HPIM 110 - Neoplasias De Celulas Linfoides Flashcards Preview

Hematologia - MJRS > HPIM 110 - Neoplasias De Celulas Linfoides > Flashcards

Flashcards in HPIM 110 - Neoplasias De Celulas Linfoides Deck (63):
0

LLA t(4;11) associado a:

• idade mais jovem
• sexo feminino
• > leucocitose
• morfologia L1

1

LLA t(8;14) associado a:

• idade mais avançada
• sexo masculino
• compromisso SNC
• morfologia L3

2

LLA infantil: hiperdiploidia, prognóstico?

Bom prognóstico

3

Anormalidades genéticas na DH:

Aneuploidia (não foi encontrada mais nenhuma)

4

IPI (Índice prognóstico internacional para LNH):

 Idade > 60 anos
 ↑ LDH sérica
 Score índice ECOG > 2 ou Karnofsky < 70
 Estadio III ou IV de Ann Arbor
 1 localização extranodal envolvida
APLES

5

FLIPI (Índice prognóstico internacional para LNH):

 Idade > 60 anos
 ↑ LDH sérica
 Hb < 12 g/dL
 Estadio III ou IV de Ann Arbor
4 localizações nodais envolvidas

6

Fx de prognóstico de LLA pre B:

Nº de leucócitos
Invasão sintomática do SNC
Alterações Citogenéticas e Moleculares
Idade dos Doentes
Estado Clínico e Função de Órgãos Major

7

Alterações Citogenéticas e Moleculares, LLA pre B:
t(9;22):
t(4;11):
t(8;14):
hiperdiploidia:
mutações no gene MLL (Cr11):

t(9;22): crianças e adultos, mau prognóstico
t(4;11): adultos mais jovens, mulheres, leucocitose marcada, morfologia L1, mau prognóstico
t(8;14): adultos mais velhos, homens, envolvimento do SNC frequente, morfologia L3, mau prognóstico
hiperdiploidia: crianças, bom prognóstico
mutações no gene MLL (Cr11): mau prognóstico

8

Diagnostico de LLA pre B:

Biopsia da medula óssea com:
Infiltração por linfoblastos malignos
Confirmado por
o fenótipo de célula pré B (CD19/CD10)
E com frequência confirmado tbm por:
o Alterações citogenéticas características

9

Leucemia Linfoide + comum?

LLC/Linfoma de linfócitos pequenos

10

Linfomas CD5+:

LLC
Linfoma do Manto

11

Alterações auto-imunes LLC B:

- anemia hemolítica auto-imune
- trombocitopenia auto-imune
- aplasia eritróide
- hipogamaglobulinémia

12

Diagnostico diferencial de LLC-B se apresentação for como adenopatias difusas:

- Linfoma de células do manto
- Linfoma linfoplasmocítico (manifestação tecidular da MW)
- Linfoma da zona marginal nodal
- Linfoma difuso de grandes células B

13

Factores moleculares de mau prognóstico na LLC B:

• genes das imunoglobulinas não mutadas (presentes em 50%)
• aumento da expressão de CD38
• aumento da expressão de ZAP-70 (relação com imunoglobulinas não mutadas)

14

Linfomas de MALT associados a auto-imunidade

S. Sjögren – MALT das glândulas salivares

Tiroidite de Hashimoto – MALT da tiróide

15

Linfomas de MALT associados a infecções:

• Gastrite por H. Pylori – MALT do estômago
Inf. Cutânea por Borrelia – MALT da pele
Conjuntivite por C. psittaci – MALT dos anexos oculares
Inf. Intestinal por C. jejuni – MALT do intestino

16

Linfomas de MALT com risco de progressão para LDGB:

São os t(14,18) negativos, cerca de 50%
- trissomias 3, 7, 12, 18
- mutações do BCL6

17

Linfoma MALT gástrico associado a infecção por H. pylori
- remissão com erradicação do H. pylori em:
- tempo até remissão molecular:

80%
sintomas melhoram rapidamente mas evidências moleculares podem persistir por 12-18 meses

18

3 tipos de linfomas da zona marginal:

- extra-nodal
- nodal
- esplénico

19

Apresentação típica do linfoma de células do manto:

Linfadenopatia palpável
Acompanhada de sintomas sistêmicos

20

Estádio mais comum do linfoma de manto ao diagnostico:

70% têm estadio IV ao diagnóstico

21

bcl no linfoma do manto, e cromossoma:

gene bcl-1 no Cr11 (sobreexpressão de ciclina-D1)
- gene da cadeia pesada das imunoglobulinas no Cr14

t(11,14)

22

Prognóstico de linfoma do manto:

sobrevida global aos 5 anos: 25%
IPI baixo: sobrevida aos 5 anos de 50%

23

Prognóstico de Linfoma de MALT:

• bom prognóstico: sobrevida aos 5 anos de >75%
• IPI baixo: sobrevida aos 5 anos de 90%
• IPI alto: sobrevida aos 5 anos de 40%

24

% de Linfoma folicular dentro dos LNH no mundo:

22% dos LNH no mundo

25

3 subtipos de linfomas foliculares, com importância prognóstica:

• células predominantemente pequenas (centrócitos)
• mistura de células pequenas e grandes
• células predominantemente grandes (centroblastos)
---> as grandes com maior fracção de proliferação - progressão mais rápida - menor sobrevida com esquemas simples de QT

Significado progn
(Folicular - é como as mulheres, mamas pequenas, mistura e grandes, e isso é imptt no prognóstico xD)

26

Genética do linfoma folicular:

t(14;18),
com atingimento dos genes bcl-2 e gene da cadeia pesada da Ig

27

Progressão para LDGCB nos linfomas foliculares

taxa de transformação elevada (5-7%/ano)
em 40% com a evolução da doença
em quase todos à autópsia

28

• o que sugere transformação do linfoma folicular em LDGB:

- crescimento rápido de adenopatias
- sintomas B

29

Prognóstico do linfoma folicular:

25% tem remissão espontânea sem tratamento (transitória)

50-75% remissão completa com tratamento adequado - Maioria sofre recaída (após 2 anos) - Minoria (20%) remissão dura mais de 10 anos

30

tipo mais comum de LNH (33%)

LDGCB

31

Citogenetica LDGCB:

t(14;18) em 30%

32

locais extra-nodais (>50% ao diagnóstico) do. LDGCB:

M.O.
TGI

33

O Subtipo de LDGCB Primário do mediastino com compromisso mediastínico extenso, ocorre mais em:

doentes mais jovens (37 anos), predomínio sexo feminino (66%)

34

3 Formas de Linfoma de Burkitt:

• Endémico - em crianças em África - associado ao EBV

• Esporádico - países Ocidentais

• Associado a imunodeficiência - infectados por HIV

35

Citogenetica e anomalias molecular do Burkkit:

Citogenética: t(8;14) ou variantes – t(2;8) ou t(8;22)
Biologia molecular: sobreexpressão do gene c-myc

36

Prognóstico do Burkitt:

• curável em 70-80% das crianças e adultos jovens
• má resposta à terapia de recurso se falência do tratamento inicial

37

Quais as neoplasias de células linfóides em que a punção lombar é obrigatória logo ao diagnóstico?

LLA
LDGCB
Burkitt

38

manifestação tecidular da Macroglobulinémia de Waldenstrom:

Linfoma linfoplasmacítico

39

Infecção Virica associa a Linfoma linfoplasmacítico:

VHC

40

Linfomas de células B mais no homem:

• LLC
• Manto
• Células pilosas

41

Linfomas de células B mais em mulheres:

• MALT
• Folicular
• Zona marginal nodal

42

Síndrome de Sézary caracterizado por e consequente a que linfoma:

Eritema generalizado
Células tumorais circulantes

Micose Fungóide (ou linfoma de células T cutâneo)

43

Citogenetica, imunofenotipagem e biologia molecular de Linfoma Anaplásico de Grandes Céls T:

Imunofenotipagem: células T monoclonais, CD30+ (Ki-1)
Citogenética: t(2;5)
Biologia molecular: sobreexpressão de ALK

44

Factores de prognóstico Linfoma Anaplásico de Grandes Céls T/Céls Nulas:

- IPI
- sobreexpressão de ALK associada a melhor resposta ao tratamento

45

Prognóstico Linfoma Anaplásico de Grandes Céls T/Céls Nulas:

• Tem melhor sobrevida do que qualquer outro linfoma agressivo
• Sobrevida aos 5 anos >75%

46

Tratamento Linfoma Anaplásico de Grandes Céls T/Céls Nulas:

• Poliquimioterapia (≈ à dos outros linfomas agressivos), mas SEM rituximab

• Crizotinib (inibidor da ALK) é altamente eficaz

47

Angioimunoblástico apresentação:

- linfadenopatia generalizada
- febre
- perda de peso
- rash cutâneo
- hipergamaglobulinémia policlonal

48

Quais os dois tumores cujas células têm núcleos indentados?

Linfoma de células do manto e leucemia/linfoma de células T do adulto

49

Quais os dois tumores que podem estar associados a síndrome hemafagocítico?

Linfoma T extranodal nasal e linfoma T subcutâneo tipo paniculite

50

Suptipos Histológicos de DH Clássica:

Esclerose Nodular
Celularidade Mista
Predomínio de Linfócitos
Deplecção de Linfócitos

51

DH Nodular com Predomínio Linfocítico, imunofenotipagem:

- CD45+
- expressão da cadeia J
- expressão do antigénio de membrana epitelias (ema)
- CD15- e CD30-

52

condição mais comummente confundida com linfoma

Hiperplasia Atípica Reactiva

53

Quais as 3 situações que podem evoluir para LDGCB?

Linfoma folicular, MALT e DH nodular com predomínio linfocítico

54

A que microorganismo está associada a doença de Castleman?

HHV 8

55

Sistemas de prognóstico, LLA, LLC, LNH e LF:

LLA – factores de Px
LLC – factores de Px + Sistema de Rai e Binet
LNH – IPI
(Linf. Folicular – FLIPI

56

Suspeita de diagnostico de LLC:

Confirmação:

Linfocitose (sangue periférico) Linfócitos > 4.0x109 /l , em geral > 10x109 /l

Infiltração medular por linfócitos B CD5+ monoclonais (confirmação Dx)

57

Factores moleculares de mau prognóstico LLC-B:

genes das imunoglobulinas não mutadas (presentes em 50%)
aumento da expressão de CD38
aumento da expressão de ZAP-70 (relação com imunoglobulinas não mutadas)

58

Único LNH só com atingimento extra nodal:

Linfoma de MALT

59

"É uma das neoplasia mais sensíveis à quimio e radioterapia. "

Linfoma folicular

60

Linfoma de células T periféricas prognóstico:

Mau Px – SBV 5A é de 25% (~MANTO)

61

HIV associado a que subtipos de DH clássica?

Celularidade mista / Deplecção linfocítica

62

Adenopatias palpáveis indolores mais frequentes de LH:

cervical, supraclavicular e axilar