HPIM 57 - Anemia e Policitemia Flashcards Preview

Hematologia - MJRS > HPIM 57 - Anemia e Policitemia > Flashcards

Flashcards in HPIM 57 - Anemia e Policitemia Deck (38):
0

Em que situações o défice EPO pode ser + acentuado do que seria prevísivel pelo grau de IRenal:

Diabete
Mieloma

1

Doente com anemia hiproliferativa + estudo Fe normal, têm indicação para:

Biópsia da medula óssea

2

A maioria das anemias hipoproliferativas são devidas a:

défice ligeiro/ mod Fe ou inflamação

3

Estimulação inadequada (EPO) pode ser devida a: (3)

- Inflamação (ex. IL-1 suprime produção de EPO)
- Doença metabólica ↓ necessidades de O2 (ex. hipotiroidismo)
- Doença renal

4

Defeitos da maturação nuclear (que gera macrocitose) podem ser devidos a:

Défice de vitamina B12
Défice de ácido fólico
Toxicidade por fármacos
- metotrexato,
-  agentes alquilante
Mielodisplasia
Álcool

5

Causas de Defeitos da maturação citoplasmática (microcitose e hipocromia):
(Defeitos na síntese da Hemoglobina )

Deficiência de ferro GRAVE
Talassemias (globinas)
Anemia sideroblástica (heme)

6

Viscosidade sanguínea aumenta de forma logarítmica com:

Ht> 55%

7

V/F
Nos doentes com policitemia as tromboses abdominais são particularmente comuns.

Verdadeiro

8

As células eritróides originam-se de um progenitor comum Eritróide/Megacariócitico, necessitando de:

GATA-1 e FOG-1

9

EPO (hormona reguladora da produção de GVs) necessária para a manutenção das células progenitoras que, na ausência da hormona:

Sofrem apoptose

10

O factor que regula o gene EPO é o:

HIF-1a (factor induzido pela hipóxia)
Na presença de O2 o HIF-1 é hidroxilado a uma prolina chave, que permite a ubiquitinilaçao e degradação do HIF-1a através do proteossoma. Se não há O2, isso não ocorre e a HIF-1a estimula a produção de EPO

11

Os niveis de EPO são inferiores ao esperado para o grau de anemia em situações de:

doença renal ou inflamação crónicas.

12

V/F
Os niveis de EPO aumentam com a IDADE (para manter uma Hb N)

Verdadeiro

13

Na medula óssea, o primeiro percursor eritróide reconhecível é o:
Quantas divisões sofre e quantos GV maduros produz?

PRO-NORMOBLASTO
4 a 5 divisões
16 a 32 GV maduros

14

O que é o eritron:

ERITRON – orgão dinâmico responsável pela produção de GVs
(percursores eritróide + eritrócitos circulantes)

15

Características de um GV maduro:

• 8 um diâmetro
• Anucleado
• Discóide
• Flexível

16

O choque hipovolemico ocorre com perdas de sangue superiores a:

>40% (2l num adulto médio)

17

Aumento de 2.3 DPG desloca a curva para a direita, provocando aumento da libertação de O, APENAS permite compensar uma défice de:

Hb de 2-3g/dL

18

Palidez cutânea e mucosa se Hb:
Se pregas palmares mais claras que pele circundante com mão em hiperextensão:

Hb 8 a 10 g/dl
Hb<8 g/dl

19

V/F
Os valores Hb são mais elevados ao nascimento, diminuindo gradualmente durante o crescimento

Verdadeiro

20

Policromasia, eritrócitos ligeiramente maiores que o normal com cor azul-acinzentada na coloração de Wright-Giemsa. Consistem em:

reticulócitos libertados prematuramente na circulação, e a sua coloração indica a presença de quantidades residuais de RNAribossómico.

21

GV microcíticos e hipocrómicos, anisocitose e poiquilocitose:

Anemia ferropenica grave (por distúrbio da maturação)

22

corpúsculos de Howell-Jolly
(remanescentes nucleares que não são removidos dos GV e permanecem como pequenas inclusões de cor azul na coloração de Wright);

Ausência de baço funcionante

23

GVs em forma de lágrima (dacriócito) e nucleados:

Mielofibrose com hematopiese extramedular

24

células em alvo no esfregaço sugere:

Talassemia e doença hepática

25

Anemia grave por défice de cobalamina no esfregaço:

Macrocitose, dismorfias celulares, plaquetas grandes hipogranulares, neutrófilos hipogranulares e hiposegmentados

26

Síndrome Mielodisplásica no esfregaço:

macroovalócitos, anisopoiquilocitose eritrocitária, neutrófilos hipersegmentados e trombocitopenia

27

Anemia Hemolítica Microangiopática no esfregaço:

presença de esquizócitos, trombocitopenia, policromasia e eritroblastos

28

Que alterado pode a uremia dar no esfregaço:

células espiculadas (regularmente) ou equinócitos

29

O que são acantocitos e quando podem estar presentes:

Abetalipoprotrinémia; Sind. Zieve; Fenótipo Mcleod

células espiculadas (irregularmente)

30

Quando podem estar presentes os corpúsculos de Heinz:

Défice G-6-P desidrogenase; Hb instáveis

31

Se as respostas da EPO e da medula eritróide à anemia moderada (Hb < 10 g/dL) estiverem normais , a taxa de produção dos eritrócitos aumentará:

2-3 x o normal, 10 dias após o início da anemia

32

A presença da segunda correção na contagem de reticulocitos só se realiza se:

macrócitos policromatófilos presentes no esfregaço

33

Celulas eritróides demoram quanto tempo para amadurecer?

4,5 dias

34

Quais os testes de armazenamento do ferro que sofrem variação diurna?

Ferro sérico e por sua vez % saturação da transferrina

35

Numa biópsia normal:
Células nucleadas = % ; gordura = %
Razão mielóide/eritróide de :

Numa biópsia normal:
Células nucleadas = 40-50% ; gordura = 50-60%
Razão mielóide/eritróide de 3:1

36

Razão M/E:
Numa resposta medular à hemólise ou à hemorragia:
Numa resposta medular à infecção:
Numa anemia hiproliferativa:
Num distúrbio da Maturação:

Cerca de 1:1
>3:1
3:1 ou 2:1
Discrepância na razão e IR

37

Na anemia por inflamação como se encontra:
Fe sérico:
CTFF:
% saturação transferrina:
ferriIna:

Fe sérico: ↓
CTFF: N ou↓
% saturação transferrina: ↓
ferriIna: N ou ↑
(REMEMBER hepdidina)