316 - Doenças da pleura Flashcards Preview

Pneumo - 2017 > 316 - Doenças da pleura > Flashcards

Flashcards in 316 - Doenças da pleura Deck (78):
1

Principais causas de derrame pleural transudativo?

1. Insuficiência do VE
2. Cirrose

2

Principais causas de derrame pleural exsudativo?

1. Pneumonia bacteriana
2. Neoplasia
3. Infecções virais
4. Embolia pulmonar

3

V ou F. O exame complementar de diagnóstico usado na avaliação de suspeita de derrame pleural e como guia na toracocentese é a radiografia de tórax em decúbito lateral.

Falso. É a Ecografia torácica. (Novo 19ed)

4

Qual a causa mais comum de derrame pleural?

Insuficiência do VE

5

Derrames pleurais ocorrem em _% dos doentes com cirrose e ascite?

5%.

Geralmente localiza-se à direita e frequentemente é volumoso a ponto de causar dispneia grave.

6

Qual é, provavelmente, a causa mais comum de derrame pleural exsudativo nos EUA?

Derrame parapneumónico.

7

Quais os factores indicativos da provável necessidade de um procedimento + invasivo do que a toracocentese?

(por ordem crescente de importância):

1. Líquido pleural loculado
2. pH do liq. pleural inferior a 7,2
3. Glicose do liq. pleural inferior a 60mg/dL
4. Coloração gram ou cultura positiva do liquido
5. Pus macroscópico no espaço pleural

8

Quando se considera hemotórax?

Quando o hematócrito do líquido pleural é >50% do hematócrito sanguíneo.

9

Os linfáticos podem absorver até __x mais liquido do que é produzido normalmente

20x

10

Derrame pleural

Normalmente líquido entra no espaço pleural a partir dos capilares da pleura visceral e é retirado pelos linfáticos da pleura parietal.

Verdadeiro ou falso?

Falso

Entra e sai pela Pleura PARIETAL

11

Qual o exame que é usado para avaliação da suspeita de Derrame pleural?

Ecografia torácica

Usado também como guida para toracocentese

12

Quais os critérios que definem derrame pleural exsudativo?

- Relação entre Proteínas do líquido pleural/sérica superior a 0,5
- Relação entre LDH líquido pleural/sérica superior a 0,6
- LDH líquido pleural superior a 2/3 acima do limite superior do normal da LDH serica

Apenas 1 define Derrame pleural exsudativo

13

Os critérios de derrame pleural exsudativo definem erradamente 25% dos transudados como exsudados.

Verdadeiro ou falso?

Verdadeiro

14

Caso 1 ou mais critérios de derrame exsudativo estejam presentes mas haja suspeita de condição que possa causar derrame transudativo, o que fazer?

Diferencial entre proteínas soro e proteínas do líquido pleural.
Caso seja superior a 31g/L (3,1g/dL), os critérios de exsudado podem ser ignorados e quase de certeza que o doente terá TRANSUDADO

15

Quais os critérios para realizar toracocentese diagnóstica num doente com IC?

- Derrames não bilaterais e não comparáveis em tamanho
- Febre
- Dor pleuritica
- Refratario à terapêutica

16

Um valor de NT-proBNP superior a 1500 pg/ml no líquido pleural é virtualmente diagnóstico de derrame secundário a ICC.

Verdadeiro ou falso?

Verdadeiro

17

No derrame secundário à IC, o liquido sai em parte pela pleura visceral.

Verdadeiro ou falso?

Verdadeiro

18

Hidrotórax hepático forma-se através de passagem directa de liquido peritoneal via orificios diafragmaticos e localiza-se preferencialmente à direita.

Verdadeiro ou falso?

Verdadeiro

Frequentemente volumoso o suficiente para causar dispneia grave.

19

O derrame parapneumónico (pneumonia bacteriana, abcesso pulmonar ou bronquectasias) é provavelmente uma das causas mais comuns de derrame pleural exsudativo nos EUA.

Verdadeiro ou falso?

Verdadeiro

20

No derrame parapneumónico, se o liquido livre separar o pulmão da parede torácica em mais de __mm, deve ser feita uma toracocentese terapêutica.

mais de 10mm

21

Quais os factores que indicam uma necessidade provável de um procedimento mais invasivo que toracocentese?

Em ordem crescente de importância:
- Liquido pleural loculado
- pH abaixo de 7.20
- Glicose do liquido abaixo de 60 mg/dL
- Gram ou cultura de líquido positiva
- Presença de PUS macroscópico (empiema)

22

Quando se deve repetir a toracocentese no derrame parapneumónico?

Se o derrame recorrer após toracocentese E existir algum dos critérios (que são, por ordem crescente de importância):

1. Líquido pleural loculado
2. pH do liq. pleural inferior a 7,2
3. Glicose do liq. pleural inferior a 60mg/dL
4. Coloração gram ou cultura positiva do liquido
5. Pus macroscópico no espaço pleural)

23

O derrame pleural maligno constitui o tipo mais comum de derrame exsudativo.

Verdadeiro ou falso?

Falso

2º tipo mais comum. O 1º são os síndromes parapneumónicos

24

Quais os 3 tumores que causam 75% dos derrames malignos?

- Carcinoma do pulmão
- Carcinoma da mama
- Linfoma

25

A maioria dos doentes com derrame pleural maligno tem dispneia, frequentemente proporcional ao volume do derrame.

Verdadeiro ou falso?

Falso

Dispneia frequentemente DESPROPORCIONAL ao volume do derrame.

26

Como é feito o diagnostico de derrame pleural maligno?

Citologia do liquido pleural

Se negativo e suspeita elevada: Toracoscopia (com pleurodese OU Biópsia por agulha por TC/Eco)

27

A presença de derrame pleural maligno indica doença disseminada.

Verdadeiro ou falso?

Verdadeiro

28

A maioria das neoplasias associadas a derrame pleural não são curáveis.

Verdadeiro ou falso?

Verdadeiro.

O tratamento é sintomático.

29

O único sintoma atribuível directamente ao derrame é a dispneia.

Verdadeiro ou falso?

Verdadeiro

30

Como é feito o diagnóstico de derrame pleural associado a mesotelioma?

Toracoscopia OU biópsia pleural por agulha guiada por exame de imagem

31

O líquido pleural associado a EP é quase sempre exsudado.

Verdadeiro ou falso?

Verdadeiro

32

O diagnóstico que mais frequentemente passa despercebido na investigação de um doente com derrame pleural de etiologia indeterminada é a ___________.

Embolia Pulmonar

33

A tuberculose é uma das causas mais comuns de derrame exsudativo em muitas regiões do mundo, incluindo os EUA.

Verdadeiro ou falso?

Falso

Raro nos EUA

34

O derrame pleural associado a tuberculose em geral está associado a tuberculose _______, surgindo como consequência de uma ___________ à proteína do bacilo da tuberculose.

Tuberculose PRIMÁRIA; Reacção de hipersensibilidade

35

O líquido pleural da tuberculose é um exsudado com predominio de que células?

Pequenos linfócitos

36

Como é feito o diagnóstico de derrame pleural tuberculoso?

Demonstração de marcadores para tuberculose no liquido pleural.

Adenosina-desaminase acima de 40 UI/L
OU
Interferão gama acima de 140 pg/ml

37

Em __% dos derrames exsudativos não há diagnóstico específico.

20%. Regriedem espontaneamente e sem sequelas.

Não devemos ser demasiados agressivos em tentar fazer o diagnóstico, principalmente se o doente estiver a melhorar.

38

Qual a causa de Quilotórax?

Lesão do canal torácico

Trauma é a causa + comum (++ cirurgia torácica)
Também poderá ser devido a tumores no mediastino

39

O que revela a toracocentese num quilotórax no que diz respeito aos trigliceridos.?

Um líquido leitoso com triglicéridos acima de 110 mg/dL.

40

Que exames devem ser realizados num doente com quilotórax e sem trauma evidente?

Linfangiograma e TC mediastinico (LAM, tumor?)

41

Qual a terapêutica de escolha para a maioria dos quilotóraxes?

Colocação de dreno torácico com administração de octeotrido

Se falhar - Shunt pleuroperitoneal (EXCEPTO se Ascite quilosa) ou em alternativa laqueação do duto torácico ou bloqueio do ducto.

42

Os doentes com quilotórax devem ser submetidos a toracostomia prolongada até correcção do problema.

Verdadeiro ou falso?

Falso

NÃO DEVEM SER SUBMETIDOS por risco de desnutrição e imunosupressão!

43

O que define Hemotórax?

Htc líquido pleural acima de 50% do Htc sanguíneo

44

Qual a causa mais comum de Hemotórax?

Trauma

45

Qual o tratamento do Hemotórax?

Toracostomia com colocação de dreno

Se perdas acima de 200mL/h - Toracoscopia ou toracotomia

46

Se a amilase pleural estiver aumentada qual é o diagnóstico provável?

- Ruptura esofágica
- Doença pancreática

47

Que diagnóstico deve ser considerado num doente com febre, PMN predominantes no liquido pleural e sem anomalias do parênquima pulmonar?

Abcesso intraabdominal

48

O diagnóstico de derrame pleural associado à asbestose é um diagnóstico de exclusão.

Verdadeiro ou falso?

Verdadeiro

49

Derrame pleural ocorre raramente após bypass coronário.

Verdadeiro ou falso?

Falso

Derrame pleural ocorre COMUMMENTE após bypass coronário.

50

O derrame pleural associado a fármacos é geralmente rico em que tipo de células?

Líquido pleural com Eosinófilos

51

Tipicamente como são os derrames pleurais nas primeiras semanas após bypass coronário?

- + Esquerda
- Sanguinolento
- Elevado número de Eosinófilos
- Resolve com 1 ou2 toracocenteses

52

Tipicamente como são os derrames pleurais após bypass coronários após as primeiras semanas?

- + Esquerda
- Amarelo
- Pequenos linfócitos
- Tendência a recidivar

53

Quais as causas de derrame com glicose abaixo de 60 mg/dL?

- Neoplasia
- Infeção bacteriana
- Pleurite Reumatóide

54

O pneumotórax espôntaneo primário surge geralmente devido a ruptura de bolhas pleurais apicais.

Verdadeiro ou falso?

Verdadeiro. Estas bolhas estão dentro ou imediatamente sob a pleura visceral.

55

O pneumotórax espôntaneo primário ocorre quase exclusivamente em fumadores e tem uma recorrência de cerca de 50%.

Verdadeiro ou falso?

Verdadeiro

56

A terapêutica recomendada do pneumotórax espôntaneo primário é a ___________ _________.

Aspiração simples. Se não resolve (i.e. Pulmão não expande com aspiração ou pneumotórax recidivante) faz-se toracoscopia com stapling de bolhas e abração pleural.

57

No pneumotórax espôntaneo primário a toracoscopia ou toracotomia com abrasão pleural consegue evitar recidivas em quase 50% dos casos.

Verdadeiro ou falso?

Falso. Em quase 100%!

58

Qual é a causa principal de pneumotórax secundário?

DPOC

Mas quase todas as doenças pulmonares podem provocar pneumotórax

59

Quase todos os doentes com pneumotórax secundário devem ser tratados com toracostomia com dreno

Verdadeiro ou falso?

Verdadeiro

Maioria deve fazer também toracoscopia ou toracotomia com stapling de bolhas e abrasão pleural.

60

O pneumotórax traumático deve ser tratado com toracostomia com colocação de dreno.

Verdadeiro ou falso?

Verdadeiro

A não ser que sejam muito pequenos

61

O pneumotórax iatrogénico deve ser tratado com O2 suplementar ou aspiração.

Verdadeiro ou falso?

Verdadeiro. Se não resolver é feita toracostomia com inserção de tubo.

62

O pneumotórax hipertensivo está geralmente associado a ______________ ou __________.

Ventilação mecânica ou manobras de reanimação.

63

Quais as consequências potencialmente fatais da pressão pleural positiva no pneumotórax hipertensivo?

- Ventilação gravemente comprometida
- Diminuição do retorno venoso
- Diminuição do DC

64

Qual a terapêutica de um pneumotórax hipertensivo?

Agulha de grande calibre no 2º EIC anterior

A agulha deve ser mantida até ser colocado um dreno torácico.

65

O liquido pleural é reabsorvido pelos canais linfáticos da pleura visceral. V ou F?

Falso.

Pleura PARIETAL.

66

Os canais linfáticos têm a capacidade de absorver __ vezes mais liquido do que aquele que é produzido normalmente.

20 vezes.

67

Qual a principal causa de mesotelioma?

Exposição aos asbestos.

68

Ascite e derrame pleural podem ocorrer no tumor ovárico benigno (síndrome de Meigs) e síndrome da hperestimulção ovárica. V ou F?

Verdadeiro.

69

Doentes com Derrame parapneumónico e pneumonia a bactéria aeróbica apresentam se com:

Doença febril aguda
Leucocitose
Dor torácica
Expectoração

70

Doentes com Derrame parapneumónico e pneumonia a bactéria anaeróbica apresentam se com:

Doença subaguda
Emagrecimento
Anemia ligeira
Leucocitose acentuada
História de fatores predisponentes à aspiração

71

Se no derrame parapneumónico após a segunda toracocentese o líquido não tiver sido todo removido, como proceder?

Colocar dreno e instilar agente fibrinolítico (P.e. t-PA) + deoxiribonuclease (5mg)
OU
toracoscopia para dissolver aderências

Se ineficaz: descorticação

72

Quais são os sintomas com os quais se apresenta um doente com mesotelioma?

Dispneia e dor torácica

73

Quais são os achados que podemos encontrar na radiografia de tórax de um doente com mesotelioma?

Derrame pleural
Espessamento pleural generalizado
Hemitórax diminuído de tamanho

74

Como é que é feito o diagnóstico de um derrame pleural secundário a embolia pulmonar?

Através de TC espiral ou arteriografia pulmonar

75

Qual é o sintoma mais comum do derrame pleural associado a embolia pulmonar?

Dispneia

76

Se o derrame pleural aumentar de dimensões após anticoagulação num doente com embolia pulmonar, o doente provavelmente tem...

Um embolo recorrente ou outra complicação, como um hemotórax ou infecção pleural

77

O pneumotórax espontâneo primário é praticamente exclusivo dos...

Fumadores

78

V/F

Transplante de Figado, rim e pulmão são outras causas possiveis de derrame pleural

F

Transplante de figado, pulmao CORAÇÃO