Existe um SNP de MMP12 que está associado a aumento da expressão da MMP12 e que tem um efeito negativo na função pulmonar de crianças com asma e em adultos fumadores.

Verdadeiro ou falso?

Falso

Existe um SNP de MMP12 que está associado a DIMINUIÇÃO da expressão da MMP12 e que tem um efeito POSITIVO na função pulmonar de crianças com asma e em adultos fumadores.

83

Os efeitos do tabagismo sobre a função pulmonar estão directamente dependentes de três factores. Quais são?

Intensidade de exposição ao tabaco
Fase de crescimento na qual houve exposição
Função pulmonar inicial

84

O risco de mortalidade por DPOC está _________ relacionado com níveis ________ de FEV1.

O risco de mortalidade por DPOC está DIRECTAMENTE relacionado com níveis REDUZIDOS de FEV1.

85

O declínio da função pulmonar pode seguir a evolução de 4 curvas. Quais são?

- Normal
- Declínio precoce após crescimento normal
- Declínio acelerado após crescimento normal
- Taxa normal de declínio após fase de crescimento reduzido

86

Quais são os sintomas mais comuns da DPOC?

Tosse com expectoração e dispneia de esforço.

87

O hipocratismo digital é um sinal da DPOC.

Verdadeiro ou falso?

Falso

NÃO É SINAL de DPOC
Nestes doentes a causa mais provável é o desenvolvimento de neoplasia do pulmão.

88

Nas fases precoces da DPOC os doentes costumam apresentar um exame físico absolutamente normal.

Verdadeiro ou falso?

Verdadeiro

89

Na doença mais grave como se caracteriza o exame fisico?

Aumento do tempo EXpiratório e com possíveis sibilos EXpiratórios;
Sinais de hiperinsuflação.

90

Na obstrução grave os doentes podem assumir a posição típica de tripé.

Verdadeiro ou falso?

Verdadeiro

O Tripé é sinal Terminal.

91

Actualmente é feita uma divisão dos doentes com DPOC em "pink puffers" e "blue bloaters".

Verdadeiro ou falso?

Falso

Actualmente já não é realizada.
A maior parte dos doentes apresenta elementos de AMBAS e o exame físico NÃO AS DIFERENCIA confiavelmente!

92

Que achados podem aparecer DPOC avançada?

- Caquexia, com perda significativa de peso
- Desgaste muscular bitemporal
- Perda difusa do tecido adiposo subcutâneo
- Sinal de Hoover (movimento paradoxal da grelha costal para dentro durante a inspiração)
- Cor Pulmonale (relativamente INCOMUM)

93

A cor pulmonale é um achado frequente da DPOC avançada.

Verdadeiro ou falso?

Falso

Pouco frequente desde o advento da oxigenoterapia.

94

Que volumes pulmonares podem aumentar com o agravamento da DPOC?

- CPT
- CRF
- VR

95

Quais os componentes do Indice Multifactorial que MELHOR prediz a taxa de mortalidade?

- IMC
- Obstrução ao fluxo
- Dispneia
- Desempenho no Exercício

96

Numa exacerbação aguda há uma variação de ____ de pH por cada 10mmHg PaCO2

0.08

97

Num estado crónico há uma variação de ___ de pH por cada 10mmHg de PaCO2.

0.03

98

Qual é o exame definitivo para confirmar enfisema num doente com DPOC?

TC torácica

99

A TC tem pouca influência no tratamento dos doentes com DPOC.

Verdadeiro ou falso?

Verdadeiro

EXCEPTO:
- individuos em que se considera Cirurgia
- Rastreio neoplasia pulmonar

100

Todos os indivíduos com DPOC ou Asma com obstrução crónica do fluxo devem realizar teste para a deficiência de α1-antitripsina.

Verdadeiro ou falso?

Verdadeiro

101

Quais são as 3 intervenções capazes de influenciar a história natural da doença na DPOC?

- Oxigenoterapia nos doentes cronicamente hipoxémicos
- Cessação tabágica
- Cirurgia de redução do volume pulmonar (em doentes seleccionados com enfisema)

102

Há evidência que o uso de corticóides inalados na DPOC pode alterar a mortalidade da doença.

Verdadeiro ou falso?

Verdadeiro

Evidência sugestiva mas não definitiva.
Mas corticóides NÃO alteram a FUNÇÃO PULMONAR

103

Recomenda-se uma prova terapêutica com anticolinérgicos inalados a todos os doentes sintomáticos.

Verdadeiro ou falso?

Verdadeiro

104

O Brometo de Ipatrópio produz efeitos __________ no FEV1. O Tiotrópio diminui as ________.

O Brometo de Ipatrópio produz efeitos IMEDIATOS no FEV1. O Tiotrópio diminui as EXACERBAÇÕES. AMBOS MELHORAM A SINTOMATOLOGIA.

105

Os anticolinérgicos são capazes de influenciar a taxa de redução do FEV1.

Verdadeiro ou falso?

Falso

NENHUM demonstrou influência na TAXA de REDUÇÃO do FEV1.

106

Poderá existir uma associação entre o uso de anticolinérgicos e _____________ em doentes com DPOC.

Anticolinérgicos e Eventos cardiovasculares. No entanto, esta não foi demonstrada num estudo aleatorizado do tiotrópio.

107

Quais os principais efeitos adversos dos β-agonistas?

- Tremor
- Taquicardia

108

A adição de um β-agonista ao tratamento com ______ amplia os efeitos benéficos da terapia.

β-agonista + Anticolinérgico inalado

109

Quais os principais efeitos adversos dos corticóides inalados?

- Candidíase oral
- Aceleração da taxa de perda de densidade óssea

110

Dados sugerem que os corticóides inalados reduzem a frequência das exacerbações em __%.

25%

111

Quando deve ser feito um teste com corticóides inalados?

- Doentes com exacerbações frequentes (2 ou +/ano)
- Individuos com grau significativo de reversibilidade aguda com β-agonistas.

112

A teofilina apresenta beneficios na DPOC moderada a grave.

Verdadeiro ou falso?

Verdadeiro

113

A monitorização dos níveis sanguíneos de _______ são necessários para minimizar a toxicidade.

Teofilina

114

O Roflumilast, um inibidor selectivo da fosfodiesterase 4, demonstrou reduzir a frequência de exacerbações em individuos com DPOC com bronquite crónica e episódios prévios de exacerbações

Verdadeiro ou falso?

Verdadeiro

REDUZ FREQUÊNCIA EXACERBAÇÕES.

115

A antibioterapia profilática demonstrou diminuir o número de exacerbações.

Verdadeiro ou falso?

Falso

Antibioterapia profilática NÃO teve impacto na redução das exacerbações

116

Qual a principal causa precipitante de exacerbações?

Infeções bacterianas

117

Qual é a ÚNICA intervenção farmacológica capaz de reduzir a mortalidade?

Oxigenoterapia.

(INEQUIVOCAMENTE EFICAZ a reduzir mortalidade)

118

A oxigenoterapia em doentes com hipoxémia em repouso tem um impacto significativo na taxa de mortalidade.

Verdadeiro ou falso?

Verdadeiro

119

Doentes em hipoxémia devem fazer _________________ porque o benefício na mortalidade é PROPORCIONAL ao número de horas por dia de uso.

Oxigenoterapia contínua

120

A N-acetilcisteína diminui a taxa de declínio da função pulmonar.

Verdadeiro ou falso?

Falso

Não demonstrou qualquer benefício na diminuição da função pulmonar ou prevenção de exacerbações.

121

Quais os doentes com Deficiência de α1-antitripsina que devem fazer terapeutica de substituição?

- Doentes com níveis baixos ou ausentes.

*NÃO ESTÁ RECOMENDADA em doentes com deficiência grave com função pulmonar normal e TC normal

122

A terapêutica de reposição de α1-antitripsina é recomendada em individuos com défice grave da enzima, mesmo com função pulmonar e TC torácica normais.

Verdadeiro ou falso?

Falso

NÃO É RECOMENDADA se Função pulmonar e TC NORMAIS.

123

Quais os beneficios da reabilitação pulmonar?

- Melhora a qualidade de vida, dispneia e capacidade de exercício;
- Reduz internamentos aos 6 e 12 Meses.

124

Quais são os critérios de exclusão para cirurgia de redução do volume pulmonar?

- FEV1 abaixo de 20% + Enfisema difuso na TC ou DLCO abaixo de 20%
- Doença pleural significativa
- PAP sistólica acima de 45 mmHg
- ICC
- "Deconditioning" extremo
- Outras comorbilidades graves

125

Quais os doentes que provavelmente beneficiam com a Cirurgia de redução de volume pulmonar?

- Enfisema predominante nos lobos SUPERIORES
- Capacidade exercício pós reabilitação BAIXA

126

A DPOC é, actualmente, a segunda indicação para transplante pulmonar.

Verdadeiro ou falso?

Verdadeiro

127

A distribuição do enfisema e a existência de HTP não são contraindicações ao transplante pulmonar.

Verdadeiro ou falso?

Verdadeiro

Ao contrário da cirurgia

128

A qualidade de vida correlaciona-se mais directamente com que factor?

A qualidade de vida correlaciona-se mais directamente com a FREQUÊNCIA DE EXACERBAÇÕES do que com a gravidade da obstrução.

129

A frequência das exacerbações aumenta com o agravamento da obstrução ventilatória.

Verdadeiro ou falso?

Verdadeiro

130

A história de exacerbações anteriores é um forte preditor para exacerbações futuras.

Verdadeiro ou falso?

Verdadeiro

131

O que caracteriza uma exacerbação?

- Agravamento da dispneia e tosse
- Alterações QUALItativas da expectoração
- Alterações QUANTItativas da expectoração

132

Um rácio diâmetro da artéria Pulmonar/Aorta elevado na TC está associado a risco aumentado de exacerbações.

Verdadeiro ou falso?

Verdadeiro

133

Quais as causas principais de uma exacerbação na DPOC?

Infeção bacteriana - Mais de 50%
Infeção vírica - 33%
Nos restantes não é identificado nenhum factor

134

Que medidas podem diminuir o risco de exacerbações?

- Corticóides inalados (diminui em 25-30%)
- Anticolinérgicos e agonistas de longa acção (reduções semelhante)
- Vacina contra influenza
- Azitromicina (reduz SE existir História Prévia)
- Roflumilast (reduz SE história de exacerbações e bronquite crónica)

135

Doentes com DPOC grave com desconforto moderado/grave devem realizar radiografia torácica.
Cerca de __% destes doentes apresenta anomalias na radiografia, geralmente _________ e ICC.

Cerca de 25% apresenta anomalias
Pneumonia e ICC

136

As provas de função respiratória não têm utilidade nas exacerbações da DPOC.

Verdadeiro ou falso?

Verdadeiro

Ao contrário das exacerbações da Asma!

137

Qual o tratamento a fazer numa exacerbação aguda de DPOC?

β-agonista + Anticolinérgico

Poderão ser consideradas adição de Metilxantinas.

138

Quais as bactérias mais comuns implicadas nas exacerbações da DPOC?

- S. pneumoniae
- H. influenza
- M. catarrhalis
- Mycoplasma e Chlamydia em 5-10% dos casos

139

Doentes internado com exacerbação aguda de DPOC devem fazer __-__ mg de _________ oral por um período de 10-14 dias.

30-40mg de Prednisona Oral

140

Quais os benefícios de corticóides em doentes internados?

- Reduzem o tempo de internamento hospitalar
- Acelera a recuperação
- Diminui a probabilidade de exacerbação ou recidiva em 6 meses

141

Nos doentes com exacerbação aguda da DPOC deve ser feita O2 suplementar para manter saturações acima de __%.

Acima de 90%

142

Em doentes com hipercapnia, a administração de O2 suplementar reduz a ventilação por minuto.

Verdadeiro ou falso?

Falso

NÃO REDUZ a ventilação por minuto
Pode causar aumentos modestos na PaCO2 por alterar relação V/Q o que NÃO deve motivar abstenção do tratamento

143

Quais os benefícios do inicio de VMNI na insuficiencia respiratória?

- Mortalidade
- Necessidade de Entubação
- Complicações do tratamento
- Duração do internamento

144

Quais as indicações para inicio de VMI?

- Dificuldade respiratória GRAVE REFRATÁRIA
- Hipoxémia potencialmente FATAL
- Acidose ou hipercapnia GRAVE
- Depressão MARCADA do estado mental
- Paragem respiratória ou instabilidade hemodinâmica

145

A taxa de mortalidade em doentes que necessitam de suporte ventilatório varia entre __% e __% em cada internamento.

17 e 30%

Doentes com mais de 65 anos internados na UCI - taxa de mortalidade duplica para 60%, independentemente da necessidade de VM

146

Contra-indicações da VMNI?

- Instabilidade cardiovascular
- Alteração do estado mental
- Excesso de secreções
- Traumatismo craniofacial
- Obesidade extrema
- Queimaduras significativas

147

Em que contexto pode a Azitromicina prevenir exacerbações na DPOC?

Se história prévia de exacerbações

148

Qual é o parâmetro na TC parece funcionar como preditor de exacerbações?

Aumento do rácio artéria pulmonar/artéria aorta

149

Que percentagem de doentes com suspeita de exacerbação tem alterações da Radiografia de tórax?

Apenas 25%
(++ Pneumonia e ICC)

150

Qual o gold-standard na definição imagiológica de enfisema?

TC

151

V ou F

O fumo do tabaco limita o uptake dos macrófagos de células apoptóticas, limitando a reparação pulmonar.

V

152

V ou F

Parece ser bastante fácil para um adulto recuperar por completo a matriz extracelular pulmonar, particularmente as fibras elásticas.

F

Parece ser bastante DIFÍCIL para um adulto recuperar por completo a matriz extracelular pulmonar, particularmente as fibras elásticas

153

A redução de surfactante pode ____________ a tensão superficial na interface ar-tecido, predispondo para uma estenose ou ___________ da via aérea.

A redução de surfactante pode AUMENTAR a tensão superficial na interface ar-tecido, predispondo para uma estenose ou COLAPSO da via aérea.

154

Nos pulmões _________, como nos pulmões dos doentes com DPOC, o fluxo expiratório máximo __________ à medida que os pulmões esvaziam porque o parênquima pulmonar tem cada vez _______ recoil elástico e como a área de secção das vias aérea diminui, __________ a resistência às vias aéreas.

Nos pulmões NORMAIS, como nos pulmões dos doentes com DPOC, o fluxo expiratório máximo DIMINUI à medida que os pulmões esvaziam porque o parênquima pulmonar tem cada vez MENOS recoil elástico e como a área de secção das vias aérea diminui, AUMENTA a resistência às vias aéreas.

155

A hiperinsuflação do tórax durante a respiração corrente ___________ o fluxo expiratório máximo, porque à medida que o volume pulmonar ___________, a pressão do recoil elástico aumenta e as vias aéreas ___________ de tal forma que a resistência das vias aéreas diminui.

A hiperinsuflação do tórax durante a respiração corrente PRESERVA o fluxo expiratório máximo, porque à medida que o volume pulmonar AUMENTA, a pressão do recoil elástico aumenta e as vias aéreas AUMENTAM de tal forma que a resistência das vias aéreas diminui.

156

Com o diafragma rectificado, as fibras musculares têm _________ capacidade de gerar pressões inspiratórias quando comparadas com o normal.

Com o diafragma rectificado, as fibras musculares têm MENOR capacidade de gerar pressões inspiratórias quando comparadas com o normal.

157

V ou F

Na maioria dos casos, a magnitude destas exposições ocupacionais para o risco de desenvolver DPOC é substancialmente menos importante do que o efeito do fumo do tabaco.

V

158

V ou F

Na maioria das populações, a poluição ambiental é um factor de risco tão importante para a DPOC como o fumo do tabaco.

F

Na maioria das populações, a poluição ambiental é um factor de risco muito menos importante para a DPOC do que o fumo do tabaco.

159

V ou F

Os factores genéticos não têm qualquer influência na susceptibilidade para desenvolver DPOC

F

Os factores genéticos têm uma influência PROFUNDA na susceptibilidade para desenvolver DPOC

160

Aproximadamente 1 em cada ____ indivíduos nos EUA herda deficiência grave da α1-antitripsina.

Aproximadamente 1 em cada 3000 indivíduos nos EUA herda deficiência grave da α1-antitripsina.

161

V ou F

Foi demonstrado agregação familiar da obstrução das vias aéreas em famílias de doente com DPOC.

V

162

V ou F

Os factores genéticos provavelmente contribuem para o nível de função pulmonar atingido durante o crescimento, mas não têm qualquer influência na taxa de diminuição da função pulmonar em resposta ao tabaco e a outros factores ambientais.

F

Os factores genéticos provavelmente contribuem para o nível de função pulmonar atingido durante o crescimento e para a taxa de diminuição da função pulmonar em resposta ao tabaco e a outros factores ambientais.

163

V ou F

A maioria dos doentes relaciona o início da DPOC com um episódio de doença aguda ou exacerbação.

V

164

O agravamento da obstrução das vias aéreas na DPOC é normalmente acompanhado por um aumento da frequência das...

Exacerbações .

165

V ou F

A posição de tripé facilita a acção dos músculos intercostais, escaleno e pequeno peitoral.

F

A posição de tripé facilita a acção dos músculos intercostais, escaleno e ESTERNOCLEIDOMASTOIDEU

166

A caquexia, com desgaste muscular bitemporal e perda difusa do tecido adiposo subcutâneo é um factor __________________ de mau prognóstico na DPOC

A caquexia, com desgaste muscular bitemporal e perda difusa do tecido adiposo subcutâneo é um factor INDEPENDENTE de mau prognóstico na DPOC

167

No enfisema, a capacidade de difusão pode estar...

Diminuída, o que reflecte a destruição do parênquima pulmonar.

168

O grau de obstrução do fluxo das vias aéreas é um importante factor _______________ na DPOC.

O grau de obstrução do fluxo das vias aéreas é um importante factor PROGNÓSTICO na DPOC

169

Qual é o parâmetro laboratorial que permite classificar a falência ventilatória como aguda ou crónica?

O valor de pH arterial (utilizando para isso os valores referência para as alterações do pH em função da retenção crónica ou aguda de CO2)

170

A presença de um hematócrito elevado bem como sinais de hipertrofia ventricular direita sugerem a presença de uma...

Hipoxémia crónica.

171

V ou F

Os doentes com DPOC que param de fumar têm uma melhora significativa na taxa de declínio da função pulmonar, embora não atinjam a mesma taxa que os doentes não fumadores.

F

Os doentes com DPOC que param de fumar têm uma melhora significativa na taxa de declínio da função pulmonar, ATINGINDO A MESMA taxa que os doentes não fumadores.

172

Quais são as alternativas farmacológicas para ajudar na cessação tabágica?

- Bupropiona

- Terapêutica de substituição com nicotina

- Vareniclina

173

V ou F

Um β-agonista de longa acção tem efeitos superiores ao Brometo de Ipratrópio no tratamento sintomático da DPOC.

F

Um β-agonista de longa acção tem efeitos COMPARÁVEIS ao Brometo de Ipratrópio no tratamento sintomático da DPOC.

174

O impacto dos corticóides inalados na taxa de mortalidade dos doentes com DPOC é...

Controverso.

175

V ou F

A utilização crónica de glucocorticóides orais para o tratamento da DPOC não se encontra recomendada devido ao perfil risco/benefício desfavorável.

V

176

V ou F

O Roflumilast produz grandes melhorias na obstrução da vias aéreas e na sintomatologia da DPOC.

F

O Roflumilast produz melhorias MODESTAS na obstrução da vias aéreas e na sintomatologia da DPOC.

177

Como é que se define uma hipoxémia em repouso?

Saturação de oxigênio em repouso igual ou inferior a 88% ou inferior a 90% num doente com sinais de HTP ou IC direita.

178

Um estudo com administração de azitromicina diariamente em doentes com DPOC com história de exacerbação nos últimos 6 meses demonstrou...

Uma redução da frequência de exacerbações e um maior tempo até à primeira exacerbação.

179

V ou F

Estudos aleatorizados estabeleceram definitivamente a eficácia terapêutica com alfa1 AT no declínio da função pulmonar

F

Estudos aleatorizados NÃO PERMITIRAM estabelecer definitivamente a eficácia terapêutica com alfa1 AT no declínio da função pulmonar

180

A partir de que valores de α1-AT é que os doentes têm indicação para realizar terapêutica?

A partir de valores inferiores a 50 mg/dL

181

V ou F

Todas as pessoas com deficiência grave da α1-AT desenvolvem DPOC.

F

Nem todas as pessoas com deficiência grave da α1-AT desenvolvem DPOC.

182

V ou F

Os doentes com DPOC devem realizar a vacina da gripe anualmente.

V

183

A distribuição anatómica do enfisema e a capacidade de exercício pós-reabilitação são importantes características...

Prognósticas para a cirurgia de redução de volume

184

Quais são as vantagens que a cirurgia de redução de volume pulmonar possibilita?

Melhoria na mortalidade e melhoria na sintomatologia em alguns doentes com enfisema

185

Quais são os doentes com indicação para transplante pulmonar na DPOC?

Doentes com grande limitação apesar de terapêutica médica máxima e sem comorbilidades como doença hepática, renal ou cardíaca.

186

Análises económicas mostram que mais de __% dos gastos relacionados com a DPOC vão para visitas ao serviço de urgência e cuidados hospitalares.

Análises económicas mostram que mais de 70% dos gastos relacionados com a DPOC vão para visitas ao serviço de urgência e cuidados hospitalares.

187

Doentes com obstrução da via aérea moderada a grave costumam ter em média __ a __ episódios de exacerbação por ano.

Doentes com obstrução da via aérea moderada a grave costumam ter em média 1 a 3 episódios de exacerbação por ano.

188

Quais são os doentes com DPOC nos quais deve ser considerada a utilização de corticóides inalados?

A utilização de corticóides inalados deve ser considerada em doentes com exacerbações frequentes ou naqueles que têm componente asmático

189

Quais são os doentes com DPOC que devem realizar uma radiografia aquando de uma exacerbação?

Doentes com DPOC grave, com uma disfunção moderada ou grave
Doentes com achados focais no exame objectivo

190

Quais são os doentes nos quais deverá ser feita uma gasimetria arterial?

- Doentes c/ DPOC avançada
- c/ história de hipercárbia
- c/ alterações do estado mental
- c/ grande disfunção

191

Um estudo demonstrou que __ semanas de terapêutica com glucocorticóides produzia o mesmo benefício que a mesma terapêutica durante __ semanas nos doentes com exacerbação de DPOC.

Um estudo demonstrou que 2 semanas de terapêutica com glucocorticóides produzia o mesmo benefício que a mesma terapêutica durante 8 semanas nos doentes com exacerbação de DPOC.

192

Qual é o principal efeito secundário agudo da terapêutica com glucocorticóides?

Hiperglicémia, mais particularmente, nos doentes com diabetes.